Google

Translate my page Google

23 de nov de 2009

Chega de "profecias" !


Conhecimento traz vigília 
(latim vigilia = guarda ou vigia) é um estado ordinário de consciência
complementar ao estado de sono, ocorrente 
no ser humano e noutros animais superiores, 
em que há máxima ou plena manifestação 
da atividade perceptivo-sensorial e motora voluntária.

Os antigos que dominavam os pensamentos de suas épocas como os egípcios, maias, hopis e nativos americanos e de outras culturas sabiam da ocorrência regular de cataclismos associado a um fenômeno relacionado à precessão, um ciclo de 25.920 anos de tempo causado pela oscilação lenta do planeta Terra.

Hoje não estamos apenas na Idade final do Ferro, mas no fim do ciclo de 25.920 anos também. E isso é crucial para a compreensão das informações que se segue.

Como resultado deste movimento oscilante, o nosso pólo norte traça um grande círculo imaginário anti-horário nos céus que leva cerca de 25.920 anos para ser concluído. Isso é igual a 1 ano cósmico.  Hoje, o nosso Pólo Norte aponta para a estrela Polaris. 

Talvez isso seja o maior segredo ensinado nas escolas de mistérios de civilizações antigas e é uma parte fundamental do conhecimento alquímico. 

Assim como o planeta Terra gira sobre seu eixo uma vez a cada 24 horas, a Via Láctea tem cerca de 200 milhões de anos para completar sua rotação


O conhecimento deste grande ciclo, ou ano cósmico, seria fundamental para que os astrônomos da antiguidade soubessem exatamente onde eles estavam, neste ciclo, pois a sua existência dependia disso

A localização do centro da galáxia foi somente descoberto em 1917 por nossos astrônomos contemporâneos, onde em muitas literaturas antigas já nos davam essa localização com precisão. Exemplo disso está no livro “Cruz Hendaye”.

Os antigos também sabiam que esses alinhamentos periódicos são formados quando a linha imaginaria em movimento atinge cada um dos 4 pontos cardeais no círculo do tempo (ou seja, 12, 3, 6 e 9 horas - pontos do relógio). 

Estes alinhamentos, ocorrem a cada 6.480 anos e são correlacionados a 4 diferentes idades. 

Antigos conhecimentos alquímicos, e recentes achados científicos apontam para o núcleo de nossa galáxia, a Via Láctea, como uma fonte de enormes explosões periódicas ou explosões de luz

Os adeptos antigos também sabiam que do centro galáctico é fonte de luz (raios) de uma Inteligência Criativa que está guiando a evolução da humanidade e tudo o mais em nossa galáxia. Esta força, que os hindus se referem como Vishnunabhi, determina a quantidade e a qualidade de vida e inteligência na Terra e em todos os planetas vizinhos. 

Segundo os autores, as descobertas científicas do físico, o Dr. Paul LaViolette, que suporta este conceito metafísico, em seu livro "Earth Under Fire" nos mostra que aproximadamente a cada 13.000 anos mais ou menos, uma catástrofe origina do centro da nossa galáxia, vinda do espaço exterior e virando o planeta Terra de cabeça para baixo.

A última vez que isso aconteceu grandes quantidades de poeira cósmica entraram em nosso sistema solar e interagiram com o nosso Sol de uma forma que causou a produção de maior calor, terminando assim uma Era Glacial - de modo que outro ciclo importante pode começar. 

Além disso, o Dr. LaViolette examinou amostras do núcleo de gelo da Groenlândia. Eles mostraram que as explosões periódicas do centro da galáxia o depósito de poeira cósmica (irídio) sobre a superfície do nosso planeta, ocorrem em intervalos de 13.000 e 26.000 anos, sugerindo que o pulso do centro da galáxia está de alguma forma ligada ao ciclo da precessão. 

Uma de nossas naves espaciais mostrou que os níveis mais elevados de poeira cósmica e detritos estão entrando em nosso sistema solar vindos do centro galáctico.

Veja, 19.000 cidadãos europeus morreram de exaustão de calor em um período de 3 semanas durante o verão de 2003.

As geleiras do Himalaia, as dos Alpes suíços e os Andes peruanos estão derretendo rapidamente. Ao longo do século passado, alguns glaciares suíços diminuíram em mais de 50%. 

Lembre se o sol tem seu pico de mudança a cada 11 anos e desde 2001 - os verões estão se tornando mais quentes na história da era moderna - e pouco antes de 2012.

A NASA, em Março de 2004, disse que "O aquecimento global pode mergulhar América do Norte e Europa Ocidental em um freezer” possivelmente “dentro de apenas algumas décadas”. (a velha história do gato que subiu no telhado) 

O relatório do Pentágono também aponta que até o ano de 2010 o nosso clima global se tornará mais quente, especialmente durante o verão. Desta forma provocará a liberação de ainda mais água doce no oceano Atlântico Norte com o derretimento das geleiras, acrescentando a interrupção do fluxo rítmico da Corrente do Golfo. 

Penso que a questão de se esconder em Bunkers enfiar a cara embaixo da terra LITERALMENTE – não é uma boa saída. O fato dos antigos nos alertarem sobre tanta coisa com tal riqueza de detalhes nos leva a seguinte conclusão:

Existe sim uma outra dimensão da qual não temos conhecimento. Existe sim seres (ETs, de luz, Anjos, o que vc quiser nomear) que podem nos levar a um outro lado desse espaço, a um outro nível de conhecimento.

E as pergunta ficam aqui sem respostas. E todos estão se questionando nesse minuto.
Como e porque passar para outro lado? Qual a importância disso?
Não sei o que sou, que diferença faz saber como serei! Como vou ficar e com quem vou ficar...

Bem... nesse momento entra a tal chamada Consciência que os antigos se referem = conhecimento.

Pelo que estudo, essa dimensão é a da matéria por excelência. A dimensão do ver, ouvir, tocar e sentir. Nós estamos ligados a respiração e o cessar dela nos desliga desse mundo. Isso é facilmente encontrado nos textos  Hindus – Chacras etc.

A base da Yoga é a respiração. Ela nos conecta com a realidade. Com o hoje, o agora, o momento. Portanto, o que importa é aprender com o momento, com a respiração. Teremos que trabalhar sobre isso – esse tema daqui em diante. Volto com mais informação.

Não temos muito tempo...
laura botelho


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos