Google

Translate my page Google

25 de nov de 2009

Plano básico de sobrevivencia - parte 1



Em 21 de dezembro de 2012, a Terra e todo o nosso sistema solar atravessam o equador galáctico. Nesse dia, exatamente da mesma forma, praticamente todas as antigas profecias falam sobre esses eventos cataclísmicos, deslocamento dos pólos, ou uma grande mudança no estilo de vida e consciência de que nunca foi experimentado na Terra antes.

Reforçar o nosso corpo físico, o domínio de nossa mente, e cura do nosso corpo emocional é essencial para adquirir a força para enfrentar a magnitude dos eventos em torno de 2012.

O que fazemos, pensamos, sentimos e comemos afeta nossa saúde em geral e, portanto, nossa capacidade de policiar o estresse. 

Nesse Blog já exploramos muito sobre fatos científicos que comprovam as mudanças terrestre que nos aguardam. Sabemos que as eras glaciais ocorrem aproximadamente a cada 100.000 anos como um relógio e nesse momento da humanidade dados gráficos sugerem que vamos entrar em uma era Glacial a qualquer momento.

Evidências geológicas também provam que as cadeias de montanhas em todo o mundo subiram ou desceram de 10.000 a 26.000 pés em um único evento cerca de 11.500 anos atrás. Existem mais de 200 cidades sob o Mar Mediterrâneo.

Quando constatamos esses eventos cataclísmicos todos aproximandos do ano de 2012 podemos começar a perceber como a vida, a qual estamos acostumados, está prestes a mudar radicalmente por um bom tempo.


Já estamos presenciando a fome global como conseqüência direta da recessão econômica (ou desaceleração dela). Uma vez que a economia mundial entrar em uma depressão completa, o impacto global certamente será muito pior do que 1929. 

Muitos fatos associados – guerras e terrorismo biológico – já são realidade a cada momento dessa história. Isto significa que os indivíduos, grupos, comunidades, países e  planeta estão passando por uma transformação inconsciente, mas totalmente precisa conforme relatos dos antigos povos. 

A essência da espiritualidade é a experiência de unidade com toda a criação. Nós somos seres energéticos passando por uma vida material para um aprendizado através dos 5 sentidos, e não o contrário. 

Nossos corpos físico, mental, emocional e espiritual estão todos interligados, e o corpo físico é o transporte para esta esfera de existência. 

Por esta razão, um corpo físico saudável é essencial para preparar para qualquer evento futuro – mesmo que não exista um 2012.

Sem uma dieta saudável ou um programa de exercícios regulares pode ser difícil e até impossível de se manter uma existência em um plano de crescimento evolutivo.


Por mais que queiramos negar os fatos... Algo de muito estranho está acontecendo, acredite vc ou não!

E por que cientistas e geólogos não nos relatam sobre isso tudo que está para acontecer? 

Não é necessário ter um QI de mais 120 para saber que nem tudo pode ser contado por aí... Temos consciências diferentes. Temos uma maneira muito particular de encarar o mundo. O fato de eu estar aqui falando sobre 2012 já é motivo para muitos torcerem o nariz e achar que não bato bem da cabeça...

Imagine se soubéssemos de tudo, de tuuuuudo mesmo!
Muita gente iria pirar, se suicidar, matar. Mas Deus protege os que ignoram as coisas e a vida continua para eles... trabalhando muito para juntar um bom dinheirinho para uma aposentadoria confortável. Comprar aquele carro bacana. Morar em frente a praia na cobertura e quem sabe ter uma grana extra para viajar de um lado ao outro do hemisfério.

A realidade é que os líderes do mundo, os governos e as grandes empresas já controlam a mídia, a investigação científica, e a liberação do que pode e o que não pode ser dito por aí. 

A evidência dos fatos que disparam os eventos cataclísmicos na Terra é imensa e tornando-se evidente a cada dia, só não vê quem não quer!.

Os impactos sócio-econômico que estão diante de nós não serão menos catastrófico em uma escala global, quanto o que pode vir por aí, mesmo que não aconteça NADA relacionado a 2012. 

Esses impactos incluem:
esgotamento crítico dos recursos naturais,
a deterioração contínua da saúde a nível mundial,
a depressão econômica mundial,
o aumento exponencial dos preços das commodities (inflação),
a fome mundial,
a III Guerra Mundial,
o caos global,
e lei marcial.

Esses impactos sociais não estarão acontecendo aleatoriamente, por acaso. Eles estão sendo planejados de forma proposital e autorizada a desenvolver, a fim de manter a estabilidade e controle durante esses últimos 100 anos e, especialmente, para os anos que nos faltam. 




A população mundial tem sido induzida a um estado hipnótico de complacência por parte dos grandes governantes do nosso planeta que dirigem a seu bel prazer a nossa vida, o sustento de nossa fútil existência. 

Quando as pessoas falam de uma “conspiração”, têm pouca ou nenhuma idéia de como a coisa é séria e profunda.

Entendam que existe uma lei do universo que diz:

"se você é incapaz de gerir a sua própria energia e consciência, então alguém fará isso por você” 

Em outras palavras, se não formos capazes de ser responsáveis por todas as nossas ações, então sempre haverá uma necessidade de alguma força externa para assegurar a responsabilidade, por manter pelo menos algumas de nossas ações sob controle.


Em nosso mundo atual, essas forças externas incluem tudo, desde os pais, professores, religiosos, uma gestão empresarial, os governos e sua força militar.

Essa responsabilidade inclui todos os pensamentos e ações. Perceba que essas forças são necessárias para manter pessoas e culturas de alguma forma - civilizadas.

Não é verdade que sem elas seríamos mais felizes, 
mas também não é verdade que esse controle deveria existir ad infinitum.

Para que tivéssemos uma vida onde a paz existisse em todos os âmbitos sociais seria necessário que dentro de cada um de nós reinasse 100% a honestidade, a responsabilidade por nossas ações, nosso respeito pelo outro.

A existência das palavras *mentira, engano, corrupção, trapaça, chantagem, destruição, traição, violência, crueldade etc*  não fariam parte de nosso vocabulário, simplesmente não teriam função em nossos pensamentos.

Para que essa responsabilidade existisse, o grau de evolução desses seres seria enorme! Uma consciência exemplar, acima de qualquer parâmetro já visto por nós.

O medo – a raiva – ansiedade - também seriam emoções desconhecidas, portanto não haveria doenças, pois é sabido Cientificamente que o equilíbrio dessas emoções são responsáveis pela manutenção de nossa saúde, da organização e defesa de nosso sistema imunológico.

Devemos observar que muitas e muitas reencarnações de energias foram feitas para que com as muitas experiências fossemos capazes de aprender e desenvolver habilidades que nos tornassem seres evoluídos – de consciência exemplar!

Mas não conseguimos ainda... falta muito. E nos parece que o Universo se cansou disso. Assim como uma mãe desesperada e aflita para que seus filhos amadureçam – ela vai nos dar um “castigo” que jamais esqueceremos.

Os grandes governantes da Terra têm ao longo dos séculos construído e mantido um sistema de controle que têm assegurado a sua dominação e nossa submissão. 

Nós fomos (e somos) manipulados ao longo de séculos por esses seres dominantes, mas não por força bruta explicitamente, mas por nossa total complacência – livre arbítrio - e ignorância – total ausência de consciência.

Suas ações sobre nós é tão dramática e singela, tal qual a tentativa de atrair a atenção de uma frágil criança a seu sórdido contento. De que forma? Oferecendo uma linda, bela e deliciosa “balinha”...

Vc gostou da balinha? 
Eu posso lhe dar mais e mais e mais...

Eles entendem muito bem a natureza humana e da nossa necessidade de auto-indulgência e auto-satisfação e nos jogaram contra nós mesmos, a fim de manter-nos dependentes de um sistema cíclico e auto-destrutivo.


Ficamos viciados nas balinhas...

Somos dependentes da comida que eles produzem e que nos mata aos poucos e ainda nos faz querer mais.

Somos dependentes de um sistema capitalista que nos faz competir, lutar até as últimas conseqüências por uma liderança – seja no mercado, na vida social, na vida familiar (manda em casa quem ganha mais)

Somos dependentes de planos de saúde. Sem eles não conseguimos viver. Temos que fazer preventivo mensalmente para checar TUDO - senão teremos qualquer coisa ruim que apresse nossa falência orgânica... quem sabe nossos hormônios estão em baixa... colesterol em alta... quem sabe?
Checar dentes, ossos, útero, mama, próstata, memória, sangue...

Nós nos tornamos dependentes de um sistema médico que nos mantém sedados e ignorantes de nossos potencias. Imagina nos mandar para casa relaxar sem receitar um único medicamento??? Temos que ser medicados!

Estamos dependentes de tecnologia de ponta. Celular mais complexo e cheio de recursos. Câmeras fotográficas que falam. Computadores, TVs com telas enormes e com alta definição. Precisamos de mais definição...

Somos dependentes de programas de TV, da mídia como forma de nos manter conectados ao mundo. Nos sentimos vivos através do olhar dos outros (novelas) que nos dita o que vestir, o que comer, a quem ouvir, a onde ir e o que comprar.


Será que ninguém consegue perceber isso?
Essa é a grande virada dessa nova era – a percepção dessa manipulação. O despertar da inconsciência. Tomar conhecimento urgente desse movimento e acordar! Tomar as rédeas de seu espírito. Tomar ciência de sua autonomia, de sua responsabilidade sobre suas ações e sobre o direito do outro.

Vc aí que passeia por essas páginas sobre Apocalipse só criticando a ação dos que estão se movimentando ou pelo menos resgatando informações sérias para uma futura e próspera decisão, deve compreender apenas uma coisa:

Vc é um capitalista e preocupado em como manter o que têm até esse momento, certo?. Pois bem. Da mesma razão pela qual a maioria das empresas sabe que sem um planejamento a longo prazo a vida dessa instituição será insustentável – vc deveria trabalhar numa possível estratégia para um “possível” caos social, global. Talvez vc nunca tenha pensado nisso por que esteve inconsciente até esse momento e estava preocupado - gastando energia – para combater uma idéia que não lhe agrada.

Isso é normal no Ser humano. Negamos e nos afastamos de tudo que não queremos encarar . Esse fenômeno psicológico damos o nome de Dissonância Cognitiva.

Não, vc não está maluco, apenas... se borrando de medo.






Um comentário:

  1. Gostei baste do post, vai muito no que eu escrevi no meu blog sobre responsabilidade. Parabéns.

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos