Translate my page Google

23 de jan de 2019

Descoberta a Super Terra, habitável e quem sabe, habitada....



Há um super vulcão debaixo do Parque Nacional de Yellowstone com centenas de metros de profundidade, maior que o estado de Rhode Island. Caso esse supervulcão entrasse em erupção, seria um evento de tal magnitude que mão daria para reproduzir em um filme catástrofe.

Uma erupção lançaria um jato de cinzas mais alto que o Monte Everest que cobria cidades próximas com mais de um metro de cinzas, além de criar nuvens gigantes que bloqueariam o sol por décadas fazendo as temperaturas globais despencarem – criando uma era glacial em poucos dias. As plantas morreriam o que consequentemente teríamos escassez de alimentos tanto para humanos, quanto para todos os animais – em apenas 3 meses.
 
IO - Lua de Júpiter 
Yellowstone teve erupções a cada 3 vezes nos últimos 2,1 milhões de anos (?). Uma média de 600.000 anos em intervalos. E a última vez que deu seu ar da graça foi a 600.000 anos atrás. Estamos atrasados para o último show...

Há um movimento frenético na sétima arte de nos alertar sobre “eventos” catastróficos iminentes. Não sei se você está acompanhando com atenção, mas tanto a “Sociedade de Astronomia” quanto os “guardiões das galáxias”, estão alertando para a humanidade com letras neons gigantescas a porta de SAÍDA dessa encrenca.

Cada dia há um “tópico”, um artigo displicente sem muitos detalhes nas redes sociais, sobre as descobertas de NOVAS TERRAS nas redondezas do sistema solar - o que anos atrás essa ideia era inconcebível, coisa de “ficção científica” ou papo de gente sem noção sobre Bioquímica... Mas já se fala até sobre possível vida alien... logo ali.

Recém-descoberta a "Super-Terra"
Antes, Cientista alegavam que um planeta batizado de “Barnard b” seria hostil à vida como a conhecemos. Mas... rolou um novo estudo de uma equipe de pesquisadores da Universidade de Villanova e do Instituto de Estudos Espaciais da Catalunha (IEEC), que afirma ter grandes possibilidades de ser um novo lar.

Esta “gigante bola de gelo” poderia realmente apoiar a vida a partir de cenários em que a vida subterrânea poderia existir. Enquanto a superfície pode ser gelada, a atividade geológica pode permitir a vida abaixo da superfície.

Essas “maravilhas” hipotéticas foram compartilhadas na 233ª reunião da American Astronomy Society (AAS), em 06  a 10 de janeiro de 2019 em Seattle, Washington.

Usando o método Radial Velocity, a equipe de pesquisa responsável pela descoberta determinou que este exoplaneta (Barnard b) é tanto uma “super-terra” quanto um “planeta gelo” que pode ser habitável quanto facilmente ser habitado.... 

“Captou a mensagem? “

Vamos recapitular algumas mensagens da Sétima Arte nos últimos anos e analisar o que eles queriam que a gente pesquisasse seriamente.

Prometheus (uma nave mãe) - Filme 2012 – Ridley Scott – narra que em 2089, arqueólogos descobrem um mapa estelar na Escócia que combina com outros de várias culturas antigas não conectadas. Eles interpretam isso como um convite dos precursores da humanidade, os "Engenheiros" – geneticistas.

O filme trata da relação da humanidade com os deuses - seus criadores - e a consequência de desafiá-los. Uma expedição humana pretende encontrar Deus e receber conhecimento sobre crença, imortalidade e morte.

Etimologia da palavra Mito – descreve como uma coletânea de histórias tradicionais ou lendas coletivas.

1909 - Otto Greiner
Na mitologia, Zeus, rei dos deuses do Olimpo, sentenciou o Titã (gigante) Prometheus ao tormento eterno – acorrentando-o a uma rocha, onde a cada dia uma águia, (o emblema de Zeus), era enviada para se alimentar de seu fígado, que então voltava a crescer durante a noite para ser comido novamente no dia seguinte. 

Lembrando que o “fígado” é a sede das emoções humanas.

Prometeu criou o homem da lama, Athena dá vida a ele, transmitindo razão e compreensão. Prometeu tornou-se uma figura que representava o esforço humano, pela busca do conhecimento, vitalidade e responsabilidades da nova geração para a perpetuação da sociedade e sobrevivência, interesses da raça humana como um todo.

Pintura - Prometheus sentado em uma pedra pensativamente considera o corpo do homem que ele acabou de moldar de barro, e, entretanto, está aguardando a chegada de Psique que lhe dará a vida.


Já deu pra sacar quem é o Titã Prometheus


Júpiter Ascendente – lançado em 2015 pelos mesmos criadores da trilogia Matrix - deixa mais essa na conta, para ver se o povo desperta.

Terra e incontáveis ​​outros planetas foram estabelecidos por famílias de realeza alienígena com o propósito de "coletar" um tipo de soro juvenil para a manutenção da jovialidade  das elites.

Após a morte da matriarca da Casa de Abrasax, a mais poderosa das dinastias arianas alienígenas, seus filhos, Balem, Kalique e Titus, discutem sobre a herança deixada e disputam os escravos do planeta Terra, mas não contavam com existência de Júpiter, uma humana, humilde e serviu faxineira russa, que é a verdadeira herdeira da Terra.

IO era uma mulher mortal cobiçada por Zeus. De acordo com algumas histórias, Zeus transformou IO em uma novilha, a fim de escondê-la de sua esposa Hera.

IO (Grego, significa Lua) é a mais interna das quatro luas galileanas do planeta Júpiter, tendo a maior densidade de todas as luas e a menor quantidade de água de qualquer objeto astronômico conhecido no Sistema Solar.

A primeira observação relatada de IO foi feita por Galileu Galilei em 7 de janeiro de 1610 usando um telescópio refrator de 20x na Universidade de Pádua. Entretanto, nessa observação, Galileu não conseguiu separar IO e Europa devido à baixa potência de seu telescópio, de modo que os dois foram registrados como um único ponto de luz.

IO é ligeiramente maior que a Lua da Terra, também é conhecido pelo seu abundante vulcanismo
Filme "Io" lançado janeiro pela Netflix.

IO (2019) - Filme lançado em 18 de janeiro pela Netflix.
Mostra alguns últimos sobreviventes da Terra pós-cataclísmica (?). Uma jovem, filha de um grande Cientistas falecido decorrente dos efeitos do ambiente na Terra, se dedica a manter o legado científico deixado por seu pai e encontrar uma maneira de adaptar a vida novamente ao caos atmosférico. A jovem cientista acredita que é possível manter a humanidade no planeta ao invés de abandonar a Terra para tentar colonizar outros ambientes tão hostis e desconhecidos para a vida humana.

O que talvez a maioria não tenha observado é que o "recomeço" da nova civilização está no "cruzamento" entre arianos e lulus. Quem conhece a história da Terra vê isso fácil. 

O QUE ACONTECERIA SE A TERRA PARASSE DE GIRAR,
MAS A ATMOSFERA MANTIVESSE SUA VELOCIDADE?

Randall Munroe é formado em Física pela Christopher Newport University, nos Estados Unidos, trabalhou com Robótica na NASA. Escreveu o livro “E se?”  (Companhia das Letras, 2014) reuniu alguns questionamentos e mostrou que é possível usar a ciência para encontrar soluções para dilemas inimagináveis. Essa é uma das questões que eu destaco de maior relevância e atende a nossas dúvidas urgentes. 

Segundo Munroe, um vento supersônico afetaria perto de 85% da população mundial. Isso porque, na linha do Equador, a Terra se movimenta a quase 1.700 km/h em relação ao eixo.

 “Os ventos seriam mais fracos perto dos polos, mas nenhuma cidade habitada possui distância suficiente para não ser impactada.”

Mesmo depois que o vendaval passasse, as coisas não ficariam calmas instantaneamente. Segundo Munroe, as rajadas de vento virariam lufadas de calor.

“Normalmente, a energia cinética do vento é tão pequena que acaba sendo desconsiderada. Mas esse não seria um vento normal e, portanto, provocaria uma temperatura ardente e, nas regiões onde o ar é úmido, aconteceriam trovoadas globais.”

Como podem observar a cada dia há uma pitada de informação para um público seleto; os que sabem o que está por vir. 

"Eles" querem "salvar" alguns modelos humanos para dar continuidade a mais uma civilização... Zeus sabe lá que diabo de "vida" será essa, mas o certo é que Zumbis adoram a eternidade material e não vão abrir mão dessa "nova terra".


Viagem a marte em 30 minutos - eles têm pressa e já sabem como agilizar as coisas...





17 de jan de 2019

AO VIVO: Qual seria o impacto de um contato com civilizações extraterrestres?


Hangout 
Laura Botelho e André de Pierre
Sexta feira - 18 de janeiro 2019 
 a partir das 21h nesse canal do Youtube - final da página

André de Pierre é formado em História, produtor da Revista Enigmas que aborda temáticas relacionadas aos mistérios antigos, revisionismo histórico, pré-história, arqueologia e teoria dos astronautas antigos.

Será um bate papo descontraído sobre temas que não são muito explorados pela mídia "convencional" e até mesmo pelos blogueiros de plantão, sobre esses assuntos.

Faz anos que quero fazer essa abordagem sobre esses temas e acredito que essa conversa será proveitosa para quem está atento a todos os movimentos futuros. Nosso tempo tá curto pra tanta informação.

Alguns tópicos que podemos explorar:
  • O que faremos depois de uma "assumida revelação" por fontes científicas?
  • Como nos preparar para essa mudança radical de percepção de existir?
  • Como reagirão as pessoas que não estão preparadas para esse contato? Suicídio em massa? Pânico geral? 
  • Será que devemos nos organizar, nos preparar agora ou só depois quando ou "se" acontecer?
  • Como daremos entendimento sobre o passado da humanidade para nossos filhos e netos? E nossos avós?!
  • Teremos uma alienação conformista ou uma revolta geral contra governantes que ocultaram essa relação "extra” Terra por anos?
  • Como ficará o passado histórico da humanidade diante dessa nova esfera de conhecimento? Teremos que revisar todos os livros antigos ou começar do zero?
  • Teremos que mudar, reavaliar intuitivamente tudo que aprendemos e aprenderemos?
  • Que tipo de implicações sócio educativas surgirão com um possível contato físico e intelectual com esses seres que estão evoluídos TECNOLOGICAMENTE zilhões de anos luz de nós?
  • Como ficarão as religiões no planeta?
  • Iremos regredir espiritualmente ou avançar tecnologicamente?
  • Será a partir dessa notificação que nascerá outra civilização mais sensata, mais pacífica ou será apenas um novo ciclo, uma civilização diferente?
  • Qual o papel da UFOLOGIA a partir disso?
  • Onde entrará a espiritualidade nessa percepção ampliada? 
  • Estaremos preparados intuitivamente e espiritualmente para os eventos dos próximos anos?

 Hangout ao VIVO na sexta, aqui nesse BLOG -- ficará gravado no youtube para que você assista quando puder.

Esperamos suas sugestões sobre algum ponto importante!



Não esquece a pipoca

laura botelho





meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos