Google

Translate my page Google

18/10/2014

A fuga do planeta Terra

E aqueles que foram vistos dançando
foram julgados insanos por aqueles
 que não podiam escutar a musica.
Friedrich Nietzsche

Jetsons com Skype ?? Em 1990?
Quem me conhece sabe que sou cinéfila. Assisto de tudo, pois acredito que as mensagens que precisamos saber estão nos filmes - uma das facetas da arte - que usa a técnica de transmissão da informação aos iluminados e "iniciados" - e você é um deles.

Só entende quem conhece, se não conhece, não vê, não enxerga e tudo se torna "patético", "fictício", "infantil" apenas para "entreter", e se você acha isso... então muda de BLOG.

Adoro desenhos animados. Eles têm como objetivo levar conhecimento, nos familiarizar com o "novo" de forma lúdica, divertida, metafórica levando o indivíduo a uma emoção forte onde será ancorado o script, já que programas são passados assim. 

Quando o cérebro rejeita um novo programa, nada como uma boa musica com imagens fortes que driblam o "porteiro" (consciente) - e nada mais eficiente para isso do que a SÉTIMA ARTE - que contém todos esses elementos.

O desenho da família "Jetson" já têm mais de 50 anos de produção e nos mostraram muitas "possibilidades". Se você não viu ou não lembra de nada, reveja. Tá tudo lá. 

Entre 8 de setembro de 1966 até 3 de junho de 1969 foi ao ar pela TV americana a série de ficção científica  STAR TREK, mas só chegou pela primeira vez ao Brasil em 1968, dois anos após sua estréia nas tvs norte-americanas. 

Já se passaram 46 anos e eu tinha 8 anos de idade e adorava essa série. Assisti a todos os episódios várias vezes com o passar do tempo, pois as informações contidas ali eram para minha geração de Trekkies.

A trama do seriado retrata as aventuras de seres humanos e alienígenas que servem a Frota Estelar para manutenção da paz espacial da Federação dos Planetas Unidos que tentavam impor seus valores e costumes em outros planetas.

Isso te lembra alguma coisa?

Muitos dos conflitos políticos narrados em Star Trek representam alegorias da nossa realidade cultural, abordando questões sobre guerra e paz, o valor da lealdade pessoal, autoritarismo, imperialismo, guerra de classes, economia, racismo, religião, direitos humanos, sexismo, feminismo e o papel da tecnologia sobre a vida dos humanos.

O que chama atenção em Star Trek é como eles usam a informação através das características dadas como alienígenas – como exemplo, os raça dos vulcanos, que tiveram um passado violento, mas aprenderam a controlar suas emoções (viraram robôs insensíveis seguindo ordens).
 
Tablet ? Ipad ?
As cores dos uniformes variavam de acordo com a função da tripulação: o dourado para comando, navegação e armas; vermelho para engenharia, segurança e serviços e azul para medicina e ciência.

Entre as raças alienígenas presentes na série, estão os klingons, os romulanos, ferengis, borgs, andorianos, cardasianos e vulcanos.

A saudação do povo vulcano foi ideia do próprio ator Leonard Nimoy (Spock), inspirado de uma saudação judaica (maçônica). O estereótipo de Spock causou protestos de entidades religiosas que o consideravam muito parecido com uma figura demoníaca.

Como vê, cada um absorveu aquilo que podia ver, perceber conforme o nível de informação e evolução individual e é esse o objetivo.

Hoje lhe ofereço outra pérola - esse desenho animado.
Preste atenção ao que essa película está lhe dizendo. Essa animação foi feita para crianças dessa nova geração que estão anos luz a nossa frente, portanto, aprenda a "enxergar", a ouvir a música com eles!  

laura botelho





meus livros

meus livros
Click na imagem para saber mais

meus livros

meus livros

Vulcões ativos