Google

Translate my page Google

26 de fev de 2010

O medo da não existência.



Esse texto não foi fácil de montar. Exigiu muito tempo de pesquisa, ainda mais que mexe com um conjunto de crenças dos quais não estamos preparados para abandonar. Exige muita informação para apagar a velha programação e na falta de alguma coisa mais “científica” que a substitua, vamos nos agarrando aquilo que já conhecemos desde o berço, é mais seguro e é isso que acontece nesse momento com muitos de nós.

O que eu exponho aqui é apenas fruto de minha convicção, um ponto de vista meu, baseado no que tenho lido e estudado. As fontes de pesquisa são imensas e não seguem a linha, digamos, espiritualizada como estamos acostumados a ler em milhares de BLOGs, pois cada grupo ritualista já deu um caminho para suas metas formatando um conceito muito peculiar ao assunto do qual quero fugir.

E depois da morte física, o que há? – não obstante, o dogma central de toda religião só irá mudar a partir de sua localização no globo terrestre. Budistas, Cristãos, Islâmicos, Judeus... todos já tem um lugar certo para essa resposta – Se você for bonzinho irá para o céu, se for mau o inferno lhe aguarda.

E eu não gosto desse tipo de resposta, é muito limitante. Por isso fui à cata de entender o que esperar futuramente. Eu sempre pesquiso o lugar para onde vou antes da viagem. Vc não?

Racionalizar sobre esse tipo de questão também não é muito sensato, pois ainda há coisas que desconhecemos e não nos dão informações necessárias para completar o quadro. Há sempre um buraco no quebra cabeças que não me dá a imagem total do que preciso ver.

O raciocínio, frio e lógico, nos levará a um mundo terreno – a um produto do cérebro, da Matrix e ter doutorado em teologia também, não é certeza de conhecer a sede da Terra do Nunca
Portanto, ficarei no meio.

Essa questão está tirando o sono de muitos de nós que estão à procura de respostas para tudo! Não tenho a verdade aqui, apenas um ponto de vista que eu acato como caminho para minha jornada. Veja se serve para você também, caso contrário... não desista, visite outros BLOGs.

Como já é do nosso conhecimento, sabemos que tudo que vivenciamos é uma programação do ambiente. A matéria não existe. Uma tonelada de ícones, símbolos nos passam a mensagem que nos converte naquilo que somos, vemos e sentimos.

Nos ensinaram a adorar a matéria acima da energia vital – espírito (como conhecemos). Por ignorância nossa, permitimos que nos manipulassem a seu bel prazer como ovelhas num rebanho. As ovelhas precisam permanecer juntas para melhor serem visualizadas para controle. 

Nos deram as cidades e nos colocaram cercas, muros e limites. Vivemos em ruas, bairros, cidades, países, continentes. A ovelha que tentar transgredir a idéia de abandonar o grupo se torna visível e é considerada subversiva, uma ovelha perigosa que pode colocar tudo a perder. Eles eliminam.

Nos programaram para acreditar que somos seres limitados e imperfeitos, separados do resto da criação, para isso, nos ensinaram a amar e adorar o “pai” “o senhor” , o “outro” o “iluminado”. Tudo para nos afastar de nossa responsabilidade como criadores de nossas experiências.

Nos dizem: “Calma, “Ele” vai nos salvar de todo mal"Ele é fiel" (?)

E que a vida se resume numa luta incessante de sobrevivência. Devemos ser mais forte que o outro sempre e para que nossos descendentes consigam levar esse gene e bravura, é necessário lutar pelo espaço, pela comida, pela informação, pela moradia. (C. Darwin)

Nos mantiveram presos a um sistema econômico voraz, a leis cada vez mais injustas. Criaram bandos, hierarquias, forças ocultas e grupos de oposição, tradições e rituais que nos mantém prisioneiros de uma situação, seja ela qual for.

Não se deve quebrar rituais... o trabalho e os estudos devem ser priorizados. Um tipo de cerca eletrificada invisível a olho nu que nos afeta caso deixemos esses rituais de lado e fiquemos à margem dela – bebidas e drogas são a saída.

Somos afrontados diariamente com crises, terrorismos, pragas, desastres naturais e “não naturais”, guerras, tudo para provocar o medo, o pânico, sentimentos e emoções que nos conecta a eles sensivelmente. 

Eles se regozijam por isso.

Nos polarizaram.
Nos dividiram com o norte e o sul, oriente e o ocidente, o primeiro mundo e o terceiro, o bom e o mal, o feio e o belo, o rico e o pobre...

 Nos deram o ócio para nos atermos a programação e não enlouquecer constituindo ídolos para idolatrarmos, imitarmos e identificarmos com uma nítida intenção de procurar a felicidade no exterior e afastar qualquer retorno a nossa divindade.

Ocuparam nossa mente para isso com banalidades e futilidades do dia a dia, temerosos de que pudéssemos em algum momento despertar do transe.
Assim como fazemos com nossas crianças quando começam a chorar para pedir atenção – usamos de chocalho colorido e barulhento para que ela se distraia novamente e cale a boca para voltarmos à novela.

Mas o que eles não esperavam é que muitos de nós começassem a despertar. O chocalho não está mais fazendo efeito... É chegada a hora, e muitos de nós estão despertando de um sono profundo e enxergando a luz que faltava para dar uma direção para fora dessa prisão.

O único probleminha aqui é que muitos de nós não se vê em prisão alguma!

Fugir de que? Para que? Ir para onde?  Minha vida é ótima!

Realmente não precisamos fugir de nada e ir a lugar algum, precisamos apenas entender que temos escolhas de ficar e observar o que se passa a nossa volta – nos tornar conscientes. Se você já tem essa noção, então você acordou!

O que os textos antigos de vários povos têm em comum é que nos dizem que estamos no fim de um ciclo. Tal qual passamos em nossas vidas. Tudo se resume em fases.

Analogamente, faz sentindo comparar como se tivéssemos no final do terceiro ano do segundo grau da escola. 

Estamos no momento que devemos escolher que carreira seguir, que destino dar ao resto de nossas vidas, a escolha de uma universidade. Mas estamos estudando muito para enfrentar as provas de seleção. 

Afinal, quem não deseja um céu Federal ao invés de um inferno Privado?

Não sei vcs, mas eu não vou passar para universidade nenhuma! Vou continuar a seguir os estudos sem divisões, sem opções de melhor, ou pior, do bem ou do mau. Isso é polaridade!!

É fruto da vida terrena!



Para onde eu vou, e tenho certeza disso, é um lugar parecido com a Terra, mas não há pessoas, corpos físicos, apenas energias, seres que como eu, são imortais, mas que não possuem sexo, cor, espessura ou forma, apenas conhecimento individual.


Essas energias interagem como nós aqui no BLOG.

Nós conversamos, trocamos informação, rimos e interagimos sem mesmo sabermos os nomes verdadeiros um do outro

Não sabemos se o outro que escreve é gordo, cego, negro, azul, paralítico, gay, feio, milionário ou se está utilizando um computador de uma única Lan house na cidade que vive!

O que naturalmente, os itens acima seriam motivos para divergirmos e nos separar no mundo físico da Matrix instalados pelos "PRÉ- CONCEITOS".

Ousaria dizer que nos comunicamos quase telepaticamente, pois sentimos certo “tom” na escrita do outro. Uma arte que precisamos desenvolver rapidamente.

No lugar para onde eu vou não podemos nos ver, mas podemos discutir e trocar informações sobre coisas banais como: o dia hoje está quente, vai chover a tarde, a maré está subindo, as árvores estão crescendo e dando frutos...

Nada sobre a queda da bolsa, o recall da Toyota ou o machucado no joelho do Ronaldinho... Isso é coisa da Matrix. Para onde eu vou não existe essas coisas.

Até 2012 muito irá acontecer e possivelmente muita gente nem notará muita diferença
O mundo prosseguirá como sempre. As tecnologias irão avançar, os prédios de apartamentos serão mais confortáveis. A comida ficará pronta em segundos. As doenças serão controladas e vc poderá mudar qualquer parte de seu corpo para se tornar um... negócio fantástico!

A diferença entre estar aqui ou no lugar onde eu imagino, está na nossa mente, na maneira como queremos passar a eternidade. Uma questão de PERCEPÇÃO!

O perigo de se morrer (no meu entendimento) é não estar preparado para passar para outra dimensão e essa dimensão não tem a forma de um portal que se abrirá no céu, esse portal está dentro de Nós!

Esse momento que estamos atravessando é um momento histórico na existência humana, pois teremos apenas alguns poucos segundos para atravessar o portal de maneira consciente – atravessar a linha que nos separa da matéria para a energia. (morte física)

Os negativos sabem que esse momento é fundamental para a raça dos humanos, pois se o portal fechar  e a gente estiver bem preparado para a mudança, eles não poderão mais nos alcançar. Estaremos longe de seu poder.

Essa mudança será de tal magnitude que deixará aquele que não tem conhecimento do todo à mercê da manipulação dos negativos no momento do pânico

Então estarão presos nesse veiculo por mais 13mil anos,
até que a luz volte e abra o "portal" novamente.

Entenda que a diferença entre estar vivo ou morto é uma enganação da Matrix.

É polarização. O medo nos faz ficar aqui. Temos medo da morte, porque não a conhecemos. Não sabemos o que acontece.

Bases subterrâneas não serão imunes as forças da natureza. Os terremotos racharão qualquer ambiente por mais sólido que ele seja.Não haverá lugar “seguro” para se esconder.

A natureza quer que toda a humanidade sinta a mudança e entenda e mova-se nessa passagem.


O medo da não-existência é que nos levará a permanecer do jeito que estamos agora. 
A partir do momento que o portal se fechar não há mais como fugir da prisão.
Nesse momento ele está se abrindo e está esperando sua decisão. 
Por favor, acorda!

Laura Botelho




20 comentários:

  1. Sem desmerecer outros posts, este me deixou muito emocionada,queria eu passar o qu sinto neste momento pras pessoas que eu amo e convivo nesta suas palavras,quem me dera "acordar" minha pequena família,pra's coisas que eu ,nós(sem generalizar) ,já temos conhecimentos e que iremos ainda descobrir,karamba Laura vc disse tudo!!!!estou muito emocionada!!!Andreia Almeida

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez Laura, Excelente post!!
    As pessoas precisam acordar!! Não é dificil, não requer nada além de olhar, ter a percepção de si mesmo e passar ver com Humildade e Amor o Todo que tudo È, e que nós somos!! Somos Eternos!! Criem sua Realidade!! Suas palavras dizem tudo!!

    Gostaria de divulgar seu blog no meu canal, eu posso??

    Fique na Paz querida!!
    Paz e Luz a todos!!

    Hk. Kj.

    ResponderExcluir
  3. Olá Andréia e HiKariKaji!
    Fico grata pelas palavras. Eu já não sei mais o que dizer para balançar as pessoas.

    Andreia, não é só vc que não consegue acordar os entes queridos. Eu tenho o mesmo problema na minha casa, no convívio com amigos.

    Alguns até estão fugindo de mim... acredito que estejam pensando : "lá vem a apocalíptica, aí!"

    Apesar do que muitos possam pensar, eu não saio doutrinando ninguém como uma missionária evangélica! Tenho muitos amigos que nem conhecem esse meu BLOG e do que ele trata.
    Como tenho outros sobre saúde mental e afins, eles se concentram nesses...

    Infelizmente não poderemos levar todos que amamos para atravessar a fronteira da ignorância. Nem os positivos estão tramando isso. Eles estão respeitando o despertar de cada um... e teremos que fazer o mesmo. Respeitar o tempo de cada um, por mais que nós amemos essas pessoas.

    Não é fácil... acho que dói mais do que uma facada no ventre ou uma pancada na cabeça.

    HikariKaji,
    vc me pergunta se pode divulgar no seu canal?
    Ainda não o fez porque?
    http://www.youtube.com/hikarikaji

    Visitei o seu Blog no Youtube e fiquei chocada com tanta informação! Videos excelentes! Parabéns!

    Sempre que tiver novidades deixe o link no BOX!OK?

    laura

    ResponderExcluir
  4. Laura, essa deve ser a 4a vez que tento fazer um comentário. Sempre acontece alguma coisa e o comentário não sai... mas tudo tem sua hora, é o que penso.
    Acompanho seu blog há bastante tempo porque gosto dele. Eu me faço muitas perguntas depois de ler seus posts e, muitas vezes, minhas próprias respostas são ainda mais inquietantes. Minha maior questão é como educar meus filhos pra tudo o que já está acontecendo sem deixá-los assustados...
    Muitos já me perguntaram se sou hippie, porque meus valores são orientados verdadeiramente pra essa quebra de paradigmas, eu luto diariamente pra não me deixar manipular, então - aos olhos da maioria - sou muito estranha; e como essa maioria só consegue ver com os olhos e precisa de rótulos pra "enquadrar o que no que", acaba achando que sou hippie...
    O fato é que há muito tempo me sinto incomodada com várias coisas e, desde que comecei a ler seu blog, esse incômodo começou a fazer sentido.
    Conheça o site www.somostodosum.com.br
    Um abraço!
    Sandra

    ResponderExcluir
  5. Ah... Sandrix... Tive rir...
    quer dizer que depois que começou a ler meu BLOG o "incomodo" começou a fazer sentido? Não entendi, mas deve ser alguma coisa boa...

    Eu agradeço de coração por sua persistência em postar um comentário. Esse programa do Google emperra e não deixa mesmo. Tem dias que eu mesma não consigo postar no meu próprio BLoG!

    Vc me deu um tema que vou explora daqui para frente. Vou escrever sobre como preparar nossos filhos e crianças de um modo geral.

    Tenha certeza de uma coisa: Santo de casa não faz milagre!

    Meu discurso é muito bonitinho da porta pra fora, pois no meu ambiente doméstico... é de total intolerância. Meus filhos não querem saber, mas me chamam de bruxa quando algo que andei comentando cai na mídia...

    Ja´disse antes: cada um tem um tempo.
    Os meus filhos não são mais crianças, talvez essa seja a problemática. Eles foram contaminados pela Matrix.

    Mas realmente temos que falar sobre as crianças - que se enquadram de 6 a 12 anos. Antes disso, eles não compreendem a dimensão da coisa e já vieram programados para a ocasião. Vcs já devem ter ouvido sobre as crianças CRISTAL que nasceram a partir de 2000.

    Relaxem quanto a isso.

    Eu conheço o site que vc indicou e já andei fazendo comentário sobre algumas coisas que não concordei por lá.

    valeu querida.
    Beijo grande
    laura botelho

    ResponderExcluir
  6. Muito Obrigado Laura!! No que eu puder ajudar estarei a disposição!!

    Gostaria de comentar também sobre o fato do despertar dos nossos entes queridos. Também percebo esse distanciamento de várias pessoas como vc disse. Infelizmente não podemos fazer muito quanto a isso, apenas podemos dar sinais. Mas o Caminho deve ser percorrido por eles, deve vir dentro, e devemos respeitar isso acima de tudo!

    Cada um tem o seu plano de despertar!

    Quanto as crianças é nossa função orientá-las sim! Elas são as mais vulneraveis nessa "Selva" que é o Sistema/Matrix.

    Beijo Laura
    Paz e Luz a todos!

    Hk. Kj.

    ResponderExcluir
  7. Eu já acordei e muitos ainda acordarão.

    Belo trabalho Laura.

    ResponderExcluir
  8. Laura.
    (por favor, não publique este comentário)
    Tenho visto você confundir o uso de MAL com "L" e MAU com "U".

    MAL é o oposto de BEM
    MAU é o oposto de BOM

    Ex. O MAU tempo (o BOM tempo), o MAU humor(o BOM humor), o MAU gosto (o BOM gosto).

    O MAL visto (o BEM visto), o MAL entendido (o BEM entendido).

    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Grata a todos pelos comentários

    Olá Anonimo. Agradeço por sua contribuição em levar mais cultura nos "despertando" para "bem" da humanidade em não cometer erros como esses.

    Quando escrevo, não o faço pensando se estou sendo precisamente correta na língua.Estou cheia disso! Acredito que todos vão entender mesmo se eu escrever assim:

    M67 Q0654d1 4NON790, F8Q23 90 7O7O A5 IM54E1 DS P75T2!!!
    L085A 8OT3LH1


    No começo a coisa fica muito difícil de entender, pois o cérebro precisa se acostumar com o código, mas em poucos segundos vc poderá le-lo facilmente.

    O nome desse "fenômeno" chama-se INFERÊNCIA e a inferência é um artifício da nossa mente para resumir a informação para que tomemos uma atitude rápida para a sobrevivência do corpo.Portanto, se eu escrever de qualquer maneira (certa ou errada) e vc puder entende-la - minha missão está... "comprida ou cumprida"?

    Vejo, meu caro Anônimo, que sua atenção está voltada para o politicamente correto. Estar dentro de um padrão culto da norma é mais importante do que o conteúdo... isso me dá um certo desanimo, pois vc está preso a MATRIX e não acredito que o que tento passar está fazendo algum efeito para vc... lamento muito...

    Faça o seguinte: se te incomodar muito ler algo que choca com sua cultura acadêmica, basta pensar assim na frase que escrevi.

    Onde está no meu texto,
    Ele” vai nos salvar de todo "MAU"

    Substitua a seguir por:

    "Ele vai nos salvar de todo "MAU CARACTER" que nos desvie do BEM"

    Assim, não irá te agredir tanto. Que tal?

    Ah... MAU humor - (na língua politicamente correta) seria MAL HUMOR, mas eu entendi o que vc quis dizer.OK?

    Para mim não faz a menor diferença, se foi mau ou mal de sua parte. O importante é que vc quis muito me ajudar a melhorar a informação dois meus leitores... eu eu sou grata por isso, apesar de meu BLOG não ter foco na gramática e sim no pensamento...

    Eu me sentiria mais realizada se vc tivesse me perguntado o que eu queria dizer com o "MAU" nessa frase...foi mal... fica pra próxima.

    grande abraço
    laura botelho

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Sou recente no seu Blog e gostaria de parabenizá-la e agradecer pelo seu empenho, muito rico em informações, fatos e noções básicas de tantas coisas que já devíamos saber.

    Ontem estive em uma palestra / seminário que abordou o despertar de forma clara, sem papas na língua como algumas pessoas dizem e posso lhe dizer, à medida que eram expostos os motivos da "reunião" e os porquês percebi um calar profundo na alma das pessoas e a temperatura do ambiente simplesmente "abaixou", senti respiração tensa e alguém do meu lado murmurou "ah Meu Deus!" fechou os olhos, parecia que as fichas caiam em cascatas... muitos acredito que agradeceram pela oportunidade de saber, poder se preparar psicologicamente e fazer algo de útil a tempo.

    Não se preocupe!!
    Laura, o tempo urge e não há tempo para muitas correções ou revisões de texto. Quem tem acesso às leituras deste blog com certeza está interessado nos conteúdos que possam deixar menos angustiados, mais esclarecidos e principalmente nestes últimos anos já estamos cientes de alguma forma das falhas na escrita, ordem na escrita das palavras e outras coisas mais, uma interferência em alguma região do cérebro que comanda essa odenação de letras/palavras de muita pessoas. Já percebi isso e achei que era falha no teclado.


    A título de comentário outro dia visitei um site e achei imagens de fotos diferentes e interessantes as quais a maioria de nós não conseguimos perceber, soube que são consciências de outras dimensões e estão a nos ajudar de alguma forma.

    http://lokkonshojofontedavida.com/index.php?option=com_content&view=article&id=69&Itemid=70

    abraços, muita Paz e Luz!
    Akatsu

    ResponderExcluir
  11. Ola AKATSU

    fico grata com sua participação e com suas palavras.

    Realmente não tenho tempo para correções gramaticais. Passo muito tempo diante do computador e minha mente me engana ao reler um texto que já li por várias vezes. INFERÊNCIA.
    Para isso existem os revisores - eu não tenho um!

    Estou buscando informação sobre como fazer as pessoas entenderem a gravidade do momento. As vezes me canso. As vezes me estresso. Mas sempre me levanto no dia seguinte pronta para o trabalho!

    Grande abraço e fique por aqui.
    Vc verá muita coisa interessante.
    laura

    ResponderExcluir
  12. Laura, adorei seu post pro anônimo! Eu confesso que sou assim também, mas nesse caso o conteúdo é tão completo e infinito que erros gramaticais não interferem em nada na captação da mensagem.
    Algumas coisas ainda são meio complexas pra mim, no tocante à física quântica, essas coisas.
    Obrigada por ser o que você é.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Olá Laura
    Já acompanho os seus blogs faz algum tempo
    Gosto muito de como voce escreve parece que estamos conversando no sofá da sala, assuntos que adoro, mas que não tenho com quem falar.
    Admiro muito voce, os seus textos são esclarecedores. Um grande abraço e muita luz
    Ro

    ResponderExcluir
  14. PUTA Q PARIU, como é bom ler um texto de uma acordada.

    Até as palavras sao as mesmas que uso.

    Continue assim a escreva mais e mais, porque depois nao vai mais pra entrar em blogs huahauhuahuh.

    ResponderExcluir
  15. Cara Laura botelho, devo brindá-la com as melhores expressões de entusiasmo pelo seu trabalho neste espaço virtual! Sua linguagem e construção de idéias me anima a ler tudo seu, espero ter muitas jornadas mentais neste seu universo em expansão! Parabéns!

    Jose Nunes

    ResponderExcluir
  16. Cara Laura Botelho, tenho lido o seu blog algumas vezes e a cada dia que leio, aprendo muitas coisas que me deixam com muitas perguntas a fazer, me sinto como uma pessoa que estar acordando de um sono profundo, eu fazia parte de uma igreja evangelica, mas desde o ano passado as coisas começaram a mudar em minha vida, saí da igreja e não participo mais de nenhuma denominação religiosa ou coisa parecida, começei a fazer pesquisas para encontrar respostas as minhas perguntas e já descobri muitas coisas que eu antes acreditava como totalmente verdadeiras, decidi por mim própria apagar da minha mente tudo que me ensinaram na vida religiosa, na escola, na sociedade, estou disposta a estudar, analisar, pesquisar o que for preciso para saber de toda a verdade que não foi nos dita, só ai irei tirar minhas conclusões, te agradeço por sua ajuda em postar muitas informações, espero um dia quem sabe te conheçer pessoalmente, adoraria ser sua amiga. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. CARA LAURA.
    DIZEM QUE A PRIMEIRA INVENÇÃO DO HOMEM FOI UMA CERCA,NESTE CERCADO ELE COLOCOU OS ANIMAIS PARA ALIMENTAR-SE,ASSIM NÃO PRECISOU MAIS CORRER ATRÁS DELES E SE EMPANTURROU.A SEGUNDA GRANDE INVENÇÃO FOI COLOCAR OS HOMENS DENTRO DA CERCA,SÓ PARA SERVI-LO.

    ResponderExcluir
  18. Fantástica você garota!! Menina,mulher do presente, passado e futuro, reina em mim, estou ligada em você, grata por sua colaboração planetária, e cósmica.
    Matrix não é a minha praia, sou excluída deles,totalmente desejustada para o perfil, nem me querem por perto,ainda bem!! Por que além de tudo ainda sou crítica, sempre trabalhando e estudando para me desajustar ainda mais deles,,,imagine, há 10 anos, lutando em vão, tentando salvar os nossos ecossistemas das mãos do capitalismo, tem noção?

    Missão impossível?

    www.girasolsam.blogspot.com
    www.omeurioquesefoi.blogspot.com
    www.planetaecoarte.com
    www.msolmaritimaeambiental.com.br

    ResponderExcluir
  19. Laura. Posso dizer que acordei recentemente.
    Mas como faço para me conectar com esses seres, saber o q é esse portal??
    É muito difícil se desligar dos nossos objetivos terrenos... Vc mesmo disse, que a questão não é largar tudo e virar radical. É mais um jeito de gerar polaridade. Me ajude. Na sua opinião, o que devemos fazer?
    Conscientizar os demais? Fazer trabalho voluntário (já faço)? Como proceder durante uma crise onde q maioria estará em pânico/medo de morrer??? Ando lendo muito sobre isso em meu tempo livre, cheguei até a sonhar com o dia em que a estrela azul ficou mais intensa e no caos que houve na terra. Em meu sonho, você enviava mensagens por celular para mantermos a calma, acredita?? rsrs.

    Aguardo suas respostas!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Olá Laura, Parabéns pelas informações. Acompanho suas postagens a pouco tempo..uma dúvida: quando você diz que não vai passar por universidade o que significa? Não devemos tambem obter os conhecimentos da matrix??
    Grato,

    Leonardo Souza

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos