Google

Translate my page Google

11 de jan de 2010

Hipercomunicação - vamos trabalhar nisso agora!


"Toda verdade passa por três estágios.
Primeiro, ela é ridicularizada.
Segundo, é violentamente combatida.
Terceiro, é aceita como sendo auto-evidente."
Arthur Schopenhauer (1788-1860)


A inversão causada pelo Ponto Zerona mudança dos pólos – precessão dos equinócios - provavelmente nos introduzirá à Quarta Dimensão, diz o geólogo Greg Braden, então, tudo que pensarmos ou desejarmos vai se manifestar  instantaneamente. Isto inclui amor e medo. Portanto, cuidado com o que vc deseja...

Daí que a intenção passará a representar um papel de suma importância na vida humana. Um momento onde nos separaremos - da luz às trevas. É dito que serão 3 dias de escuridão sobre o planeta até que ele retome sua rotação natural.

A partir de 2012 estaríamos então entrado na Quinta Dimensão (depois do salto quântico da Quarta Dimensão, que deverá ocorrer no próprio Ponto Zero).

Vamos precisar nos comunicar telepaticamente, entrar na mesma freqüência, sintonia, sentir o outro, estar empático para ajudar o maior número de pessoas ao nosso redor quando as coisas ficarem confusas.

Em seu livro Vernetzte Intelligenz (Transmissão de Inteligência) os autores, Grazyna Gosar e Franz Bludorf citam fontes presumindo que a humanidade tenha estado em tempos remotos, como os animais, intensamente conectados com a consciência de grupo, agindo como um grupo.

Em 1990, um grupo de cientistas de elevada qualificação, considerava o projeto do Genoma Humano demasiadamente reduzido ao aspecto bioquímico.

Esse grupo que na maioria provem da Academia Russa de Ciências, como físicos, biólogos moleculares, biofísicos, geneticistas, embriologistas e lingüistas, fizeram parte do projeto de desvendar o mistério do DNA liderada pelo biofísico e biológo molecular Dr. Pjotr Garjajev, membro da Academia Russa de Ciências, assim como da Academia de Ciências em Nova York.

Estas pesquisas basearam se no fato de que apenas 10% do DNA é usado para produzir proteínas, o restante era considerado como excipiente, isto é, veículo, aquilo que se coloca nos remédios para dar volume e consistência.

Então concentraram–se em entender para que finalidade estaria reservada os 90% restante desse DNA, já que é sabido que a natureza não desperdiça nada, tudo tem uma razão de ser.

Robert Sapolsky, professor de ciências biológicas, em Stanford, destaca sobre essa discrepância: “É como se, de um livro de 100 páginas, 95 fossem ilustrações e conselhos para ler as outras cinco”. (SAPOLSKY apud VERNY, 2004)

Os primeiros resultados vieram dos lingüistas que, baseados nos resultados das pesquisas dos geneticistas, perceberam que o código genético, especialmente nos 90% aparentemente inúteis, segue as mesmas regras de todas as linguagens humanas!

Graças a esses cientistas sabemos agora que nosso DNA é uma complexa microplaqueta biológica eletrônica que se comunica com seu ambiente.

Assim como na Internet, o nosso DNA pode alimentar seus dados apropriados para a sua Rede através de informação do ambiente. Podemos instruir dados da rede e também podemos estabelecer contato com outros participantes dessa rede.

Em cada célula do nosso corpo carregamos um equipamento técnico de alta velocidade como um microchip com uma potencialidade de armazenamento de 3 gigabits, que recolhe informação eletromagnética do meio ambiente, a armazena e - possivelmente mudando de forma - é também capaz de emitir (informação). (FOSAR e BLUDORF, 2005)

Por assim dizer, o DNA humano funciona como uma grande rede de comunicação é uma espécie de Internet biológica.

Sabemos que a molécula teria – (se esticada) - aproximadamente 2 metros de comprimento. Portanto, tem uma freqüência natural de 150 megahertz. Essa freqüência é exatamente o alcance do nosso radar humano, para telecomunicações e engenharia de microondas.

Usamos exatamente o mesmo alcance de freqüência para finalidades de comunicação e de detecção de alvo.

O DNA pode também armazenar todas as ondas harmônicas de 150 megahertz, o que obviamente inclui a luz visível.


A vigésima segunda oitava de 150 megahertz fica situada exatamente nesta escala. Aliás, a cor desta radiação de luz é  AZUL

Será que isso te faz lembrar de algo?
Como a cor da aura das crianças INDIGO?

Hoje sabemos que nosso corpo é programável pela linguagem, pelas palavras e pelo pensamento – hipnose.

O nascimento de nossa linguagem não foi um ato aleatório, nascido de uma casualidade, mas sim como um reflexo impulsivo do DNA humano. As Doutrina da Tradição dizem que todos os idiomas são oriundos de uma língua mãe que deu origem a todas as outras.

Segundo Pjotr Gargajev biofísico e biólogo molecular Russo, concluiu que: “Os cromossomos vivos funcionam como computadores solitônico-holográficos que usam a irradiação a Laser do DNA endógeno”.  

Entendeu alguma coisa? Eu boiei... mas vamos em frente.

O DNA vivo (não in vitro) reagirá a raios laser modulados em padrões de linguagem, e ondas de rádio.


Desta maneira puderam explicar cientificamente por que as afirmações, as sugestões, a hipnose e a vontade, podem ter efeitos tão fortes nos seres humanos e em seus corpos.  

O que isso significa?
Que o DNA é capaz de reagir diretamente à palavra falada!!! Desta forma, conclui-se que o ADN responde também ao comando de voz e à condição do meio ambiente. Vc consegue entender a dimensão dessa descoberta??

Este processo de transmissão de dados sobre freqüência sonora é chamado de hipercomunicação e o individuo em estado de relaxamento é um bom receptor dessa freqüência.

Estresse, ansiedade, preocupações impedem que a hipercomunicação seja bem sucedida, ocasionando distorção e inutilidade na informação.

Para isso, a freqüência, a sintonia, deve ser correta. Temos crenças diferentes e elas são a porta de entrada dessa programação.

Na natureza temos exemplos de como isso funciona.
Mesmo que uma formiga Rainha esteja separada da colônia fisicamente a formação e trabalho do grupo continuam ininterruptamente, caso essa Rainha seja morta, toda a colônia, todo o trabalho de grupo é interrompido. Elas não sabem o que fazer. Cessa o fluxo de informação.

Outro exemplo mais prático de entender, pois todos já presenciamos esse fato, é o de nossos amigos caninos. Quem tem um cão, já observou que ele é capaz de saber quando algum familiar está chegando nas proximidades de sua residência. Os cães adoecem junto com seus donos. São capazes de entender sua mensagem apenas pelo olhar. Quem já teve um, sabe do que estou falando...

Para desenvolver essa habilidade e experiênciar a hipercomunicação temos que esquecer quase completamente a nossa individualidade, o que para nós é impossível conceber.

Nos individualizamossomos egos separados do TODO. Perdemos esse conhecimento e esse é o momento de resgatá-lo.

A hipercomunicação é a idéia de uma super Mente GLOBAL, uma proposta de mudança que devemos realizar AGORA!

Cientistas acreditam que se o SER humano soubesse reconquistar essa propriedade nata de Consciência de grupoHipercomunicação - há muito “esquecida”, teriam novamente o poder Divino de criar e alterar todas as formas e conteúdos das coisas materiais.

Vc consegue entender essa idéia? Esse Poder?

Entre esses fenômenos inimagináveis hoje por nós – uma consciência de grupo teria o poder de resolver todos os problemas ambientais, por exemplo.

O poder mental seria gerador de toda cura à distância, telepatia (comunicação entre seres) ou “sensibilidade à distância” sobre o estado emocional de entes queridos etc.

Outro fenômeno (colateral) muito bizarro (pois tem acontecido demais em minha casa) que comprova essa freqüência no desenvolvimento da hipercomunicação é o surgimento de campos eletromagnéticos – aparentemente inexplicáveis – que interferem nos aparelhos eletroeletrônicos ou mecanismos simples como lâmpadas.

Computadores, reprodutores de CDs, relógios, máquinas caseiras, lâmpadas e tudo mais param de funcionar de uma hora para outra, mesmo que sejam novinhos...

A ciência médica reconhece há muito tempo que os seres humanos são criaturas eletromagnéticas, e,  se vc exerce esta manifestação consciente, imagina o estrago que vc não faz por aí!

David Bohm (Físico quântico) acredita que nossa tendência quase universal de fragmentar o mundo e ignorar a interligação dinâmica de todas as coisas, é responsável por muitos de nossos problemas, não só na ciência, mas em nossa vida particular e em nossa sociedade também.

Bohm afirma: "Dentro da profundeza da consciência da humanidade está o uno"

Falando sobre telepatia, longe de ser espiritual ou manifestação metafísica, foi mostrado que isto é mediado por certas áreas do cérebro. A comunicação é, deste modo, possível entre humanos, animais e plantas. (NOBLE, 1993)

Desta forma, conclui-se que o ADN responde ao comando de voz e à condição do meio ambiente, que há aprendizado que passa por campo e que telepatia é comunicação.

Washington D.C. - Chamada de "a capital do mundo em assassinatos", recebeu um grande experimento no verão de 1993. 4 mil voluntários vieram de 100 países para uma meditação coletiva durante longos períodos do dia.

Segundo o FBI, isso faria com que os crimes violentos caíssem em 25% naquele verão em Washington. O chefe de polícia foi à televisão dizer que o crime só diminuiria em 25% se "nevasse no verão".

No final a polícia se tornou colaboradora e autora desse estudo, pois o resultado foi uma queda de 25% nos crimes em Washington.  

É algo que nos leva a refletir que as pessoas

podem afetar a realidade que vemos. Isso é possível!

Muitas pessoas não afetam a sua realidade de forma consistente e produtiva porque não acreditam que possam. Elas têm uma intenção, mas logo depois a apagam, pois acham que é tolice persistir...
  
Compartilhar informação não é um acidente,
mas um método de aumentar a sobrevivência da biosfera.

Vamos pensar nisso com seriedade que o assunto merece. OK?
laura botelho

4 comentários:

  1. Informação é uma necessidade.
    Ao ficarmos parados aguardando os fatos sem ao menos tentar entende-los, estamos agindo como gado ao seguir para o abate.
    Pensem!
    Informem-se!!
    Preparem-se!!!

    ResponderExcluir
  2. ACrivelli - A Tribuna12 de jan de 2010 19:52:00

    Excelente Laura, repleto de informação importante e esclarecedora. Permita-me replicá-la na Tribuna. Informação como essa deve circular aos quatro cantos do mundo para que todos tenham a oportunidade de conhecer melhor suas próprias engrenagens, afinal, se sabemos como funcionamos, saberemos ser auto-suficientes...um dia.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Adriano. Fique à vontade quanto a replicar o que escrevo. Não há nenhuma nota de rodapé dizendo: "esse material é protegido pela lei..."

    Me sinto agradecida com o fato de alguém gostar do que exponho.Estudo muito. O dia inteiro. Leio livros e livros para colocar o que há de consenso entre tantos autores. Apenas explico com as minhas palavras.

    Tenho muita coisa para postar, e tenho pressa. Não temos muito tempo de utilização desse veículo. Muitos de nós não terão acesso a internet ainda esse ano.

    O conhecimento ficará ainda mais restrito a poucos... isso não me agrada...

    Grande abraço, Adriano, e continue seu trabalho daí que eu continuo daqui. Juntos podemos mudar muita coisa, acredite!!

    laura botelho

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Laura! Muito imporante o seu trabalho e realmente precisamos ler coisas assim todos os dias...Estou sempre acompanhando vc e os demais como o Adriano da A Tribuna, Ravena e tantos outros...Acho um exemplo o que fazem pois a maioria das pessoas ridicularizam esses assuntos...é uma pena, mas a verdade prevalecerá...um abraço!

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos