Google

Translate my page Google

19 de out de 2009

Robert Happé

Robert Happé nasceu em Amsterdã, Holanda. 


Estudou religiões e filosofias na Europa e dedicou-se desde então a descobrir o significado da vida. Estudou também Vedanta, Budismo e Taoísmo no Oriente durante 14 anos, tendo vivido e trabalhado com nativos de diferentes culturas de cada região onde esteve - Índia, Tibet, Camboja e Taiwan.


Em seu retorno à Europa, sentiu necessidade de compartilhar o conhecimento adquirido e suas experiências de consciência. A partir daí, trabalhou em várias universidades, e tem trabalhado continuamente com grupos de pessoas interessadas em autoconhecimento e desenvolvimento de seus próprios potenciais como seres criadores.


Desde 1987 vem compartilhando informações em forma de seminários e workshops em países da Europa, na África do Sul, nos EUA, na Austrália, e no Brasil.


Seu trabalho é independente, estando desvinculado, sob todo e qualquer aspecto, de organizações religiosas, seitas, cultos e outros grupos.



2 comentários:

  1. Tudo o que ele disse é verdadeiro, porém, quando ele se refere aos jovens a verdade deixa de estar presente...pelo menos aos jovens brasileiros, cujos, na sua grande maioria, estão completamente alienados, envolvidos com drogas, com sexo precoce, com a falta de respeito a qualquer assunto que interfira na liberdade de ação deles. Robert Happé dá uma grande lição de filosofia de vida. A humanidade não está preparada para essa convergência espiritual, para essa irmandade, infelizmente a humanidade sucumbirá e os poucos que restarem serão os responsáveis pela criação de um novo planeta, com um novo homem - o homem que habita a Terra há quase 3 milenios não foi capaz de aprender com o passar do tempo, passaram-se culturas, guerras, genocídios, atrocidades de A a Z, e o homem continuou sendo o mesmo tirano e dominador de sua própria espécie. É passado o tempo, não temos como resgatar o tempo perdido, chegou a hora de colhermos o que viemos plantando ao longo dos séculos.....

    ResponderExcluir
  2. Uau.. que comentário mais negativo o que eu acabei de ler!! Me perdoe amigo .. respeito sua opinião, mas discordo porque acho q as crianças e os jovens copiam, repetem o q observam. Nós que educamos essa juventude de hj sem valores de respeito e de amor porque estávamos muito ocupados procurando nosso " lugar ao sol"...
    Desculpe mas acho q se podemos sentir o momento que vivemos hj.. se podemos mudar nossas mentes a abrir espaço para deixarmos de "ter" e começarmos a " ser" os jovens nos imitarão sim!
    Seguirão com seus corações se pudermos faze-los acreditar que os amamos de verdade, não só em palavras mas em atitudes e isso serve pra todos não só para os jovens e as crianças , mas para tudo ao nosso redor. Eu acredito pq SINTO isso. Sei que é possível. E acima de tudo , Desejo isso. Paz e luz...

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos