21 de set. de 2022

Depois de 2 anos de pandemia... o lodo começa a assentar e o que vc verá é horrível!

 


A justiça que você procura é sua força de acha-la.
(Raul Seixas)

Como muitos de vocês que me acompanham por anos já sabem, voltarei a postar informações importantes só aqui. As redes sociais são ambientes impraticáveis - censura permanente. Eles nos chamam de "teóricos de conspiração", mas parece que aquela "teoria" que tanto gritamos entrou em prática dia após dia.

Quem se informou e acompanhou meu alerta, acredito que está mais calmo nesse triste momento da humanidade. Quem não... fica pra próxima "encadernação".

O que trago hoje aqui para vocês - no meu velho BLOG - já era esperado.
Quando se lê bula de remédio, manual de fabricação e conselho de quem pesquisa, dificilmente se dará mal nessa jornada. Eu alertei tanto... dei todas as orientações para que você não sucumbisse as tramas do sistema... ao canto da sereia...

Mas... bola para frente que atrás vem gente querendo saber como melhorar sua existência daqui em diante.

Nas próximas postagens darei o caminho das pedras, apesar do tempo que nos restou tá tão curtinho pra fazer algo radical...

O que você precisa saber urgente está sendo revelado a conta gotas pelos jornais oficiais de medicina. Fato que não dá mais para esconder. 

Infelizmente você terá muita dor, muito arrependimento ao ler esses relatórios e ouvir esses vídeos de profissionais que não têm mais medo de falar abertamente, pois daqui pra frente o profissional que insistir em condutas erradas será responsabilizado pelos seus atos.

Agora temos dados, temos números, temos resultados comparativos. Hora de buscar entender o contexto e mudar sua vida. Esse momento é crucial para seu despertar!! Por favor, não volte a dormir...  

A maioria dos pacientes com COVID presos a ventiladores morreu

DOS ARQUIVOS WEBMD

https://www.webmd.com/lung/news/20200422/most-covid-19-patients-placed-on-ventilators-died-new-york-study-shows#3  

O estudo publicado online no Journal of the American Medical Association, conduzido pelo Northwell Health COVID-19 Research Consortium, com apoio dos Feinstein Institutes for Medical Research. em 22 de abril de 2020 fez uma análise de pacientes hospitalizados com COVID-19 nos EUA constatando que a maioria não sobreviveu após ser colocada em um ventilador mecânico .

O estudo incluiu os registros de saúde de 5.700 pacientes com COVID-19 hospitalizados entre 1º de março e 4 de abril de 2020 em instalações supervisionadas pela Northwell Health, o maior sistema de saúde do estado de Nova York.

O sexo parecia importar: a maioria dos pacientes era do sexo masculino, e a idade média era de 63 anos. A taxa de mortalidade era maior para homens do que para mulheres.

Entre os 2.634 pacientes para os quais os resultados eram conhecidos, a taxa geral de mortalidade foi de 21%, mas subiu para 88% para aqueles que receberam ventilação mecânica, informou o Northwell Health COVID-19 Research Consortium.

Essas análises também abrem uma janela para o que já se observava empiricamente em todos os hospitais pelo mundo. Os ventiladores na maiorias das vezes fizeram mais mal do que bem para pacientes que lutavam pela vida com COVID-19 grave.

Os ventiladores mecânicos funcionam empurrando o ar para os pulmões de pacientes gravemente doentes que não conseguem mais respirar bem por conta própria. Esses pacientes devem ser sedados e ter um tubo preso na garganta.

Os ventiladores são normalmente usados ​​apenas quando os pacientes estão extremamente doentes, então os especialistas acreditam que entre 40% e 50% dos pacientes morrem após a ventilação, independentemente da doença subjacente.

Uma taxa de mortalidade de 88% é especialmente alta.

Os ventiladores têm efeitos colaterais.

Quando uma máquina está respirando por eles, os pacientes geralmente experimentam um enfraquecimento do diafragma e de todos os outros músculos envolvidos na respiração. Quando todos esses músculos ficam mais fracos, fica mais difícil respirar sozinho quando você está pronto para ser liberada do ventilador correndo o risco de lesão pulmonar aguda associada ao ventilador, uma condição causada pela hiperinflação dos pulmões durante a ventilação mecânica.

Abaixo deixo alguns vídeos sobre o que esperar para os próximos anos... vai morrer muita gente.

 Jovens estão morrendo... 

Grávidas...   
O que está ocorrendo eu expliquei nos meus últimos vídeos palestras com títulos:
 
laura botelho


14 de set. de 2022

Lockdown climático... vindo aí.

 O futuro da civilização exigirá intervenções dramáticas?

Dizem “eles” que; tão logo o mundo precisará recorrer a mais um (lockdown) - bloqueios novamente – desta vez para enfrentar uma emergência climática.

O sopro do dragão

Geleira se deslocando, incêndios florestais descontrolados, vazamento de metano no Mar do Norte, secas, chuvas torrenciais, Saraivas enormes, tufões cada vez mais violentos... 

Serão esses os sinais dos tempos?

Segundo governos globais - que apoiam o grande RESET – num bloqueio climático o uso de veículos particulares seria limitado. O consumo de carne, ou seja, vermelha ou não, teria que ser praticamente interrompido. A economia sofreria medidas extremas, incluindo o uso de energia fóssil teria que parar.

E com essa guerra oportuna muito bem arquitetada por "eles"... a energia elétrica será um bem para pouquíssimos. 

Os donos do mundo acreditam que uma crise climática - em andamento - não seria diferente de uma crise de saúde, como já passamos... estariam essas crises interligadas

As mudanças climáticas agravaram e agravarão os problemas sociais e econômicos destacados pela pandemia. Isso inclui a diminuição da capacidade dos governos de lidar com as rupturas econômicas sustentadas e a desigualdade social generalizada.

De acordo com algumas projeções feitas por “eles”, 3,5 bilhões de pessoas em todo o mundo viverão em um calor insuportável "até" 2070.

 Você está preparado? 

Eu alertei anos aqui para esse dia... mas foram poucos os que realmente se mexeram e criaram condições de se manter calmo em dias difíceis.

A coisa vai piorar, vai ficar tensa. A zumbizada despertará para tudo isso em muito breve, mais "breve' do que você imagina...

Já sabe, postagens daqui em diante, só por aqui, no meu velho e querido BLOG.

laura botelho







4 de set. de 2022

Estamos sendo desligados. Quer saber mais? assista o video

 

Falando sobre minha ultima palestra - seguindo o tema anterior - "O que está por trás do Grande RESET"   - dou continuação as metas da agenda de 2030. 
Daqui em diante, só rezando...

laura botelho 

2 de jul. de 2022

Tucker Carlson entrevista o presidente do Brasil e nos mostra o perigo iminente

 

Abaixo trago a entrevista de jornalista americano que veio ao Brasil para entender o que está se passando no nosso país que a mídia controlada não deixa ser veiculada para fora e tão pouco aqui dentro.

Não se trata aqui de contemplar um "partido" ou desse ou de outro candidato, mas de saber o que estão tramando para que a América Latina seja totalmente comunista.


Se eles pegarem o controle do nosso país... não quero estar aqui para assistir o que tanto alerto: caos generalizado da sociedade brasileira - logo depois a implantação da Nova Ordem Mundial - garantida pelo Grande RESET.

laura botelho


Entrevista legendada em Português do dia 01 de julho de 2022 do Presidente Jair Bolsonaro pelo apresentador Tucker Carlson, da Fox News americana.

6 de jun. de 2022

Sobrevivência dos mais ricos - fuja das fantasias dos bilionários

 


Cinco misteriosos bilionários do vale do silício convocaram o professor de mídia, Douglas Rushkoff em
2017, em um resort de luxo exclusivo no deserto dos EUA para o que deveria ser uma palestra com palco e microfone, mas na verdade foi uma mesa-redonda onde o assunto não girava sobre o “futuro da tecnologia”.

Narrou ele:

Depois que cheguei, fui conduzido ao que pensei ser a sala verde. Mas em vez de ser ligado a um microfone ou levado a um palco, eu apenas sentei lá em uma mesa redonda simples enquanto meu público era trazido até mim: cinco caras super-ricos - sim, todos homens - do alto escalão do fundo de hedge mundo. Depois de um pouco de conversa, percebi que eles não tinham interesse nas informações que eu havia preparado sobre o futuro da tecnologia. Eles tinham vindo com suas próprias perguntas

O tópico? Como sobreviver ao “Evento”.

O apocalipse do Grande Reset. A uma catástrofe social que esses bilionários sabem que está chegando.

Qual região será menos impactada pela próxima crise climática: Nova Zelândia ou Alasca? O Google está realmente construindo para Ray Kurzweil um lar para seu cérebro, e sua consciência sobreviverá à transição ou morrerá e renascerá como uma nova?  Como mantenho a autoridade sobre minha força de segurança após O Evento?

Douglas Rushkoff é professor de teoria da mídia e economia digital no Queens/CUNY. Nomeado um dos dez intelectuais mais influentes do mundo pelo MIT, ele hospeda o podcast Team Human e escreveu muitos livros premiados. Ele vive em Nova York.

Rushkoff entendeu que esses homens nessa reunião desejavam uma “receita” certeira para escapar de um desastre futuro, que eles mesmos criaram e que por mais poder que eles tenham para mudar nossa atual trajetória, não o farão.

O detalhamento deste encontro no resort de luxo está no livro “Survival of the Richest – Escape Fantasies of the Tech Billionaires” – por Douglas Rushkoff,

Esses mesmos bilionários no passado propagaram nas mídias planos de negócios otimistas sobre como a tecnologia poderia beneficiar a sociedade humana, mas eles não estão preocupados com seres humanos...

Elon Musk vem há anos pregando que o mundo como conhecemos vai acabar. Para ele, colônias em Marte serão a solução. Sem deixar de mencionar que Musk vendeu todas as mansões e propriedades para viver em um imóvel com menos de 100 metros quadrados.

Bill Gates encenou uma traição amorosa para se divorciar e dividir seus rendimentos com a esposa e filhos assegurando qualquer “evento futuro”. E se sua família não for vista com ele diariamente, já sabe, estão em algum bunker luxuoso a espera do papai.

O magnata Jeff Bezos e sua nave Blue Origin inaugurando o turismo espacial para super ricos como outra porta aberta para a elite escapar do “Evento”.

Até o menos bilionários estão correndo para se protegerem. O CEO do Reddit, Steve Huffman, fez uma cirurgia ocular em 2015 para se livrar das lentes de contato:

“...se o mundo acabar, obter lentes de contatos e óculos será uma grande dor de cabeça”, confessou.

O fato é que: eles estão se organizando e sabem o que vem pela frente, lógico. E como se não bastasse - eles estão acelerando as coisas intencionalmente promovendo a redução da população terráquea para que tenha menos gente, menos crianças fazendo barulho, exigindo salvação na porta dos que tem água e comida...

laura botelho

 

 

 

31 de mai. de 2022

Vídeo - resumo da palestra de laura botelho - O que está por trás do RESET?

 

Klaus Schwab disse que em 2030 - você não terá nada e será feliz com isso...

Eu fiquei muito intrigada com essa afirmação e fui investigar o que eles estavam querendo nos alertar - ou nos "ameaçar" ?

Não precisei levar muito tempo para fazer a associação dos eventos possíveis - que eu já narrei aqui desde 2009 - com o que a data em questão. tudo bate. 

Schwab é fã do comunista Lenin 

Eu fiz um vídeo sobre esse tema - O que está por trás desse Grande RESET

Schwab é o autor de “Covit 19, o grande reset” - livro publicado em 9 de julho de 2020 e agente se pergunta como ele conseguiu escrever e publicar tão rápido antes mesmo da pandemia ser anunciada.

Diante dessa crise aguda ninguém nunca elegeu klaus schwab para qualquer coisa, mas é ele o senhor do tempo nesse momento.

Dr Yuval Noah Harari - Quer que as elites humanas façam algo ainda mais radical do que apenas construir ditaduras digitais hackeando organismos humanos.



Dr. Harari quer hackerar milhões de pessoas através de algumas empresas. Sistematicamente todas as pessoas serão hakeadas - esta será a maior revolução biológica desde o início de todas as civilizações. 

Mas "como" eles farão isso sem nosso consentimento? Infelizmente já conseguiram - e você foi por livre espontânea vontade dar seu braço para isso...

Trocarão a evolução por seleção natural por uma evolução por design inteligente direto das nuvens - a nuvem da ibm a nuvem microsoft - serão as novas forças motrizes da evolução que um dia foi humana.

Um dia poderemos olhar para trás em cem anos e identificar o corona vírus como o momento em que um novo regime de vigilância assumiu o controle da sua pele - seu cérebro – seu corpo - sua vida - Você não possuirá nada, nem mesmo direito sobre seu próprio dna... 

O fórum econômico está “prevendo” um ataque cibernético que poderá interromper completamente toda a rede elétrica serviços hospitalares e a vida como a conhecíamos.

Blackrock é uma empresa de investimentos com nove trilhões de dólares sob gestão que é um PIB mais alto do que todos os países na Terra além dos EUA e da China, portanto, a “rocha negra” tem mais influência política e financeira do que qualquer governo.

O ceo da blackrock - Larry Fink – é também um membro do conselho mundial do fórum econômico


Estamos em processo de grande reset ou o grande despertar e a escolha não é de Klaus Schwab 
a escolha é sua.

Aqui nesse vídeo abaixo eu explico o conteúdo sobre meu vídeo e como vc fará para ter acesso a ele.

laura botelho
 

18 de abr. de 2022

Envenenando toda a humanidade com uma simples picada...

 


Dr. Bryan Ardis
desvenda todo o plano diabólico da OMS, ONU , GAVI, bigpharmas , IFPMA, ICH em conjunto com o CDC HIH (Dr. Antonny Fauci) e as autoridades e políticos dos países, que envenenaram milhões de populações do mundo com objetivo de diminuir a humanidade em número significativos até 2030.

Como eles farão isso? Assista o vídeo antes que tirem do ar

laura botelho

27 de mar. de 2022

Os mortos nunca morrem no dia do juízo final...

 ''E naqueles dias os homens buscarão a morte,
e não a acharão; e desejarão morrer,
e a morte fugirá deles.''
(Apocalipse 9:6)

 Alguns links que podem ajudar a entender todo contexto.

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2015/12/video-anomalia-do-atlantico-sul-prepare.html

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2014/05/mae-natureza-uma-serial-killer.html

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2021/03/nostradamus-previu-zumbizada.html

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2010/06/plano-basico-de-sobrevivencia-mantenha.html

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2017/04/judas-o-escorpiao-na-era-de-aquarios.html

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2009/10/afinal-quem-inventou-essa-historia-de.html 

Frases do filme - "Os mortos não morrem" ( The dead, don't die)

"Zumbis são restos de gente materialista. Eles sempre foram zumbis, fantasmas, miseráveis anônimos dos inúmeros mortais. Mortos não querem morrer no fim do mundo..."

"Acho que todas as pessoas fantasmas perderam a alma de vez. Devem ter negociado, trocado por ouro, sabe se lá. Picapes novas, eletrodomésticos, roupas novas, Game boys, coisas do tipo, famintos por mais coisas."





Um bate papo com Flávio Valle sobre o tema e o roteiro do filme - uma comédia de 2022 - que nos revela muita coisa. Se você viu o filme e não entendeu nada... quem sabe desenhando você enxerga.



laura botelho

Meu mais novo livrinho sobre esse assunto de forma mais espiritualizada e consciente.






21 de mar. de 2022

A Inteligência Artificial é o caminho mais rápido para o comunismo

 

'A inteligência artificial pode significar o fim da raça humana'
Stephen Hawking


WALL·E é um filme de animação de 2008 produção americana. Um robô chamado WALL·E, criado no ano de 2100 para limpar a Terra coberta por lixo, se apaixona por outro robô, chamado EVA, que tem a missão de encontrar pelo menos uma planta na superfície do planeta Terra.

A história se passa no ano de 2805 onde a Terra é um planeta abandonado e coberto por lixo. A Terra foi evacuada e os humanos passaram a viver no espaço em uma nave estelar chamada Axiom, totalmente automatizada.

Na nave Axiom os humanos vivem em um ambiente de micro gravidade dependendo totalmente dos sistemas automáticos da nave. A raça humana sofreu severas perdas de massa óssea e se tornaram obesos mórbidos com o passar dos séculos. A vida se resume ao consumo de coisas tolas para uma distração infinita da consciência.

 
 2022 - Hoje aqui na Terra a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), prevê que em 2035 20% da população da CHINA terão mais de 65 anos, pressionando a nova geração a trabalhar mais para manter vivos e saudáveis os mais idosos.

Tanto nos Estados Unidos - 4,5 milhões de funcionários deixaram para trás os postos de trabalho em novembro de 2021 - quanto na Europa - os economistas relatam sobre um evento estranho - durante e pós pandemia intitulado - A " Grande Renúncia " - um movimento onde milhões de trabalhadores jovens ou não, estão se “aposentando” deliberadamente, desistindo ou se recusando a aceitar empregos que consideram inúteis ou não recompensadores

Um artigo publicado em 2013; Technology at Work: the Future of Innovation and Employment”, por Carl Frey e Michael Osborne, analisou centenas de empregos diferentes quanto à sua suscetibilidade à automação

Constataram que os empregos são conjuntos de funções individuais e que algumas dessas funções são mais impactadas pela mudança tecnológica do que outras. Futuramente as funções serão redefinidas e as tarefas serão afetadas pelas tecnologias inteligentes



A conclusão desse estudo foi que aproximadamente um em cada dois empregos nos Estados Unidos corre o risco de automação .

Ainda em um debate silencioso sobre a escalada crescente e contínua da eliminação de empregos no planeta Terra induzida pela tecnologia de automação, parece uma ideia ainda distante do trabalho local.

Os humanos, que são limitados pela evolução biológica, não poderiam competir e seriam substituídos ”. Robôs que os líderes humanos podem pesquisar humanos e manipular humanos , “ inventamos armas mais inteligentes que nem podemos entender ”, Stephen Hawking.

Os otimistas alegam que as máquinas poderiam cuidar do trabalho braçal – manual – para deixar que os humanos sintam-se livres para usar seu tempo em lazer ou atividades criativas como bem quiserem com pouca remuneração.

O problema da renda básica universal é que ela é "básica", mesmo.

No futuro a maioria dos humanos viverá com uma renda de subsistência financiada pelos frutos de uma força de trabalho robótica, enquanto uma classe alta de “1%” – aqueles que controlam os robôs – constroem seus impérios e a manutenção do status que nunca perderam. 

Uma Renda Básica Universal atenderia às necessidades básicas dos seres humanos - alimentação, abrigo, roupas - e evitaria que a sociedade imploda por meio do crime e de revolução. As pessoas não fariam nada produtivo para o bem da coletividade, não se esforçariam para conseguir nada, efetivamente, vegetariam admiravelmente.

Calum Chace o autor do livro 'Inteligência Artificial e as Duas Singularidades', alerta que as revoluções industriais anteriores envolveram a substituição de habilidades mecânicas humanas por ferramentas e máquinas

Mas dessa vez, serão nossas funções mentais que estarão sendo substituídas – particularmente nossa capacidade de fazer previsões e decisõesA humanidade estaria dessa vez – e claramente – nas mãos dos deuses como antigamente. Suas almas literalmente aprisionadas sem poder de escolhas


Essa mecanização levaria ao aumento do desemprego (quebra de paradigma) e muita agitação civil – rebeliões... Portanto,
criar um meio de manter os humanos ocupados com sua própria sobrevivência seria um mecanismo eficaz de fazer essa “passagem” sem muita “agitação” – os deuses odeiam barulho...

Guerras? Pandemias? Fome?....

Por que a desigualdade e a pobreza estão aumentando?

O potencial “libertador” da Tecnologia de Informação contrasta com a  vigilância encoberta e da coleta de dados com fins lucrativos pelo Google, Facebook, Instagram e outros a uma distopia de controle

Empregadores e empregados devem se preparar para as mudanças que estão por vir e que os humanos se preparem para empregos que exijam “maior inteligência emocional” em setores como cuidados de bem estar e saúde, bem como serviços e produtos personalizados que fujam da ideia de massa – de produtos robotizados.


A IA é, na verdade, o caminho mais rápido para o comunismo ”,
disse Grimes – namorada, mãe dos filhos do homem mais rico do mundo, Elon Musk.

Por que a mulher que convive com um dos homens mais poderosos do planeta Terra em tecnologia diria tal coisa em uma entrevista casual? O que ela está nos alertando? Seria uma mensagem para algum tipo de comunidade ou apenas para seus seguidores mais jovens? Será que eles teriam capacidade de entender essa afirmação?

“Deficiência de demanda efetiva” – crise de subconsumo.

Quando as pessoas forem substituídas por máquinas como obterão recursos para comprar os bens e serviços que as máquinas produzem? 

Comunismo
É o ideal da erradicação de um sistema capitalista – a eliminação de serviços concorrentes, a relação entre trabalhadores e fundadores e a “diferença” de riqueza.

O sonho do comunismo é a eliminação do trabalho assalariado
Se a Inteligência Artificial está destinada a suprir as necessidades da sociedade mundial, sua promessa utópica livraria a humanidade do trabalho penoso enquanto criaria riqueza para sustentar a felicidade geral.

IA significará o fim do capitalismo
A ideia de que o capitalismo digital de alguma forma fará do bem-estar social uma prioridade já provou ser uma piada. O Facebook coloca a lucratividade acima da cidadania responsável. No capitalismo digital, as empresas privadas visam seus próprios interesses às custas do resto da sociedade.
 
Nossa responsabilidade é com nossos acionistas”, dirão os proprietários dos robôs. 

A “manutenção” de uma socialdemocracia depende de dois fatores: 
  1. a tributação quanto à taxa de fecundidade têm de ser crescente. Um volume cada vez maior de dinheiro tem de ser arrecadado porque os gastos sociais são crescentes - população envelhece cada vez mais tarde — e utiliza cada vez mais serviços como saúde e previdência. 
  2. E para que o maior volume de dinheiro possa ser arrecadado, a população tributada deve crescer no mesmo ritmo.

Os nórdicos já chegaram a este ponto.

A Suécia está gradualmente aumentando a idade mínima para se aposentar, e privatizou várias partes do seu sistema de saúde.

A Dinamarca está aumentando gradualmente a idade de aposentadoria para 73 anos — a maior do mundo — ao mesmo tempo em que está reduzindo impostos, benefícios e o valor do seguro-desemprego, para estimular as pessoas a trabalharem mais.

Na Finlândia a taxa de fecundidade está em acelerado declínio, há uma "escassez de bebês". A base da pirâmide etária encolheu acentuadamente, ao passo que o topo está só aumentando. A manutenção da vida ao envelhecer está ficando cada vez mais cara. As mesmas reformas para estimular as pessoas ao trabalho de outros países não estão sendo aceitas pela população

Em 2017, uma reportagem da Bloomberg já relatava que os políticos e economistas do país estavam profundamente preocupados com o fato de que não haverá um número suficiente de pagadores de impostos no futuro para financiar o estado assistencialista do país mais feliz do mundo.

Os sistemas de saúde ao redor de boa parte do mundo desenvolvido estão sob crescente pressão financeira: as pessoas estão vivendo mais e os custos dos tratamentos estão disparando, ao mesmo tempo em que há menos trabalhadores para bancar um crescente numero de aposentados e pensionistas.

Leva um tempo para o cenário estatisticamente inevitável se concretize. Mas irá se concretizar:

  • Idades mínimas para aposentadoria irão subir continuamente.
  • As prometidas aposentadorias e pensões serão continuamente reduzidas
  • Gastos com saúde e educação serão cortados.
  • Haverá vários tipos de imposição burocrática para se utilizar os serviços estatais de saúde.
  • Remédios deixarão de ser subsidiados.
  • Vários repasses assistenciais serão cortados, o que inclui subsídios agrícolas e empresariais.
  • Haverá calotes universais em vários programas assistenciais.

E, em última instância, a menos que haja uma explosão demográfica, ou o inverso dele... Nenhuma reforma será capaz de manter todo o arranjo de seguridade social bancada pelo estado funcionando.

Membro do conselho de grande empresa alemã 
de seguros de saúde soa o alarme.

Efeitos colaterais das vacinas COVID são muito maiores do que os relatórios oficiais

O membro do conselho da BKK, Andreas Schöfbeck, disse em um relatório da WELT: Uma análise de milhões de dados de segurados da companhia de seguros de saúde da empresa BKK chega a números significativamente mais altos para efeitos colaterais do que o Instituto Paul Ehrlich

Os novos dados são um “sinal de alarme”, diz Andreas Schöfbeck, membro do conselho do BKK.

De acordo com nossos cálculos, consideramos que 400.000 visitas ao médico por nossos segurados por causa de complicações de vacinação são realistas até hoje. Extrapolado para a população total, esse valor seria de três milhões.”

As pessoas já nascerão aposentadas?

A questão psicológica da necessidade do ser humano em se sentir útil, produtivo, participante ativo da economia tomará outra versão em breve. Quanto mais o tempo passa, novos SCRIPTs serão introduzidos. O que acreditamos ser ruim hoje parecerá “normal” anos à frente. Mas a depressão causará muitas mortes. 

Fato é que: os "movimentos" estão fazendo sentido agora. As guerras, os deslocamentos de humanos para outros países e culturas (imigração e migração) as “doenças” que parecem não ter um final previsível... 

Tudo foi minuciosamente articulado para que a gente chegasse a esse episódio da História da humanidade. As "substancias"  que inocularam na humanidade fazem sentido agora. A mortalidade dos mais velhos, o declínio da expectativa de vida conduzirá a um menor custo benefício em manter a raça humana nesse planeta. Afinal, damos trabalho demais aos deuses...

Espero que você tenha costurado e entendido onde eu quis chegar.

laura botelho

Novo livro de laura botelho - https://clubedeautores.com.br/livro/depois-da-vida-na-terra


11 de fev. de 2022

Uma guerra - um gatilho para detonar qualquer organismo


Dados oficiais dos Estados Unidos teriam revelado um aumento relevante de diversas doenças no primeiro ano da vacinação.

 DEMED ( Defense Medical Epidem Database ) é uma base de dados epidemiológicos que registra todas as consultas e exames das tropas do exército  norte-americano  e do Sistema de Saúde dos EUA. Essa base de dados aponta mudanças detectáveis ​​na saúde das tropas norte-americanascrucial para a defesa do país. 

Na audiência pública organizada pelo senador republicano-americano Ron Johnson  com título - “ Uma 2ª Opinião Sobre a Covid - com mais de 5 horas de realização – tiveram sob juramento - 3 oficiais do exército dos EUA,  que observaram um crescimento anormal de doenças - antes nunca visto, com tanta frequência na corporação 

https://covid.cdc.gov/covid-data-tracker/#trends_dailydeaths

Segundo Tom Renz, advogado de defesa dos 
médicos militares - Samuel Sigoloff, Theresa Long, Peter Chambers – o aumento das doenças em 2021 em comparação com a mídia dos 5 anos anteriores a 2016 a 2020 foi muito expressivo, um aumento que atraiu muita atenção.

Houve um aumento nos registros de aborto espontâneo no exército em 2021 comparação com a média dos 5 anos anteriores que era de 1.499 abortos . Mas durante os 10 primeiros meses de 2021, esses números subiram para 4.182 abortos .


No que se refere ao diagnóstico
de câncer em 5 anos atrás a média era de 38.700 por ano que pulou para 114.645 nos primeiros 11 meses de 2021 . 

Entre as iniciativas americanas observou-se:

INFARTO DO MIOCÁRDIO – aumento de 269%

PARALISIA DE BELL – aumento de 291%

MÁ-FORMAÇÃO CONGÊNITA – aumento de 156%

INFERTILIDADE FEMININA – aumento de 471%

EMBOLIA PULMONAR – aumento de 467%.



 
Senado americano relata aquilo que muitos sabem, mas ninguém quer falar a respeito.
   

 

Diante de tanta evidência, nos resta apenas observar - com o decorrer do tempo - que a AGENDA está sendo para a dizimação dos humanos. Com os corpos totalmente desestabilizados, modificados, será fácil eliminar grande parte da população desse planeta.

http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2015/06/codigo-inverno-escuro-dark-winter.html

Um organismo com baixa resistência fica refém da carga emocional produzida pelo ambiente. Qualquer estresse. As pessoas terão a morte rápida. Uma simples gripe poderá matar milhares...

Faz ideia com uma grande guerra? Sem alimentos, sem água, gás, sem paz e futuro?

Espero que você seja forte, somos fortes para enfrentar esse desafio.

laura botelho

Meus livros estão nesse link

Vulcões ativos