30 de jun. de 2020

"Habilidades básicas de sobrevivência para crianças e adultos" - Novo livro de laura botelho


Esse nosso “mundo” está cada vez mais perigoso, cada vez mais tumultuado, agressivo e antipático (ausência de empatia) e ainda cabe salientar, mais e mais alienado...

Sou de uma geração em que crianças precisavam subir em árvores, cair, se ralar, levantar e sacudir a poeira sem drama. Que batia com a cabeça ao cair da bicicleta, brigava, rolava no chão quando defendia seu ponto de vista numa partida de futebol, fosse com alguém maior, e ou, de sexo oposto. Me defendia sozinha em qualquer situação.

De uns 20 anos para cá, as gerações se afastaram de uma experiência real para praticar uma experiência virtual. Todo seu conhecimento físico e emocional é aprendido no youtube (você num tubo).

Enfim, fui impelida a criar esse manual para alguns pais que acreditam que afasta-los do “perigo” quando crianças (06 aos 11 anos) é uma forma de protege-los pra sempre... o que está longe de ser verdade. É hora de despertar!!! 

Escrevo mais esse livrinho como forma de deixar minha contribuição aos que me acompanham todos esses anos e que - 'infelizmente" - estão constatando na pele o que eu alertei até hoje nesse BLOG. No passado muitos acharam que esse espaço era para "meter medo", criar caos, sofrimento ou desalento para as próximas gerações, já que o que eu pesquisava estava além da "consciência" da maioria.

Não se trata de "profecia", isso é uma baboseira... é pura CIÊNCIA. Tem gente que não é evoluído o suficiente para ter "insights", um "eureka" facilmente, mas tem muita gente que os têm conforme avança em suas pesquisas. Quanto mais se estuda, quanto mais se lê, mas se alcança links, elos, pensamentos e temas que nos levam a um "sacode" espiritual sem precedentes.

Os desavisados acreditam que "profecia" é uma forma de prever só problemas futuros. Mas eu vejo a "profecia" de outra maneira. Isso porque eu sempre estudo o significado da palavra - entenda que PALAVRA é um SÍMBOLO que trás uma experiência conforme seu uso ou cultura.

Sempre busque a ETIMOLOGIA da palavra. O que "eles" nos induzem a fazer é encontrar "sinônimos" - o que nos leva a inúmeras outras experiências que não a real.

PROFETA – prophetés em Grego queria dizer “aquele que fala pelos deuses”. Essa palavra se formou de pro-, “à frente, mais adiante”, com pheme, “palavra”. Essa era uma pessoa que falava “o que ia acontecer mais adiante”. Ou seja, anunciava o futuro.

Deu pra entender agora? "Os deuses" sempre avisaram o que iria ocorrer com a civilização atual. Ela seria destruída e outra seria criada conforme suas orientações "futuras". Na história das civilizações SEMPRE a humanidade foi alertada! 

Se você me acompanha há anos sabe a que "deuses" me refiro. E os donos do planeta estão nos alertando a todo momento de várias formas, mas 90% da humanidade não consegue, ou não quer enxergar... fazer o que? 

Para você que está atento e "preparado" deixo mais esse livro alertando o que sempre avisei. Esse livrinho tem como objetivo dar orientações para que você possa passar essa experiência de vida com equilíbrio e segurança para enfrentar o que vem pela frente. 

Link de onde comprar meu novo livro - Habilidades de sobrevivência para crianças e adultos

laura botelho



Mais links. 

Rajendra Singh, é conhecido como o “homem da água da Índia”. Nos últimos 32 anos, através de sua ONG Tarun Bharat Sangh (Organização Jovem da Índia), Singh liderou iniciativas comunitárias de coleta e gestão de água no distrito de Alwar em Rajasthan, um estado árido e semidesértico no noroeste da Índia.

Os governos geralmente não apoiam as iniciativas da comunidade - eles apoiam contratados, não comunidades. O governo sempre gosta de grandes projetos em nome do combate à desertificação ou do rejuvenescimento da paisagem: grandes barragens, grandes canais, sistemas centralizados de irrigação, sistemas de água potável por dutos. Eles criam novos canais mesmo quando os antigos canais estão secos. Não há participação da comunidade nesses projetos. Todo tipo de trabalho é dado a um contratado agora. É uma democracia impulsionada pelos contratados, não uma democracia dirigida pelo povo
Rajendra Singh


Nunca tivemos que lidar com um desastre vulcânico, desde pelo menos 1815, quando a erupção de Tambora na Indonésia matou dezenas de milhares de pessoas e levou a um "ano sem verão" na Europa e na América do Norte. Em 1257, uma erupção do VEI-7 no que hoje é a Indonésia, provavelmente, resfriou o planeta o suficiente para iniciar uma onda de frio de séculos de duração chamada Little Ice Age (pequena idade do gelo), diz Robock, um dos autores do artigo.

O transumanismo é uma proposta sutil e atraente, como um canto da sereia ou uma luz dourada no fim do arco iris. Uma proposta que atrai gentilmente o menino de madeira a mentir e fazer coisas que não deveria. Que encaminha a menina a tomar uma atalho para chegar mais rápido a seu destino e encontrar sua avó. Uma oferta tentadora e deliciosa de uma maça que pode adormece-lo para sempre. Enfim, uma dica que já foi contada e recontada desde sua infância, mas se você não pegou a coisa... eu desisto.

Singularidade- É o momento em que a mudança tecnológica torna-se tão rápida e profunda que resultará a ruptura no tecido da história humana. Muitos não irão perceber que tudo mudou. Dos escritores mais reconhecidos sobre o tema singularidade, como Vernor Vinge e Ray Kurzweil, argumentam que é difícil ou impossível para os seres humanos atuais preverem como a vida será após-singularidade.

18 de jun. de 2020

2020, com eclipse e mais um fim de mundo...


O Zodíaco é um criptograma.
Um criptograma é um tipo de quebra-cabeça. Para resolver o quebra-cabeça, é preciso recuperar as letras originais. Criptogramas baseados em cifras de substituição geralmente podem ser resolvidos por análise de frequência e pelo reconhecimento de padrões.

O calendário maia é baseado nos ciclos mensais da lua e nos ciclos anuais do sol, que consistem em 13 dias, 20 dias, 260 dias e assim por diante.

E foi o que um grupo de governantes do planeta fez. Afim de “ajustar” os eventos a suas conveniências, todos que tinham o conhecimento sobre esses “eventos” cíclicos e previsíveis, estariam na frente em tempo de se “ajustarem as mudanças necessárias”, deixando os ignorantes (que ignoram) à mercê de suas manipulações e controle da civilização através do medo.


O calendário romano foi estabelecido por Rómulo à época da criação de Roma, em 753 a.C. tinha 10 meses e totalizavam 304 dias. Durante o Império Romano, ficou comum a substituição de nomes de meses por nome do imperador do momento e mais algumas bagunças inexplicáveis.

Setembro (7) outubro (8) novembro (9) dezembro (10)

Calendário Juliano foi modificado por Numa Pompílio que o transformou para luni-solar, com 12 meses totalizando 355 dias que para manter o calendário alinhado com o ano solar se adicionava um mês extra, mensis intercalaris, de dois em dois anos, fazendo dos anos uma sequência irregular de 355, 377, 355, 378 dias e que ainda dependia de ajustes.

A decisão de inserir o mês extra era de responsabilidade do pontífice máximo (pontifex maximus), que buscava manter o calendário em sincronia com os eventos sazonais de translação da Terra, o que nem sempre era preciso.

O mês de Martius (março), que era o primeiro mês do ano, continuou sendo a marcação do equinócio. Foi abandonado o formato luni-solar do calendário romano se fixando para um calendário predominantemente solar. "

O calendário gregoriano foi introduzido pelo Papa Gregório XIII em 1582, fazendo algumas alterações no calendário juliano usado anteriormente, ou seja, diminuindo 11 dias.

Na época, muitos países se opuseram ao novo sistema, com os moradores de Londres tomando as ruas para realizar protestos exigindo "devolvam nossos 11 dias".

Atualmente estão em uso 40 calendários no planeta Terra 
e qual deles deve ser o mais preciso?

Alguém lançou essa ideia na rede e fez a gente pensar...
“O número de dias perdidos em um ano devido à mudança para o calendário gregoriano é de 11 dias. Por 268 anos usando o Calendário Gregoriano (1752-2020) vezes 11 dias = 2.948 dias. 2.948 dias / 365 dias (por ano) = oito anos. ”

Portanto, não estaríamos em 2020, mas em 2012...

O calendário maia indica 11 de agosto de 3114 aC como o dia em que o mundo começou – e se fez um longo ciclo de 5.126 anos. O calendário maia indica o fim em 21 de dezembro de 2012, que segundo alguns seria 21 de junho de 2020.

E não é que teremos um puta eclipse bem nesse dia? 
Um eclipse solar total ocorre quando o diâmetro aparente da Lua é maior que o do Sol, bloqueando toda a luz solar direta, transformando o dia em escuridão. A totalidade ocorre em um caminho estreito através da superfície da Terra, com o eclipse solar parcial visível sobre uma região circundante com milhares de quilômetros de largura.

Alguns no planeta verão o dia virar noite, mas outros em outros pontos do planeta não verão droga nenhuma... 

Não aguento mais essa coisa de "apocalipse" - a gente se prepara, estoca comida, liga pros amigos para se despedir, abraça os mais próximos e... nada acontece. 

Será que "alertar" a todo momento para nos preparamos não seria uma maneira de nos deixar "relaxados" e despreocupados? Daí chega realmente a hora "do babado" e ninguém vai ter nadinha na geladeira e nem terão luz (bateria e conexão) pra ligar pra alguém pra saber o que está acontecendo no mundo...

Fica assim... eu vou avisando os próximos capítulos. Você fica atento aos pequenos "sinais"... pois eu já tenho muito estoque de comida, água abundante, energia fácil... espero que você também tenha aí. 

Esse "mundo"acaba com uma facilidade...  

Marie Julie Jahenny
Marie Julie Jahenny, nascida em 1850 na França, era uma mística franciscana da Terceira Ordem que também teve visões sobre os Três Dias de Escuridão.

Para que você esteja preparado para essas visitas, darei os seguintes sinais e instruções: A noite estará muito fria. O vento rugirá. Depois de um tempo, raios serão ouvidos. Tranque todas as portas e janelas. Não fale com ninguém fora de casa. Ajoelhe-se diante de um crucifixo, tenha pena dos seus pecados e implore a proteção de Minha Mãe. Não olhe durante o terremoto, porque a ira de Deus é santa!

“Quem ignorar esse conselho será morto instantaneamente. O vento levará consigo gases venenosos que serão difundidos por toda a terra. Aqueles que sofrem e morrem inocentemente serão mártires e estarão comigo no Meu Reino. Satanás parece ter triunfado. Mas em três noites, o terremoto e o incêndio cessarão. No dia seguinte, o sol brilhará novamente, os anjos descerão do céu e espalharão o espírito de paz sobre a terra. Um sentimento de gratidão incomensurável tomará posse daqueles que sobreviverem a essa provação mais terrível, a punição iminente, com a qual Deus visitará a Terra desde a criação. ”

Dizem que o Padre Pio escreveu uma carta privada à Comissão de Heroldsbach, nomeada pelo Vaticano.

“...Observe o sol, a lua e as estrelas dos céus. Quando eles parecerem indevidamente perturbados e inquietos, saiba que o dia não está longe. Permaneçam unidos em oração e vigiando até que o anjo da destruição tenha passado por suas portas. Ore para que esses dias sejam reduzidos.

“Mantenha suas janelas bem cobertas. Não olhe para fora. Acenda uma vela abençoada, que será suficiente por muitos dias. ... Não saia de casa. Forneça-se com comida suficiente. Os poderes da natureza serão movidos e uma chuva de fogo fará as pessoas tremerem de medo. Tenha coragem! Eu estou no meio de você.”

É isso... mais uma daquelas "baboseiras" de blogueiros.

laura botelho









Habilidades de sobrevivência para crianças e adultos

Habilidades de sobrevivência para crianças e adultos
click na imagem para saber mais

Vulcões ativos