Google

Translate my page Google

17 de ago de 2011

O último aviso


Um grupo de cientistas russos, incluindo as cosmonautas russas Dr. Marina Popovic, PhD, assim como Victoria Popova, Dr. Sc., Ph.D., e Lidia Andrianova Ph.D, anunciou uma descoberta após 15 anos de estudos sobre círculos e monumentos de pedra que contêm pictogramas ET.

Esse grupo relatou e decodificou as mensagens de diversos pictogramas que a inteligência extraterrestre colocados em círculos em campos e em monumentos de pedra ao redor do mundo como exemplos "Stonehenge e Avebury no Reino Unido, Machu Picchu, Chavin de Huantar e as Linhas de Nazca, no Peru, a pirâmide de Chichen-Itza e as pirâmides da lua e do sol no México e no Moai da Ilha de Páscoa e outros.

Desse trabalho nasceu um livro intitulado: 
"Cartas de civilizações extraterrestres: O Último Aviso"

E alguns desses avisos alertam:


O enfraquecimento do campo magnético da Terra atingiu um valor crítico, e ameaça a vida da humanidade. 

Prevê 3 catástrofes preliminares seguidas por cataclismos globais de magnitude acima de qualquer experiência em memória viva.

Haverá um curto período de tempo entre todos esses eventos.

As civilizações têm de ser pré-informadas sobre o cenário de cataclismo global [antes do] início [do] evento final.

Uma civilização que não é informada não terá chance de fazer a transição no tempo e prolongar a informação.

Primeiro pré-cataclismo será relacionado com a interrupção do sistema global de comunicação - Internet, telefone.

Eles explicam que neste ponto da história pode ser visto como uma espécie de formatura para a humanidade para um nível superior e mais sutil de experiência, um tipo de metamorfose para a humanidade conectada com a ascensão.

Cataclismos previsto por pictogramas ET
Segundo o grupo de cientistas russos, os pictogramas ET prevêem um modelo que mostra a Terra passando por uma série de 3 cataclismos específicos, seguido por um estado geral de uma revolução cataclísmica.

O enfraquecimento do campo magnético da Terra será o mecanismo específico que os cientistas russos asseguram que irá desencadear nesta época dando o star up para os 3 "pré-cataclismos".

Os cientistas afirmam que um evento catastrófico sísmico irá emanar a partir da costa oeste do Peru na área da Anomalia Magnética Brasileira no cruzamento da Humboldt e das correntes no Oceano Pacífico - El Nino

Uma área dos Estados Unidos do Golfo do México até os Grandes Lagos será inundada como resultado de um tsunami (de acordo com a profecia de Edgar Cayce)

Esta catástrofe terá um impacto devastador sobre a central de toda e região sul do Pacífico, com a probabilidade de mega-tsunamis baterem a costa leste da Nova Zelândia e Austrália.

tsunami pode até afetar a costa noroeste da África e as costas da Europa Ocidental, mas o peso do cataclismo incidirá sobre a costa oriental da América do Norte.

O segundo e o terceiro pré-cataclismos será muito mais forte.

O cientista búlgaro Georgi Dr. Stankov afirma que a ascensão dimensional em 2012 será a única maneira que a humanidade poderá escapar de um "inferno" cataclísmico na Terra.

Dr. Georgi Stankov suporta que haverá colapso da economia em 2011, a ascensão em 2012.

Esta transição requer não uma transformação do corpo, mas a destruição do corpo (matéria) o que simultaneamente vamos “ressuscitar” ao mais alto nível do mundo sem cataclismos.

O grupo de cientistas russos afirma que o cataclismo global nunca irá parar e vai se tornar mais forte porque a finalidade do cataclismo global (segundo os deuses) é a destruição do nosso planeta.

Portanto, é impossível se esconder em bunkers que são populares hoje e são vendidos em muitos países para aguardar o fim do mundo.

Na verdade a NASA concluiu que os buracos no campo magnético da Terra são fatores que podem amplificar os efeitos das tempestades solares, causando graves mudanças na Terra durante 2011/13 no ciclo solar 24.

2012 poderá trazer a "tempestade perfeita" - explosões solares e o colapso dos sistemas

O gigante de gás ou anã marrom - Nibiru

A grande mídia HOJE como o The Independent e CNN já têm relatado a existência de um corpo celeste gigante 4 vezes o tamanho de Júpiter fora do sistema solar além de Plutão. 

Alexei Dmitriev astrofísico alerta para uma catástrofe global de fótons iminente.

"O astrofísico Alexei Dmitriev diz que ambos os satélites Voyager 1 e Voyager 2 revelam que o nosso sol, bem como todo o nosso sistema solar, está agora entrando em uma nuvem de energia interestelar.

Dmitriev explica que esta nuvem de energia excita as atmosferas de nossos planetas e, especialmente, nosso sol fazendo com que o sol se torne mais ativo, resultando na maior produção de tempestades solares e CME refletindo no efeito Carrington

O Investigador Heliofísico George Mason diz que esta nuvem de energia interestelar é turbulenta.

Esta nuvem interestelar de energia elétrica também é absorvida pela Terra em seu interior, e cientista descobriram que isso resulta em terremotos mais e mais intensos e simultâneos.

Quando perguntaram por quanto tempo demoraria a passar pelo nosso sistema solar esta nuvem de energia interestelar, Dr. Dmitriev respondeu:

"Eu não sei. Mas se eu tivesse que adivinhar,
diria que em algum lugar entre 2 mil a 3 mil anos”


Esse texto acima é um resumo de um texto recente que circula nos meios Ufológicos. Nada que a gente já não saiba...

O importante aqui não é “temer” o inevitável, mas ENTENDER o inevitável e se preparar para ele.

Enfiar a cabeça no buraco não irá adiantar muito nessa hora. Esse é o momento de rever suas escolhas, suas metas, suas esperanças de EXISTIR com clareza.

Fazer escolhas conscientes sobre elas é pesquisar, é procurar a “sua” verdade. Siga sua intuição. Tenho certeza que você verá além do óbvio.

Voltarei com meu último vídeo explicando essa transição. Enquanto isso... corra atrás de informação, pois nosso tempo está descendo o ralo...

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos