Google

Translate my page Google

01/12/2011

Bolon Yokte - o retorno do nono deus



 
Ninguém é tão desesperadamente escravizado
do que aquele que falsamente acredita que é livre.
- Johann Wolfgang von Goethe


Você já leu o livro "O mundo assombrado pelos demônios", de Carl Sagan?

Esta é a bíblia dos céticos, dos que se agarram desesperadamente a fatos ditos por alguém que não pode provar aquilo que disse.

Carl Sagan foi um cientista que não acreditava em muita coisa nos idos dos anos 80 onde demonstrou nesse texto o quanto nossas vidas são influenciadas por crendices, mitos e bobagens sem nenhum fundamento (?)

Os “fundamentos” a que Carl Sagan se limitava a crer foram suas próprias crendices, sem base científica na época.

E com o autor, uma geração cartesiana se agarrou, um público que parou no tempo e não procurou (não procura) outras possibilidades que possam justificar o que ele não podia justificar na época por falta de apoio de pesquisa séria e foco no que queria “desmistificar”.

Dizer que não acredita em algo sem pesquisar a fundo é incorrer no mesmo erro dos “místicos” – uma luta sem propósito baseada apenas sobre “ponto de vista” de cada um.

Muitos se dizem cientistas, mas não creio em cientistas que não fazem pesquisas exaustivas, e se baseiam somente em estudos ultrapassados de mestres limitados (presos) em suas descobertas...

O que foi “verdade” antes, agora não é mais, que o diga Galileu que por pouco não teve seu livros na lista do Index librorum prohibitorum ("Índice dos livros proibidos").

Para evitar que fosse queimado vivo, Galileu Galilei se viu obrigado a renegar suas ideias através de uma confissão, lida em voz alta perante o Santo Conselho da Igreja.

Vai lá Galileu, e muda a história para se livrar da fogueira!!

“Eu, Galileu, filho do falecido Vincenzo Galilei, florentino, de setenta anos de idade, intimado pessoalmente à presença deste tribunal e ajoelhado diante de vós, Eminentíssimos e Reverendíssimos Senhores Cardeais Inquisidores-Gerais contra a gravidade herética em toda a comunidade cristã, tendo diante dos olhos e tocando com as mãos os Santos Evangelhos, juro que sempre acreditei que acredito, e, mercê de Deus, acreditarei no futuro, em tudo quanto é defendido, pregado e ensinado pela Santa Igreja Católica e Apostólica. Mas, considerando que (...) escrevi e imprimi um livro no qual discuto a nova doutrina (o heliocentrismo) já condenada e aduzo argumentos de grande força em seu favor, sem apresentar nenhuma solução para eles, fui pelo Santo Oficio acusado de veementemente suspeito de heresia, isto é, de haver sustentado e acreditado que o Sol está no centro do mundo e imóvel, e que a Terra não está no centro, mas se move; desejando eliminar do espírito de Vossas Eminências e de todos os cristãos fiéis essa veemente suspeita concebida mui justamente contra mim, com sinceridade e fé verdadeira, abjuro, amaldiçoo e detesto os citados erros e heresias, e em geral qualquer outro erro, heresia e seita contrários à Santa Igreja, e juro que no futuro nunca mais direi nem afirmarei, verbalmente nem por escrito, nada que proporcione motivo para tal suspeita a meu respeito." 

Perceberam que ele mandou na lata mesmo assim? A mensagem ficou, coube  a cada um fazer a sua própria pesquisa. Esperto esse Galileu...


Mas é isso que acontece com a pseudociência Cartesiana até os dias de hoje. Ela afirma o que não pode e não deve ser mudado, pois se algo sair do combinado...“alguém irá para a fogueira”.

Click na imagem ´para aumenta-la!!
Descartes propôs chegar “à verdade” através da dúvida sistemática e da decomposição do problema em pequenas partes, características que definiriam a base da pesquisa científica (dele).

O problema maior é que “as partes” de todo problema nessa experiência chamada vida - estão camufladas, ocultadas, destruídas, modificadas, traduzida de maneira dúbia e se não bastasse tudo isso, as partes estão proibidas de virem a público – o que dificulta demasiadamente a base da pesquisa em si.

“Já existem maravilhas demais lá fora, sem que precisemos inventar alguma” – Carl Sagan

Ah... seu Carl... se o Sr. tivesse vivido para ver o que estamos “inventando”...

Capítulo dois: Ciência e Esperança – O Mundo assombrado pelos demônios - Carl Sagan
 “O máximo que cada geração pode esperar é reduzir um pouco as margens de erro e ampliar o corpo de dados a que elas se aplicam. A margem de erro é uma auto-avaliação visível e disseminada da confiabilidade de nosso conhecimento. Qual é o segredo do sucesso da ciência? Em parte, é esse mecanismo embutido de correção de erros. Não existem questões proibidas na ciência, assuntos delicados demais para serem examinados, verdades sagradas. Essa abertura para novas idéias, combinada com o mais rigoroso exame cético de todas as idéias, separa o joio do trigo. Não importa o quanto você é inteligente. Tem que provar a sua tese em face de uma crítica determinada e especializada. A crítica válida presta um favor ao cientista”

Infelizmente o autor deste texto brilhante não sobreviveu após o lançamento desse (livro) para provar o que disse sobre a falsidade ideológica dos “não cientistas”.

Vamos aos fatos não científicos
de uma simples dona de casa...

 “Energia ponto zero é a energia que permanece quando todas as outras energias foram removidas de um sistema”.

A densidade de energia do ponto zero seria 110 ordens de magnitude maior do que a energia radiante no centro do sol.

Uma descoberta importante na astrofísica no final de 1990 foi a descoberta de supernovas.  Mas já em 1983 Dr. La Viollete apresentou fortes evidencias ao mundo.

Dr. Paul La Viollete, se baseou em estudos das informações deixadas pelos textos das antigas civilizações, como as civilizações mesoamericanas, egípcias e outras ao redor do mundo.

Ele verificou que as explosões originadas do centro da galáxia ocorrem num intervalo entre 13 mil e 26 mil anos e raios cósmicos derivam da explosão do núcleo de uma galáxia - não sofrem qualquer interferência ou barreiras e atingirão o nosso sistema solar com força total a quase a velocidade da luz.


Uma supernova pode emitir tanta energia quanto o sol é pode se propagar sobre uma vida humana inteira

Os antigos nos disseram que as Constelações Zodiacais são um instrumento para a vigilância do céu – Podemos focalizar o núcleo da Galáxia através da constelação de sagitário para ficarmos atentos para quando o evento de uma Supernova ocorrer novamente – e já está correndo.



O “Senhor” está chegando - Este alinhamento galáctico é a chave para entender 2012, e que envolve o renascimento do solstício solar de Dezembro através do Rift Dark "fenda escura" na Via Láctea, situada entre Sagitário e Escorpião.

Cada 13 Baktuns (5.125 anos) a contagem longa repõe a zero, dando início a um novo “mundo”, um novo pensamento, uma nova era.

Esta onda de energia (NEXUS) vinda do Rift Dark, varrerá o universo com expansão de gás e poeira atingindo a tudo que está pela frente.

Dr. La Viollete relata que a explosão do centro da galáxia se tornaria espetacularmente luminoso, como a estrela mais brilhante já observada nos céus, como o planeta Vênus, por exemplo.

Seu brilho seria azulado (Kachina azul, ou “Saquasohuh, o Espírito da estrela azul) e viríamos sua presença nos últimos dias antes do ponto zero.

Dr. La Violette propôs que as reversões magnéticas são induzidas por tempestades solares de raios cósmicos.

Se forem suficientemente intensas, este anel corrente de campo magnético poderia cancelar o próprio campo da Terra e virar o pólo de campo magnético residual para uma localização equatorial nos levando ao ponto zero.

A partir desta posição a Terra poderá se recuperar ou adotar uma polaridade invertida (precessão dos Equinócios). Ele ainda propõe que esta excursão geomagnética seria muito rápida, ocorrendo em uma questão de dias...

Tateando no escuro
Tem que se ter muita fé para crer na matéria...

Somos compostos de blocos de construção chamados - "átomos". 
A investigação científica do século XXl verificou que mais de 99% de um átomo é realmente um espaço vazio

Nós somos feitos de átomos, átomos que apresentam elétrons e um núcleo. Bilhões de átomos que não se tocam, que entre eles existe apenas um grande e abissal vazio.

Portanto, você mesmo não é mais que 99% de espaço vazio, não-físico, não existe, em termos “lógicos”.

Se pudéssemos nos ver em um tamanho astronômico, nos veríamos como uma enorme nuvem ou como um enorme enxame, pontos minúsculos ambulantes. Uma nuvem que anda, fala e se alimenta de nuvem = ou seja, nada!

A matéria não existe – ela é forjada por um programa binário onde só há 0 ou 1 - Positivo, negativo – certo ou errado – verdadeiro ou falso...

A segunda lei de Newton diz que a aceleração de uma partícula tinha que ser igual a força aplicada dividida pela massa da partícula, portanto (teoricamente) saberíamos a velocidade e a rota da partícula baseado num “senso comum”- “lógico”

Mas a relatividade de Einstein diz que 2 observadores diferentes vêem 2 realidades diferentes – logo, Newton nos mostraria apenas 1 realidade (a que querem que a gente veja), uma realidade - “lógica”

Porém, não há lógica no que estamos tratando agora, pois não há apenas a realidade newtoniana. Por essa mesma razão a física de Newton não faz sentido no mundo da mecânica quântica.

Onda é probabilidade e não uma certeza

O núcleo atômico é formado por prótons, com suas cargas positivas, e nêutrons, com suas cargas neutras. Os elétrons orbitam ao redor do núcleo do mesmo jeito que os planetas circulam em torno do sol.

O que ocorre no átomo é que os elétrons podem pular de órbitas mais distantes para órbitas mais próximas do núcleo.

Quando o elétron fica mais próximo do núcleo ele desprende uma quantidade de energia a qual deu se o nome de Quantum.

Esses “saltos” dos elétrons para outras órbitas, que estão em comprimentos de ondas (energia), recebem o nome de Salto Quântico.

Louis de Broglie observando o comportamento dos elétrons propôs que os mesmos não eram partículas (matéria), mas sim ondas (energias)

Schrödinger viu a onda (energia) como sendo um elétron e o próprio elétron como sendo um objeto ondular, dessa forma ele as chamou de ondas de matéria.

Porém tal interpretação de Schrödinger poderia estar errada, pois aquilo que é onda não pode ser matéria – “lógico”

Em 1927 um homem chamado Werner Heisenberg nos apresentou um pressuposto da mecânica quântica a qual deu o nome de Princípio da Incerteza que dizia:

“Não podemos saber ao mesmo tempo a posição e o momentum de uma partícula”


"A ciência se suicida quando adota um credo"
Thomas Henry Huxley

Albert Einstein não gostou nada dessa idéia, na verdade, Einstein queria o fim da Mecânica Quântica, pois iria contra tudo que ele acreditava!

E foi numa batalha de mentes brilhantes que Einstein disse a famosa frase: “Deus não joga dados” – pois o DEUS a que ele se referia tinha CERTEZA sobre todas as coisas do universo, assim como o parvo astrólogo do Texas.

Mas não é assim que a banda toca... hoje sabemos que os DEUSES não sabem sobre o FUTURO, apenas “tentam controlá-lo” através da pseudociência articulada de Decartes onde nessa “ciência” para se provar alguma coisa como sendo “verdadeira” tem se que bancar o Sherlock Homes e ler desde o Tio Patinhas a tese de mestrado de algum astrólogo lá no Texas...

O futuro é matematicamente incerto e impreciso!

13 mil anos atrás, o sol irradiou mais energia no planeta e derreteu a camada de gelo. Essa camada descongelada desaguou no mar elevando o nível dos oceanos em 120 metros ocorrendo então o chamado “Dilúvio Universal” – descrito nos textos bíblicos

Os Maias nos disseram que quando o sistema solar estiver novamente a 180 graus de onde estava há 13.000 anos, a Estrela do Norte brilhará sobre o pólo, e a constelação de Aquário aparecerá no horizonte – o que provavelmente acorrerá em 6 de junho de 2012

O centro da galáxia pulsará e haverá manifestações de fogo, água, terra, ar... A escuridão acompanhará a descida do deus Bolon-Yokte, segundo registros antigos, que não puderam ser concluídos por conta de danos à glifos

Painel do aeroporto de Denver - USA
Eles também nos disseram que “Bolon Yokte", um deus vinculado à criação e à guerra, que participou do começo dessa atual era, iniciada em 13 de agosto do ano 3.114 a.C. voltará... ou numa outra tradução “descerá”  dos céus(?)

Bolon Yokte = bolon (nove), y (plural), ok (pé),-te (árvore).
Algo traduzido como - "onça-pintada no pé / pé da árvore." Outras traduções do nome são God of Nine Steps, o Deus Nine-Footed e Jaguar-Foot-Tree, porque a palavra bolon ou balan (nove) foi usada pelos Maias como um trocadilho para balam (jaguar).
Deus Jaguar é um dos nove Lords of the Night (Submundo).

Bolon Yokte às vezes é referido como "K'u, ou B'olon Okte 'B'olon Yookte K'uh, onde K'uh que significa divindade, ele também tem sido chamado Ah Bolon Yocte dos Nove Caminhos nos livros pós-conquista de Chilam Balam.

O deus tem uma associação com o submundo de conflitos e guerra, tempos de transição perigosa, agitação social, os eclipses e as catástrofes naturais como terremotos, vulcões etc

Ele “aparece” no final do baktuns, e participou da Criação do mundo atual e estará presente no da próxima Criação a partir de 2012.


Nossa realidade é um imenso vazio
que precisa ser preenchido com informação
Somos um imenso vazio de incertezas – e isso não é uma metáfora!

Hugh Everett propôs a Teoria dos Muitos Mundos onde a função de onda não tem que ser derrubada e que cada resultado possível cria um novo universo de possibilidades

Cada universo é inacessível para os outros. Nesses universos podemos ver realidades diferentes, mesmo estando no “mesmo mundo” que outros seres iguais a nós.

Antigos paradigmas estão sendo engavetados
e você precisa se atualizar!

Neutrinos
É a segunda partícula mais abundante do Universo depois do fóton.
Não os percebemos no meio físico naturalmente, ao contrário dos fótons, porque neutrinos interagem muito fracamente com a matéria, eles a atravessam.

Neutrinos são produzidos pelas reações nucleares que ocorrem no interior de estrelas e que geram a energia das mesmas (inclusive no Sol) e também por supernovas

A maioria dos neutrinos que atravessam a Terra foi produzida pelo nosso Sol, mas muitos estão chegando resultantes da explosão do centro da galáxia (NEXUS)

Cerca de 65 bilhões de neutrinos atravessam cada centímetro quadrado da superfície da Terra voltada para o Sol a cada segundo. Eles não fazem mal diretamente ao ser humano, muito pelo contrário, estão nos trazendo mais e mais informação a cada segundo, nos despertando do sono de 13 mil anos.

A frase: “nada pode viajar mais rápido que a velocidade da luz” – já está caduca

Pesquisadores e físicos sob uma montanha na Itália central captaram uma partícula viajando a uma velocidade que seria (supostamente inaceitável) segunda a teoria - “lógica” - de Einstein diante da visão da relatividade espacial.

Esses senhores levantaram a possibilidade inquietante de enviar informações de volta no tempo, apagando a linha entre os estragos do passado e do presente causados pelo o princípio fundamental de causa e efeito.

Pesquisadores do experimento - Opera (Project Oscilação com Emulsão de rastreamento de aparelhos) registraram o tempo de chegada de partículas subatômicas fantasmas, chamadas neutrinos, enviados do Cern em uma viagem através da Terra 730 quilômetros ao laboratório Gran Sasso.

A viagem levaria um feixe de luz 2,4 milissegundos para completar, mas depois de executada o experimento por 3 anos e a chegada de 15.000 neutrinos, os cientistas descobriram que as partículas chegaram a Gran Sasso 60/1000000000 de um segundo mais cedo, com uma margem de erro de mais ou menos 10 bilionésimos de segundos

Uma vez que a velocidade da luz é de 299.792.458 metros por segundo, os neutrinos viajaram a 299.798.454 metros por segundo.

"Quando você obtêm esse resultado, você quer ter certeza de que você não cometeu erros, que não há coisas desagradáveis ​​acontecendo que você não pensou. Nós passamos meses e meses fazendo cheques e não temos sido capazes de encontrar nenhum erro” - disse Subir Sarkar, diretor da teoria de partículas da Universidade de Oxford

Neutrinos têm uma massa minúscula, sem carga elétrica, e passam por quase toda a matéria como se ela não estivesse lá.

A teoria da relatividade de Einstein não está descartada, ela ainda é necessária para manter o controle de nossas MACRO-atividades diárias, portanto calma, que muita coisa ainda está por vir, saibam vocês...

Muita coisa virá à luz do conhecimento e os céticos terão que rever seus conceitos. Tudo que estamos revendo estavam nos livros, livros esses que foram devidamente queimados e banidos do contato com a humanidade em épocas remotas por pessoas que desejavam ter o poder sobre os demais de sua espécie

Uma informação que deveria ficar restrita a um grupo muito pequeno que conduziria o gado ao matadouro sem grandes revoltas

E alguns “pseudocientistas” ajudaram a reforçar essa idéia não investigando os fatos, apenas repetindo como parvos papagaios que: tudo fora da “lógica”, do senso critico não passa de mito e crendice.

Agora nós já sabemos que tudo é possível e que não existe o certo, o verdadeiro, o “lógico”, pois são apenas palavras/símbolos que representam a experiência de cada um.

Basta agora colher todas essas informações e junta-las para montar todo esse quebra cabeça cujas peças foram destruídas ou... temporariamente “escondidas”.

laura botelho


A título de curiosidade

O Conselho Nibiruano e os seus nomes traduzidos para grupos linguísticos 

NIBIRUANO: ANU – ANTU - NINKHURSAG - Ishkur
SUMERIAN: Anshar - APSU / NINTUD - Ninmah - ADAD
HETEU: Ninti - Teshub
EGÍPCIA: GEB / SEB NUT / Neith - ISIS - HORUS
GREGO: KRONOS – RHEA - HERA  - ARES
ROMAN: SATURN  - OPS  - JUNO - MARS
SÂNSCRITO: Savitar  - Aditi - Aditi - MITRA
HINDI: Tvashtar  - APO - Hariti  - MITHRAS
MAIA: AKANCHOB - Akna - Coatlicue - HUITZILOPOCHTI
INCA: INTI / PUNCHAU - Quilla - PACHAMAMA - VIRACOCHARIMAC
TEUTONIC: BURI / Mannus - TUISTO EDUN / Bestla - TIW / TYR / VE
ESLAVO: Svarog - MATI-Zemlya - DENNITSA - Perun
FINO-ÚGRICAS: Ukko - AKKA / Rauni - MADER-AKKA  - Arianrod
CELTA: EOCHARD - Danu / ANU - BOANNA ANGUS / OG

NIBIRUANO: Enlil  - Ninlil - ENKI - Ninki
SUMERIAN: Assur - Nammu - EA / URKI - Damkina
EGÍPCIO: Ptah – OSIRIS - Ma'at - Nephthys - Khnum
CANANEU: Baal  - Asherah
SEMITAS: YAHWEH / ALLAH / EL / ADONAI
GREGO: ZEUS – MAIA - POSEIDON - Hefesto - LÍBIA
ROMAN: JUPITER - MAJESTA - VULCAN - ÁFRICA
SÂNSCRITO: INDRA - Indrani - AGNI - SVAHA
HINDI: VISHNU - MAYA - Ahriman - SHIVA - GANGA
MAIA: Tlaloc – CHALCHIUTLICUE - Itzamná                                      
INCA: Catequil - Pilan - CUYCHA
TEUTONIC: THOR - DONAR - Jord - Hoenir                                         
ESLAVO: Dazhbog -MYESYATS - Ogon - Marzanna
FINO-ÚGRICAS: Ilma - Ahti - VELLAMO
CELTA: Dagda – GWYDIA - NManannan

NIBIRUANO: NANNAR - ISH.KUR - UTU - Inanna
SUMERIAN: SIN - ADAD - Shamash - ISHTAR
EGÍPCIA: THOTH - Harpócrates - HATHOR
CANANEU: Baal -  Moloch
SEMITAS: ALLAH - YAHWEH
GREGO: HERMES – APOLLO - APHRODITE
ROMAN: MERCURY - HELIOS - VENUS
SÂNSCRITO: Sudhanvan - Rudra - Ushas
HINDI: BUDDHA - RAMA - LAKSHMI
MAIA: Quetzalcoatl - XOCHIPILI - Tlazolteotl
INCA: PIHUECHENYL - TAMENDONARE - Chasca
TEUTONIC: ODIN - Woden ULL - MAGNI FRIJI - Frigg
ESLAVO: VOLGA - VARPULIS - Kupala
FINO-ÚGRICAS: VOGUL                                                          
CELTA: LUG - Llew Nuada - Ludd Brigit

NIBIRUANO: MARDUK - Ninurta - Nergal - NINGISHZIDDA
SUMERIAN: BEL-Ningirsu - NIMROD - ERRA
ASSYRIAN: Ashur
EGÍPCIO: RA (AMON-RA) - Tehuti - Thoth
GREGO: HERMES
MESOAMÉRICA: Xiuhtecuhtli  - Kukulkan   - Topiltzin - QUETZALCOALT                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

meus livros

meus livros
Click na imagem para saber mais

meus livros

meus livros

Vulcões ativos