Google

Translate my page Google

9 de abr de 2014

Energia Nuclear - uma caixinha de Pandora?



Oblivion

: estado de algo que não é lembrado, usado ou não mais pensado.
: estado de estar inconsciente
: estado de não saber o que está acontecendo ao seu redor
: estado de ser destruído

Você assistiu a esse filme com Tom Cruise? Não gosta desse gênero? Muita abobrinha? Tema repetitivo?

Darei uma síntese pra você que nem pensa em assistir.


No ano de 2077, Jack Harper (Tom Cruise), é um técnico zangão vivendo em uma torre alta acima das nuvens, com sua parceira Victoria / Vika (Andrea Riseborough). 

Esses dois são as últimas pessoas “sadias” que protegem o planeta Terra depois que ele foi destruído por alienígenas conhecidos como os catadores / 'Scavs', que queriam os recursos da Terra. 

O Scavs (supostos aliens) destruíram o satélite natural - nossa lua - o que causou uma série de desastres naturais gerando uma devastação global oferecendo facilidade para uma invasão. Na guerra que se seguiu, os seres humanos foram forçados a usar armas nucleares contra o inimigo e venceram a guerra. Mas a radioatividade transformou a maior parte do planeta em um terreno baldio radioativo e “perigoso”.

A população de sobreviventes mudou-se para Titã, uma das luas de Saturno, com um número seleto de humanos habitando uma grande nave espacial em órbita em torno da Terra chamado de Tet....

O resto não vou contar, deixo pra você correr atrás. Só posso lhe adiantar que ao assistir com muita atenção a esse filme você abrirá um mega espaço no seu cérebro (HD).

Mas se você assistiu ao filme, e não viu nada, assista de novo, mas somente após ver esse documentário que eu trago - que ligará TOOOODOS os pontinhos que faltavam a sua percepção.


Pandora's Promise
é um documentário que aborda com riqueza de detalhes os momentos caóticos que passamos ao longo da historia mais recente da humanidade a respeito da polemica sobre a geração de energia nuclear. 

Estamos diariamente sendo bombardeados por falsas “bandeiras”. 
Fukushima é uma delas. São muitas informações que surgem com um único e exclusivo objetivo de nos manter sob o “domínio do medo”. E por que?

Porque não pesquisamos, não vamos atrás de uma nova opinião. Não nos damos ao trabalho de ler, assistir a vídeos, palestras online, de conversar com as pessoas para ouvir uma segunda opinião, ou simplesmente ouvir o que ela pensa a respeito de certos temas. 

O que não quer dizer que você deva aceitar essa opinião, mas apenas ouvi-la. Pode parecer absurda HOJE, mas talvez nem tanto alguns meses depois...

Não muito distante desse exemplo, essa semana fui taxada de “comunista” porque expus no meu texto passado, uma “outra” visão que não paramos para pensar, pesquisar ou discutir com coerência e determinismo. Aceitamos tudo muito facilmente quando nos convém.

Ao invés disso, a manada prefere fazer o que sempre faz; destruir a versão apresentada. Criar conflitos para anular qualquer chance que corrompa suas mais legitimas crenças. Lutar para manter seu posto de superioridade intelectual sobre os “ignorantes” ou “parvos” – como diriam os irmãos de Portugal.

Estamos do jeito que estamos (medrosos com tudo) por conta desse comportamento, dessa forma patética [e nada produtiva] de evitar aprender e apreender novas maneiras de perceber o mesmo evento, sem conflito, sem bravuras.

Trago um vídeo [abaixo] indicado pela amiga Simone Dias, que logo me enviou, pois sabe a importância de apontarmos novas alternativas para viver melhor e mais equilibradamente. O vídeo foi gentilmente legendado por algum ser divino, desses que nos ajudam a entender o quão ignorantes somos a respeito de TUDO!!!

Se não tivesse sido legendado na nossa língua estaríamos novamente reduzidos a um grupo pequeno e inibindo a informação a um grupo grande que não domina a língua inglesa. Da minha parte faço uso esse canal (BLOG) postando o vídeo para alavancar mais e mais conhecimento a todos os cantos desse planeta, até onde ele puder alcançar.

O assunto é sério e pode nos ajudar a sair desse ciclo bizarro de PAVOR a respeito de RADIAÇÃO NUCLEAR e tudo mais que cerca esse tema.

Eu já havia lido muito a respeito dos efeitos dessa “radiação” no organismo, mas não tive um momento oportuno para trazer essa informação a todos que me assistem. Li muitos artigos científicos que mostravam que essa “radiação” não proporcionava o câncer. Os ventos “radiativos” não tinham esse poder que querem que acreditemos. Mas não irei me alongar. Veja você mesmo.

O documentário  Pandora's Promise explora como essa polemica e temida tecnologia se transformou em uma alternativa tão tentadora que aqueles que antes lutavam contra ela, agora a desejam, trazendo depoimentos de ambientalistas que eram, antes, anti-energia nuclear, mas compreenderam que tudo era apenas um mito...

Um mito gerado por aqueles que não desejam que sejamos fortes o suficiente para enfrentá-los...

"Eu criei você, Jack, eu sou o teu Deus" [Oblivion 2003]


laura botelho



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos