Google

Translate my page Google

3 de out de 2011

Nada mais que um baita buraco negro...




Esse vídeo foi postado no BOX por um colaborador de nome Luiz.

Depois de assistir a tudo fiquei pasma com a simplicidade da explicação do Cientista e Diretor do Programa Observatório Solar Sísmico do Chile - Pedro Gaete, sobre os eventos relacionados (ou não) a Elenins e Nibirus etc... que têm como objetivo nos confundir a toda hora.

O fato é que o discurso do Diretor Gaete está coerente com meu ponto de vista. O que não quer dizer que isso seja a mais pura “verdade”, quem sou eu para afirmar alguma coisa. O que exponho aqui é que entendo que há muita contra-informação e ficamos correndo atrás do rabo quando a resposta é mais simples do que nos parece.

Para muitos poderá ser mais assustador, mas eu não vejo assim.
Eu já pesquisei muito, e estudei vários ângulos, vários temas e várias informações e cá com meus botões... eu também acredito que estamos as voltas com um baita buraco negro.

E para aquele que acha que estou “chutando” essa versão, selecionei uns links onde eu reporto essa minha visão nas minhas pesquisas.

Há outros tantos links no BLOG, mas peguei alguns poucos. Se quiser mais, basta colocar no campo de pesquisa do Google - nesse BLOG - a palavra BURACO NEGRO e verá como há bastante material para sua pesquisa.

Se você está chegando agora, leia esses textos que deixei abaixo para entender mais a respeito do que o Gaete diz.

Se você já freqüenta esse BLOG e sabe do que penso, assista ao vídeo que está no fim desse texto.

Agora está legendado e foi uma dica da minha querida amiga Mari Sposito para facilitar a nossa informação.

Essa é a minha dica de hoje. Se eu souber de algo mais que acrescente, volto para deixar aqui.



Uma radiação direta e extremamente letal com força suficiente para destruir toda a matéria orgânica do planeta sem nenhum aparato material que possa barrá-los, pois esses raios de 3.5 trilhões de elétron-volts atravessam qualquer coisa, quanto mais um punhado de terra por cima (BUNKER). Portanto, não gastem seu tempo cavando buracos...

Pela “mitologia” - acredita-se que os buracos negros são a porta de entrada para outro mundo, onde podemos entrar sem o nosso corpo ou massa, e no pensamento científico esse pressuposto não é excludente. Acredita-se que buracos negros poderiam ser percorridos sem massa. Muita “coincidência”, não acham?

Nexus, mortandade de animais, inversão dos polos, terremotos, tsunamis, vulcões, meteoros, numero 13 associado ao “azar”, Aviões com chemistry, mudanças climáticas, inundações, seca, nevasca, calor intenso, Superwave, manchas solares, EMC (ejeção massa coronal), infarte do miocárdio, demências, etc etc etc
Não precisamos de ninguém para nos salvar. O planeta não existe a luz da visão da mecânica quântica – ele é uma ilusão.

Os Maias nos deixaram relatos de que nesse planeta existem ciclos repetidos de criação e destruição que estão intimamente relacionados e dependentes aos ciclos do Sol que se repetem em média a cada 5.256 anos.

Cientistas sugerem que a passagem do Sistema Solar através do plano galáctico poderia levar a perturbações gravitacionais de alguns trilhões de cometas que orbitam o Sol na chamada Nuvem de Oort, resultando em chuvas periódicas de cometas no Sistema Solar interior - o que não seria de se espantar se essa “chuva” cair a qualquer momento.


O fato é que enquanto vivemos nessa prisão vibracional, nossa projeção de sombra (nosso verdadeiro eu) continua sua jornada aos trancos e barrancos, nessa limitada civilização baseada nas experiências terráqueas e informações distorcidas pelos negativos – MATRIX - para que não possamos passar para o outro lado.
Temos que nos manter aqui até o momento final – ponto zero – nem antes, nem depois. Não dá para pegar esse bonde com ele andando, dá pra entender? 
A idéia dos negativos é nos afastar da “luz” e nos levar para fora da Galáxia (a salvo dessa experiência), assim seremos matéria por um bom tempo, uma matéria que se transmutará em outra e outra dando continuação a escravidão espiritual.

Um buraco negro é cercado por um horizonte de eventos.
É a abertura e fechamento da porta de nossa realidade.
Um buraco negro é tão compacto e massivo que o seu potencial gravitacional, mesmo longe é forte o suficiente para retardar o tempo para parar e diminuir a dimensão de espaço para zero. 
http://bloglaurabotelho.blogspot.com/2010/10/um-horizonte-de-eventos.html







meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos