Google

Translate my page Google

11 de set de 2015

Manuscrito 512 e a falta d'água global


Não se programa o inconsciente de massa apenas com linguagem verbal, racional ou por formulação expressa, clara. Sua impressão deve ser puramente emocional, metafórica e simbólica por excelência. Se você entender bem como isso funciona, você poderá evitar muita encrenca na sua vida e em outras dimensões...

Fawcett, o verdadeiro Indiana Jones

Percival Harrison Fawcett (1867-1925) - em 1906, a Royal Geographical Society, uma organização britânica que patrocina expedições científicas, convidou Fawcett para inspecionar parte da fronteira entre Brasil e Bolívia para mapear uma área de selva e definir as fronteiras atuais entre os dois países. 

Ele passou 18 meses na área de Mato Grosso (Brasil) e foi durante suas várias expedições que Fawcett se tornou obcecado com a ideia de civilizações perdidas nesta área, após ter tido contato com um certo documento...

O Manuscrito 512
Em 1920, Fawcett deparou com um documento chamado Manuscrito 512, um velho mapa que está atualmente na seção "trabalhos estranhos" da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Vá lá e pesquise.

Ele foi escrito por Francisco Raposo, um explorador Português em 1753, que afirmou ter encontrado uma cidade murada profunda na região do Mato Grosso na floresta amazônica, uma reminiscência da Grécia antiga. 

O manuscrito descreve uma cidade perdida carregada de prata com edifícios de vários andares, subindo arcos de pedra, ruas largas que conduzem para baixo em direção a um lago em que o explorador tinha visto dois índios brancos em uma canoa. 

Nos lados do edifício continham letras esculpidas que pareciam com grego ou um alfabeto europeu. As casas eram baixas e sem janelas, e existia um templo piramidal. Os habitantes do lugar eram bastante numerosos, eles mantinham animais domésticos. Amontoados como um rebanho de ovelhas assustadas, os homens passaram pela rua até chegar a uma vasta praça. 



No centro havia uma enorme coluna de pedra negra, e sobre ela a efígie, em perfeita preservação, de um homem com uma mão em seu quadril e outra apontando para o norte. Uma ampla escadaria de pedra em ruínas levava para cima a um amplo salão, onde traços de cor ainda se agarravam aos afrescos e esculturas. 

Fawcett chamou essa cidade perdida de 'Z' em 1912 em plena selva inexplorada do Brasil, mas descrita com riqueza de detalhes no manuscrito 512. Em uma carta para seu filho Brian, Fawcett escreveu:

Acredito que as ruínas desse monolítico são mais antigas do que as mais velhas descobertas egípcias. A julgar pelas inscrições encontradas em muitas partes do Brasil, os habitantes usaram uma escrita alfabética aliada a muitos scripts europeus e asiáticos antigos. Há rumores, também, de uma estranha fonte de luz nos edifícios, um fenômeno que encheu de terror os índios que teriam visto.”

A expedição embarcou em 20 de Abril de 1925, da cidade de Cuiabá onde tentou uma última vez encontrar “Z”, desta vez mais bem equipada e melhor financiada pelos jornais e sociedades, incluindo a Royal Geographic Society e os Rockefellers

De 1906 a 1924 ele realizou 7 expedições e para seus colegas na Europa ele contou que viu na Amazônia: anacondas gigantes, animais misteriosos, tribos inóspitas ...

O desaparecimento de Percy Fawcett
Junto com Fawcett na expedição foi seu bom amigo Raleigh Rimell, seu filho mais velho Jack, de 22 anos, e dois trabalhadores brasileiros. Este seria o último contato do explorador de 58 anos, e suas últimas palavras foram telegrafadas  dizendo adeus a sua esposa, em 29 de Maio de 1925.

No total, 13 expedições seriam lançadas em um esforço para encontrar respostas para o destino de Fawcett, e com isso mais de 100 pessoas perderam a vida condenados a desaparecer na selva para nunca mais se ouvir falar deles.

Brad Pitt, Dede Gardner e Jeremy Kleiner estão tentando produzir através da Plan B Entertainment, juntamente com Dale Johnson e Anthony Katagas o filme sobre esse mistério da Cidade perdida Z  (Lost city Z)



Isso porque a teoria mais bizarra que brevemente ganhou força com elementos marginais como cartas misteriosas ao longo dos anos, trás a ideia de que Fawcett encontrou a abertura a uma vasta cidade mágica, subterrânea nas montanhas do Roncador e desceu em suas profundezas.

A carta foi recebida pelo filho mais novo de Fawcett, Brian, em 1952 escrita por um colono alemão radicado no Brasil que dizia:

"Seu pai e irmão foram avançadas almas que foram realmente adoradas pelos índios e estavam vivos nas cidades subterrâneas da Matalir e Araracauga na seção Rocandor de Mato Grosso ... a partir desses lugares secretos emitidos Discos Voadores para fazer vôos globais de reconhecimento."

Tudo bem, as informações só ganham volume quando estão associadas a outros links... e que tal esse resultado de 2010?

A Faculdade de Geologia da Universidade Federal do Pará (UFPA), aponta o Aquífero Alter do Chão como o de maior volume de água potável do mundo suficiente para abastecer toda a população do planeta por pelo menos 400 anos

Alter do Chão tem um volume equivalente a 29 milhões de Maracanãs cheios, ou de 35 mil vezes a baía de Guanabara. A reserva subterrânea está localizada sob os estados do Amazonas, Pará e Amapá e tem volume de 86 mil km³ de água doce.

Atualmente, o maior aqüífero conhecido do mundo é o Guarani, situado no Paraná, mas isso é o que eles querem que você acredite.

Aquifero Alter do Chão - Água da Amazonia

Se você, assim como eu, já entende o modus operandi dos repteis, pode entender facilmente como eles organizam estrategicamente a opinião das massas sonâmbulas.

É muito fácil, basta dar uma imagem forte (pode ser de uma criança afogada ou por homens sendo degolados ou de um centro comercial em chamas, atingido por aviões) – essa imagem deve ter força popular, acompanhada de depoimentos e famílias sofrendo de abusos ou grupos de pessoas pacatas sendo feridas inescrupulosamente por algum atirador maluco.

Fechou o quadro?

Na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que o povo líbio saiu vencedor de sua revolução após a morte de Kadafi. Obama disse que os Estados Unidos estarão ao lado da Líbia para a construção de um futuro digno.

"Nós anunciamos ao mundo que Kadafi foi morto pelas mãos da revolução. É um momento histórico. É o fim da tirania e da ditadura. Kadafi encontrou seu destino" - declarou o porta-voz do CNT, Abdel Hafez Ghoga, à AFP .


Coronel Muammar Kadafi foi morto no dia 20 de outubro de 2011
Ele liderou a Líbia durante 42 anos até seu governo ser posto em xeque a partir de uma “revolta” originada dentro do seu país que foi denominada como Primavera Árabe para ficar bem registrada nos livros didáticos e mentes pouco informadas.

Se você está despertando agora vamos recapitular a história.
A Insurreição na líbia culmina com queda de Sirte e morte de Kadafi 

motivados pelos protestos que derrubaram os longevos presidentes da Tunísia e do Egito, os líbios começaram a sair às ruas das principais cidades do país em fevereiro para contestar o coronel Muammar Kadafi, no comando desde a revolução de 1969.

Rapidamente, no entanto, os protestos evoluíram para uma guerra civil que cindiu a Líbia em batalhas pelo controle de cidades estratégicas de leste a oeste.

A violência dos confrontos gerou reação do Conselho de Segurança da ONU, que aprovou uma polêmica intervenção internacional, atualmente liderada pela Otan, em nome da proteção dos civis.

Em entrevista a esse Jornal LeJDD

Kadafi dá pistas em 5 de março de 2011 - do que poderá e está acontecendo hoje.

Como você analisa o que está acontecendo em seu país e na região?

“Todo mundo já ouviu falar de Al-Qaeda no Magrebe Islâmico. Ora, havia células adormecidas na Líbia. Quando houve uma confusão na Tunísia e no Egito, eles queriam explorar a situação e Al Qaeda deu instruções aos seus células adormecidas para a superfície. Isto é o que aconteceu. Os membros dessas células, a fim acordou e atacou quartéis militares e esquadras de polícia a pegar em armas. Isto é o que aconteceu em Benghazi e Al-Baida, onde havia trocas de tiros. Houve mortes de ambos os lados. Pessoas foram mortas em frente à delegacia de polícia ou quartéis militares. Eles pegaram em armas e depois se espalharam para as ruas. Eles têm aterrorizado a população de Benghazi. Hoje as pessoas não podem sair com medo.”

O que você acha, qual o papel dos americanos?
 

(Sorriso.) Como é possível que os oficiais americanos fizeram tais declarações, com base em rumores transmitidos pelos meios de comunicação? Quando há, por exemplo, aqui na Líbia, entre 150 e 200 mortos, eles falavam de milhares. E essas vítimas são metade policiais ... Eles que enviem investigadores! Eles vão ver que os mortos estão na frente das principais entradas de delegacias ou quartéis e eles foram mortos porque eles estavam atacando. Não havia soldados atirando em pessoas na rua!

O que você espera hoje?

Que a França assuma rapidamente a cabeça do inquérito, ele bloqueia a resolução da ONU no Conselho de Segurança, e ela faça parar a intervenção estrangeira na região Benghazi.

Que intervenções?

Eu sei que existem contatos semi-oficiais, os ingleses, por exemplo, ou outros europeus, com personagens de Benghazi. Paramos um helicóptero holandês que tinha aterrado na Líbia sem qualquer autorização. 

...Você terá a imigração, milhares de pessoas irão invadir a Europa a partir da Líbia. E não haverá ninguém para detê-los. 

Você quer brandir o espectro da ameaça islâmica ...

...Mas é uma realidade! Na Tunísia e no Egito, há um vácuo político. Os islamitas já podem começar. Haverá uma Jihad Islâmica na frente de vocês, no Mediterrâneo. Eles atacarão a 6ª frota americana, haverá atos de pirataria aqui em suas portas, a 50 km de suas fronteiras. Vai ser realmente uma emergência global e um desastre para todos. Este desastre vai expandir Paquistão, Afeganistão, e virá ao Norte da ÁfricaEu não vou deixá-los!

Já deu pra notar por que o bode velho do Kadafi foi tirado do jogo, percebeu?
Ele seria uma pedra no sapato dos negativos de plantão. Poderia reagir e isso levaria anos, um tempo que eles não têm.

Não sei se ficou claro pra você que os movimentos das peças são importantes para que eles consigam resultados satisfatórios para suas metas. O que talvez muitos não saibam é que o jogo só pode ser definido quando todas as cartas estiverem na mesa, pois lidar com "hipóteses" é algo bem diferente.



Temos algo que eles odeiam... Temos poder de mudar os eventos bastando para isso nos unir em coerência.

Quando estamos divergentes ou partidários não conseguimos concentrar energia suficiente para anular os prognósticos, e aí, eles ganham, não por mérito, mas por desistência da nossa parte. Nos perdemos.

Precisamos enfrentar o medo da perda, do desanimo, da ausência de metas. Aprender a criar objetivos e traçar planos ajuda a formular novos scripts e com um inconsciente fortalecido, meu amigo... não tem Anunnaki que vença essa partida!

laura botelho



Modus Operandi

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos