Google

Translate my page Google

2 de jan de 2013

2013 - o ano da serpente


A Serpente é um animal calmo e tímido, cauteloso e discreto. Se utiliza do instinto básico de sobrevivência = ataque/fuga. Cobras não atacam, a menos que sejam ameaçadas ou estejam com fome. 

Mamba-negra (Dendroaspis polylepis) é uma das cobras mais venenosas do mundo. Seu tamanho varia de 2,5 m a 4,5 m. É a cobra mais rápida da sua espécie, capaz de se deslocar a 20 km/h, velocidade suficiente para escapar do perigo ou para atacar a sua presa.

A mamba-negra não tem este nome devido à cor do seu corpo, já que tem uma cor acinzentada (variável), mas pelo interior preto da sua boca, que ela exibe em sinal de ameaça. Possui um bote muito rápido e seu veneno neurotóxico causa paralisia. A morte em 20 minutos está em 100% dos casos após sua mordida. A expectativa média de vida da mamba-preta é de 12 anos.

2013 - o Ano da Serpente 
Astrologia chinesa tem uma estreita relação com a filosofia chinesa - teoria das três harmonias - céu, terra e água - e usa os princípios do yin e yang e conceitos que não são encontrados na astrologia ocidental.

O horóscopo chinês se baseia no ciclo lunar de 60 anos, sendo cada ano regido por um animal, diferente da nossa astrologia ocidental, que se baseia na órbita da Terra em torno do Sol.

Uma vez que o ciclo de 12 animais do zodíaco é divisível por dois, cada signo do zodíaco só pode ocorrer tanto Yin ou Yang: o dragão é sempre yang, a cobra é sempre yin.

Xing Wu também é conhecido como os 5 Elementos , 5 fases , 5 agentes , 5 movimentos , 5 processos. É um esquema conceitual chinês usado ​​para explicar uma ampla gama de fenômenos, desde os ciclos cósmicos a interação entre os órgãos internos do corpo humano.

Os cinco planetas clássicos estão associados com o Wu Xing :
1.    Venus - Metal (Tigre Branco)
2.    Júpiter - Madeira (Azure Dragon)
3.    Mercúrio - Água (Tartaruga Negra)
4.    Marte - Fogo (Pássaro Vermilion)
5.    Saturno –Terra (Dragão Amarelo)

O sistema do ciclo de 12 anos de signos com animais foi construído a partir de observações da órbita de Júpiter ao redor do Sol. Os astrônomos chineses dividiram o círculo celeste em 12 seções, e arredondaram para 12 anos. Júpiter está associado com a constelação Sheti ou Boötes

Boötes é uma constelação no céu do norte. O nome vem do grego Bootes , ou seja, pastor ou lavrador  relacionado com o latim bovis , "vaca". Boötes é o lar de muitas outras estrelas brilhantes, incluindo oito acima da magnitude quarto e um adicional de 21 acima da quinta magnitude, fazendo um total de 29 estrelas facilmente visíveis a olho nu.

Na antiga Babilônia as estrelas do Boötes eram conhecidas como SHU.PA descritas como o deus Enlil, líder do panteão babilônico e patrono especial dos agricultores.

O “mito” sobre a origem das festividades do “novo ano” para os chineses se deu a partir da vitória ao combate a um ser estranho chamado Nian. Nian o monstro vivia no mar ou nas montanhas e surgia para comer animais, culturas, e até mesmo humanos, especialmente as crianças

Para se proteger todos os anos da mesma época, os aldeões colocavam comida na frente de suas portas no início de cada ano. Acreditaram que se o Nian estivesse satisfeito com a oferta de alimento ele não atacaria mais ninguém. Mas um fato que deixou os habitantes mais confiantes sobre a vitória contra o monstro Nian foi ao descobrir que ele ficou muito assustado ao se deparar com uma criança vestida de vermelho e fugiu. Os moradores então entenderam que o Nian tinha medo da cor vermelha

Qualquer coincidência com a estória de chapeuzinho vermelho é mera semelhança. Criança com capa vermelha – Lobo faminto – Avó (passado) é devorada e o medo (lobo) a substitui na cama para comer a criança (futuro)... faz algum sentido pra você?

Assim, toda vez que o Ano Novo (ou um novo ciclo) nascia os aldeões chineses penduravam lanternas vermelhas nas janelas e portas e faziam muito barulho utilizando fogos de artifício o que contribuiu por anos para espantar o velho Nian que não voltou mais a vila...

Em 10 de fevereiro de 2013 inicia-se o ano Chinês
O primeiro dia de 2013 astrológico chinês acontece em 10 de fevereiro de 2013 e termina em 30 de janeiro de 2014, onde os cinco elementos - Metal, Água, Madeira, Fogo e Terra – fazem parte da dinâmica do circulo da vida.

Um calendário que ao contrario da contagem do ano Gregoriano (Papa Gregório Xlll) não acompanha a astronomia – a relação das estrelas, planetas e galáxias ao redor – que afetam diretamente aos humanos na Terra.

O calendário gregoriano apresenta defeitos, tanto sob o ponto de vista astronômico, como no seu aspecto prático, bagunçando o número de dias de cada mês que se torna irregular (28 a 31 dias), além disso a semana, adotada quase “universalmente” como unidade laboral de tempo, não se encontra integrada nos meses e muitas vezes fica repartida por dois meses diferentes, prejudicando a distribuição racional do trabalho e dos salários.

Segundo o calendário gregoriano estamos em janeiro de 2013, mas para esta mesma data outros calendários apontam anos diferentes, como: 

Ab urbe condita - estão no ano de 2766; 
Calendário Babilônico - ano 6763
Calendário bahá'í - ano 169 –170
Calendário budista – ano 2557; 
Calendário hebreu – ano 5773 – 5774
Calendário hindu Vikram Samvat – ano 2069 – 2070
Calendário hindu Shaka Samvat – ano 1935 – 1936;
Calendário hindu Kali Yuga – ano 5114 – 5115
Calendário iraniano - 1391–1392
Calendário Islâmico – ano 1434 – 1435
Calendário Holoceno – ano 12.013

O calendário Holoceno é baseado na era geológica do nosso planeta que oferece marcos significativos e importantes há cerca de 12.000 anos atrás. A história da humanidade foi arbitrariamente dividida em duas épocas criando uma falsa distinção entre povos e seus conceitos e compreensão do passado. Assim, o sistema de duas épocas dividida em AC / DC na história civilizacional humana baseada em um ser mítico, deveria ser substituída por uma era contínua única Humana ou Holoceno (HE)

O Holoceno começou há cerca de 12.000 anos atrás e as marcas mostram o fim da última Era do Gelo; O início da civilização humana; A introdução da agricultura por Enlil.

Anno Domini ou 1 AD -  é um termo religioso, em vez de uma teoria científica sendo uma abreviação de "anni Domini nostri Jesu Christi" cunhado por Exiguss Abbot Dionísio traduzida como "No ano de Nosso Senhor Jesus Cristo". No entanto, há bilhões de pessoas que não são cristãs mas não percebem essa particularidade insana, mas creem que Laura é o bicho papão que assusta criancinhas ...

Papa Gregório XIII publicou a bula papal, "Inter Gravissimus" em 24 fevereiro de 1582, que estabeleceu o calendário gregoriano como o novo calendário e oficial do mundo católico. Um calendário que não segue nenhuma regra lógica, apenas religiosa. Os meses não tem nenhuma conexão com as fases lunares.

Solstícios e equinócios não coincidem com o início dos meses gregorianos, ou o ponto médio dos meses. O problema fundamental do calendário é a divisibilidade imperfeita dos números inteiros em um número irracional (montagem dias inteiros em um mês; montagem dias inteiros ou meses inteiros em um ano). 

Portanto, qualquer tentativa de dividir um mês em dias ou um ano em dias vai deixar um resto fracionário de um dia parcial. Da mesma forma, qualquer tentativa de dividir um ano em meses vai deixar um resto fracionário de um mês parcial. Esses resquícios se acumulam de um período para o outro, assim, os ciclos de condução estão fora de sincronia.

Desde a queda do calendário juliano e a admissão do calendário gregoriano temos 10 dias ao longo dos séculos perdidos em algum mundo “paralelo” a partir do momento que e o inicio de um novo ano não mais começaria em 25 de março (Juliano), passando a 1 de janeiro (gregoriano)

A Serpente é o sexto signo do zodíaco chinês.
A cor do ano de 2013 da Cobra é o negro. A cor preta reflete a escuridão da noite no céu do Ártico, a escuridão do Abismo, na profundeza dos oceanos. 

2013 é o Ano da Serpente de Água Negra
que acontece uma vez a cada 60 anos

O Ano da Serpente, de 2013, no calendário Hsia, é simbolizado por dois elementos - com água sobre o fogo.

Para os antigos sábios orientais o símbolo da serpente está associado à longa vida, proteção e boa sorte, de acordo com o ciclo de nascimento e destruição, que rege a inter-relação entre os elementos, a água é o destruidor do fogo e por fazerem parte de um ciclo destrutivo têm relação com conflitos e mudanças radicais.

Tais elementos conflitantes geralmente significam que o ano não será pacífico, com tendências a discórdias por quebra de velhos e destrutivos dogmas arrastados por muitos séculos. Mas através da destruição um novo recomeço. Uma visão mais clara sobre o que estava oculto e não podia ser visto.

A serpente tem uma energia sorrateira que pode ser a sua vantagem. Foco e determinação são as palavras para esse ano da serpente negra. A serpente negra trás mudanças inesperadas, instabilidade e mutabilidade.

Durante os anos da Serpente, nossas preocupações se voltam para interior, para o crescimento espiritual, descobrindo as razões por trás das coisas. Um ritmo mais lento, calmo, estilo de vida por trás das cenas. Um pensamento profundo, ano filosófico, onde a intuição e todas as coisas reinam no caminho do meio... mas pelo jeito, para poucos

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos