Google

Translate my page Google

27 de jan de 2012

Nós, pobres animais de cativeiro


“O que chamamos de "céu" é realmente o filme original
de onde o nosso universo é projetado.
Se o resultado GEO600 é o que eu suspeito que é,
então, estamos todos vivendo em um holograma cósmico gigante "
Craig Hogan, físico de partículas Fermilab no laboratório de física - Batavia, Illinois


É meia-noite de 22 de setembro de 2012 e o céu de Manhattan foi preenchido com luzes coloridas como as de uma aurora boreal. Dentro de 90 segundos, metade dos EUA ficará sem energia elétrica.

Passados 365 dias após esse evento, milhões de pessoas estão mortas e a infra-estrutura do país está em frangalhos. O Banco Mundial declara essa nação em desenvolvimento.

Europa, Escandinávia, China e Japão também estão lutando para se recuperar de um mesmo evento fatídico – queda da energia elétrica.

Isso não é uma “profecia”. Está mais fácil de ocorrer a cada passo de nossos dias. Essa descrição é de um relatório da NAS -National Academy of Sciences - 

Uma CME violenta pode induzir correntes de energia suficientes na Terra para explodir a sede de 300 transformadores chaves dentro de 90 segundos, cortando a energia para mais de 130 milhões de pessoas, no mínimo.

Já escrevi muitas e muitas vezes aqui e ressaltei isso no meu livro DURANTE 7 DIAS e mostrei de forma muito simplista, como seria a nossa vida sem a energia fornecida “gentilmente” pelos negativos de plantão via cabos elétricos.

O primeiro resultado é a falta de água para todos os fins – para saciar a sua sede. Lembre-se que o que leva água a sua torneira são bombas. Mas se você mora próximo a um rio limpo e transparente... não se preocupe com nada.

Eu sei que os céticos que me acompanham (que são mais fiéis que os que acreditam em tudo) vão torcer o nariz e dizer que o SOL sempre esteve lá em cima e nunca causou problemas desse nível.

Esse pensamento é típico de quem nunca leu nada sobre o assunto, pois se soubesse o que é um evento Carrington estaria se mexendo na cadeira bem agora.

O sol tem seus movimentos rotatórios em direção ao centro da galáxia há milhares de anos - e como peixes piloto agarrados a um tubarão – os planetas seguem o sol aonde ele for num sentido espiral.

Então, o que há diferente aí de outras viagens? – Temos muito gás no espaço sideral pela frente.

Fazendo uma analogia grosseira, podemos comparar esse possível evento cósmico com as duas formas de acender um forno a gás. A primeira é acender um fosforo e depois dar acesso ao gás.

A segunda maneira é liberar o gás no formo e ir atender ao telefone e depois voltar a acender um fósforo... entre um fósforo e outro temos aí mais ou menos 11 mil anos. Deu para entender?

Como um elefante amarrado
Nossa mente está atada a um programa e é difícil se livrar dele. Dói muito!!!

Um elefante de cativeiro não escapa dele porque sua percepção de força foi freada desde pequeno. Logo que nasce é acorrentado a um toco e por mais que ele puxe, puxe, não consegue fugir daquele lugar. Depois de adulto, o elefante enorme e poderoso que vemos no circo, não escapa e não se revolta contra sua exposição porque crê que não tem forças para isso, o velho programa não deixa.

O registro de sua impotência está em seu cérebro e não na sua percepção sobre tudo. Bastaria que ele tivesse apenas um exemplo de que pode se libertar para que ganhasse seu poder de volta e rompesse com todas as cercas e paredes a sua frente.

Para se programar um animal em cativeiro é necessário mostrar a ele que é desgastante e inútil a tentativa de fuga, de mudança ou revolta sobre sua condição.

O processo deve ser feito logo cedo. Como ele não faz idéia de onde veio e como chegou até lá, sua percepção é a de que cativeiros e humanos são o que há de melhor no seu mundo.

Me enviaram um vídeo, um daqueles que muitos (mesmo homens) se desidratam de tanto chorar. O que muitos não conseguem ver é a manipulação por trás da proposta do vídeo.

O animal se chama Christian (cristão), um leão que foi comprado por dois jovens numa loja de animais. Os jovens rapazes criam o animal selvagem como se fosse um gato e assumem que estão fazendo o “melhor” dentro daquilo que eles chamam de “gesto humano”.

Leão na "Africa" ??
Dão de comer, levam para passear na rua “acorrentado” pelo pescoço. Abraçam e beijam o bicho como gesto de gratidão por ele obedecer a seus comandos. Mas... o leão está crescendo e se tornando poderoso, e logo, logo, irá saber sobre isso, o que não será nada bom para o resto da comunidade local.  Uma ameaça constante que pode fugir ao controle dos que gostariam que nunca fugisse...

Bom, resumindo: O leão foi levado para um parque, uma reserva em Kora, do outro lado do rio Tana na África no início de 1973, mas não demorou um ano para que os “pais” do leão fossem lá para ver se o bicho estava bem. Lógico, o animal os reconheceu e os tratou como deuses que são. Até os outros animais do parque que não faziam a menor idéia de quem eram os deuses vieram prestar homenagem aos arianos.

Mas o que muitos não sabem é que o leão não viveu mais do que 4 anos, pois não sabia sobreviver em um mundo do qual ele não conhecia – foi morto por outros animais ou adoeceu. Nunca mais foi visto. Mas a cena é linda e o fundo musical faz o povo cair em prantos...

Uma das técnicas para programar mentes humanas é manipular o H. direito com imagens que comovam, que criem ancoras emocionais para o resto da vida. Enfim, a gente cai como patos na armadilha. Usar imagens associativas com uma mensagem subliminar faz todo o serviço.

Tudo bem, podem me crucificar, jogar pedras dizendo que o filme é lindo e que eu estou vendo chifre onde não há. Não vou me alongar. Então paramos por aqui... por enquanto...

"A ordem de vida vegetariana, por seus efeitos físicos,
influenciará o temperamento dos homens
de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da humanidade."
Albert Einstein

O pólo norte magnético da Terra hoje está à deriva do norte do Canadá em direção a Sibéria com uma taxa atualmente em aceleração - 10 km por ano no início do século 20 - até 40 km por ano em 2003, e desde então só tem acelerado. Estamos a um passo de uma inversão polar...

Billy McCormac é PHD em Física nuclear e foi Chefe de Eletromagnetismo na Agência de Apoio à Defesa Atômica USA, junto a  John Evans, assumem que o campo da Terra iria desaparecer por completo durante uma inversão magnética.

Eles argumentam que a atmosfera de Marte pode ter sido perdida pela agressão violenta de um vento solar em algum momento no tempo e esse seria um futuro para a Terra.

O campo da Terra tem sua proteção diminuída durante a inversão, portanto as partículas de alta energia presas no cinturão de radiação Van Allen poderiam ser libertadas e bombardear a própria Terra como uma bomba nuclear zilhões de vezes potente.

Trata-se de uma mudança do potencial de gravidade. Aumentando o potencial de gravidade, um objeto poderia ser desmaterializado. Tudo o que há no ambiente tenderia para um estado homogêneo... uma massa de gás seria a imagem mais aproximada.

Para fins de desmaterializar e passar entre dimensões - a energia tem de dissipar, ou descer para zero, desmaterializando e saltando para outra dimensão – deu para pegar o link?

Quase tudo o que nos ensinaram sobre a história antiga não faz sentido e está longe de ser a verdadeira “história”. Inventaram uma origem para o homem, suas civilizações e sobre “técnicas” rudimentares para se fazer um pirâmide com as próprias mãos. Há até receita para – “construa sua própria pirâmide e deixe de presente para seus tatatataranetos”

Desenho Maya
Homo sapiens não é um resultado da evolução, e os cientistas cartesianos nunca irão encontrar o "elo perdido" seguindo a evolução das espécies, porque o homem inteligente é produto da engenharia genética.

Os Sumérios não são os povos que deram origem a cultura humana civilizada, mas sim os povos que deram seguimento a um novo RE-COMEÇO, um início de outro ciclo da humanidade após um tremendo dilúvio que arrasou a superfície terrestre.

Digamos que “sobreviveram” a essa cena após dilúvio os que não tinham “informação”, diferente dos que sabiam demais - esses estão em uma dimensão acima - estão vendo outra Terra.

Ironicamente nossos cientistas, físicos, biólogos, astrônomos, arqueólogos, historiadores e antropólogos são muitas vezes o principal obstáculo para o progresso científico e a aproximação de uma realidade mais coerente com os fatos. Não há interesse em nos mostrar a “realidade”. E por que não?

Esse eu deixo essa para você pensar.

1.200 toneladas em blocos de pedra em Baalbek no Líbano precisam de uma explicação. Yonaguni  -   monumento megalítico no mar do Japão, faz parte de um ciclo anterior da humanidade e ninguém sabe nada sobre.

Dr. Masaaki Kimura, professor de Geologia Marinha da Universidade do Ryukyusem Okinawa, concluiu que a pedra foi escavada na rocha quando ela ainda estava acima do nível do mar - talvez tanto quanto 10.000 anos atrás, antes de grandes quantidades de gelo derreterem e causar o aumento do nível do oceano que subiu 80 metros desde então.


Esferas de pedra do oeste do México, Costa Rica, Faces na Ilha de Páscoa, pirâmides em Bósnia-Herzegovina, são as provas evidentes de compreensão e manipulação de formas de energia em um passado distante. Uma energia que não sabemos usar, mas uns poucos nessa dimensão sabem!

Uma equipe de físicos recentemente detectou um feixe de energia que vem através do topo da pirâmide Bósnia do sol. O raio do feixe é de 4,5 metros com uma frequência de 28 kHzO feixe é contínuo e sua força cresce à medida que se move para cima e para fora da pirâmide. Esse fenômeno contradiz as leis conhecidas da física e da tecnologia que nós (nesse momento da humanidade) conhecemos

Construtores dessas pirâmides deixaram a máquina ligada quando saíram as presas do planeta e não nos ensinaram como desligar!!

Em 2010, foi descoberto no labirinto subterrâneo 3 câmaras e um pequeno lago azul. A triagem de energia mostra que o nível de ionização é 43 vezes maior que a concentração média o que torna as 3 câmaras subterrâneas em "salas de cura".

A detecção eletromagnética confirma que os níveis de radiação negativa são iguais a zero nos túneis. Nenhuma radioatividade cósmica. Esculturas de cerâmica foram posicionadas sobre os fluxos de água subterrânea e a energia negativa foi transformada em positiva, o que torna o local ideal para o rejuvenescimento do corpo e regeneração.

Há uma massa de informação sobre máquinas voadoras que podem ser encontrados nas traduções das escrituras Vedas, egípcias, indianas, e outros textos em sânscrito antigo.

Textos em sânscrito estão cheios de referências a deuses que lutaram batalhas no céu usando Vimanas - veículos espaciais semelhantes a todos os relatos de discos em todo o mundo de hoje - equipados com armas tão mortais como qualquer outra nestes tempos em que estamos vivendo.

"Biologia Alienígena Básica" livro de David Jacobs, (1998)

Os canalizadores de plantão dizem que tudo vai ser grande, maravilhoso e que vamos gostar das mudanças que prometem os amigos das estrelas... mas eu não vejo assim, e muito menos depois de ler esse livro do Jacobs.

Não acredito em um mundo “tecnológico” que seja bom para uma energia livre como nós. Haverá sempre alguém no controle ditando o que é melhor para quem. “Cura” de todas as doenças, órgãos mecânicos, novos corpos, isso me lembra filme onde a temática gira em torno de robôs que desejam ganhar emoções humanas... Pinóquio te lembra alguma coisa?


Archon (arcontes) grego - palavra que significa "governante" ou "senhor", é frequentemente usada como o título de um cargo público específico. Os Archontis sustentavam que haviam 7 Céus, governados pelo Demiurgo que são os carcereiros da alma.

Corte vertical de um cérebro - Glândula Pineal ao centro 45.

Registros de Epifânio (pesquise quem foi esse bispo) diz que:
"a alma é o alimento dos Arcontes e poderes sem o qual não podem viver, porque ela é do orvalho do alto e dá-lhes força”

"Alguns deles", continua o sábio Epifânio, "fingem rápido à maneira dos monges, enganando o simples, e se vangloriam de ter renunciado a todos os bens”

“Quando ela (alma/energia/espírito) torna-se imbuída de conhecimento, sobe para o céu e ganha Poder e, portanto, ascende além deles de onde ela veio a este mundo"

No Novo Testamento é mencionado diversas vezes a palavra "príncipe" dos demônios, ou "deste mundo", ou "do poder do ar"; No Levítico (LXX) se traduz Molech.

A verdadeira origem desta utilização porém é Daniel 10:13-21, onde o arconte, "príncipe" é um anjo patrono de uma nação ("Espírito Territorial") da Pérsia, Grécia ou Israel; mais conhecido como Miguel

O Livro de Enoque denomina 20 "arcontes (príncipes) dentre os "200 anjos "vigilantes" que desceram e pecaram com as "filhas dos homens", como aparece em fragmentos gregos. A Epístola de Diogneto (7) fala de Deus enviando aos homens "um ministro ou anjo ou arconte"...

No Novo Testamento chamam os dois "poderes" - bom e mau - ("esquerda e direita"), os controladores do destino de cada homem.

Tá difícil ou ainda preciso desenhar?


Os deuses vivem em uma sociedade onde tudo é controlado e a hierarquia é fundamental nessa organização. 

Os direitos não são horizontais, mas verticais, acima do topo da pirâmide social. A capacidade para que as pessoas ajam de forma independente é muito, muito limitada neste tipo de sociedade tecnologicamente avançada.

No livro de abduções do D. Jacobs ele revela a estratégia dos deuses para aprisionar mais e mais almas todos esses anos, já que estamos às vésperas de fugir em massa da gaiola.

O caso Barney e Betty Hills em 1961 foi assunto de um livro que se tornou best-seller e passou a ser o caso de abdução mais conhecido em toda a história e deu origem a muitas pesquisas paralelas pelo mundo, mas o que muitos não sabem é que antes desse caso histórico, houve uma abdução anterior em 1957 do jovem agricultor  Antonio Villas Boas no Brasil.

Villas Boas, que voltara para casa para passar as férias do colégio, foi abduzido quando manejava um trator na fazenda do seu pai. Ele foi forçado a ter relações sexuais com uma criatura fêmea estranha, mas com a aparência semelhante à de um ser humano.

Esse caso foi considerado ridículo e embaraçoso para que cientistas e pesquisadores o levassem a sério, já que “aliens” era ficção cientifica. Daí, o relato não foi divulgado até 1966, mesmo ano em que foi publicado mundialmente o caso Hill.

A pesquisadora ufológica Karla Turner relatou em 1993 que alguns abduzidos sustentavam que militares americanos os estavam abduzindo em colaboração com os alienígenas.

Em 1994, o professor de Harvard, John Mack, levantou a pesquisa do que poderia objetivar essas abduções com relatos de sexo e experimentos médicos. A maioria dos abduzidos sustenta que cada vez mais híbridos adultos estavam envolvidos com suas abduções.

Foi mapeado através de mais de 700 investigações pelo dr. Jacobs que o objetivo do programa de cruzamento entre seres não humanos com terráqueos partia do princípio em manter a sobrevivência da espécie Gray, afinal somos eles amanhã.

Há uma desordem genética em seu sistema digestivo que é atrofiado e não funcional devido a uma guerra nuclear no passado. Parecem não comer ou excretar como nós devido à sua falta de trato digestivo formal e do fato de que eles absorvem nutrientes e excretam os resíduos diretamente através da pele em um duplo processo osmótico. 

Fontes de alimentos são enzimas de tecidos humanos e animais retirados de partes de gado bovino e humano cirurgicamente removidos por tecnologia de laser e destiladas em um caldo de carne rica em proteínas.

Reticulans Zeta - seus corpos foram geneticamente alterados para absorver nutrientes através da pele quando a guerra nuclear os forçou a viver embaixo da terra – no subsolo.

As plantas morreram, houve diminuição de oxigênio, portanto houve produção de embriões em laboratórios, clonagem e a alteração dos genes mudaram a forma como seus corpos funcionavam.

Hoje eles se alimentam por imersão em cubas/tanques ou esfregam os fluidos em seus corpos nos braços para um lanchinho rápido, uma mistura de lodo biológico misturado com peróxido de hidrogênio com a função de oxigenar o chorume e eliminar as bactérias em sua pele.

Peróxido de hidrogênio é vulgarmente conhecido como água oxigenada. Tal composto pode atuar na fotossíntese (ciclo do glioxilato), e na síntese de glicose a partir de fontes que não contenham carboidratos (gliconeogênese).

Jacobs refere-se a isso como "a teoria de absorção"
"Assim, qualquer que sejam os processos específicos e ainda desconhecidos biologicamente, sabemos agora que os alienígenas obtém combustível de forma diferente dos humanos, que a sua pele tem uma função única, e que se converte alimento para a energia de forma muito diferente."

Fetos alienígenas sobrevivem em incubatórios sem cordões umbilicais. Numa banheira de alimentação ou Imersão durante apenas 30 segundos dará a eles todo alimento de que necessitam - e caso não consigam se alimentar - ficarão “verdes” – isso mesmo, “verdes de fome”!

Olha a pinta do Anjo Miguel!!
Você quer um ET desses?!
É o principe que vc esperava
O sexo entre abduzidos com híbridos ETs só acontece quando eles não conseguem que o humano masculino ejacule naturalmente. O fato é que eles não podem se reproduzir de maneira natural e precisam desesperadamente de nossa “cooperação” – e com os híbridos, criados em sucessivas gerações, estão cada vez mais parecidos conosco. É difícil distinguir um hibrido de um humano.

Jacobs acha que isso explica todos os relatos em que seres humanos sequestrados viram "Nórdicos" no mesmo ambiente – um estilo militar que trabalha com os alienígenas, são simplesmente híbridos usando uniformes

Os híbridos, sendo parte humana, têm emoções humanas, mas na verdade são robôs que obedecem a uma mente “superior” a um SENHOR – a um Archont.  Por vezes são liberados para passarem algumas horas aqui na terra, onde se encontram com os seus "projetos" para encontros de rapto de improviso, e fazer perguntas sobre coisas que eles vêem os humanos fazendo. 

Às vezes os híbridos se apaixonam por seus parceiros humanos, ou, como eles dizem, com os seus "projetos"

Há uma hierarquia entre os não humanos 

Pequenos alienígenas (grays baixos) fazem o trabalho pesado e os grandes (grays altos) supervisionam. Mas acima da altura são aliens insetos os comandantes, que dão as ordens finais. 

Na linha de comando = Insectóides - Grays (altos e baixos) - em seguida, híbridos - e na base da pirâmide social, o resto da humanidade, que podem ser mantidos em conservas especiais como reprodutores.

Muitos afirmam que eles não são maus e querem nosso bem. Eu também vejo dessa forma. Afinal nós fazemos o mesmo com nossos animais domésticos e nós os amamos!!

Nós os castramos para que eles não fujam, não arrumem encrencas.
Nós os mantemos alimentados, medicados e damos muitos beijos e conforto, caminha e shampoo, mas isso quando eles nos obedecem...

Mas se um belo dia nossos animaiszinhos acordarem resolvendo morder todo mundo e quebrar, destruir tudo dentro de casa, o que nós fazemos? Nos livramos deles! 

E é isso que eles vão fazer conosco, pobres animais de cativeiro...

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos