Google

Translate my page Google

26 de set de 2009

Um dia vermelho...

As coisas estão ficando bizarras. Vc já imaginou acordar pela manhã, lá pelas 5h e sair para sua corridinha matinal e dar de cara com o ambiente vermelho? Um céu vermelho? Tudo vermelho! Isso não é um exagero, uma força de expressão ou problemas com a máquina fotográfica, mas foi o que aconteceu em Sidney na Austrália dia 23 de setembro de 2009, agora. Muita gente ficou assustada com a quantidade de nuvem de poeira no ar que impedia que a luz do sol passasse. Dizem os experts no assunto que o céu vermelho/alaranjado - se deve ao acúmulo de poeira nos últimos dias devido a seca que o país anda atravessando. Com os ventos fortes a caminho essa poeira levantou... O Escritório de Meteorologia emitiu um alerta de tempo severo em todo o estado por causa de ventos prejudiciais, que deverão aumentar em vigor em Sydney.
"Tem sido perto de 60 km/h já esta manhã ... é só uma questão de tempo antes que fique mais forte"
Velocidades do vento, esta manhã foram em média de mais de 65 km/h, mas não haveria rajadas superiores a 100 km / h, segundo o departamento. Os ventos estavam sendo fortes por uma frente fria que passou pelo estado, ontem, e uma calha de baixa pressão profunda sobre Victoria. Ontem à noite, grandes pedras de granizo caíram em algumas partes da Goulburn e Wagga, quando rajadas de vento ultrapassaram 90 km/h, segundo o departamento. Serviço de Emergência do Estado de NSW recebeu cerca de 175 pedidos de ajuda de residentes de Crookwell, perto de Goulburn, como resultado de árvores caídas e telhados danificados. Internacionais e vôos domésticos no aeroporto de Sydney foram adiadas em virtude dos ventos "forte neblina e poeira", disse um porta-voz. Uma série de vôos internacionais foram desviados para Melbourne e Brisbane, apesar de alguns vôos conseguiram desembarcar em Sydney. As balsas de Sidney também foram suspensas devido à baixa visibilidade no porto. As escolas públicas em todo o estado estavam abertas, um porta-voz do Departamento de Educação disse.
"Mas, dadas as circunstâncias, se os pais estão preocupados com os efeitos dos altos níveis de poeira no ar e se seus filhos sofrem de asma ou outros problemas respiratórios, eles podem manter seus filhos em casa"
Veja bem... isso é só uma pequena amostra do que pode acontecer com o ar que respiramos quando as coisas piorarem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tão pouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos