Google

Translate my page Google

8 de abr de 2016

Eficiência na Filantropia


O mundo de hoje tem 6,8 bilhão de pessoas ... que está indo para cerca de 9 bilhões. Agora, se fizermos um ótimo trabalho com novas vacinas, cuidados de saúde, serviços de saúde reprodutiva, poderemos rebaixar talvez 10 ou 15 %." 
Bill Gates

Em Janeiro de 2010, no Fórum Econômico Mundial em Davos, Bill Gates anunciou que sua fundação doaria US$ 10 bilhões para desenvolver, na próxima década novas vacinas para crianças no mundo em desenvolvimento.

Por que investir tanto dinheiro em “vacinas”? A Filantropia é um excelente negócio, se aplicada no lugar certo.

Longe dos Médicos sem Fronteiras que estão mendigando ajuda para comprar artigos básicos como cloro pra água, suplementos alimentar, anestésicos, gases etc... para pelo menos amenizar a dor de muitos feridos de guerra, desnutridos, abandonados a própria sorte.

Com 10 bilhões de dólares poderiam mudar a forma de saude em todos os cantos, mas por que vacinas?

Para inocular coisas em nossa corrente sanguínea e com nosso consentimento, por conta da nossa total alienação dos fatos.  

Não pesquisamos, não duvidamos, não indagamos, não subvertemos a ordem dos poderosos, apenas obedecemos, damos total apoio aqueles que governam nossas almas.

O ápice da pirâmide da educação médica está na administração das escolas. O meio da pirâmide foi garantido pela Association of American Medical Colleges que defini normas e unificou os currículos. Não se discuti ou se defende tese alguma que não coadune ou que contrarie normas das instituições.

A base da pirâmide, no entanto, não foi consolidada até que finalmente foram capazes de selecionar os próprios professores. Desde 1913, as fundações têm superado completamente neste domínio. A Fundação Rockefeller dispõe de mais de 20 mil bolsas de estudo para a formação de instrutores médicos e eles seguem a risca aquilo que lhes foi doutrinado.

Pode-se ter certeza, que  há controle total sobre o que é ensinado , e que, sob nenhuma circunstância um corpo docente, ou a um pesquisador que mantenha a visão pouco ortodoxa de que o melhor remédio é na natureza receberá ajuda para suas pesquisas. Por conta de seu generoso patrono, as drogas feitas pelo homem ganham destaque nessa troca de moeda filantrópica.

Copy Cat – conformidade social
Uma vez que “eles” disserem que “devemos” - para nossa segurança - a ignorância gerada pela incerteza de não seguir a manada, impele a massa humana a se direcionar para o abatedouro, sem se importar com o que está acontecendo com o primeiro da fila.


Mais de 90% da humanidade está hipnotizada, adormecida e não consegue despertar do transe facilmente, pois essa hipnose é retroalimentada todos os dias pelos canais de mídia (entretenimento em geral), pelas igrejas, pela própria família, e congregações, pelo governo, pelas escolas que atuam com temas e abordagens medievais moldando o cérebro desde a mais tenra idade para o emburrecimento construtivo, cumulativo e consecutivo.

Minha gente... acorda... que papo é esse de CO2 é o mal do século? Aquecimento Global evento gerado pelo homem? Que isso?...

Hoje temos uma ferramenta de pesquisa fabulosa chamada INTERNET. Uma teia de ligação que une o passado com o futuro e que nos dá chances de comparar uma coisa com outra e fazermos melhores escolhas.

Há zilhões de bytes de informação que podem ser acessados em qualquer lugar a qualquer tempo. Antigamente a manipulação era mais fácil, não resta dúvida, porque tínhamos que nos dirigir a uma Biblioteca muitas vezes longe de casa e passar um dia inteiro para achar algo que nem sempre correspondia com a realidade.

Com facilidade desistíamos da empreitada. Tínhamos coisas mais importantes para fazer? Sobreviver era mais importante que o saber. Mas hoje, não dá mais para justificar essa alienação.

Estar nesse momento nas mãos desses governantes, é uma questão de pura escolha. Vamos estudar, vamos pesquisar, vamos despertar...

Ted Turner, bilionário fundador da CNN declarou em uma entrevista de 1996 para a revista Nature, que a redução de 95% da população do mundial para em torno de 225 a 300 milhões de humanos seria o “ideal”.

Infowar

Os trilhardários Ted Turner e Bill Gates promovem hipnose coletiva em jovens estudantes e mestres acadêmicos alienados, induzindo ao erro (pois ninguém pesquisa essa meleca) que o aquecimento global é promovido pelo acumulo de humanos no planeta – “Precisamos de menos pessoas usando menos coisas” (sic), Diz Ted Turner...

Os fabricantes farmacêuticos e os médicos que aconselham as vacinas não irão te contar sobre os enormes danos que essa inoculação pode fazer com as crianças. Já é comprovado que o autismo e numerosas deformidades neurológicas, como microcefalia e Síndrome de Guillain-Barré são geradas a partir dos coadjuvantes tóxicos e conservantes utilizados na maioria das vacinas a base de mercúrio.

Muitas vacinas, especialmente as multi-doses que são produzidas a um custo bem baixo para venda a países de Terceiro Mundo, contém uma substância chamada Thimerosal, um composto (ethylmercurithiosalicylate de sódio) contendo cerca de 50% de mercúrio, um neurotóxico muito perigoso usado em grandes lotes de vacina para gado (humano)

Já escrevi isso milhares de vezes e vou escrever milhares de vezes até você acordar. Mercúrio é a chave da aniquilação Global.

A alegação de que as vacinas contra a gripe (qualquer delas) têm "60% de eficácia", é uma mentira! É totalmente absurda e altamente enganosa.  Você conhece alguém que foi vacinado e nunca pegou uma gripe?

Uma técnica hipnótica de "massagear os números", e é um truque de estatística antiga que a indústria farmacêutica usa para enganar as pessoas a pensar que os medicamentos funcionam a partir de um hipotético estudo com animais de laboratórios.  

Seres humanos são munidos de autoconsciência, isso que nos diferencia dos ratinhos de laboratório!

A medicina cartesiana, por sua vez, trabalha com estimativas, com estatísticas, nada cientificamente determinado. Causa e Efeito não são autenticados. Nada!

Esta técnica estatística é muito utilizada na indústria do câncer.
Pesquisa feita em muitos hospitais mostra que a maioria dos médicos em várias partes do planeta se recusariam a passar por quimioterapia, caso estivessem com câncer.

Por que negariam esse “tratamento”?
Porque sabem o que está sendo injetado em seus organismos = apenas ácidos.

O que o público não acredita.
Que Bill Gates e outros “repteis” usam o cérebro humano com tal facilidade assim. As pessoas não crêem que seja possível que aqueles que administram as vacinas não têm ideia que eles estão ajudando na redução da população humana por infertilidade induzida, incapacidade cognitiva e problemas graves neurológicos. 

Com a vacinação em massa, eles podem alterar permanentemente o pool genético humano e "eliminar" ou selecionar os seres humanos que não consigam sair do labirinto. No caso de uma catástrofe Global, esses “distraídos” serão reaproveitados para novas fases do jogo.

A entrevista filmada na Conferência - Saúde & Liberdade 2010 (EUA).
Tim OShea, autor do Livro "Vaccination Is Not Immunization" (Vacinação Não Significa Imunização) revela o lado obscuro da verdade sobre as vacinas nos Estados Unidos da América.

OShea explica como as vacinas são perigosas, detalhes da história da gripe suína e H1N1 e conecta as relações entre o autismo, a asma e o excesso de vacinação.

Só para fins de ilustração; empresas de seguros não cobrem danos à vida e à propriedade causados por:

- Atos de Deus
- Guerra nuclear e acidentes em usinas nucleares
- Vacinação

laura botelho


Os escritos de Griffin promovem a identificação, ditas “teóricas”, sobre conspiração, mas precisamente sobre os sistemas políticos de saúde. Seu livro: Mundo Sem Câncer - afirma que o câncer é uma deficiência nutricional que pode ser curada, uma visão considerada charlatanismo pela comunidade médica. 

G. Edward Griffin - Expõem a Industria Farmacêutica.
Uma aula de como nasceu a medicina cartesiana.




Sobre Vacinas 

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos