Google

Translate my page Google

24 de mai de 2013

"Maldição" Bin Laden ataca de novo


Essa ainda não é a postagem prometida anteriormente que trata de assuntos de fenômenos gerais entre eventos do Universo sideral e a mente humana. Essa postagem fica pra semana que vem. Mas não pude deixar passar essa ultima noticia que me chegou hoje.
Como disse em postagem anterior, temos que ficar espertos quantos aos “predadores”. Abrir a boca ou “enxergar” aquilo que não se pode “ver” tem um preço.

Escrevi rapidamente apenas para sua apreciação.


Outros 22 soldados morreram em queda de helicóptero

Em agosto de 2011, um acidente de um helicóptero da OTAN durante uma operação no Afeganistão matou 38 militares, sendo que 22 deles fizeram parte do grupo que invadiu a toca do fantasma de Bin Laden em Abbottabad acabando de vez com “a segunda vida” do terrorista, no Norte do Paquistão.

O último membro das forças especiais do Exército dos Estados Unidos, o Navy Seal, que morreu até então foi Brett D. Shadle, em um “treinamento de manobras de paraquedismo”, no qual outro militar também ficou ferido, informou a rede americana "NBC".

A "maldição deBin Laden", que andou matando esses soldados teria começado 3 meses depois da operação "Gerônimo" - codinome de Osama bin Laden - que levou à morte pela segunda vez do terrorista.

20 de maio de 2013
FBI anunciou segunda-feira em um comunicado que dois membros da unidade de elite antiterrorismo do FBI morreram nesta sexta-feira (20/05) durante exercícios militares em helicóptero para pulo sobre um navio usando uma corda.

A declaração oficial tem poucos detalhes sobre as mortes de agentes especiais Christopher Lorek e Stephen Shaw, além de dizer que o helicóptero encontrou dificuldades não especificadas e os agentes caíram uma "distância significativa". Acredita-se que os agentes morreram como resultado do impacto na água ao invés de afogamento.

Glenn McBride, porta-voz do escritório do legista do estado, disse que poderia levar meses... uma eternidade - até que sua equipe possa liberar uma causa final e circunstâncias da morte dos dois agentes. 

Ele disse que deve aguardar os resultados dos exames toxicológicos de rotina. De acordo com um oficial da Marinha, os agentes do FBI estavam usando um navio alugado do Comando Militar Marítimo da Marinha, mas não havia pessoal da Marinha envolvido no exercício, disse o oficial da Marinha.

Em entrevistas segunda-feira, o fundador da Hostage Rescue Team e outros ex-agentes especiais chamados de unidade de "elite" descreve o treinamento:

"É o regime de treinamento mais rigoroso na aplicação da lei, provavelmente no mundo". "Eles têm que ser capaz de fazer qualquer missão, a qualquer momento." "Eles têm as mesmas habilidades como SEAL Team 6 e Força Delta", disse Danny Coulson, ex-diretor adjunto do FBI, que começou a equipe há 30 anos e serviu como seu primeiro comandante. 

E daí?
No mês passado, esses dois integrantes que tiveram “morte acidental no
helicóptero” fizeram parte desse time da prisão de Dzhokhar Tsarnaev, um suspeito na Maratona de Boston atentados.

"Sempre que as coisas estão realmente erradas, o FBI chama a Hostage Rescue Team. É 911 do governo", disse Coulson.

Irvin Wells, um ex-agente especial do FBI que se aposentou em 1990 salientou que a Hostage Rescue Team é diferente das equipes da SWAT regulares do FBI. 

"É como um nível acima", disse Savage. "Eles são um time muito, muito de elite" Coulson ressaltou que é preciso mais do que a força bruta para se tornar um membro do Hostage Rescue Team. "Não são apenas bíceps e tríceps. Ela exige músculo intelectual, também", disse ele.

"É uma perda nacional", disse Coulson sobre as mortes de Lorek e Shaw. "Estas eram as pessoas mais bem treinadas do mundo."

22 de maio 2013
Ibragim Todashev, 27 anos, um amigo de Tamerlan Tsarnaev foi baleado pelo FBI na Flórida nesta quarta-feira (22/05) depois de ter esfaqueado um agente do FBI durante o interrogatório sobre o seu possível envolvimento com as explosões em Boston

O Federal Bureau of Investigation, disse que o rapaz iniciou um "confronto violento" durante o interrogatório, em Orlando, Florida, e foi morto a tiros e felizmente o agente especial “Megablast” do FBI teve ferimentos não-fatais.

"Como ele poderia atacar um policial com uma faca especial, como eles dizem, se houvessem 5 ou 6 deles em sua casa?" , perguntou o pai do Todashev.


O violento mega poderoso Ibragim Todashev, estava sendo questionado por agentes do FBI, 2 soldados do estado de Massachusetts e outros agentes da lei quando decidiu escolher para golpear a golpe de faca justamente um dos agentes mais bem treinados do mundo - quando estava prestes a assinar uma confissão – a de que ele havia desempenhado um papel no triplo assassinato que ocorreu em 11 de setembro de 2011 - no 10 º aniversário dos ataques terroristas nos Estados Unidos - no subúrbio de Boston Waltham.

Narra a lenda que o perigosíssimo Tsarnaev, 26 anos e seu irmãozinho Dzhokhar Tsarnaev de 19 anos (por enquanto ainda vivo por descuido) acompanhado do então violentíssimo Ibragim Todashev de 27 anos foram acusados de matar em 2011 (façam as contas das idades acima dois anos atrás) Brendan Mess de 25, Raphael Teken de 37, e Eric Weissman de 31 anos, para não serem identificados por eles após negociata errada de drogas.

Os 3 corpos dos homens acima descritos foram encontrados quase decapitados e cobertos com maconha e milhares de dólares em dinheiro.

Esse grupo de rapazes chechenos é muito, muito perigoso mesmo. Eles matavam homens mais fortes que eles e ainda esbanjavam o produto e fruto do roubo deixando no local como forma de demonstrar sua superioridade sobre o mundo.

Reni Manukyan, de 24 anos, assistente de gerencia de hotel de limpeza e hoje viúva de Ibragim Todashev diz que agentes do Federal Bureau of Investigation chegaram em sua casa em Atlanta e na casa de sua mãe em Savannah, na Geórgia, na terça-feira à noite, ao mesmo tempo em que eles questionavam seu falecido marido em sua casa em Orlando.

A viuva Manukyan disse que os agentes do FBI que vieram a sua casa nunca perguntaram sobre os 3 crimes em 11 setembro de 2011.

"Eles nunca, jamais, em todas as entrevistas que eu fiz e todas as entrevistas que ele fez (se referindo ao marido), nunca, eles mencionaram nada sobre os assassinatos. Tudo era sobre o atentado e sobre a relação deles com Tamerlan. Eles me mostraram uma foto da esposa de Tamerlan ou Tamerlan ou alguns outros caras que eu não tenho ideia de quem sejam, mas nada sobre um assassinato-nada ".

A audição para o garoto Tsarnaev de 19 anos em convalescência após um tiro na garganta, está marcada para 2 de julho de 2013. Se culpado pode enfrentar a pena de morte...

Tadinho, esse já morreu e não sabe.

laura botelho



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos