Google

Translate my page Google

14 de mai de 2012

Hora de enterrar o "não consigo"



"Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro
e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele."
Carl R. Rogers


Demorei a voltar a escrever, mas estou de volta!
Eu estaria falida se dependesse disso para “viver”, mas como para mim, escrever é apenas mais uma, das muitas maneiras de manifestação da minha personalidade, resolvi me manifestar, mesmo já não tendo muita “novidade” no cardápio.

Fiquei de apresentar um resumo da minha ultima palestra do dia 5 de maio sobre o título “APRENDENDO A MORRE”. Muita gente torceu o nariz para o tema, mas fazer o que? Precisamos falar sobre algo que não aprendemos na escola e possivelmente não falaremos nunca com nossos filhos e amigos.

Já sei, você vai falar... “eu não consigo pensar nisso!!”

Morrer é um tema TABU, algo que causa mal estar só de pensar, como se todos nós nunca precisássemos passar por esse evento na nossa história. “Quem morre é sempre o outro, eu não!”

Estamos experimentando mudanças dramáticas geofísicas em escala planetária, mas muitos fazem de conta que nada está ocorrendo. Eles me dizem: “não vejo isso que vc diz no jornal nacional, nem no Fantástico. Isso é coisa de filme catástrofe que está na moda”

E a velha ciência, por conivência com o mercado de ações, tem tradicionalmente ficado longe dessas áreas, nada de lidar com o catastrofismo, para que isso nos mantenha numa zona confortável e não nos leve a fazer perguntas demais que “eles” não desejam responder.

Morrer é a coisa mais certa depois do pagamento dos impostos. Infelizmente você não se livrará deles, mas pode aprender a “lidar” com eles.

Então vamos lá. Farei um Potpourri do pouco que falei na palestra com as novidades dos últimos acontecimentos e onde isso tudo está nos levando.

Energia = vibração = informação = mudanças

Bilhões de partículas  cósmicas cruzam a cada segundo tudo que existe na Terra, incluindo os nossos corpos

Cientistas da Universidade de Michigan postularam que essas partículas cósmicas interagiam com a matéria muito raramente chocam-se com o núcleo de nossos átomos por minuto, mas que a partir de um tempo recente a coisa está tomando novos formatos fugindo do “conhecimento prévio”, do senso comum.

Embora experimentando essa radiação (energia) do universo diariamente, o seu efeito é minúsculo em comparação com outras fontes de radiação natural. Digamos que há um impacto constante que provoca mudanças sutis nos seres vivos de toda espécie durante milhares de anos, mas que está no seu auge agora.

Sgr A: Superwave = Super Nova = Raios Cósmicos = Nexus

Sociedade Astronômica Americana em janeiro de 2009 nos mostrou um novo modelo que considera o fluxo de energia entre duas regiões ao redor do buraco negro e uma delas, a região interior, está perto do horizonte de eventos, um limite onde nem a luz consegue escapar.

Os cientistas também prognosticam uma violenta explosão de radiação no centro galáctico devido ao fluxo de entrada de matéria ao buraco negro que aumentará significativamente a nuvem de gás neste momento.

Isto originará ondas gravitacionais mais intensas e além delas as ondas radioelétricas e os raios X de alta energia aumentarão ainda mais...

26.000 anos atrás, a humanidade passou por um "gargalo" genético.
Uma extinção aconteceu 26.000 anos atrás
A distância entre o centro galáctico e a Terra é de 26.000 anos-luz. 
A largura da sua órbita é de apenas 2 DIAS de luz
A próxima vez que a Terra passará em frente a Sgr A*, em seu perigeu (maior aproximação) é no dia 21 dezembro de 2012

Em intervalos regulares, o sistema solar navega em ondas circulares para cima e para baixo através da porção fina central do disco galáctico. Essa dança leva 225 milhões de anos para completar uma volta.

O sol atinge sua maior distância em relação ao plano central a cada 62 milhões de anos enfrentando um mar de gás quente que viaja cerca de 200 quilômetros por segundo.

Paul LaViollete teorizou em 1979 o que poderia estar acontecendo na Galaxia que justificasse essas mudanças de energia em nossos corpos.

Chamou-a de Hipótese de Explosão Galáctica, tema de sua tese em PhD, onde apresentou provas contundentes e coerentes que coadunam [inclusive] com os relatos de textos de civilizações anteriores “extintas”

As Chaves de Enoch falam de um campo galáctico capaz de organizar e coordenar a vida e a consciência dentro da Via Láctea

LaViollete trouxe evidências de diferentes áreas - da geologia, astronomia, paleontologia, física de altas energias – tudo corroborava para apoiar sua tese da Superonda de raios gamas vindo em direção ao nosso sistema solar > Sol > Planetas > Terra.

Raios cósmicos resultam extinções em massa
Alterações na química da atmosfera podem
causar aumento de mutações na matéria


Dr. La Viollete encontrou ciclos de 26.000, 11.500 e 5.700 anos onde amostras de material radioativo no gelo apontavam para antigas mudanças radicais nas camadas internas da Terra.

Uma extinção em massa no passado foi muito significativa - a chamada extinção do Pleistoceno, onde grandes mamíferos morreram junto com espécies de pássaros e um número de outros animais e humanos.

Foi uma Superwave que desencadeou condições para que o sol se tornasse mais ativo o que consequentemente transmitiu uma energia avassaladora em todo o sistema solar transformando toda a matéria como a conhecemos hoje.

Na verdade nada foi “extinto”,
apenas se transformou em outra coisa.

Uma explosão solar de classe X é suficiente para experimentarmos elevadas e dramáticas mudanças massivas de estados de consciência

E quando a Superwave chegar de repente todos vão saber – ela é como uma estrela branco-azulada no céu que provocará auroras luminosas, ondas vermelho e azul tornam-se ondas de espiral que abraçarão todo o planeta...

"O movimento da Via Láctea [em direção ao centro da Galáxia] não é de lado como um Frisbee, mas plano, no sentido de uma torta na cara." Disse Dr. Adrian Melott, fisico da University of Kansas.

À medida que o sistema solar se eleva acima do plano central da “torta galáctica”, mais perto ele fica da fonte da radiação cósmica – da boca voraz de Hunab Ku [Mayas]

Mente e Cérebro – são coisas totalmente diferentes
Mente é energia [onda]
Cérebro é matéria [partícula]

Devemos olhar além da visão tradicional científica de que tudo é essencialmente material ou físico, incluindo a mente humana. Temos que passar a perceber que pensamentos, pressentimento e telepatia são mais comuns do que pensamos.

Essa ideia primitiva e sem fundamento de que nossas mentes são fixadas fisicamente dentro de nossas cabeças (cérebro), e que consciência (mente) é nada mais que apenas um produto da atividade cerebral, é contrária à experiência cotidiana dos cientistas holísticos (que pesquisam o TODO e não somente partes da experiência)

Pressentimentos, premonições e outros fenômenos psíquicos, devem ser levados mais a sério AGORA e entender como isso funciona será um divisor de águas para o que virá pela frente!

Estamos acostumados ao fato de que existem campos de energia fora dos objetos materiais, tais como ímãs, telefones celulares, nas TV e nenhuma razão para acreditar que as nossas mentes têm campos semelhantes que estão em constante troca de informação com nosso cérebro.

Estudos sobre outro fenômeno psíquico que muitos sentem, mas poucos se dão conta, é o do sentimento de estar sendo observado

Quem já não sentiu a sensação de ter alguém te olhando por trás? A presença de alguém no mesmo ambiente sem ninguém por perto?
Quem já não provocou a experiência de fazer uma pessoa olhar para trás quando você desejou?

Você sabia que extensos estudos na Europa e América do Norte mostraram que entre 70% e 97% dos adultos e crianças relataram essas tais experiências?

E com Você? Nunca te ocorreu? “Isso é só Coincidência”?

Com a comunicação telepática estes campos interagem à distância, pegando os sentimentos, necessidades e pensamentos de muitos através do espaço. Com isso poderemos receber novas percepções de alguém que está do outro lado do planeta e aprender com ela, sem ao menos saber quem ela é.

Estamos mais telepatas agora. Concentre-se.


No inverno de 1780, a área de New York Harbor congelou, permitindo que as pessoas andassem sobre a água congelada de Manhattan a Staten Island pela primeira vez na história registrada. 

Durante tanto frio as plantas, em altitudes mais baixas congelaram em aproximadamente ao mesmo tempo como as plantas em altitudes mais elevadas, indicando um início rápido de congelamento

E você achando que o filme “Um dia depois de amanhã” (2004) é pura ficção...

O congelamento não ocorreu apenas em Nova York. Por quase 500 anos, começando por volta do final da Idade Média estendendo-se ao início do século 19, condições anormais de frio cobriram grande parte do Hemisfério Norte e agora estão diminuindo.

Foi então identificado um provável culpado: um período de vulcanismo ativo começando com uma erupção no ano de 1275 amenizando e aumentando as atividades ao longo do início de 1800, com pelo menos 4 grandes erupções vulcânicas ocorrendo durante este período de tempo.

Vulcanismo é um fator implicativo para períodos de resfriamento abrupto

Depois da erupção de 1991 do Monte Pinatubo [21 anos atrás], nas Filipinas, por exemplo, as temperaturas globais caíram pela metade um grau Celsius devido a material particulado atmosférico que bloqueou a radiação solar. 

Mas os efeitos não costumam durar mais de alguns anos, diz David Schneider climatologista do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica em Boulder, Colorado. "Vulcanismo explica o modo abrupto, mas não pode explicar a longevidade da pequena Idade do Gelo”, diz Schneider.

Vibração (som) é a essência de todas as formas na criação

Da ciência molecular à teoria das cordas, os pesquisadores modernos estão provando o que os antigos sábios nos mostraram por milênios - que o nosso corpo responde à vibração e que as trilhões de células dentro de nós formam uma grande sinfonia de som.

Hans Jenny, um cientista sueco acústico, concluiu que há elementos cimáticos em todos os lugares que afetam tudo, inclusive a evolução biológica. Ele argumentou que a cura física pode ser ajudada ou prejudicada por tons. 

Som abrange toda a criação, espelhando tudo, desde o maior fenômeno à diminuta ocorrência. Frequências diferentes influenciam genes, células e várias estruturas do corpo.

O corpo humano interage com o ambiente através, e concomitante, com eletromagnetismo no corpo, que se manifesta em blocos de frequências de energia como forma de luz, som, cor – e, se um desses elementos muda, nossa percepção sobre o ambiente muda. Um novo script é rodado.

A escola de antes massificou a informação errada de que nosso DNA tem 10% de programa genético, ou seja, informação de seus pais e antecessores de como você deve “parecer”. Cor dos cabelos, dos olhos, altura e tudo mais que faz você ser a semelhança de alguém. Os outros 90% os pseudos cientistas disseram que era “lixo”, não servia pra nada.

Os cientistas da pesquisa (Nikola Tesla, Rife, Kaznachayev, o Dr. Horowitz) descobriram que quase 93% da função da dupla hélice do DNA humano é frequência bioacústica de sinalização de Foton - emissões com comunicação intra e intercelular – em suma? O “lixo” fala!

Nosso DNA não é apenas responsável pela construção do nosso corpo, mas presta serviço de armazenamento de dados e comunicação. Ele envia e recebe informações sobre cada fóton. Isso tudo acontece com uma velocidade muito mais rápida do que qualquer computador que a humanidade criou. 

Doença / distúrbio ocorre quando há a cessação, interrupção ou distorção decorrente do plano vibracional de uma pessoa.

Saúde é um estado subatômico de comunicação perfeita
Problema na saúde é um estado de falha de comunicação

A luz é uma corrente de partículas chamadas fótons. Um foton é uma única partícula de luz. A energia da luz é a energia que permeia o universo inteiro. Ela sustenta toda a existência.

Tudo (animado ou inanimado) neste mundo, nada mais é que uma "informação de frequência de luz modulada - somos seres fotônicos – somos seres de luz.

Dr. Lehninger, Dr Veljko Veljkovic, Leonard Horowitz, Garjajev, Popp e Ruth verificaram que o tecido conjuntivo do corpo funciona como um sistema de fibra óptica, o que significa que conduz fótons da energia luminosa em todo o corpo.

Em 1974, o Dr. Fritz-Albert Popp provou a existência do campo biofóton. Ele demonstrou que as células vivas normais emitem um fluxo regular de fótons ou quanta da radiação de luz. 

99% de cada átomo e célula do
seu corpo é composto de energia luminosa

Em seu livro "Biologie des Lichts" (Biologia da luz), ele mostrou como as células vivas passam informações biológicas através de fótons, através da linguagem da luz. Cada cor do raio de luz visível tem um comprimento de onda e frequência diferente.

Portanto, debaixo de estrutura física, carnal aparente, não há nada mais do que energia. A natureza sólida da matéria física não é senão uma ilusão dos sentidos!!

A equipe de pesquisa liderada pelo biofísico russo e biologista molecular Pjotr ​​Garjajev descobriu também que o código genético segue as mesmas regras que as nossas línguas humanas (SOM)

O DNA reage à linguagem. 
Isto explica finalmente e cientificamente por que as afirmações, o treinamento autógeno, hipnose e a vontade podem ter efeitos tão fortes nos humanos e seus corpos. 

Portanto, aquilo que você diz, repete ou ouve por aí provoca um impacto tremendo na forma interna e externa do seu ser.

Palavras são símbolos que carregam experiências [ancoras], sensações, cheiros, percepções sobre um determinado evento. Se a palavra te leva a uma sensação desagradável, suas células respondem a esse estímulo. O contrario também é recíproco.

Perceba a palavra que está usando. Perceba como você pensa a respeito do que está pensando. Isso se chama AUTO CONSCIENCIA. Mudando sua percepção, você muda seu script interno.

Você tem esse poder de mudar sua vida. Não o dê a quem sabe usa-lo contra vc, afinal, “ele” não tem culpa – foi por livre arbítrio. Você permitiu isso!

A Física do seu novo mundo

O universo é definido como um mundo de ondas, como padrões de interconexão, uma teia dinâmica de padrões inseparáveis ​​de energia, um todo dinâmico e inseparável. 

O que ocorre fora do sistema solar nos atinge. O que ocorre do outro lado do planeta nos atinge. O que ocorre no seu país nos atinge, no seu bairro, na sua casa, na sua mente nos atinge.

Não acredite que você pode se esconder. Isso é IMPOSSÍVEL. Quando você pensa você movimenta o universo com sua vibração e “eles” podem acha-lo.

Os seres vivos são seres vibratórios que estão constantemente enviando e recebendo ondas de energia através de uma rede universal de campos de energia por pacotes.

Tudo que parece sólido é composto de ondas de energia organizada em padrões coerentes e o corpo humano não foge a regra. Cada tipo de célula em nossos corpos emitem sons complexos, como o trabalho de Prêmio Nobel Jim Gimzewski e Andrew Pelling mostrou. As células cancerosas emitem diferentes sons.

Todas as questões físicas são compostas de vibração
Dr. Max Planck

O Universo é composto de magnetismo, eletricidade, luz, som e inúmeras outras vibrações. Se ele muda, nós também mudamos!

Sempre que muitas pessoas centram a sua atenção ou consciência em algo semelhante, como na noite de Natal, um campeonato mundial de futebol ou como num evento dramático como o funeral de Airton Senna ou Lady Diana - então um número aleatório começa a ordenar números (frequências certas) e ao invés de pensamentos aleatório, há um foco, uma meta aí.

Uma consciência de grupo ordenada pode criar um evento !!

Se estivermos estáveis ​​em nossa consciência individual, poderemos criar uma nova forma de consciência de grupo, ou seja, um, em que alcançamos o acesso a todas as informações através do nosso DNA, sem sermos forçados ou remotamente controlados sobre o que fazer com essa informação. Seremos criadores do nosso mundo!

Nenhuma consciência coletiva pode ser usada em qualquer período de tempo sem uma individualidade distinta, pois isto implica em instinto primitivo de rebanho, por isso somos facilmente manipulados. Ter a mente informada e equilibrada, ter autoestima elevada, ter poder sobre seu corpo leva a outras mentes a luz coerente, a Hiper-comunicação!

Os humanos com plena individualidade recuperam a consciência do grupo, e têm um poder divino, como para criar, alterar e formar coisas na Terra!

A matéria é feita de luz. Sem luz [informação] – não há matéria.

Então prepare-se, a luz está mudando!!
Você terá que aprender a morrer – morte de uma forma antiga – nascimento de uma forma nova.

Morrer não implica abrir mão da sua existência, mas de enterrar modelos antigos, padrões, rituais absolutamente inibidores de crescimento.
É hora de enterrar o “Não consigo”!!!

laura botelho



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos