Google

Translate my page Google

22 de jun de 2009

Reprograme sua mente em poucos passos

Vou lhe dizer o que eu – laura botelho - acredito que se mudarmos a nossa maneira de ver o mundo – reprogramando-o – podemos ter uma vida numa qualidade superior a de muitos nesse planeta.

Falo de qualidade no sentido de ter consciência = perceber = e mudar a forma de nos comportar. Só aprendemos, assimilamos alguma coisa, quando mudamos nosso comportamento. Aprendizado é mudança de comportamento.

Diria que o que mais queremos e desejamos é ter saúde. Sem saúde não há como fazer ou querer muita coisa, pois ela interfere na nossa maneira de sentir e vivenciar as coisas ao redor. Sem saúde mental e física não há crescimento e viemos aqui para crescer e aprender.

Passo 1 - reprogramar a maneira de entender a saúde. Lembre-se que a qualidade de sua saúde é na verdade a qualidade de vida de suas células. Assim, oxigenar completamente seu sistema parece ser a prioridade número um, e respirar com eficácia é fundamental para boa saúde.

O problema é que a maioria das pessoas não sabe como respirar. E a meditação nos leva a essa técnica. Leve a idéia de saúde perfeita a seu cérebro – subconsciente. Quando se diz reprogramar algo, estamos dando novas formas de pensar ao nosso inconsciente. O nosso consciente acredita que já sabemos tudo, mas não é assim que a coisa funciona. Tudo que somos e pensamos está no subconsciente.

A doença não conhece outro objetivo que não o de nos ajudar a reparar as nossas «carências» e a tornar-nos sãos. Voltar ao equilíbrio de nossas programações é a finalidade da “enfermidade”, pois ela é a mensagem em choque com o que é sua maior verdade.

Se vc acredita que o mundo lhe deve atenção, as pessoas que a cercam lhe devem respeito e consideração por vc ser mãe, pai, mais velho, mais sábio, mais bonito, poderoso... tudo que lhe acontecer que não respeitar essa sua programação entrará em choque com seu subconsciente e lhe fará mal! Vc ficará doente... Toda a infecção é um conflito materializado. 

Acreditamos que o que nos faz mal são as viroses que assolam o mundo. O problema da infecção não consiste na presença de agentes externos - como julgam os fanáticos da esterilização - mas na faculdade, na consciência de se conviver com eles. 
Os vírus e bactérias estão presentes dentro de nós e são responsáveis pela nossa saúde. 
O que nos deixa doente é o nosso desequilíbrio interior que faz com que eles se multipliquem desordenadamente não compreendendo as mensagens que chegam da mente confusa.

Na reprogramação, sua mente inicialmente se rebelará, pois não deseja ser retreinada, ser reprogramada. Mas você está no controle e se, se mantiver firme e concentrado, dentro de pouco tempo o novo modo de pensar ficará estabelecido e será extremamente gratificante tomar consciência de que vc está no controle de sua vida.
Uma das coisas mais fantásticas que devemos saber é que não precisamos saber como vamos nos curar, pois nosso programa de cura sabe como faze-lo, apenas temos que ter consciência que temos o poder de fazê-lo!
A Inteligência Universal ou a mente subconsciente descobrirá o "como". Os cientistas já constataram que construímos um novo corpo de onze em onze meses - portanto, do ponto de vista físico, temos realmente apenas onze meses de idade. Se você constrói um corpo imperfeito, com pensamentos de medo, raiva, ciúme e má vontade, o único responsável será você mesmo.
Vigie seus pensamentos. Cada pensamento aceito como verdade é enviado pelo cérebro ao seu plexo solar - o cérebro abdominal - e trazido ao seu mundo exterior como uma realidade em forma de tumor, diabetes, atrofias musculares, dores etc...
Aprender a linguagem do sitema energético humano é um meio para compreendermos a nós mesmos, um meio para suceder desafios espirituais. Cada zona do corpo transmite energía em uma frequencia específica, detalhada, e quando estamos sãos, todas estão “sintonizadas harmónicamente”
“Meditamos para encontrar, recuperar, ou retornar a uma sabedoria e uma felicidade que inconscientemente sabemos que possuímos, embora os conflitos e desafios da existência as tenham empurrado para um canto escuro de nossa cabeça”. (Lawrence LeShan)
Passo 2 - reprograme seus valores. Quais são os seus valores: O dinheiro é seu maior valor? A saúde? A sua familia? Sua carreira? 
Sua saúde depende do que vc acredita ser seu maior valor nessa vida. Reavalie e reprograme essa idéia.

Passo 3reprograme sua forma de ver as coisas. Como vc encara as coisas que vê? Pessimismo (acredita que as coisas não são fáceis de serem resolvidas, a coisa é muito complexa) Otimismo (acredita que tudo é possível, desde que tenha muita fé e faça a coisa acontecer) 

Passo 4reprograme a maneira como vc recebe a informação. Se vc é do tipo que não aceita aquilo que não for essencial para sua vida (sua programação)… como conhecerá uma nova visão?

Temos que ter os dois lados da questão para avaliar o que é mais pertinente a nossa vida. Procure o equilibrio!! Essas são as mais importantes para começar. Diria que é fundamental a maneira de ver as coisas. Cada pessoa é única no planeta e cada um de nós tem uma visão diferente do ambiente que o cerca.
Aprender a ver é ter conhecimento. Só vemos aquilo que conhecemos.
Reprograme essa idéia! 

laura botelho

2 comentários:

  1. Estava lendo um livro a respeito disso somos nós que criamos a realidade com nossos pensamentos é por isso que circunstâncias idênticas são diferentes para cada pessoa.

    ResponderExcluir
  2. Grata pela participação, Gêmeos. Vc está certo. Cada um interpreta o mesmo fato de maneiras totalmente diferente.
    Por isso podemos mudar as coisas. Fazer a nossa realidade.

    um abraço
    laura

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários racistas, chauvinistas, sexistas, feministas, flamenguistas, partidaristas ou que enalteça um ditador de bandeira vermelha de qualquer país. Tampouco não serão publicados ataques pessoais entre leitores ou a autora desse blog. Nem pensar publicarei observações ortográficas relativas aos meus erros crassos do Português, pois faz parte do meu show. Anônimos continuarão anônimos, não publicarei. Para ser sincera, não gosto de comentários. Não escreva.
laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos