Google

Translate my page Google

27 de set de 2011

Cadê o lobo?



"Nada acontece até que algo se mova"

Albert Einstein


Durante a Primeira Guerra Mundial, AL Tchijevsky (1897-1964), um professor russo de Astronomia e Física Biológica, percebeu que graves crises seguidas davam origem as guerras que se agravavam durante o pico das manchas solares.

Intrigado com a conexão do comportamento humano e a física solar, Tchijevsky construiu um índice de excitabilidade do corpo humano referente a essa idéia.

Ele compilou histórias de 72 países a partir de 500 aC a 1922 dC para montar um banco de dados para articular suas correlações e tentar confirmar sua teoria.
Depois de classificar grandes eventos, Tchijevsky constatou que até 80% dos principais acontecimentos humanos ocorreu durante a 5 anos ou menos de atividade solar máxima. 

A partir de sua observação a conexão com a energia solar e eventos terrestres têm sido estudados pelos cientistas desde então.

O objeto de pesquisa centrou-se sobre o próprio sol e seus efeitos no ciclo solar em relação ao clima terrestre, agricultura, os mercados de commodities e de outros fenômenos não-humanos

Quando os dados são analisados, verificou-se que a atividade geomagnética solar afetava diretamente o humor humano, padrões de comportamento, criatividade e trajetórias históricas quando as manchas solares rapidamente aumentavam ou diminuíam respectivamente.

O sistema nervoso humano tem maior atividade quando a quantidade de energia emitida pelo sol e pela radiação da terra são mais altos. Prova disso é um estudo histórico de Ertel Suitbert - "explosão de criatividade são correlacionados com a atividade solar" -1997 - que examinou a associação entre a atividade solar e as flutuações na criatividade humana. 

Edgar Cayce nos disse que os seres humanos pensam juntos e eles poderiam influenciar a atividade solar e os reflexos destes, inclusive criando um futuro desejado.

Isso poderia ser feito a partir da consciência (conhecimento) dessa relação sistêmica do sol, reduzindo com maturidade e ciência o estresse individual e coletivo durante esses ciclos.

As milenares culturas como as do Egipto, Hopi, Maias, Astecas e Chinesas, acreditavam (ou tinham perfeita tradução dessa informação) que seu comportamento coletivo poderia ser influenciado pelo sol e fizeram dele o deus central de suas vidas.

Eles acreditavam que a oração e meditação coletiva INTENÇÂO –ajudaria a atualizar o conhecimento global e facilitar a resultados positivos para todo o planeta.

Há sempre pessimistas projeções baseadas no medo relacionado com os novos ciclos de energia que interagem com o planeta, no entanto a luz aumenta a coerência, nossa visão das coisas – elas tornam –se mais “claras”.

Muitos preferem aguardar as mudanças globais encostados no muro e ver se o mundo termina em barranco para então, morrerem encostados dando continuidade a seus pensamentos tacanhos.

Mudanças são feitas com movimento, pelo menos aqui na 3D.

Mudar é a palavra que devemos focar e não DESTRUIÇÂO. Assim é fácil, pois já que tá caído, basta empurrar...

A “tal” chamada de consciência envolve mudanças de pensamento, logo as mudanças comportamentais devem seguir esse pensamento.

Ficar reclamando do engarrafamento de horas e não fazer nada para mudar isso é permanecer no problema, mas todos desejam que algum governante faça isso por nós e a bola é passada adiante. Eles nos “governam” e nós reclamamos. Demos autorização para que “eles” decidam o que é melhor para nós e não gostamos quando “eles” decidem... coisa de maluco isso...

Já sabemos que a energia solar nos mantém vivos em todos os níveis e o importante agora é perceber como essa energia nos afeta e decidir fazer escolhas de como queremos reagir a esses ventos...

Ter que
assumir a responsabilidade por sua própria energia é fundamental para criar conexões mais profundas com sua consciência/mente.

Optar por organizar essa estrutura de tijolos = CONHECIMENTO – será importante para sua segurança daqui para frente.

Vamos por um tijolo sobre o outro:

1  .    Todas as coisas estão interligadas e se comunicam entre si através de nossos campos eletromagnéticos e biológicos

2   .    Não só os seres humanos são afetados por esses campos de energia, mas também o planeta Terra

3    .    O campo eletromagnético ao redor do planeta é gerado pelas mentes coletivas, portanto os sistemas de energia são influenciados por emoções geradas pela mente humana coletiva.

4  . Campos COERENTES – ou seja – que criam estados de atenção, apreço, empatia, compaixão = AMOR – geram um tsunami de energia que ameniza, diminui, inibe a INCOERENCIA global

Um numero grande de seres conscientes são auto-responsáveis por gerarem suas próprias energias através de pensamentos – emoções – ações e isso é que faz toda a diferença no quesito equilíbrio da vida e em relação ao destino da Terra.

Fazer escolhas... essa sim, é a parte mais difícil do jogo

Não vou me estender, já disse tudo que podia. Fiz esse texto apenas para trazer ao seu conhecimento que as coisas vão acontecer de acordo com a coerência universal.

Escolher o que quer ver é uma escolha que muitos não têm idéia, pois estão se distraindo com a passagem do circo. Levar a vida na flauta é uma escolha. Se divertir com a cara de quem está montando tijolos, é uma escolha.

Eu já fiz a minha escolha e vou terminar o que comecei. Não temo a chegada do lobo, pois sei que minha “casa” (mente) é sólida.

Espero que a sua também seja, quando o lobo soprar...

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos