24 de abr. de 2010

Crianças Índigo - especiais


É um menino como outro qualquer, apesar de ter pronunciado a primeira palavra aos 4 meses de idade dando seqüência a sua expressão natural. 

Aos 7 meses de idade Boriska disse “eu quero um prego”, após ter identificado um na parede de sua casa. Com um ano de idade já lia os Jornais de linguagem pesada para jovens, quanto mais para um bebe...

Dotado de uma memória assombrosa, Boriska citava observações ditas... do nada. Sem uma fonte de pesquisa que pudesse ter tido acesso. Teve problemas na escola, como todo super dotado. Criou antipatia com a professora ao interrompê-la em plena aula:

"Maria Ivanovna, você não está dizendo a verdade! 
Você não está nos ensinando corretamente!”

Está cada dia mais difícil ensinar alguma coisa para essas crianças...

Tiveram que retira-lo da escola normal, para ter acesso a outros de seu nível.
Seus pais são pessoas comuns da comunidade. Kipryanovich Nadezhda, a mãe de Boris, é uma dermatologista numa clínica da cidade.

Seu pai, Yuri Tovstenev, é um oficial aposentado, com nível Superior pelo Instituto Militar de Kamishinsky, mas agora trabalha como supervisor de construção.

Uma de suas estranhas expressões corporais é que ele costuma sentar-se na posição “de Lótus” – como fazem os Indus para ouvir as pessoas.

Desde cedo narrava fatos com riqueza de detalhes sobre sua vida anterior - em MARTE o sistema planetário da época e sua civilização... bem, isso começou aos 2 anos de idade.

Poderia ter inventado tudo isso? Depois de ter assistidos muito filme de  'Star Wars' ? Parece que não ...

As memórias de encarnações passadas eram fortes, nesse menino Russo. Boriska é um menino Índigo. Assim como milhares de outras crianças como ele, estão chegando a cada momento para tornar nossa passagem mais tranqüila.

São seres especiais, tenham certeza disso. A grande maioria de seres humanos nascida após 1990 são especiais. Vieram com muitas missões e uma delas e nos tranqüilizar. Tudo vai ficar bem...

Boriska nos diz que Marte era habitável, mas passou por uma catástrofe sem precedentes em sua história, que levou a perda de sua atmosfera. Hoje os poucos que habitam vivem embaixo da terra em cidades subterrâneas.

Acrescenta também que viajava com freqüência aqui para a Terra em missões comerciais e de pesquisa científica. Ele acredita que era piloto de alguma nave.

Essas visitas ocorreram no tempo em que a civilização desse nosso planeta era habitada por Lemurianos e tinha um grande amigo Lemuriano que morreu diante de seus olhos não podendo ajudá-lo, na época, mas ele acredita que vai reencontrá-lo aqui nessa passagem ainda.

Seu amigo Lemuriano e ele, estavam num momento em que o planeta Terra atravessava uma de suas mudanças. As montanhas explodiram e um grande continente se partiu e afundou sobre as águas... 

Uma enorme pedra caiu sobre seu amigo, relata Boriska com extremo pesar ao relembrar do acidente como se fosse ontem.

Ele relata os costumes, hábitos dos Lemurianos de 800 mil anos atrás, com detalhes tão fantásticos, que deixam qualquer um sem fôlego. Ele lembra inclusive que essa raça tinha mais de 9 metros de altura.

Mas a coisa mais impressionante que esse menino Boriska tem a nos dizer é que esse é um momento especial para crianças nascerem. 

Há grandes mudanças ocorrendo no planeta e que novos conhecimentos serão necessários para além da mentalidade de um terráqueo. 

Essas crianças especiais que estão nascendo, ajudarão as pessoas quando os pólos mudarem, diz ele. Perguntaram se ele tinha medo dessas mudanças, já que sua vida estaria em risco novamente, ele respondeu:

Não, não tenho medo, vamos viver para sempre. Já houve uma catástrofe em Marte onde eu vivi antes. Eram pessoas como nós. A cada ano mais e mais crianças de Marte vão nascer na Terra”

Há tempos atrás existiu um planeta chamado Prosérpina que teve um fim trágico. Foi cortado ao meio e seus habitantes foram aceitos pela mãe Terra a fim de educá-los, teletransportados para uma quinta dimensão, em um mundo paralelo ao nosso.

Sobre o futuro, eles nos adianta que o conhecimento será distribuído de acordo com a qualidade e o nível de consciência. O conhecimento não será dado aos que não mudarem seus comportamentos como vícios prejudiciais a saúde, atitudes mesquinhas contra seu semelhante. Estes estarão deixando o planeta!!

O conhecimento terá um papel importante, um momento de unidade e cooperação na nova Terra. Um novo código holográfico já é visível e se sobrepõe sobre o espaço. Tudo virá à luz em um novo fogo de pensamento muito rapidamente.

Ele relata que a transição de um mundo para o outro terá lugar através da substância do Tempo será um novo tempo – o Tempo do não Tempo, como dizia os Maias.

Seremos arrebatados em abundancia de conhecimento...

Certa vez mostraram a ele num programa do Discovery Channel os ETs Grays cinzas, e ele se exaltou dizendo que eles não são de Marte.

Nós não somos assim pequenos com os olhos enormes”. Somos mais parecidos com os lemurianos e atlantes. Somos altos e não anõesEles são cruéis. São de outra galáxia. 

Nós (Marcianos) já tivemos que lutar contra eles, porque eles são agressivos. Lutamos de forma mais intelectual, com energia psíquica.

Toda essa capacidade de lembrar-se de suas vidas passadas teve um preço. Boriska hoje aos 14 anos se fechou. Não é mais falante como aos 7, 10 anos de idade. Não se lembra mais de muita coisa e sua atenção agora está voltada para vídeo games. 

Como todo ser acima do normal, paga um preço bem caro por estar à frente de seu tempo. Pessoas o humilham e fazem questão de deixar clara a sua aversão por seres “estranhos”. Toda criança dessa nova era está se fechando por conta da pressão do ambiente – da MATRIX. 

Não é fácil lutar contra ela. Eles sabem disso. Cientistas relatam que essas crianças estão ligadas aodesenvolvimento de uma civilização da Terra no futuro, mas não temos compreensão do todo, por isso não enxergamos...

Temos que ter mais conhecimento para lidar com essas crianças do futuro, pois eles têm uma sensibilidade extraordinária para qualquer falsidade, são intuitivos por excelência e detém poderes telepáticos, e uma conexão com o cosmos. 

Não podemos imaginar o valor que essas nossas crianças estão trazendo para esse momento, mas uma coisa é certa, temos que mudar as regras desse jogo urgentemente e tentar acompanhá-los, pois do contrário... repetiremos os mesmos erros do passado.

Boriska deixou uma semente para pensarmos. Disse ele que a vida na Terra iria mudar quando a Esfinge fosse aberta – referindo-se a esfinge do Leão meio homem no Egito. Acrescenta que há um portal atrás de sua orelha, mas que não consegue lembrar a posição correta...

Mais crianças Indigo


Sobre crianças Índigo

Possuem um claro senso de auto-definição e finalidade, apresentam uma forte inclinação para assuntos espirituais na primeira infância. Têm um forte sentimento de direito, ou "merecedor de estar aqui".

Possuem alto quociente de inteligência, mente intuitiva, capacidade e resistência à autoridade, por conseqüência entram em atrito com mestres e responsáveis de ensinos coletivos devido à sua rejeição a autoridade, sendo mais espertos do que seus pais e professores.

Muitas são diagnosticadas como tendo déficit de atenção – não param quietas em lugar algum – são retaliadas e contidas com medicamentos estúpidos como ritalina e outros.

A falta de pesquisa nesses campos da mente nos impede de avançarmos na condução de nosso progresso evolutivo.

Talvez seja essa a grande virada dessa nova era, das novas mudanças. Sem medicamentos, aparelhos tecnológicos de diagnóstico e médicos, num estado geral de pânico social, teremos que fazer valer toda a compreensão do momento e da sabedoria intuitiva dessas crianças especiais.

Não tenha medo, pois eles não têm...

laura botelho

Habilidades de sobrevivência para crianças e adultos

Habilidades de sobrevivência para crianças e adultos
click na imagem para saber mais

Vulcões ativos