Google

Translate my page Google

2 de mar de 2017

ANOMIA espiritual

Nomos – ordem, norma
(A)nomia – anarquia, desordem.
Ausência de lei ou de regra,
desvio das leis naturais; anarquia,
desorganização.  
Desobediência à lei divina.

ANOMIA - Em Sociologia: estado da sociedade em que desaparecem os padrões normativos de conduta e de crença, e o indivíduo que em conflito íntimo, encontra dificuldade para conformar-se às contraditórias exigências das normas sociais.

Cena do filme The Purge, anarchy - 2014
A ruptura social tem lugar a partir do momento em que a relação entre os meios e os fins se debilita. Estamos vivendo tempos de total anomia espiritual, então prepare-se.

Emile Durkheim (1858-1917) é considerado o pai da sociologia científica e teorizou o conceito da Anomia em seus livros “A divisão do trabalho social” e “O suicídio”, nos quais ele define o termo como uma condição em que as normas sociais e morais não são claras, e cérebro sem um SCRIPT definido, não materializa metas muito bem, fica caótico.

Seus métodos sociológicos analisam um fato social em seu detalhe e demonstra como a variação das taxas de suicídio depende de fatores estritamente sociais.

O autor classifica o suicídio em três categorias: egoísta, quando o indivíduo se isola da sociedade; anômico, quando as regras sociais são abaladas e perdem seu referencial fixo; e, por fim, altruísta, o oposto do egoísta, em que o indivíduo está tão integrado à sociedade que sua vida passa a não ter mais sentido isoladamente.

Sob a tensão de mudanças repentinas, regras sociais falham. Consequentemente, quando estabelecidas de forma inapropriada resultam no desprezo por todas as outras regras sociais.

A intensa frustração e ansiedade desenvolvem-se no homem de forma inconsciente, cumulativa e devastadora. O descontentamento espalha-se pela sociedade como um vírus e produz um estado geral de anomia: falta de clareza, crueldade e desorientação pessoal.

E não é isso que estamos observando com clareza a cada dia entre os jovens?

The purge, Anarchy (a purga, anarquia) – filme de 2014 – Você já assistiu? Precisa assistir. Acenderá uma luz vermelha da sua mente.

Resumo rápido:
Os pais “Fundadores da América”, um partido político de extrema direita são eleitos após um colapso econômico no país e aprovam a 28ª Emenda que sanciona uma tradição cívica nacional anual chamada "A Purga".

Purga - diretamente do latim purgare = "limpar; purificar", “especialmente do corpo," livre do que é supérfluo; remover.
Latim Purigare - Purus "Puro"
Latim Purus - "limpo, claro, sem mistura; sem adornos; casta, imaculada.

Na narrativa do filme, o evento inicial ocorre em 2017, mas em 21 de março de 2023, a mídia credita o Purge anual, um período de 12 horas – das 7  p.m. às 7  a.m - em que todos os crimes são legais sem que as autoridades intervenham. Todos os serviços da polícia, de Bombeiros e emergência médica permanecem indisponíveis.

Em todos os lugares, as pessoas se preparam com barricadas dentro de casa ou se armam para cometer atos de violência nas ruas. A população empobrecida da nação não é mais vista como povo, mas como “lixo vivo”, que os ricos denunciam como vivendo apenas para atender às suas necessidades. 

As regras da matança proíbem que os funcionários governamentais sejam perturbados, bem como o uso de todas as armas acima da Classe 4 (dispositivos explosivos como granadas, lançadores de foguetes e bazucas). Violação das regras dessa Purga resulta em uma execução sumária por enforcamento

O resultado dessa experiência de “Purga” apresentou taxas de desemprego caindo para 1%, baixa criminalidade e uma economia forte e a limpeza total daquilo que “não presta”. Não obstante, devem ter resolvido inclusive o problema previdenciário do país...

A greve dos policiais no Estado do Espírito Santo, iniciada do dia 4 a 25 de fevereiro de 2017 trouxe caos às ruas e cidades capixabas. Sem policiamento, houve matança, saques, ameaças e roubos.

Foram registrados durante “a purga grevista” mais de 200 homicídios, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, somando-se a isso mais 27 assassinatos ainda nesse Carnaval.


A “purificação” disfarçada…

Logo após o grande dilúvio de Noé, recordado na Bíblia e em outros textos antigos, um misterioso grupo de deuses de pele branca apareceu em vários locais ao redor do planeta para organizar a bagunça – pós purga (dilúvio) – ensinando aos sobreviventes uma NOVA ORDEM MUNDIAL. 

Lendas que vão do Peru a Suméria, antigo Egito para a Índia, narram a chegada de “Deuses” (plural) que aparecem após a grande inundação. 

A palavra Elohim ocorre mais de 2500 vezes na Bíblia hebraica, com significados que vão de "deuses" em um sentido geral (como em Êxodo 12:12, onde descreve "os deuses do Egito").

A frase bene elohim, traduzida como "filhos dos deuses", tem um paralelo exato em textos ugaríticos e fenícios, referindo-se ao conselho dos deuses.

Elohim ocupar o sétimo posto de dez nos famosos medievais rabínicos escolares do mestre Maimonides - hierarquia angélica judaica. 

Vishnu - lenda Indu
Maimonides disse: "Devo premissa que todo hebreu [agora] sabe que o termo Elohim é um homônimo, e denota Deus, anjos, juízes e governantes de países

Os treze princípios do Judaísmo de Maimônides.
Maimônides elaborou os Treze princípios do Judaísmo como um sumário de crenças judaicas em face do cristianismo e islã.

1.    Creio plenamente que Deus é o Criador e guia de todos os seres, ou seja, que só Ele fez, faz e fará tudo.
2.    Creio plenamente que o Criador é um e único; que não existe unidade de qualquer forma igual à d'Ele; e que somente Ele é nosso Deus, foi e será.
3.    Creio plenamente que o Criador é incorpóreo e que está isento de qualquer propriedade antropomórfica.
4.    Creio plenamente que o Criador foi o primeiro (nada existiu antes d'Ele) e que será o último (nada existirá depois d'Ele).
5.    Creio plenamente que o Criador é o único a quem é apropriado rezar, e que é proibido dirigir preces a qualquer outra entidade.
6.    Creio plenamente que todas as palavras dos profetas são verdadeiras.
7.    Creio plenamente que a profecia de Moshe Rabeinu (Moisés) é verídica, e que ele foi o pai dos profetas, tanto dos que o precederam como dos que o sucederam.
8.    Creio plenamente que toda a Torá que agora possuímos foi dada pelo Criador a Moshe Rabeinu (THOTH)
9.    Creio plenamente que esta Torá não será modificada e nem haverá outra outorgada pelo Criador.
10. Creio plenamente que o Criador conhece todos os atos e pensamentos dos seres humanos, eis que está escrito: "Ele forma os corações de todos e percebe todas as suas ações"
11. Creio plenamente que o Criador recompensa aqueles que cumprem os Seus mandamentos, e pune os que transgridem Suas leis.
12. Creio plenamente na vinda do Mashiach (Messias) e, embora ele possa demorar, aguardo todos os dias a sua chegada.
13. Creio plenamente que haverá a ressurreição dos mortos quando for a vontade do Criador.

Osiris e o egípcio Thoth, Vishnu da Índia, Enki e Oannes da Suméria e Babilônia, Quetzalcoatl e Viracocha nas Américas, são lembrados em antigas lendas mundiais como um grupo de seres chamados coletivamente de Pescadores de homens.

"Criador de todas as coisas"
Quando falamos de Viracocha, falamos também de Tiahuanaco e Puma Punku.

Viracocha é o grande deus criador da mitologia pré-Inca.
Como muitos outros deuses nas Américas, ele peregrinou para ensinar a civilização humana a ordem, as regras sociais, antes de se dirigir para o oeste através do Pacífico para nunca mais ser visto, com a promessa de que um dia voltaria

Quando estava pronto para deixar a terra do Peru, fez um discurso aos seus discípulos, informando-os das coisas que aconteceriam. Ele lhes disse que viriam pessoas que diriam que seriam Viracocha, seu criador, e que não deviam crer nelas, mas que no tempo vindouro ele mandaria seus mensageiros, que os protegeriam e ensinariam como se defender destes. 

Tendo dito isso, foi para o mar com seus dois servos, que viajavam sobre a água, como se fosse terra, sem afundar, pois pareciam espuma sobre a água, e o povo deu-lhes o nome de Viracocha, que significa “espuma do mar. "

Narra a lenda que Viracocha Pachayachachi criou os seres humanos respirando vida em pedras. Primeiro ele criou gigantes para mover as pedras maciças de muitos de seus edifícios, mas depois ficou infeliz com eles, então os destruiu com uma inundação e criou uma raça melhor e menor.

Viracocha é representado com uma barba e um bigode algo muito incomum, pois os índios americanos não têm barbas e bigodes longos, a representação ainda mais estranha de Viracocha é muito semelhante ao dos antigos deuses da antiga Suméria, na Mesopotâmia.

O deus Inca Viracocha, o deus asteca Quetzalcoatl e outras divindades do panteão da América Central e América do Sul são descritos da mesma forma – simplesmente porque eles são as mesmas pessoas.

Machu Picchu é a Meca dos Mochileiros (como eu) do mundo inteiro. Machu (Velha) Picchu (Montanha) - em Quéchua Machu Picchu significa Montanha Velha.

Cusco, a cidade dos Incas, acabou se transformando no principal ponto turístico do Peru, mas a “Montanha Velha” nos chama atenção e nos atrai sensivelmente. Há muito tempo, habitantes do lugar sabiam da existência das ruínas nos Alpes peruanos.
 
Objeto feito na era INCA em Cusco, Peru
Em 1911, o guia Melchor Arteaga conduziu o professor Hiram Bingham a Machu Picchu. Birgham voltou 3 anos mais tarde em 1914 com o apoio da Universidade de Yale e da National Geografic Society encontrando um cemitério exclusivo de mulheres.

Desde então, se espalhou a notícia sobre a existência de Machu Picchu como a “Cidade Perdida dos Incas”, mas no início foi confundida com a misteriosa Vilcabamba, a Velha, onde se refugiou Manco Inca.

Osfilhos do sol constituíram o maior império das Américas, que se estendia do Equador à Argentina, e cujos antepassados utilizavam uma técnica de mumificação 2.000 anos mais antiga que a dos egípcios.

Parece que o povo peruano levantou entre eles os vícios de orgulho e cobiça, transgredindo as regras do deus Viracocha Pachayachachi e caindo, através deste “pecado” em desgraça eterna.

Alguns foram transformados em pedras, outros em outras coisas, alguns foram engolidos pela terra, outros pelo mar, e sobre tudo veio um dilúvio geral que eles chamam uñu pachacuti , que significa "água que derruba a terra"

Ligou os pontinhos? Pois é...

Cusco – seu nome original é Qosqo – localizada mais de 3 mil metros de altitude, nos Andes peruanos, é a cidade mais antiga do continente sul americano, não por acaso, Cusco era chamada pelos incas de “o umbigo do mundo”. Foi a primeira capital do Peru, muito antes de Lima

O Caminho Inca (Qhapaq Ñan, em idioma indígena) é uma rede viária de 40 mil quilômetros que unia Peru, Chile, Colômbia, Equador, Argentina e Bolívia, que acabou de ser construída durante o império inca e cuja maior parte está no Peru.

Originalmente, a cidade de Cusco tinha a forma de um grande puma e era centro religioso, administrativo e militar do império INCA. Muito diferente de Machu Picchu, um lugar sagrado, reservado, secreto, de adoração.

Passado o efeito ou o medo do soroche (o mal das alturas), Cusco é um excelente roteiro para iniciar a caminhada da consciência sobre a história da humanidade e é pra lá que eu irei a um curto período nesse mês de março.

Estou, e estarei, um tanto atarefada com essa viagem ao Peru, portanto não terei muitos textos atualizados para apresentar a vocês como eu gostaria daqui em diante, mas nem por isso vocês ficarão sem notícias futuras sobre o que verei e o que pesquisarei in loco.

Minha intenção ao visitar as terras Incas é buscar informações que nos são “sonegadas” pelas “autoridades” científicas e acadêmicas de um modo geral.

Sabemos que há muita coisa bizarra a ser esclarecida e apresentada a quem gosta e necessita desses conhecimentos - como eu.

Tirarei muitas fotos, farei muitos vídeos e verificarei muitas “lendas”. Analisarei os fatos e traduzirei em um livro, adiante, minhas impressões sobre todo o passeio e todo meu roteiro (meticulosamente detalhado) bem como, as “furadas” que por ventura surgirem no percurso para que vocês não caiam nelas, caso queiram fazer o mesmo destino um dia.

Estou estudando muito por esses dias e traçando rotas objetivas para visitar o maior número de ruínas e objetos “estranhos” a nossa civilização moderna.

Enfim, mês de março promete muitas novidades da minha parte. Preciso fortalecer meu espírito para essa anomia civil que cavalga a passos largos...

laura botelho




meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos