Google

Translate my page Google

13 de jan de 2016

BlackStar, David Bowie e Aliens

é um termo na mitologia grega usada para descrever os 3 deuses detentores dos principais poderes do mundo imortal : Zeus (ANU), Poseidon (ENKI) e Hades (ENLIL). Os deuses dividiram o “mundo” em 3 partes: o céu, os oceanos, e o submundo. 

Sir Arthur Charles Clarke - (16/12/1917 – 19/03/2008)
Maçom de alto grau, escritor inglês de ficção científica e de séries para televisão, inventor, explorador submarino, Co-autor do roteiro do filme “2001: Uma Odisséia no Espaço” 

Por muitos anos Arthur ClarkeRobert Heinlein - Isaac Asimov, foram conhecidos como o "Big Three" da ficção científica, pois detinham toda a informação, todo o script que os humanos desse século precisavam saber e materializar.

Clarke era um escritor de ciência, um popularizador ávido das viagens espaciais e um “futurista” de incrível capacidade, e seus escritos de “ficção científica” lhe renderam o apelido de o "Profeta da Era Espacial".

Grande coisa, basta saber o que os outros não sabem para bancar o profeta. Esse sabia muito, como seus outros colegas de informação.

Em uma entrevista gravada 1974 com a Australian Broadcasting Corporation, o entrevistador perguntou a Clarke como ele acreditava que aquele enorme e complexo computador iria mudar o futuro das pessoas.

Clarke, com muita segurança de quem sabia demais, descreveu facilmente as compras on-line, o acesso a internet Bank, Tablets, Face time, Skype, etc. Tudo que hoje não nos causa surpresa. Agora surpreende sim, a ideia de quem não usa um celular, como eu.


Algumas horas antes de Arthur Clarke falecer (19 março 2008) houve uma enorme explosão de raios gama (CME) que atingiu a Terra. O evento foi batizado como GRB 080319B e vulgarmente nomeada como "The Clarke Event".

"Seria uma homenagem a um homem que tanto contribuiu e ajudou a levantar os nossos olhos e nossas mentes para um cosmos que se pensava ser província somente dos deuses”.
Larry Sessions

Essa violenta explosão ocorreu cerca de 7,5 bilhões de anos, tendo a luz viajado por muito tempo para chegar à Terra. Um evento que estabeleceu um novo recorde para um objeto mais distante que pode ser visto da Terra a olho nu. E a partir dessa data, muita coisa mudou...

A Cidade e as Estrelas (1956) é um romance de ficção científica de Arthur C. Clarke. Clarke descreve que um computador central mantém a cidade “Diaspar” em um estado imutável e refere-se ao fim de toda a evolução e a aparente criação de uma sociedade perfeita

Fim da Infância” (Childhood's End) originalmente publicado em 1953.
Outro texto de cunho “ficção” de Arthur C. Clarke que chama atenção.

David Bowie
Aqui vai o resumo do resumo: esse aborda aquele velho chavão dos seguidores dos “aliens bonzinhos” = transformação da humanidade e integração a uma "mente interestelar de colméia". 

O texto fala sobre questões entre o nosso péssimo relacionamento para com os animais e a forte ideia de um salvador - “ultimo homem (leia-se humano) da Terra" – um tema recorrente em seus textos e de outros.

A história tem inicio no auge da guerra fria, 30 anos depois da “queda” do Terceiro Reich, com a exploração do espaço entre os EUA e a União Soviética para fins bélicos. A corrida armamentista sofre um impasse com o súbito aparecimento de naves gigantescas acima de todas as grandes cidades da Terra

Acho que você já viu zilhões de filmes com essa imagem, certo? Por que será?

Os Aliens são identificados como Overlords (Senhores Feudais), por uma difusão mundial ilustrando a ideia de que “eles” chegaram com “boas intenções” e desejo de apenas “ajudar a humanidade”.

Acho que você também já ouviu muito isso...

Com um título de “Senhor” é óbvio que eles assumiriam o controle em vários aspectos. Os humanos permanecem desconfiados porque os Senhores Supremos nunca aparecem em pessoa, mandam um agente com cara de gente, como a gente.

O representante dos Supremos - “Karellen” - promete que os Senhores Supremos irão se revelar fisicamente em 50 anos, assim que a humanidade amadurecer e tornar-se confortável com a sua presença

Quer mensagem melhor que essa? Sir Clark mandou na lata. Caiu a ficha?

Sob a displicente dominação dos Senhores Supremos, a Humanidade entra em uma idade de ouro da maior paz e prosperidade jamais conhecida, ainda que à custa de alguma perda da criatividade e liberdade. Como não podia ser diferente, tem sempre um terráqueo do contra que não gosta dessa barganha e resolve investigar os deuses.

Passados então os 50 anos de seu reinado na incógnita, os Senhores Supremos se revelam para a humanidade e a imagem é realmente bizarra.

Não seria para nós que já sabemos como eles são, mas imagina para os alienados de plantão... seria um choque! Entende agora porque eles não se revelam?

Descreve Arthur Clarck – “Os Senhores” são bípedes com grandes asas, chifres, cabeças e caudas e bem mais altos do que os seres humanos – apresentam órgãos proporcionalmente mais maciços cobertos com uma casca dura como uma armadura negra


Essa é a descrição fiel dos Repteis Grays Tall – na hierarquia, os com asas, mandam muito! São os dracos – dragões alados.

Segue ainda a descrição: embora eles possam respirar a atmosfera da Terra, a mistura de gases em seu próprio ambiente é mais funcional, além do impacto desconfortável sob a luz solar. Mesmo diante dessas diferenças físicas e ambientais, a humanidade os aceita como são, e juntos criam um mundo utópico, mas com pequenas restrições - a proibição de construção de naves espaciais capazes de viajar pelo universo.

Isso te lembra a destruição da Babilonia? A “torre de Babel” para chegar aos céus?

Gn 11: 5,9 - "Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam, e disse: Eis que o povo é um e todos têm uma só língua; e isto é o que começam a fazer; agora não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos, e confundamos ali a sua linguagem, para que não entendam um a língua do outro.

Dez anos após os Senhores Supremos revelarem-se à humanidade, crianças humanas nascidas em uma ilha, à parte da humanidade, segregados do resto da humanidade em um continente próprio. Eles exibem poderes telepáticos e de telecinese, e como resultado, se afastam de seus pais biológicos. 

Crianças não nascemmais de maneira natural. A narração sutilmente sugere que a maioria dos pais comete suicídio, enquanto seus filhos evoluem no sentido de se fundir com o “Overmind” - Os Senhores Supremos têm como objetivo com essas crianças promover a transição da humanidade para um “plano superior de existência”.

Em resumo objetivo: o ponto final dessa história é a transformação para uma forma superior de existência robótica - conceito do Ponto Omega - singularidade tecnológica – mas espiritual = zero.

Rendezvous with Rama - publicado pela primeira vez em 1972
Arthur C. Clarke descreve uma vida humana - no século 22 - a partir do ponto de vista de um grupo de exploradores humanos que interceptam uma nave cilíndrica alienígena com 16 quilômetros de largura e 50 quilômetros de comprimento que navega através do sistema solar da Terra - o que supõe que seria o primeiro encontro da humanidade com uma nave espacial não humana. 


A nave espacial alienígena, inicialmente é confundida com um asteróide e nomeada de “Rama” – um deus Indu. (Clarke faz questão de destacar no texto que até o século 22, os cientistas usaram os nomes de todas as figuras mitológicas gregas e romanas para nomear corpos celestes)

Acho que depois dessa data terão nomes de estrelas do futebol, como Neymar, Cristiano Ronaldo, Messi...

O interesse dos astrônomos no ano de 2131 pelo “Asteroid 31/439” é despertado quando eles percebem que o tal objeto não só tem um período de rotação extremamente rápido (4 minutos), como sua velocidade (100 000 km / h) e é muito grande em tamanho para um simples asteróide. 

A tripulação com mais de 20 pessoas, liderada pelo Comandante Norton, entra no “Rama” e explora seu vasto interior. As únicas “formas de vida” são os "biots" cibernéticos que ignoram completamente os seres humanos que invadem a nave. 

Frase final do livro, Rendezvous with Rama:
E sobre distante da Terra, o Dr. Carlisle Perera ainda não disse a ninguém como ele tinha despertado de um sono inquieto com a mensagem do seu subconsciente ainda ecoando em seu cérebro: Os ramaianos fazem tudo em três

Clarke no texto “inventou um programa” de estudo sobre o espaço - Projeto Spaceguard  - o que detectou o “Rama” no seu livro - como um método de identificação de objetos próximos da Terra em trajetórias de impacto;  após um asteróide igualmente ficcional que 'atingiu' a Itália em 11 de setembro, 2077, destruindo Pádua e Verona e afundando Veneza (isso no livro). 

No entanto, um projeto real Spaceguard foi iniciado alguns anos mais tarde, em homenagem ao “dispositivo ficcional” de Clarke. 

David Bowie
Essa semana mais um mensageiro dos deuses passou para outra dimensão. Serei honesta contigo; não tinha o menor apreço por esse cara. Não gostava de suas musicas e de nada que tenha feito. Simplesmente pra mim, foi mais um que desceu o ralo.

Filme - Labyrinth

David Bowie, nascido como David Robert Jones, em 1947, não foi um homem que caiu na Terra à toa, tinha muitas habilidades artísticas, isso é certo. 

Foi um arquitetado protótipo para um ícone pop-star, cujas suas obras ressaltavam informações (não tão populares assim), que incluíam a adoração a Aleister Crowley e suas ideias, bem como reverenciava a pureza da linhagem Ariana (Hitler) - de resto o que ele fez, muitos estão fazendo agora também, nada demais.

Servir aos Senhores Supremos é algo que demanda muita energia, e parece que lhe sugaram todas.

Labyrinth – filme de 1986 – uma produção de George Lucas
Personagem de Bowie diz:
"Olha o que eu estou oferecendo-lhe. Os teus sonhos. Eu peço tão pouco. Apenas deixe-me governar você, e você pode ter tudo o que você quiser. Apenas me temer, me amar, faça o que eu digo, e eu serei o seu escravo".
Sarah a moça, responde:
"Você não tem nenhum poder sobre mim". 

Então, tudo se desintegra, mais uma vez, Sarah retorna ao seu mundo, a sua casa, e seu irmãozinho Toby está de volta em seu berço e tudo volta ao normal. O Senhor dos sonhos não conseguiu capturar a alma, a mente e o corpo da menina, nem mesmo a colocando em extremo conflito, paradoxos, labirintos...

Bowie parece falar em fractais como um bom mensageiro. 
"Tudo que eu faço é montar pontos que me interessam e enigmas. Isso se torna uma canção, e as pessoas que ouvem essa canção devem tomar o que puder dela e ver se a informação que reunimos se encaixa com qualquer coisa que já está montado”.

Blackstar
Nave mãe espacial militar idealizada para colocar pequenos satélites em órbita, recuperá-los, fornecer um meio de lançar armas nucleares da órbita ou para servir como uma plataforma de naves menores no espaço. Não está claro se o programa Blackstar tornou-se plenamente operacional desde meados dos anos 1990, mas tudo faz crer que está em plena atividade e muita gente sabe disso.

A principal utilização da nave espacial militar Blackstar teria a realização de alta altitude orbital, permitindo voos surpresa de locais estrangeiros com risco muito baixo de serem localizados por avião espião e pelos sistemas de defesa aérea existentes. Este projeto é semelhante aos objetivos do anterior U-2 e SR-71 Blackbird aviões de reconhecimento, mas muito superior.

Em maio de 2006, o Ministério britânico da Defesa (MoD) divulgou um extenso relatório sobre inexplicados Fenômenos Aéreos (UAPs) na área de defesa aérea do Reino Unido. Diz que: "reconhece-se que alguns avistamentos UAP podem ser atribuídos a programas de aeronaves secretas". 

O relatório lista três programas "ocidentais" que possam conduzir a esta ideia - todos os quais parecem ser americanos. 

Laura Botelho

Míssil abatido por OVNI em 1964



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos