Google

Translate my page Google

17 de dez de 2014

Ascensão, uma jornada nas estrelas



Hoje essa postagem é curta, mas muito poderosa, pois quero indicar mais uma vez através de uma cena curta de um filme, a minha versão de como eu entendo "ascensão" - ou seja - como eu entendo a evolução do ser, depois de humano.



Já escrevi aqui bastante sobre o poder que damos a crença na matéria. Já escrevi bastante sobre como enxergar cada "experiência" e o que ela nos dá de lição. Já escrevi sobre aliens, sobre o engano da existência de naves que atravessam planetas e galaxias para salvar a "raça humana" de uma suposta extinção (??) 

Se há um "estrangeiro" esse somos nós que temos uma passagem curta, pois "eles" estão presentes SEMPRE. São seres multidimensionais e não temos percepção ou mecanismo fisiológico para enxerga-los, senti-los quando em contato direto sem que eles queiram. É como um diálogo com um besouro... Será que ele sabe que você é um ET?

O que quero deixar claro aqui é a forma que eles usam para escravizar os menos informados.
Entenda: não há "corpos" após a morte desse organismo carbono, apenas energia, pura e livre para ir aonde quiser através do pensamento, sem naves, sem casas, sem uniformes, hierarquias, limites, territórios, grupos, comandos, classes, raças, cores, tamanho e tudo mais que nos separa um do outro.

Espero realmente que entendam...
Boas festas
laura botelho

Jornada nas estrelas - nova geração
Episódio que descreve o processo de ascensão de uma civilização.



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos