Google

Translate my page Google

14 de abr de 2011

Fim DESSE mundo


WASHINGTON - o telescópio espacial Hubble e Chandra X-ray Observatory juntaram-se para um estudo mais intrigante sobre explosões cósmicas observadas. Mais de uma semana depois, a radiação de alta energia continua a iluminar e desaparecer de sua localização.

Os astrônomos dizem que nunca viram nada assim tão brilhante, duradouro e variável antes. Geralmente, as explosões de raios gama, marca a destruição de uma estrela massiva, mas as emissões da queima desses eventos nunca duram mais que algumas horas.

Embora a investigação esteja em curso, os astrônomos dizem que a explosão incomum provavelmente surgiu quando uma estrela vagou muito próximo ao furo central da galáxia –buraco negro. Intensas ondas de forças rasgam a estrela distante, e o gás continua a fluir em direção ao buraco...

blá, blá, blá....

Eles nunca viram nada disso antes...

E você, acredita nesse papo pra boi dormir?

O texto na integra aqui = NASA











meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos