Google

Translate my page Google

29 de out de 2016

Video - Documentário sobre Machu Picchu e seus segredos revelados


Para quem gosta de história, arquitetura, arqueologia e mistérios do passado como eu, esse documentário trás à tona muita informação. Deixa muito "doutor" e suas teses sem explicação. 

"Só há duas maneiras de viver a vida: a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse milagre
Albert Einstein.
Eu vivo vendo, vivenciando e aprendendo que nada é milagre, tudo tem explicação, talvez não a explicação que muitos queiram revelar, acreditar e concluir, mas a mais simples é a que conta: seres multidimensionais estão entre nós e nos deixaram pistas para tudo que precisamos saber.

As civilizações nascem, crescem e morrem e está não será diferente, aprenda e prepare-se.

laura botelho

22 de out de 2016

Hangout com laura botelho - Casa Branca alerta seus cidadãos para os próximos 120 dias

"Uma pessoa inteligente
resolve um problema,
um sábio o previne."
A. Einstein




Hoje falarei ao vivo no Hangout do Batista Junior ás 17h sobre temas que abordam os eventos recentes postados aqui por mim.

Entre eles nos chama atenção a publicação da Casa Branca para um alerta sobre Tempestades Magnéticas e suas possíveis conseqüências caóticas para o seu povo nos próximos 120 dias.

Bem como o alerta de vários países para fazerem estoques de água, alimentos, medicamentos e outros utensílios básicos para no mínimo de 10 dias. Alegam as autoridades desses países que esse será um tempo mínimo para que os governantes possam responder com ajuda a seu povo em caso de alguma “catástrofe” – qual seria essa? Isso que iremos levantar hoje.

O importante que desejo nessa conversa com vocês nessa tarde é a de salientar, ressaltar a importância de manter o equilíbrio nos 3 níveis = ESPIRITUAL, EMOCIONAL e consequentemente FÍSICO.

Sem discutirmos essas 3 percepções diariamente não haverá muita chance de lidar bem e sabiamente com o que estamos vivenciando nesse exato momento da história da humanidade.

Destaco aqui alguns trechos de meus textos anteriores para que você entenda minha abordagem nesse Hangout.


A consciência de grupo ordena, cria um evento.
  • Quanto mais desenvolvida for a consciência (conhecimento) de um indivíduo, menor a necessidade de qualquer tipo de dispositivo externo.
  • Quanto maior a dissonância entre as pessoas que contribuem para um campo coletivo, mais distorcido e improvável será seu futuro.
  • A realidade pode ficar estranha quando um espectro de vibração está fora de sincronia com o ambiente.
  • Quando várias pessoas compartilham do mesmo ambiente, seu campo coletivo atrai um conjunto coordenado de experiências. Isso significa que um provável futuro se manifestará para todos que de alguma forma conciliam das mesmas necessidades de aprendizagem.
  • Ondas eletromagnéticas diferem das ondas mecânicas, na medida em que não requerem um movimento que as propague. Isso significa que as ondas eletromagnéticas podem viajar não só através do ar e materiais sólidos, mas também por meio do vácuo.
  • Luz é radiação eletromagnética também conhecida como energia = informação
  • Mais de 99% de cada átomo, das células do nosso corpo é composto de energia luminosa.
  • O DNA envia e recebe informação sobre cada fóton (luz)
  • O DNA reage a linguagem que usamos.
  • Estresse, preocupações ou intelecto hiperativo (sem atenção, ansioso) impede a hiper comunicação bem sucedida. A informação se distorce por conta do constante medo, receio do futuro.
  • Com as emoções alteradas passamos do foco da previsão e prevenção para a urgência da ordem.
  • A eficiência do sistema imunológico humano parece particularmente suscetível aos efeitos das flutuações do campo eletromagnético (EMF)
  • Dias de altas tempestades magnéticas se correlacionam com aumento de crimes violentos, alucinações, psicocinese e os fenômenos de poltergeist.

Por isso, os filmes de terror exploram dias chuvosos, com relâmpagos à noite, tempestades e o surgimento de fantasmas e assassinos em série.


Aprendendo com o Caos.
  • Há um ponto no processo da vida chamado “limite do caos”.
  • Um ponto entre a ordem e o caos. Se nos aproximamos demais da ordem ela se cristaliza, congela – se nos fixarmos demais nos caos, nos fragmentamos.
  • A mudança quebra o ciclo, reescreve novos pensamentos, novos pontos de vista, uma re-impressão, um novo ângulo sobre nossas experiências.
  • Caos nem sempre é uma coisa ruim. Caos não significa desordem absoluta. A desordem é um estado comum na natureza, a organização é uma exceção!
  • Tudo no Universo tem a capacidade de se auto ajustar, auto organizar.


  • As adaptações de nossos ancestrais humanos a novas mudanças climáticas foram moldadas pela INSTABILIDADE ambiental, e a busca pela sobrevivência os forçou a desenvolver ações e habilidades para cada tipo de situação, não se “especializando” em determinado assunto.
  • Ter um campo abrangente de informação, aumentam as chances para lidar com uma série de situações e ambientes diferentes fazendo com que tenhamos novas maneiras de ver o mesmo evento e criar novas capacitações, habilidades necessárias para seguir em frente e atingir nossas metas.
  • A magia do caos é a auto-organização, homeostase.
  • A ciência passou a ver no caos uma das forças centrais do universo que promove a evolução, onde as mudanças são feitas pelo sistema de recalcular, reinventar e modificar uma estrutura, a fim de se adaptar, se desenvolver, evoluir a mente.
  • Não adianta resistir aos sistemas caóticos, pois estão além de todas as nossas tentativas de previsão, manipulação e controle. Os antigos sabiam e nos avisaram.

O futuro que “eles” querem nos ditar não pode ser imposto, pois o “determinismo” não cabe nessa dimensão do livre arbítrio.

Somos nós, indivíduos, que ditamos o que queremos ver e acreditar, portanto o futuro será o que a “massa crítica” – Campo mórficoÉter - Akasha inconsciente coletivo – seja lá o símbolo gráfico que queira dar – irá orientar para um futuro provável!

Uma estrutura que irá ruir (e já está ruindo, com certeza), mostrará a todos que as mudanças são urgentes, são necessárias para que possamos dar um salto quantitativo de conhecimento, não só sobre a natureza das coisas, mas sobre nós mesmo...


Então, espero sua participação pelo Chat do ambiente do Youtube ás 17h.

Laura botelho


20 de out de 2016

O Pentágono alerta; o bicho vai pegar !

Vídeo do Pentágono prevê um futuro terrível e “inevitável” para a humanidade até o ano de 2030.

Um suposto vídeo, alegado como criação do Pentágono para orientar soldados americanos a se prepararem para o caos social iminente, está causando reboliço na WEB.
 
Sábado deixarei aqui o vídeo do Hangout
e mais informações sobre esse bate papo
O título do vídeo que "dizem ser produzido pelo Pentágono", tem 5 minutos de cenas dramáticas cotidianas, dessas que vemos todos os dias na TV, com o título de: “Megacidades: Futuro Urbano, a Complexidade Emergente”.

O vídeo apresenta favelas, catástrofes ambientais, crime organizado, guerra civil, tudo ilustrado com cenas de caos social, descritas por um locutor de voz empostada, nada diferente desses “vídeos caseiros” que assistimos por aí do tipo; “fim do mundo”.

Tem legendas.


O mais intrigante é que o texto não retrata essa guerra urbana como sendo patrocinada por terroristas, velhos conhecidos. Pelo contrário; o seu maior inimigo, alertam, pode ser o seu vizinho!

"As megacidades são sistemas complexos onde as pessoas e as estruturas são compactadas em conjunto de forma que desafiam tanto a nossa compreensão do planejamento da cidade e doutrina militar". "Este futuro é terreno fértil, incubadoras e plataformas de lançamento dos adversários e ameaças híbridas."

Achei interessante esse movimento (de repente) de alertas para todos os lados. Governos Alemão, Checo, Português e outros alertam seus cidadãos para estocar alimentos, água e tudo mais que necessitam para no mínimo de 10 dias, isso porque os governantes acreditam que não terão como atender rapidamente a população caso um evento “de proporções gigantescas” ocorra nos próximos anos (meses?).

Megacidade é o termo que defini uma cidade com mais de 10 milhões de habitantes. Até 1950 não existia nenhuma megacidade, mas em 2013 já havia um número considerável delas pelo planeta.

A maioria dessas cidades está situada em países emergentes ou de terceiro mundo, com altos índices de criminalidade, crescimento demográfico, pobreza, falta de saneamento básico, poluição, violência urbana e congestionamento, dentre outros. Um coquetel explosivo pronto para ser agitado com apenas um evento básico.

O vídeo foi usado como parte de um curso de "Avançado de Operações Especiais e Combate ao Terrorismo", oferecido pelo Jsou no início deste ano, para uma aula sobre "A ameaça emergente Terrorismo".

Jsou é operado pela US Special Operations Command, voltado para a preparação de forças de operações especiais "para moldar o futuro ambiente estratégico, fornecendo educação profissional militar conjunta especializada, desenvolvimento de SOF graduação específica e de pós-graduação, programas acadêmicos e pela promoção da investigação de operações especiais."

Que tipo de “evento” catastrófico poderia ocorrer? São tantos, mas podemos citar os mais fáceis:

Blackout (apagão generalizado) de uma Megacidade como Rio de Janeiro, por exemplo, Nova York, ou Paris.
  • Sem energia elétrica não há água, não há movimento das bombas nas adutoras para levar água aos centros urbanos.
  • Sem água e sem luz, não há serviços básicos como fornecimento de alimentos, higienização nos hospitais, refrigeração, combustível, dinheiro (caixas eletrônicos) etc
  • Sem água, alimentos e dinheiro, não há segurança.
Não esqueçamos do Furacão Katrina (agosto/2005) matou mais de 2.000 pessoas - em Nova Orleans (USA) - vítimas subseqüentes das inundações, deslocando cerca de 1,5 milhões de habitantes para outros ambientes não familiarizado.
 
Nova Orleans (2005)
Foi observado em estudo adiante o evento Katrina que os recursos pré-desastre podem influenciar o grau de exposição aos efeitos psicológicos e de saúde dos desastres. Este foi claramente o caso com o furacão Katrina, onde as comunidades de baixa renda, de cor, foram mais vulneráveis ao seu impacto (Adeloa, 2008). 

A maioria da classe alta e famílias de renda média evacuadas antes da tempestade e lugares garantidos em hotéis, ou com a família e amigos em outras cidades, quase não experimentaram privações, estresse e medo, problemas pós traumáticos.

Descobriram que, entre os sobreviventes que não evacuaram de Nova Orleans, mais de 1/3, faltava um meio de transporte.  Além disso, aqueles que são pobres tendem a receber e atender menos aos avisos de evacuação, aumentando seu risco de exposição.  

A pesquisa indicou que os indivíduos com maiores recursos tanto econômico, quanto de instrução, têm menos perdas e menos estresse como resultado de desastres.

A desigualdade entre pobres e ricos vai aumentar em caso de uma catástrofe de grande proporções.

A luta pela sobrevivência resultante em meio a escassez de recursos elementares de vida dará a tônica dessa batalha sangüenta e futura.

Os menos afortunados invadirão prédios bacanas das orlas marítimas. Invadirão triplex e coberturas - que sem eletricidade - não terão como barrar o ir e vir de seus ocupantes. Os pobres vão correr atrás do que a sociedade não os deu, ou tirou deles a chance de te-lo.

As tensões étnicas e religiosas serão um elemento a mais nessa disputa territorial. Os militares precisarão “se reinventar”, porque será cada vez mais difícil identificar e atacar os inimigos misturados em meio à população.

"Estamos diante de ambientes que os senhores da guerra nunca previram", "Estamos diante de uma ameaça que nos obriga a redefinir a doutrina e a força de formas radicalmente novas e diferentes." Esse é o nosso mundo do futuro, para o qual não estamos preparados”.
adverte o narrador no vídeo.

Até Sun Tzu, autor do livro: “A Arte da Guerra” foi citado como exemplo estratégico: “evite as cidades, ou as cerque”.

No final do vídeo a mensagem fecha com chave de ouro através de uma simples imagem: Um soldado usando uma máscara, sugerindo a possibilidade de ataques terroristas com armas químicas ou biológicas...

O vídeo foi produzido de forma privada “pro-bono” na primavera de 2014 com base em “Megacidades e o Exército dos Estados Unidos"... "...foi feito para uma audiência militar interna para iluminar os desafios de operar em megalópoles" disse o porta-voz do Exército William Layer

A falta de abertura e fechamento dos créditos do vídeo em questão não aparecem. Não sabemos se foi cortado, adaptado para ser exposto aos civis. O importante é que está sendo viralizado por aí e não custa nada dar uma olhada nas imagens escolhidas por eles.

Já vimos esse filme antes?
O Ultimo homem da Terra? (1964) - A última Onda? (1977) - Mad Max? (1981) Equilibrium? (2002) - Os filhos da esperança? (2006) - A estrada? (2009) O livro de Eli? (2010) – Melancolia? (2011) – O Dia depois de amanhã? (2004) 2012? (2009) - Guerra Mundial Z? (2013) - Divergentes? (2014)

Todos com os mesmos temas; fim de uma civilização e início de outra – e as várias maneiras de acabar com ela.

Enfim, esse tema sobre fim de ciclo é meu carro chefe. Meus textos exploram as inúmeras maneiras de nos preparamos para o que virá pela frente, ou o que já está acontecendo, mas teimamos em não acreditar.

Sábado, dia 22 de outubro 2016 falarei ao vivo no Hangout do Batista Junior às 17h sobre tudo isso. 

Será um bate papo informal com outros convidados na sala virtual no youtube que postarei aqui. Levantaremos questões que precisamos debater daqui em diante.

Não dá mais para esperar, não dá mais para duvidar que algo está para mudar o rumo da nossa história. 

A Casa Branca emitiu um comunicado para alertar seus cidadãos para os próximos 120 dias, sobre efeitos das tempestades magnéticas – Governo Alemão e outros pedem para seu povo faça estoque de comida e água e agora esse vídeo suspeito...

Eu trabalho com PREVENÇÃO e prevenção precisa de informação, muita informação, e sobre isso que daremos no sábado a você. O Vídeo do Hangout será postado no sábado nesse meu BLOG para que você assista quando quiser a gravação do encontro.

O tempo urge e pelo visto só temos 14 anos (2030) para esse impacto.
Eu já estou me movimentando, e você?

laura botelho



18 de out de 2016

Asgardia, a vida fora da Terra.


Stargate SG-1 foi um seriado de TV com 214 episódios ao longo de 10 temporadas, produzido pela Metro-Goldwyn-Mayer. A série estreou em 27 de julho de 1997 e seu último episódio foi em 13 de março de 2007.


A história de Stargate SG-1 começa quando o governo dos Estados Unidos descobre que um dispositivo alienígena antigo chamado Stargate pode acessar uma rede de dispositivos em uma infinidade de planetas. 

SG-1 é uma equipe de operações especiais de elite dos Estados Unidos da Força Aérea que exploram a galáxia e defender a Terra contra ameaças alienígenas. A série explora principalmente a mitologia egípcia, mitologia grega, mitologia nórdica e lenda do rei Artur, nos dando o caminho das pedras.

Resuminho do seriado de 1997 que você não viu.
Asgard é uma raça de aliens com tendências pacificadoras. São seres extremamente avançados tecnologicamente que vagueia pela Terra, assumindo o papel de “protetores” das redondezas, da Via Lactea que é seu quintal. Eles criaram a mitologia Nórdica e propagam todo tipo de crenças religiosas, bem como toda a tecnologia que dispomos hoje: muita corda para nos enforcar.

Seus corpos não possuem a glândula supra-renal, que produz adrenalina em seu sistema. Eles tinham altura aproximada de 2m e geralmente se reproduziam sexualmente, mas sua biologia foi alterada gradualmente a partir do momento que tentaram usar meios científicos para prolongar artificialmente sua vida útil, tal qual estamos fazendo nesse exato momento.

Os padrões mentais de um Asgard são preservados por "download" em cristais de memória de computador e colocados em um novo corpo clonado tornando um Asgard efetivamente imortal à custa da incapacidade de se reproduzirem sexualmente, o que impediu que o processo natural de evolução e ascensão de suas almas torna-se possível sem assistência tecnológica.

O "moderno" Asgard mede cerca de um metro de altura, com tons acinzentados de pele, membros magros pequenos, grandes cabeças e olhos negros.

Como já disse aqui zilhões de vezes, 

Richard Dolan tem avisado em muitas palestras por aí que tem documentação farta que demonstra que esses bichinhos cinzentos estão criando uma nova civilização separatista.  Usam os militares e governantes corruptos para a promoção e manutenção do encobrimento desses seres tecnologicamente avançados.

Segundo os pesquisadores, uma civilização separatista é um termo que se refere a um grupo secreto dentro de uma nação ou a sociedade que promove uma agenda oculta muitas vezes envolvendo avanços tecnológicos que, eventualmente, levar ao recurso a independência da comunidade pai. 

Muitos renomados cientistas, políticos e pesquisadores já tentaram nos alertar sobre esses avanços na agenda, mas a humanidade não está apta a enxergar essas pistas, ainda, a menos que alguém esfregue na sua cara.

O senador já falecido do Havaí, Daniel K. Inouye presidiu o Comitê Seleto do Senado sobre a assistência militar secreta ao Irã em 1987 e disse em bom tom com todas as letras:

"Existe um governo sombra com a sua própria Força Aérea, a sua própria marinha, o seu próprio mecanismo de captação de recursos e a capacidade de exercer as suas próprias ideias sobre o interesse nacional, livre de todas as verificações e balanços, e livres da própria lei."

Asgardia
Asgard é derivado do nórdico antigo - Ass , deus + garðr , ansu - espírito, demônio, essencialmente significa "jardim dos deuses



Projeto Asgardia
Um novo país chamado Asgardia, em homenagem a cidade mitologia nórdica nos céus, poderia ser a primeira nação já criada no espaço e terá seu primeiro movimento entre 2017 e 2018.

O grupo de arianos que está por trás dessa brilhante ideia  inclui peritos espaciais baseados fora do Canadá, Romênia, Rússia, e os Estados Unidos que anunciaram essa “novidade” em uma conferência de imprensa em Paris dia 12 de outubro do corrente ano.

Seu conceito central é lançar um satélite robótico dentro dos próximos 18 meses e, em seguida, eventualmente, seguir com uma estação espacial permanente, onde as pessoas poderão viver, trabalhar e ter suas próprias regras e regulamentos, comunica um membro fundador.

Em última análise, os organizadores prevêem "um escudo protetor para toda a humanidade das ameaças naturais à vida na Terra, tais como detritos espaciais, ejeções de massa coronal e colisões de asteróides, de acordo com um comunicado de imprensa.

"Devemos deixar [a Terra], porque isso é muito na natureza da humanidade. A humanidade deixou a África e cobriu todo o mundo. Os recursos da Terra serão esgotados". "Em terceiro lugar, gostaria de dizer, nós temos um desejo de ir onde ninguém foi antes."

Pensamento fedorento de Ram Jakhu, diretor do Instituto de Direito Aéreo e Espacial e membro fundador de Asgardia da Universidade McGill,

Os “especialistas” em treinamento de jumentos, projetores de Asgardia, estão convidando você a se juntar nessa furada milenar.
 
OLHO DE HÓRUS?
https://asgardia.space/
Quem desejar participar dessa virada na história humana, será dada a preferência para as primeiras 100 mil pessoas que se inscreverem antes do lançamento do primeiro satélite - e todos os procedimentos de cidadania típicos que são usados ​​na Terra serão seguidos. Isso não significa que a cidadania Asgardian não estará disponível para todas as pessoas na Terra, independentemente da sua jurisdição terrena.

O conceito do projeto compreende três partes - filosóficos, jurídicos e científicos / tecnológicos. E é difícil dizer qual delas é a mais importante.

A filosofia do projeto - Asgardia é uma nação plenamente desenvolvida e independente, e futuro membro da Organização das Nações Unidas - com todos os atributos que este estatuto implica: um governo e embaixadas, uma bandeira, um hino nacional e as insígnias, e assim por diante.

Os primeiros Asgardianos serão aqueles que trabalham nos domínios da investigação e exploração espacial e tecnologia espacial, bem como investidores nestas áreas, incluindo os pequenos investidores.

A essência da Asgardia é paz no espaço, bem como a prevenção de conflitos da Terra que estão sendo transferidos para o espaço. A princípio jurídico fundamental é que Asgardia não interferirá nas relações entre estados na Terra - e vice-versa.

Que papo furado... e segue a carruagem.
Saiu no dia seguinte um comunicado de imprensa enviado pela Casa Branca aos cidadãos americanos e afins.


Segue o texto traduzido e devidamente reduzido - e link do site da Casa Branca

Gabinete do Secretário de Imprensa
Para divulgação imediata
13 de outubro de 2016
Ordem Executiva
- - - - - - - 

Pela autoridade investida em mim como Presidente pela Constituição e as leis dos Estados Unidos da América, e preparar a nação para eventos espaço de tempo, fica ordenada da seguinte forma:

Seção 1. Política. eventos climáticos espaço, na forma de erupções solares, partículas energéticas solares e perturbações geomagnéticas, ocorrem regularmente, alguns com efeitos mensuráveis ​​sobre os sistemas de infra-estruturas críticas e tecnologias, tais como o Sistema de Posicionamento Global (GPS), operações de satélite e comunicação, aviação, e a rede de energia elétrica. 

Eventos extremos do clima espacial - aqueles que podem degradar significativamente infra-estrutura crítica - poderiam desativar grandes porções da rede de energia elétrica, resultando em falhas em cascata que poderiam afetar os principais serviços como abastecimento de água, saúde e transporte. O clima espacial tem o potencial de afetar e prejudicar a saúde e segurança por todos os continentes simultaneamente. Com sucesso se preparando para eventos de clima espacial é um esforço de toda nação que exige parcerias entre os governos, gestores de emergência, universidades, meios de comunicação, indústria de seguros, sem fins lucrativos e do setor privado.

É a política dos Estados Unidos para se preparar para eventos espaço de tempo para minimizar a extensão dos prejuízos econômicos e sofrimento humano

A implementação desta ordem e do Plano de Ação exigirá do Governo Federal trabalhar em todas as agências e para desenvolver, como parcerias adequadas, avançadas e inovadoras com Estado, tribal, e os governos locais; academia; organizações sem fins lucrativos; o sector privado; e parceiros internacionais. Estes esforços reforçar a preparação nacional e acelerar a criação de uma nação-espaço-tempo pronto.

O secretário de Defesa deve assegurar o fornecimento oportuno de espaço operacional observações meteorológicas, análises, previsões e outros produtos para apoiar a missão do Departamento de Defesa e parceiros de coalizão, incluindo o fornecimento de alertas e avisos para os fenômenos do clima espacial que podem afetar sistemas de armas, operações militares, ou a defesa dos Estados Unidos.



 (J) Os chefes de todas as agências que oferecem suporte a funções essenciais nacionais, definidas pela Diretiva Presidencial Política 40 (PPD-40) de 15 de Julho, 2016 (Política Nacional de Continuidade), devem assegurar que o espaço eventos climáticos são tratadas de forma adequada em suas todos os riscos planificação da preparação, incluindo a mitigação, resposta e recuperação, conforme indicado pelo PPD-8 de 30 de Março de 2011 (National Preparedness).
Sec. 5. Implementação. 
(A)  No prazo de 120 dias a contar da data desta ordem, o secretário de Energia, em consulta com o secretário de Segurança Interna, deve desenvolver um plano para testar e avaliar os dispositivos disponíveis que mitiguem os efeitos das perturbações geomagnéticas na rede de energia elétrica através o desenvolvimento de um programa piloto que implanta tais dispositivos, in situ, na rede de energia elétrica. 

(B)   No prazo de 120 dias a contar da data desta ordem, os chefes das agências setoriais que supervisionam as funções de infra-estrutura de linha de vida crítico como definido pelo Plano Nacional de Proteção de Infra-estruturas de 2013 - incluindo comunicações, energia, transporte e água e sistemas de águas residuais -, bem como dos reatores nucleares, materiais e Setor de resíduos, devem avaliar o seu executivo e autoridade legal, e os limites da autoridade competente, para dirigir, suspender ou controlar operações críticas de infra-estrutura, funções e serviços antes, durante, e depois de um evento do clima espacial. Os chefes de cada agência específica para o sector deve incluir um resumo destas avaliações à Subcomissão.

Sec. 7. Definições. Tal como utilizado neste pedido:

(A)         "Prepare-se" e "preparação" têm o mesmo significado que eles têm em PPD-8. Eles referem-se às medidas tomadas para planejar, organizar, equipar, treinar e exercício para construir e manter as capacidades necessárias para prevenir, proteger, mitigar os efeitos de, responder e se recuperar de as ameaças que representam o maior risco para o segurança da nação. Isso inclui a previsão e notificação de eventos espaço de tempo.

(B)         "clima espacial" significa variações no ambiente espacial entre o Sol e a Terra (e em todo o sistema solar) que pode afetar tecnologias no espaço e na Terra. Os principais tipos de tais eventos são erupções solares, partículas energéticas solares e perturbações geomagnéticas.

(C)         "Alargamento solar" significa uma breve erupção de energia intensa sobre ou perto da superfície do Sol, que é tipicamente associada com as manchas solares.

(D)         "partículas energéticas solares" significa íons e elétrons ejetados do Sol que estão tipicamente associados a erupções solares.

(E)         "perturbação geomagnética" significa uma perturbação temporária do campo magnético da Terra resultante da atividade solar.
(F)          "infra-estruturas críticas" tem o significado fornecido na seção de 1016 (e) da Lei Patriota dos EUA de 2001 (5195c 42 USC (e)), ou seja, sistemas e ativos, seja física ou virtual, tão vital para os Estados Unidos que a incapacidade ou a destruição de tais sistemas e ativos teria um impacto debilitante sobre a segurança, a segurança econômica nacional, a saúde pública ou a segurança nacional, ou qualquer combinação desses elementos.

Esta ordem não se destina a, e não, criar qualquer direito ou benefício, material ou processual, executável perante a lei ou na equidade por qualquer das partes contra os Estados Unidos, seus departamentos, agências ou entidades, seus diretores, empregados , ou agentes, ou a qualquer outra pessoa.

BARACK OBAMA

A CASA BRANCA,
13 de outubro de 2016.

 ------------------------------------------------------------------------------------------

Que será que esses caras estão aprontando...

laura botelho

OBama fala sobre Aliens e nos diz que eles estão no controle



Já postei esse vídeo aqui várias vezes, mas talvez você não tenha ligados os pontos, mas agora vai. Kennedy foi silenciado, pois colocava em risco a agenda, a toda a evolução do processo até nossos dias. As coisas ficarão tensas para muitos, mas não para todos. Quem tem a informação tem poder de escolha.



14 de out de 2016

Video - imperdível, registros de pés gigantescos na Síria

Monte Hermon, encontra-se no meio da fronteiras Síria e Líbano, protege dos humanos o conhecimento e os mistérios que envolvem os gigantes (nefillins) na Terra - anjos caídos.

São áreas onde poucos podem chegar e a guerra organizada pelos Controladores do Tempo nos afasta de explorar esses sítios que ficam restritos a um grupo muito pequeno de pessoas  que manipulam a história.

Pesquise mais e se souber de mais dados sobre esse local, mande pra mim. 
Assista logo esse vídeo, pois vão tirar do ar. 

laura botelho

12 de out de 2016

Videos - passeio na maior piramide do mundo, no Mexico


Piramides e seus mistérios...
Bons documentários para assistir numa tarde bucólica. 

laura botelho




Enigma das Piramides - documentário Chileno TV La Red, programa "mentiras verdadeiras"



Desde 1995, mergulhadores e cientistas japoneses estudam uma das mais importantes descobertas arqueológicas do planeta, misteriosamente ignorada pela imprensa ocidental.
Localizada a alguns quilômetros da ilha de Yonaguni, estão os restos submersos de uma cidade muito antiga. Os estudos geológicos calcularam a idade destes monumentos como tendo 11.000 anos de idade, o que os colocaria como uma das edificações mais antigas do planeta.

10 de out de 2016

Video - documentário HUMANOS

Lindo documentário - imagens de tirar o folego. 
Tem legenda, basta escolher sua língua. E já sabe, assista antes que tirem do ar. 

laura botelho

Humanos - cineasta e artista Yann Arthus-Bertrand passou três anos coletando histórias da vida real de 2.000 homens e mulheres em 60 países. Trabalhando com uma equipe dedicada de tradutores, jornalistas e cinegrafistas, Yann capta profundamente momentos pessoais e emocionais de temas que nos une; lutas com a pobreza, a guerra, a homofobia, e para o futuro do nosso planeta misturado com momentos de amor e felicidade.

5 de out de 2016

Fraternidade Branca, a família de Julian Assange


Julian Assange nasceu em 1971, fundador do site Wikileaks, veio a público ontem com a maior cara de pau prometer que irá detonar uma bomba sobre Hillary Clinton já na próxima semana. 

Recapitulando a história desse sujeito:
O nome de domínio wikileaks.org foi registrado em 4 de Outubro de 2006 elaborando e publicando seu primeiro documento em dezembro de 2006.  

Julian Assange tem sido predominantemente apresentado ao público desde janeiro de 2007 como "o coração e a alma desta organização”.

WikiLeaks não tem nenhuma sede oficial e se baseia em algum grau com ajuda de mais de 1.200 voluntários registrados de todas as partes do planeta.  Os SERVIDORES que hospedam o site estão na Suécia, isso porque tem uma das leis mais fortes do mundo para proteger as relações fonte-jornalista confidenciais.

Segundo o site WikiLeaks, o seu objetivo é:
 "levar notícias e informações importantes para o público ... Uma das nossas atividades mais importantes é publicar material original ao lado de nossas notícias que os leitores e os historiadores igualmente podem ver a evidência da verdade "

Outro objetivo da organização é garantir (?) que os jornalistas e denunciantes não sejam processados por e-mails, documentos sensíveis ou classificados. 

Depois de ter divulgado documentos sigilosos dos americanos – que inexplicavelmente não têm seus servidores protegidos contra pessoas “perigosas” como o Assange – foi acusado de espionagem, mas como qualquer julgamento, Assange precisaria ser extraditado para os Estados Unidos e encarar a lei, portanto, arrumaram um jeito simples de torná-lo “invisível” a esse poderio estadunidense.

Depois de Bin Laden, Assange é o cara mais difícil de ser capturado, mesmo todos sabendo seu CEP. Assange não foi suicidado por ter vazado "segredos" americanos, o que nos causa muita estranheza, em se tratando de violação de documentos americanos. Muita gente sumiu do planeta por muito menos.


Anna Ardin, uma amiga sueca de Assange o “acusou” de estupro, e desde novembro de 2010, Assange tem sido objeto de extradição para a Suécia, onde é procurado para interrogatório... vai esperando

Assange não poderia permanecer na Suécia, pois seria extraditado para os Estados Unidos com todas as pombas – o que estaria dificultando os planos de quem criou essa besta. O plano então, seria o de alojar o cara, confortavelmente, na Embaixada do Equador em LONDRES (agosto de 2012) indefinidademente, tornando-o “intocável” perante aos olhos dos otários que acreditaram nisso.

Julian Assange foi abandonado pelo pai ainda criança, mas quando Julian tinha 8 anos de idade, sua mãe, Christine, se casou com um membro da  "Fraternidade Branca" - também conhecida como "A Família” ou “Santiniketan Park Association, um hospital psiquiátrico de status privado nos arredores de Melbourne, Austrália, uma colônia com cerca de 200 membros, com ideias de uma “Nova Era”. 

Os membros dessa comunidade eram todos profissionais respeitados como psiquiatras, médicos - 25% eram enfermeiros - advogados e empregados civis, bem como assistentes sociais.

Entre os anos de 1960 e 1980, o Parque Santiniketan recebeu a visita da CIA e de acordo com Assange,  seus pais se separaram a partir de um culto entre a data de 1982 e 1990. Isso é tudo que Assange tem dito sobre o assunto, alegando que ele não se lembra da senhora Hamilton-Byrne ou qualquer coisa sobre o culto.   

Este culto está bem documentado a partir das investigações da Austrália e processos judiciais em destaque na mídia. Basta você querer pesquisar.

Julian ASSANGE partiu aos 20 anos para a Cisjordânia nos territórios palestinos, como um membro da "The Brotherhood", um "grupo cristão" que protestava as terras israelenses no território palestino.   

A operação Fraternidade Branca de Hamiliton-Byrne, aparentemente, era uma continuação do Lebensborn

A "Família" estava relacionada com a Nazi "Lebensborn e V", uma organização fundada em dezembro de 1935 como uma "associação devidamente registrada" - sob a autoridade da SS "bureau de extermínio" - que ostensivamente promovia o aumento da população em “declínio” da “raça pura ariana" na Europa. 

Lebensborn é um programa de criação de seres de raça pura que escolhe a dedo, voluntárias do sexo feminino para procriação. O projeto incluiu assistentes sociais que fazem triagem nas escolas e hospitais na Alemanha e na Europa de olho em lactentes e crianças que se encaixam nos traços da eugenia nazista.  

Havia (acabou?) mais de 30 dessas instalações em toda a Europa e milhares de crianças foram enviadas para locais como hospitais / academias para introdução da programação de controle da mente

Embora Hamilton-Byrne permaneça em silêncio, os membros da Fraternidade Branca sobre sua direção, dizem que ela “previu” um holocausto global que acabaria com a maioria da humanidade e ela estaria preparando as crianças como "herdeiros da Terra", sem que as crianças soubessem disso.

Cerca de 28 crianças foram 'recolhidas' sob a custódia da diretora, Anne Hamilton-Byrne , uma teósofa de carteirinha, que se apresentava as crianças como sua mãe biológica - apesar sua idade tornar isso impossível - e todos os outros membros da irmandade eram apontados como seus "tios ou tias”- mesmo que alguns destes fossem os verdadeiros pais biológicos de alguns deles.   
  
Os membros da seita disseram que as crianças foram coletadas para um "experimento científico" selecionadas por seus traços arianos.  

Mengele foi o arquiteto do MK-ULTRA, protegido pelo Escritório de Serviços Estratégicos (OSS) Operação Paperclip projetos secretos da CIA

A família de Hamilton-Byrne foi provavelmente uma das muitas células em um programa de pós-guerra nazista e certamente Ardin (a acusadora de estupro de Assange) é um agente duplo que faz parte dessa seita.


Grande Fraternidade Branca, Blavatsky, arianos, VRIL & SS são uma coisa só. Tenho dito isso aqui zilhões de vezes.

Mas você não precisa acreditar em mim, basta fuxicar na WEB e ligar os pontinhos.

O Diretor Rosie Jones passou anos cavando mistérios perturbadores desse grupo new age denominado “A família”. Com os sobreviventes e os membros do culto contando suas histórias, juntamente com as polícias australianas e internacionais que trabalharam no caso.

Este documentário abaixo expõe não apenas o que aconteceu dentro da seita ainda operacional, mas também dentro da comunidade conservadora em Melbourne que permitiu que “a família” florescesse.

O filme “A família” (2016) entra em cartaz sexta-feira, dia 7 e domingo 09 de outubro de 2016 em um Festival em Melbourne/ Austrália.

Agora, cá entre nós...
Tanta coisa rolando nos bastidores da conspiração e o danado do Assange deixa essa história de fora? E vai jogar bomba na Hilary? O que será que eles estão tramando? Investigue você também.

Laura botelho

4 de out de 2016

Outra Guerra Mundial, um evento iminente

A morte não é nada para nós, pois,
quando existimos, não existe a morte,
e quando existe a morte,
não existimos mais.
Epicuro

O Serviço de Inteligência canadense publicou um impressionante diagnóstico de potenciais riscos e ameaças a seus cidadãos para até o ano de 2018 e acredito que sirva a nós também.

Trago esse assunto tão importante aqui, não com intuito de te assustar, de causar mal estar e medo, mas, e tão somente, de alertá-lo com informações que nos são sonegadas dia a dia.

Quem tem CONHECIMENTO tem PODER – poder de mudar sua vida, suas metas, mudar seu destino. Tem poder de fazer ESCOLHAS assertivas para sua evolução.

Quando não temos informação, conhecimento de alguns fatos do dia a dia nos tornamos presas fáceis para os CONTROLADORES do TEMPO. E tudo que “eles” não querem é que saibamos sobre os movimentos das pedras, da próxima jogada, dos traçados da agenda dos deuses.



É sabido desde os primórdios da humanidade que os deuses nos controlam como gado, um rebanho de ovelhas e delegam alguns pastores humanos para levar e dirigir a massa humana para onde precisam. Fazem isso com tal orquestração e facilidade que muitos custam a crer que isso possa ser possível.

Mas acredite, é fácil, é possível, é visível, porém a massa não QUER VER, não deseja CRER nessa hipótese, pois está confiante que SEU DEUS poderá mudar seu destino... E vai! E infelizmente com SEU CONSENTIMENTO.

Abaixo ofereço um resumo simplista do documento Canadense, onde destaquei partes mais relevantes do estudo e o diagnóstico para seu futuro. Como não estamos sozinhos nesse planeta - estamos todos ligados uns aos outros - esses relatos nos ajudam também a nos preparar para o que virá pela frente...

Um olhar sobre 2018
O programa correu numa iniciativa de encomendar a 5 pensadores globais - a partir de setembro de 2015 a maio de 2016 – a explorar os mecanismos que influenciam os principais riscos de segurança e ameaças potenciais relacionadas com as regiões específicas do mundo e temas até o ano de 2018.

O resultado deste relatório é uma análise de uma ampla gama de desafios relacionados com a China, o Oriente Médio, Rússia, armas de destruição em massa e de Ciber Segurança, que oferecem uma dinâmica que pode influenciar um futuro próximo global. Esse estudo não está muito longe no futuro, de modo a tornar-se excessivamente abstrato, portanto merece nossa atenção.

Visão global
  • Ao longo dos próximos dois anos, existe um perigoso e elevado potencial de instabilidade global.
  • Tanto a China e a Rússia têm líderes com agendas de políticas externas agressivas, capazes de gerar confrontos diplomáticos e militares
  • Conflitos no Iraque, Síria, Líbia e Iêmen vão continuar. 
  • Vários grupos de milícias complicam as tentativas de acabar com a violência nesses países, enquanto filiais do Estado Islâmico no Iraque e do Levante (ISIL) e Al-Qaeda espalham insurgência e terrorismo ataques em todo o Oriente Médio, África, Ásia e cidades na Europa
  • Coréia do Norte como um desenvolvedor de armas nucleares e mísseis balísticos continua a ser um país de grande preocupação. 
  • Potências nucleares Índia e Paquistão, ambos, continuam a ter uma relação de confronto. Apesar do desafio, eles provavelmente tentarão usar "bombas sujas" (químicas).
  • O potencial de uma força estrategicamente destrutiva é alta para a tecnologia Internet - mesmo dentro dos próximos dois anos. 
  • A política externa dos EUA continua a ter muita influência sobre o comportamento dos países do Oriente Médio e Ásia. Portanto, a política externa do eleito a presidência em novembro de 2016 será um dos principais determinantes da dinâmica internacional ao longo dos próximos 2 anos.
China em uma encruzilhada
Presidente Xi Jinping afirmou a importância de um líder supremo, visionário. Ele agora está empenhado em criar um culto de liderança pessoal que não pode ser facilmente revertida. 

As ligações entre as políticas chinesas, reações regionais e intenções dos EUA, aumentam o potencial de conflito, possivelmente estimulada por uma decisão do Tribunal Internacional na disputa do Mar do Sul da China

Oriente Médio
A instabilidade no Oriente Médio tem sido impulsionada pela questão não resolvida do papel da religião na vida pública. O comando ISIL tomou território, declarou o estabelecimento de um califado, e instituiu as suas próprias estruturas de governança. 

A noção do califado é muito popular para muitos dentro do mundo muçulmano. Seja qual for o seu destino final, o califado ISIL vai servir como um modelo para futuras milícias extremistas que acreditam que podem assumir o controle do território e estabelecer uma estrutura de governança. 
Ameaças cibernéticas
Cyber-insegurança continuará a ser uma grande ameaça para os Estados, empresas do setor privado e indivíduos

A alta taxa de inovação tecnológica, o domínio de, off-the-shelf software comercial, e à crescente proliferação de entidades com software embutido e imutável significa que o potencial de ciber-ataque ficará à frente das capacidades de defesa.

Interdependência baseada em redes ligadas faz com que importantes sistemas altamente vulneráveis ​​ao colapso rápido e catastrófico requererão uma fase de reparação prolongada

Considerado do ponto de vista dos temas abordados nesta revisão, o período 2016 - 2018 devem ser avaliados como riscos significativos de acontecimentos desestabilizadores e aumento da tensão internacional.



O presente e futuro do islamismo político
A repartição do Oriente Médio não começou em 2011.
Desde 1924, quando o califado otomano foi formalmente abolido, tem havido um esforço para estabelecer uma ordem política legítima no Oriente Médio. 

Quanto é que a religião importa?
Em um comunicado em setembro de 2014, o porta-voz do ISIL Abu Mohamed al-Adnani expôs uma vantagem inerente do grupo:

"Ser morto (...) é uma vitória", disse ele. "Uma luta de um povo que nunca pode ser derrotado. Queremos vitória ganhando ou morrendo". “... muitos aderem ao movimento para que eles possam entrar no céu".

Seria um erro, então, ver os movimentos islâmicos tradicionais como partidos políticos tradicionais. Muçulmanos e afiliados da Fraternidade não estão apenas agindo para este mundo, mas também para o próximo

Cada irmão é parte de uma "família", que consiste geralmente de 5 a 10 membros que se reúnem semanalmente para ler e discutir textos religiosos. Sendo uma parte da Irmandade, ajudá-los a obedecer a Deus, os tornam melhores muçulmanos, aumentam as probabilidades de entrar no paraíso e da salvação eterna

Isso não significa que os membros não se preocupam com a política; em vez disso, eles podem ver a ação como política concorrendo a uma vaga no conselho municipal ou aderir a um protesto, como massa, outra maneira de servir a Deus.

Claro, a esmagadora maioria dos muçulmanos não compartilha dessa interpretação rígida do ISIL de religião, mas essa não é a questão mais relevante - ISIL têm uma ampla ressonância entre as populações de maioria muçulmana. 

Eles podem não concordar com a interpretação de ISIL do califado, mas a noção de  um califado é poderosa, mesmo entre os muçulmanos menos radicais.

Uma das poucas pesquisas sobre atitudes em relação a um califado (bem antes do surgimento do ISIL) descobriu que uma média de 65% dos entrevistados no Egito, Marrocos, Paquistão e Indonésia concordaram com o objetivo de "unificar todos os países islâmicos em um único Estado islâmico ou califado".

Os contratos futuros da Rússia para 2018
O Pessimismo caracteriza grande análise de futuros da Rússia. 
Um relatório proeminente sugere que a Rússia enfrenta "crescentes dificuldades internas, incluindo um enfraquecimento da economia e um clima político que sufoca a empresa e a sociedade". 

Tais problemas, o relatório continuou, "pôe em perigo a segurança na Europa e estabilidade na Rússia". Reformas necessárias enfrentam "obstáculos políticos assustadores", enquanto que as influências que arrastam a economia russa em recessão são "estrutural, conjuntural e geopolítica" e "pressões do mercado e de conflitos externos representam desafios adicionais de duração incerta". 

Sergei Karaganov é um  cientista político russo que dirige o Conselho de Política Externa e de Defesa, uma instituição analítica de segurança fundada por Vitaly Shlykov. Ele também é o decano da Faculdade de Economia Mundial e Relações Internacionais de Moscou e Escola Superior de Economia. Foi colaborador próximo de Yevgeny Primakov e tem sido Conselheiro Presidencial para Boris Yeltsin e Vladimir Putin.

Karaganov sugere que; a "guerra é de todos contra todos" no Oriente Médio. Além disso, a forte escalada do conflito entre a Rússia e o Ocidente levou ao aumento da possibilidade de uma guerra em que alguns dizem que é inevitável e o ressurgimento da questão nuclear.

A demografia da Rússia é outro tema frequentemente central para a análise de futuros. O declínio populacional acentuado desde os anos 1980, combinado com baixa fertilidade e envelhecimento da população, tem ramificações negativas a longo prazo, para a economia e militar, e, dada a maiores taxas de fertilidade entre a população muçulmana da Rússia, a mistura étnica da sociedade russa. 

A Rússia tem uma alta taxa de emigração, que também é a segunda maior nação de imigração. Cerca de 300.000 imigrantes chegam na Rússia a cada ano, em média, cerca de 50% dos quais são russos étnicos. 

Da mesma forma, a ameaça do terrorismo na Rússia, tanto no Cáucaso do Norte e jihadismo internacional, é substancial. Mas o governo russo tem implementado robustas medidas de aplicação da lei contra o terrorismo durante a última década e despejou dinheiro em tentativas para resolver o problema.

Um mundo instável
China é outra prioridade e a liderança russa tem mais de uma década procurando melhorar a sua relação com seu vizinho do leste. Isso resultou em uma relação econômica e de segurança ambígua, porém florescente, com grandes ofertas de energia e armas sendo assinadas. 

Há um amplo consenso entre observadores especialistas e funcionários quanto ao fato de que o mundo está entrando em um período de considerável turbulência e insegurança, em parte como resultado de ambas as operações ocidentais de mudança de regime, e em parte como consequência do aumento da concorrência entre os Estados que pode resultar na deflagração de uma guerra. 

Desde 2010, a liderança destinou 20 trilhões de rublos (cerca de US $ 640 bilhões pelo câmbio 2010) para a modernização das forças armadas russas até 2020.

Os planos preveem meio milhão de militares e que 70% das armas das forças armadas sejam modernas. Isso inclui a aquisição de 400 mísseis intercontinentais e submarinos lançadores de balísticos, 20 submarinos de ataque, 50 navios de superfície de combate, 700 aviões de combate modernos, e tanques de mais de 2.000 e 2.000 canhões autopropulsados ​​e monitorados. 
  
Armas de Destruição em massa
Em agosto de 1948, uma comissão da ONU deu ao termo acima uma definição mais específica e técnica:

"armas explosivas atômicas, armas materiais radioativos, químicos letais e armas biológicas, e todas as outras armas desenvolvidas no futuro que têm características comparáveis com efeito destrutivo aos do bomba atômica ou outras armas mencionadas acima ".

A situação atual e situação prevista para 2018 no que diz respeito à proliferação não devem ser exageradas. Em termos de capacidades adquiridas, os nomes que aparecem na maioria das vezes em fontes abertas são, em ordem alfabética, China, Egito, Índia, Israel, Coreia do Norte, Paquistão, Rússia e Síria. 

Entre agora e 2018, os países que justificam uma vigilância especial (aquisição, transferência ou utilização) será a Arábia Saudita, China, Coréia do Norte, Irão, Paquistão e Rússia.

A Arábia Saudita é sem dúvida o estado de maior preocupação. 
É o único país hoje, que parece ter a motivação, os meios financeiros e as relações bilaterais adequadas (com a China e Paquistão) para modernizar seus sistemas balísticos e adquirir, dentro de um tempo relativamente curto, a base tecnológica necessária para contemplar um programa nuclear militar.

Armas de Destruição em Massa
O desejo de adquirir ADM continuará a depender de:
·         Equilíbrios de poder regional; 
·         Intervenção militar, particularmente a partir de potências ocidentais; 
·         E se regimes são democracias liberais ou autoritárias. 
·         A Percepção do novo presidente dos Estados Unidos será um fator importante.

Arábia Saudita, China, Coréia do Norte, Irão, Paquistão e Rússia são os países de alto risco para aquisição, transferência ou uso de armas de destruição maciça, enquanto a Rússia e Coréia do Norte são potenciais exportadores de mísseis balísticos. A Coréia do Norte continua a ser o país mais imprevisível, com uma potencial capacidade de armas nucleares

A tensão entre a Índia e o Paquistão representa o maior perigo de um confronto direto entre Estados com armas nucleares. Alguns atores não estatais podem utilizar drones para implantar suas armas de destruição maciça. ISIL já tem capacidades químicas

A Coréia do Norte, que em 2018 terá adquirido a capacidade para caber armas nucleares para mísseis de médio alcance (e talvez também em mísseis intercontinentais básicos), continuará a ser uma grande preocupação, dado tendências de Pyongyang para provocações perigosas. 

O risco de que as armas biológicas poderão ser utilizadas em um conflito é extremamente limitado, devido à falta de valor operacional e a pouca precedente, no entanto, a probabilidade de utilização por um grupo não-estado é mais elevada. Isso pode incluir não só os grupos religiosamente motivados, mas também quaisquer outras organizações milenares ou apocalípticas. 

Em todos os cenários, as armas nucleares devem receber atenção especial: eles são a única arma que pode ter um efeito de massa em ambas as estruturas físicas (explosão e efeitos térmicos) e a biosfera (os efeitos acima referidos e radiação ionizante).

Durante os últimos dois anos, a situação geopolítica entre duas grandes potências do mundo agravou ainda mais nas relações EUA-Rússia - parece muito com inicio de uma guerra fria. 

Guerra entre a Rússia e os Estados Unidos
Tanto a Rússia e os EUA são potências nucleares. As duas potências são igualmente capazes de limpar a civilização humana sobre a face da Terra.

Termina aqui a minha análise resumida do documento Canadense.
Espero que você mesmo leia
o conteúdo e faça a sua interpretação dos fatos.

Curiosamente, clarividentes notáveis russos como Pavel Globa, Baba Vanga prevêem que a Rússia se tornará a nação mais poderosa do mundo no próximo período da história. Videntes acreditam que o conflito na Ucrânia vai ser esgotado em 2016 e o Sudeste do país se tornará uma parte da Federação Russa. 

O coronel-general Leonid Ivashov, presidente do Centro Internacional de análise geopolítica da Rússia, estimou a atual situação para Pravda.Ru. 

Como é que vamos responder? A Rússia está pronta para fornecer uma resposta com meios políticos e diplomáticos, assim como os militares”.

Por que os EUA não defendem a Europa a partir do fluxo de terroristas, migrantes, refugiados? Pelo contrário, eles provocam todos estes processos."

"A OTAN não é uma ferramenta de segurança para as nações européias. É ferramenta de agressão, o avanço para os mercados, especialmente os hidrocarbonetos, das corporações americanas e transnacionais

E por que estes atos terroristas acontecem na França, e em especial na Bélgica? Uma das razões é porque a polícia nacional é a certeza de que a OTAN é o principal defensor do terrorismo. E eles mantêm tudo com mentiras. Ainda não está claro quem está por trás desses atos de terror. Para quem é rentável manter o controle da Europa? Os norte-americanos", Leonid Ivashov concluiu.

A crise migratória na Europa ou crise de refugiados, aparentemente deu inicio em 2015, (guerra na Síria começou em 2010), quando um número crescente de refugiados e migrantes  se dirigiu em direção União Européia (UE) para buscar asilo e para melhor padrão de vida.

As três principais nacionalidades dos mais de um milhão de chegadas pelo Mar Mediterrâneo entre Janeiro de 2015 e março 2016 foram síria (46,7%), Afeganistão (20,9%) e do Iraque (9,4%). 

Dos refugiados e migrantes que chegaram à Europa em 2015 pelo mar, 58% eram homens, 17% mulheres e 25% criança.

Os naufrágios ocorreram num contexto de conflitos em curso e crises de refugiados em vários países asiáticos e africanos, o que aumentou o número total de forçar as pessoas a se deslocarem em todo o mundo no final de 2014 para quase 60 milhões, o nível mais alto desde a Segunda Guerra Mundial. 

Acompanhando o andar da carruagem... podemos ver que o relatório Canadense visualizou algum cenário iminente que precisamos ficar atentos.


O Ministério da Rússia de Emergências organiza um exercício de defesa civil, em toda a Rússia (a partir de hoje) 04 de outubro até 07 de outubro de 2016.

Mais de 40 milhões de pessoas, mais de 200.000 especialistas de unidades de resgate e recuperação, bem como mais de 50.000 unidades de equipamentos estarão envolvidos.

Governo alemão fez apelo aos seus cidadãos que estoquem água e comida por no mínimo 10 dias. Por quê? Adivinha.

É curioso observar que os movimentos da primeira e segunda grande guerra foram gerados na Alemanha. Será que estamos vivenciando uma Guerra Fria que está em ponto de ebulição?

Já sabe. Fica esperto, se oriente, investigue as notícias, não deixe passar nada. Eu ficarei daqui postando o que está acontecendo nos quatro cantos do planeta, mas não posso fazer isso sozinha. Todos juntos e atentos a informação têm mais poder de escolhas.

laura botelho

Veja nesse video o que esse Alemão casado com uma brasileira nos fala diretamente seu país sobre essa questão do seu Governo aconselhar estocar comida e água.

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos