Google

Translate my page Google

30 de set de 2016

Video - Aliens do passado, encobrimentos.



Essa é pra você que não tem acesso a esse canal fechado ou desconhece esse programa de TV que estreou em 2011 no History Channel.

O programa expõe hipóteses em vários episódios, apresentando muitos textos históricos, arqueologia ignorada e verificando mitos e lendas que contêm evidências de contato humano com seres não humanos. 

Casos inexplicáveis que não chegam a uma resolução. A "ciência" não se interessa em verificar e analisar os fatos... então, faremos nós esse trabalho.

Um bom video para assistir nesse fim de semana. 
Divirta-se, pois eu vou. 

laura botelho

28 de set de 2016

Partenon, uma construção de Nefilins


Erguido pelos antigos gregos como o templo de Atena, o Partenon foi usado como igreja, fortaleza, depósito de munição e modelo para inúmeros bancos, tribunais e museus ao redor do mundo. 

Foi alvejado, explodido, incendiado, abalado por terremotos, saqueado por suas magníficas esculturas e submetido a restaurações catastróficas. 

Surpreendentemente, Partenon foi reconstruído, graças ao programa de $ 10 bilhões do governo grego para restauração, com isso estudiosos estão, finalmente, desvendando os enigmas do seu projeto e construção

O documentário da NOVA apresenta a história oficial da restauração, que vai muito além dos desafios e controvérsias da conservação de um dos edifícios mais conhecidos do mundo com alguns enigmas monumentais

Como os antigos atenienses construíram seu grande templo com tanta precisão em apenas 8 anos? 
Como conseguiram incorporar distorções visuais tão sutis e agradáveis no layout do Partenon, de modo que haja poucas linhas ou ângulos retos visíveis? 

E o mais desconcertante de tudo, como realizaram tudo isso sem um plano de construção ou projeto, que seria indispensável para um arquiteto moderno?

Além das ferramentas necessárias para apresentar toda essa mega estrutura e levá-la a alturas inimagináveis. Mecanismo que não possuímos hoje para tal feito.

Pense, avalie, explore. Nossa história foi "danificada", fragmentada, encoberta de modo infantil, mas poucos querem enxergar isso. 

Tá na hora de acordar, Cinderela... seu tempo tá acabando. 

laura botelho





22 de set de 2016

Micromegas, uma história de gigantes


"a verdade é mais estranha do que a ficção"

Micromegas é um conto de 1752 do Francês, filósofo e Illuminati (iluminado) Voltaire
Escritor famoso por seus ataques à Igreja Católica e sua defesa da liberdade de religião, liberdade de expressão e separação de igreja e estado.

Voltaire pedia a revisão historiográfica da humanidade, tanto em termos factuais e analíticos. Não só ele rejeitava as biografias tradicionais que reivindicam o trabalho de forças sobrenaturais, bem como sugeria que a historiografia anterior estava repleta de elementos grotescamente falsos e exigiu novas investigações na fonte.

Esta visão de Voltaire não era única da época, o espírito científico do século 18 pedia essa reforma, mas o resultado do movimento foi partidário e dividido em grupos ILUMINADOS (que tinham consciência da nossa histórias).

Um grupo de Iluminados (Illuminatis) queria manter o poder oculto da informação para controlar a massa, a humanidade, já que poucos sabiam ler, escrever e fazer interpretações dos fatos, não tinham conhecimento de nada. Fácil, como controlar crianças de 3 anos com o "bicho papão".

Outro grupo de iluminados (Illuminatis) queria contar a sociedade o que o outro grupo estava tramando, mas eram facilmente derrotados, encarcerados, enforcados, assassinados, queimados, levados a loucura ou ao suicídio. O povo não acreditava neles, a não ser alguns poucos mais informados que se faziam de “tolos” para não serem pegos também.

A estratégia então, foi passar o conhecimento desses fatos para aqueles que tivessem uma percepção maior, um olhar diferente sobre os demais ao seu redor, uma intuição nata e observadora para pistas deixadas pelos Iluminados corajosos. 

Introduzir sinais, textos metafóricos entre as ARTES - as 7 percepções humanas sensíveis a informação do ambiente - seria o começo, o Startup para a evolução da consciência, ainda que em ondas muito fracas.

Quem tem um lado artístico, não tão severamente analítica, racional, tem mais sensibilidade a captar os sinais, enxerga muito mais, sente muito mais e, portanto, tem condições de analisar e entender todo o contexto apresentado pelos Iluminados. 

Voltaire produziu obras em quase todas as formas literárias, incluindo peças de teatro, poemas, romances, ensaios e obras históricas e científicas. Ele escreveu mais de 20.000 cartas e mais de 2.000 livros e panfletos.

Entre seus textos mais curiosos, Micromegas, descrito como gênero de “ficção científica”, ele retrata a ideia de habitantes de outros planetas que vieram visitar a Terra, acredite.

O conto é pequeno, pode-se ler em poucos minutos, contém 7 pequenos capítulos que narra a visita à Terra de um ser de tamanho gigantesco originário de Sirius e de seu companheiro de viagem do planeta Saturno, um ser de estatura bem menor, mais ainda sim, um gigante em  relação aos humanos.

Não vou narrar o livro todo aqui, apenas ressaltar algumas passagens que eu achei muito legal. Caso você queira ler na íntegra, aqui está o PDF grátis para seu deleite.

O Gigante Micromegas tem por volta de 37 metros de altura. Tem quase 450 anos de idade, se aproximando do fim de sua infância. É autor de um livro científico do seu mundo em Sirius que descreve a vida de insetos, que são micros para serem detectados por microscópios comuns. 

Um link nessa história
O nome "Sirius" é derivado do grego antigo (Seirios), que significa "brilhante" ou "opressor". Sirius é um sistema de estrelas, também conhecida como “Estrela do Cão”.

Os antigos gregos observaram que o aparecimento de Sirius emanava influência maligna, anunciando um verão quente e seco, e temiam que isso matasse as plantações, os homens se enfraqueciam e as mulheres ficavam excitadas...

Sirius foi descrita na literatura antiga como algo que "queima" ou "flameja" vindo a ser conhecida como “Dias de cão no verão”. Sacrifícios a Sirius e Zeus eram feitos para trazer brisas refrescantes.

Os romanos celebravam a configuração heliacal de Sirius em torno de 25 de abril sacrificando um cão, juntamente com incenso, vinho, e uma ovelha, para a deusa Robigo para que as emanações da estrela não causassem ferrugem do trigo nas culturas naquele ano e os salvassem da fome e miséria.

Sirius é uma das 27 estrelas na bandeira do Brasil, onde representa o estado de Mato Grosso.

Voltando a Voltaire. (uhmmm... essa foi horrível)
Micromegas desacreditado pela ciência de seu mundo toma isso como um incentivo para viajar por todo o Universo em uma busca de desenvolvimento intelectual e espiritual.

Depois de extensas viagens celestes Micromegas chega a Saturno, onde faz amizade com o secretário da Academia de Saturno, um homem baixo em relação a sua altura, menos de um vigésimo do seu tamanho (um "anão" de 18 metros de altura) que batia na sua canela.

Micromegas relata a seu novo amigo que ele tem visitado mundos onde as pessoas vivem muito mais tempo do que os Sirianos, mas ainda consideram os seus tempos de vida muito curtos. 

Eles trocam informações sobre as diferenças entre seus lares. 
Os Saturninos têm 72 sentidos enquanto o Sirianos têm 1.000. 
Os Saturninos vivem em média 15.000 anos terrestres, enquanto os Sirianos vivem 10,5 milhões de anos em relação aos terráqueos.

Cena do filme: Querida, encolhi as crianças
Esses dois gigantes seres - de alturas diferentes - se unem para se aventurar pelo Universo numa viagem filosófica, mais precisamente em direção ao nosso Sistema Solar.

Eles vão até Marte e não encontram nenhum ser vivo por lá. Seguem até o planeta Terra e dão a volta em torno dela em 36 horas a procura de vida.

“O anão, que às vezes raciocinava muito apressadamente, concluiu a princípio que não havia habitantes na Terra. Seu primeiro argumento era de que não vira ninguém. Micromegas, polidamente, fez-lhe sentir que ele não raciocinava muito bem:
— Como não distingues com os teus pequenos olhos, certas estrelas de quinquagésima grandeza que eu percebo distintamente; concluiu daí que essas estrelas não existem?”

Atravessam os mares e o Saturniano fica apenas com a parte inferior das pernas molhadas. Já o Siriano apenas molha os tornozelos. 

No mar Báltico, a Saturniano avista um pequeno pontinho se movendo e descobre que é uma baleia. Logo depois encontram no Ártico o que poderia ser um navio encalhado. Os viajantes do espaço examinam o barco e curiosamente descobrem formas de vida dentro dela.

Concluem rapidamente que os seres minúsculos são pequenos demais para possuírem inteligência ou até mesmo um espírito, mas com auxílio de uma lente feita de um diamante conseguem ver os humanos e até discutir filosofia séria com eles onde descobrem a capacidade intelectual dos pequeninos.
  
O imenso Siriano decide escrever um livro para os homens da Terra, no qual explicará tudo sobre o Universo e além. Quando o volume é apresentado para a Academia de Ciências de Paris, o secretário abre o livro e descobre que só há páginas em branco. 
(boa metáfora que demonstra o quão invisíveis aos nossos olhos estão os dados sobre a ciência) 

“Vivemos apenas quinhentas grandes revoluções do sol. (O que, pela nossa maneira de contar, dá aproximadamente uns quinze mil anos). Bem vê que é quase o mesmo que morrer no momento em que se nasce; a nossa existência é um ponte, a nossa duração um instante, o nosso globo um átomo. Apenas começa a gente a instruir-se um pouco, quando chega a morte, antes que se tenha adquirido experiência. Quanto a mim, não ouso fazer projeto algum; sou como uma gota d’água em um oceano imenso. sinto-me envergonhado, principalmente diante do senhor, da figura ridícula que faço neste mundo”

O Gigante Gilgamesh, o velho que rejuvenesce.
Muitos conhecem a história do dilúvio bíblico, mas poucos, muito poucos são os que já ouviram falar da história Épica de Gilgamesh

"Uru" originalmente é uma palavra suméria e foi a maior cidade antiga com o nome "Uruk". No entanto, o nome Uru está presente na América do Sul. 

Os "uros", foram os povos indígenas mais antigos do sul do Peru, norte do Chile e da Bolívia região ocidental de uma grande área contígua. Um grupo quase extinto que viveu nas imediações do lago Titicaca nas ilhas flutuantes.



Uruknál faz parte da linhagem comum das populações andinas circundantes, pessoas que provavelmente viveram na região da atual Mesopotâmia há 15.000 anos atrás.

A linhagem genética mostrou que diferente dos grupos indígenas vizinhos, incluindo a Inkáktól e outros grupos pré-incas, apontam a origem distinta das populações Uros no Peru e na Bolívia, que remonta a 3.700 anos atrás na região.

Épico de Gilgamesh
Comparando-se as histórias de inundação na Epopéia de Gilgamesh e do livro do Genesis – escrito, sabe-se lá por quem - há numerosas semelhanças entre os dois scripts. 

Os elementos comuns entre os dois textos deixam muitos pesquisadores desconsertados e os cristãos mais ainda. Acredita-se que os textos babilônios são os textos originais, porque o épico Gilgamesh escrito em acadiano antecede o Antigo Testamento escrito em hebraico.

Epopéia de Gilgamesh aniquila a autoridade da Bíblia
A Bíblia é uma compilação editada e revisada de textos antigos por grupos dominantes que queriam adaptar uma nova imagem a uma nova era, um novo ciclo da humanidade. 

A Epopéia é contada em 12 comprimidos em argila, onde alguns deles estão deteriorados. Mas algumas passagens podem trazer argumentos suficientes para enxergar a trama por trás das religiões. Uma vez que existe uma versão suméria atrás do acádio, o épico, em relação ao livro do Gênesis, é bem mais antigo que a narrativa bíblica, quanto a isso não há duvidas.

O Épico de Gilgamesh é um antigo poema sobre um rei de Uruk que era um semi Deus que foi posteriormente traduzido em dialetos babilônicos. As traduções variam um pouco, e não há cópias do poema completo. 

Tablete 1: Gilgamesh, rei de Uruk, é visto abusando de seus súditos
Tablete 11: Utnapishtim conta a Gilgamesh a história do dilúvio. Os deuses decidiram inundar o mundo e destruir todas as pessoas, mas o deus Ea disse a Utnapishtim para construir um barco grande o suficiente para sua família e seus animais
O barco era para ser coberto com piche e betume. Utnapishtim, a sua família, os artesãos e muitos animais entraram no barco. As chuvas duraram 6 dias, matando todas as outras pessoas. O barco aterrou em uma montanha, e Utnapishtim lançou uma pomba, uma andorinha, e um corvo antes de abrir a porta e deixar todo mundo sair. 

Na Rússia, nas montanhas do Cáucaso, não muito longe das cidades Tzelentzchik, Touapse, Novorossiysk e Sochi, existem centenas de monumentos megalíticos denominados dólmens datadas de 10.000 anos a 25.000 anos atrás

Nos links em azul eu conto essa história bem melhor. 

Existem inúmeras lendas entre as várias tribos nativas americanas, a partir dos Comanches, no norte e outras tribos do sul, que falam de uma misteriosa raça de gigantes de pele branca que habitavam aos milhares na América do Norte anos atrás, antes de desaparecerem misteriosamente da face o planeta.

Em seu livro "História dos índios Choctaw, Chickasaw e Natchez" (1899), Horatio Bardwell Cushman escreve: "A tradição dos Choctaws”

Há muitas evidências hoje que sugerem que os seres gigantes, de fato, caminharam sobre a Terra e de acordo com o Chefe das tribos americanas, um grande espírito eliminou a raça de gigantes brancos, quando eles esqueceram tudo sobre a justiça e misericórdia, tornando-se muito orgulhosos

Descreve uma raça de gigantes que uma vez habitou o Estado de Tennessee, e com quem seus antepassados ​​lutaram quando eles chegaram no  Mississippi em sua migração a partir do oeste. Sua tradição confirma o Nahullo (uma raça de gigantes).

Os índios Navajos, outra tribo antiga, oferecem relatos sobre gigantes na Terra. Chamavam esses seres de Starnake, descrevendo-os como uma raça de gigantes brancos dotados de tecnologia de mineração que dominou o Ocidente, escravizando tribos menores, e tinham fortalezas por toda a América. Eles foram extintos ou voltaram para o céu, segundo suas observações.

No México antigas lendas astecas mencionam a existência de uma raça de gigantes. Na mitologia asteca estes gigantes são referidos como o Quinametzin. Curiosamente, os Quinametzin foram os construtores da cidade de Teotihuacan e Tlachihualtepetl.

Volto a lembrar que “mitos”, “lendas”, são símbolos gráficos que nos remetem a experiência de algo “imaginário”, nunca provado, contos populares, ficção...

Antes do desenvolvimento da ciência moderna o átomo era apenas uma ideia filosófica, uma suposição que escapava da nossa experiência sensorial e como podemos perceber, as informações são para poucos, para grupos seletos.

Observe mais, deixe a intuição fluir. Relaxe a guarda, amplie os sentidos. A estratégia da metáfora, do lúdico tem sua finalidade e não somente a de entreter e quando puder assista a esse filme, "Jack, o caçador de gigantes". É interessante observar que os gigantes eram submissos aos "reis", a coroa, a um Senhor dos anéis... 

laura botelho




16 de set de 2016

Video - Cidade Submersa considerada "mito"

Heracleion - o reino perdido de Cleópatra
Durante séculos pensou-se que fosse uma lenda, apenas um mito, uma cidade de extraordinária riqueza mencionada por Heródoto, na visita de Helena de Tróia e Paris, e que estaria enterrada no fundo do mar...

Essa descoberta é antiga, mas vale a pena rever alguns fatos no vídeo que deixo logo abaixo - e insisto em dizer que: a ideia de “mitos”, “lendas”, são evidencias que não podem ser “confirmadas” – ainda.

A lula gigante era considerada um mito, folclore, até que em 2004 um cinegrafista Japonês registrou em câmera uma delas... Portanto, continuarei a apresentar alguns fatos e fotos que possam abrir nossa visão para aquilo que não nos contam realmente.

Acredita-se que a cidade de Heracleion serviu como porta de entrada obrigatória para o Egito para todos os navios que vinham do mundo grego - chamada por esses de Thonis – que desapareceu da nossa visão cerca de no mínimo 1200 anos atrás, e recentemente encontrada.

A cidade está localizada dentro de uma área de pesquisa na parte ocidental de Aboukir, no Egito, submersa no oceano aberto e localizada pelos franceses arqueólogos subaquáticos da equipe de Franck Goddio em 2000. 

Até então, os estudiosos não tinham certeza se Heracleion (ou Thonis) eram de fato uma única e mesma cidade. Mas agora têm certeza. 

Os investigadores acreditam que a cidade foi coberta pelas águas no Mediterrâneo depois de um grande terremoto que abalou a região.

Tábua de pedra
Os arqueólogos encontraram uma cidade quase intocada pelo tempo, cheia de estátuas colossais, comprimidos hieroglíficas e moedas de ouro e jóias, bem como mais de 64 navios - o maior número de navios antigos já encontrados em um só lugar - e 700 âncoras.

Entre as descobertas mais notáveis ​​está a de uma tabuleta de pedra gigante que identificou a localização da cidade perdida. A laje de granito preto descreve o decreto de Faraó Nektanebos l, que institui um imposto de 10% (Dizimo) sobre deuses gregos em favor de um templo para a deusa Neith.

Entende agora que essa coisa de religião e dinheiro é mais antiga que andar pra trás?

Espero que você assista a esse documentário e pense bem em tudo que eu posto aqui. Faça ligações, investigue e analise os fatos. Nessa história da humanidade, não existe segunda chamada... eles estão avisando.

Laura botelho

14 de set de 2016

Hillary Clinton está morta?


O que está acontecendo nos bastidores americanos?

Um clipe da WABC New York anunciou displicentemente que Hillary estava morta. 
Se isso não fosse suficiente, ABC postou um artigo informando que ela morreu, mas foi rapidamente removido.


É fato que as pessoas não acreditam que um Governo possa mentir tanto e tão descaradamente assim, mas eles contam justamente com essa incredulidade natural do ser humano diante de algo que não faz sentido.

O que não faz sentido? 
Eles usaram um duble da Hillary. Todos os grandes repteis têm um duble, uma nova casca, isso porque não é fácil manter a forma humana diariamente. 

Não tecerei mais comentários. Fiz essa postagem rapidamente para que você mesmo pesquise o que está acontecendo. 

Lembrando que Hillary passou mal na data de 11 de Setembro 2011- Data evento do ataque as torres gêmeas. 

Vamos ver o que acontece daqui em diante... o jogo pode mudar dramaticamente.

laura botelho





Marcos Valério depõe. Lula está ligado ao caso Celso Daniel



Nós adoramos assuntos "conspiratórios", mas desde que sejam assuntos de países vizinhos. 
Quando o assunto mexe com nosso "quintal" o povo tende a virar o rosto pro lado, acha que não é bem assim.

Assista parte do depoimento de Marcos Valério (Mensalão) ao Dr. Sergio Moro.
Perguntas diretas e respostas rápidas, sem rodeios.

Veja como estamos sendo manipulados há anos por forças bem sinistras. 
Um grupo mafioso de grande amplitude e de raízes bem fortes cresceu na nossa vista, mas não percebemos sua dimensão... 

Espero que toda essa experiência que estamos vivenciando nos sirva para o futuro e que a gente cresça muito e além das nossas expectativas. 

Assista rápido, pois já sabe... vão tirar do ar. 

laura botelho




13 de set de 2016

Ameaça Global. Obama avisou em 2015


Veja trechos do discurso de formatura para a classe Coast Guard Academy of 2015.
Acredito que muitos não ficaram sabendo desse texto, mas achei melhor trazer neste momento, pois as peças estão se encaixando

e uma imagem está surgindo claramente...

"Os melhores cientistas do mundo sabem que a mudança climática está acontecendo", disse Obama. "Nossos analistas na comunidade de inteligência sabem que a mudança climática está acontecendo."

O presidente americano Barack Obama disse aos formandos da Guarda Costeira que a mudança climática é uma "séria ameaça à segurança global."

"A mudança climática afetará tudo o que você fizer em suas carreiras

"Este não é apenas um problema para os países da costa ou certas regiões. A mudança climática afetará todos os países do planeta."

"A mudança climática constitui uma séria ameaça à segurança global, um risco imediato para a nossa segurança nacional", disse aos graduados "e, não se enganem, ele irá afetar o modo como os nossos militares defendem nosso país. e por isso precisamos aCT- e precisamos agir agora "

"Em Miami e Charleston, ruas agora inundam na maré alta. Ao longo das nossas costas, as milhares de milhas de rodovias, estradas, vias férreas e instalações de energia são vulneráveis", disse Obama. "Estima-se que um aumento adicional no nível do mar de um pé - apenas um pé - até ao final deste século poderia custar nossa nação $ 200 bilhões."

"Como uma nação, enfrentamos muitos desafios .... No entanto, mesmo como enfrentar ameaças como o terrorismo, não devemos e não podemos ignorar um perigo que pode afetar as gerações ", disse Obama.

laura botelho

Assista antes que tirem do ar - está legendado

No mesmo dia que o discurso de Obama, a Casa Branca lançou em PDF uma coletânea de informações que descreve os impactos da mudança climática sobre a segurança nacional e internacional, bem como as novas exigências que colocam sobre os recursos militares. 

"As implicações de segurança nacional de um Clima em Mudança"



4 de set de 2016

Contato com um Ser Multidimensional em Pachacamac - Peru

"Talvez estejamos falando de um
grande experimento sociológico
para ver a reação do mundo
a um incidente desta natureza",
diz o pesquisador Vicente Fuentes.

Evento ocorrido em 22 de agosto (14 dias trás) de 2016, por volta de 3:49 da manhã num posto de gasolina no km 29, da estrada Panamericana Sur - no distrito de Pachacamac – uma das 43 Províncias de Lima, Peru. 


Um ser estranho foi gravado com a câmera de segurança de um posto de gasolina, mas trabalhadores no local sentiram sua presença e correram para registrar a “coisa” que flutuava em sua frente.

O material foi enviado modestamente por um engenheiro que trabalha em controle ambiental para avaliação da Ufóloga - Ana Luisa Cid. Esse distrito apresenta muitos avistamentos de ufos e está próximo do Santuário Arqueológico de Pachacamac

Pela narrativa das testemunhas a criatura foi vista e acompanhada de perto seu trajeto até o meio da estrada, sendo atropelada duas vezes caminhões que trafegavam no momento, mas que nada aconteceu. Levantou-se e seguiu em frente seu caminho e desapareceu.

O Ser observado de perto é azul, tem no máximo 1 metro de altura, cabeça desproporcional ao corpo (grande) e é muito brilhante e se transmuta pela paisagem com facilidade.

O Dr. Anthony Choy, um ufólogo peruano de destaque fez uma investigação minuciosa no local e entrevistou testemunhas como o jovem Juan Mauricio Morales que contou que não pode se aproximar do ser, pois uma força estranha o impedia de chegar perto, não se movia, tendo uma sensação de pressão no peito. Assim que voltou aoa controle de seu corpo, chamou seus colegas para seguir a “coisa”.


Os funcionários do Posto de Gasolina, Juan Mauricio Morales (que filmou com seu celular), Jessica Farfan, Oliver Suazo e Cesar Gutierrez (segurança), concordam que foi algo muito estranho, o ser tinha olhos vermelhos e movimentos robóticos.

Essas pessoas também foram abordadas logo em seguida por pessoas estranhas que chegaram em um carro preto, às 3:30 da manhã, mas não estavam trajando preto...

O resto eu deixo para Você investigar. Divirta-se
Laura botelho

Fuxiquei e achei o Posto de Gasolina no Perú onde ocorreu o evento - é esse aqui


Vídeo Original camera interna do Posto de Gasolina


Flagrante no posto de gasolina


Investigação mais direta

3 de set de 2016

Inferno de Dilmun


"Nada é mais maravilhoso do que a arte de ser livre,
mas nada é mais difícil de aprender a usar do que a liberdade".
Alexis de Tocqueville
político francês e intelectual

A palavra símbolo - “Mandala” - em sânscrito é interpretado como “círculo", "conclusão", “ciclo”, referindo-se a um dispositivo geométrico de cunho sagrado comumente usado ​​na prática religiosa do hinduísmo e budismo tibetano que oferece um mapa simbólico do universo e caminho para a libertação da reencarnação.

1568 
óleo sobre tela, “The Descent into Hell” 
San Cassiano, Veneza
A palavra "Mandala" é um composto resultante do prefixo manda, = "essência", e o sufixo la, = "recipiente" ou "possuidor". Por conseguinte, "a etimologia da palavra" mandala não sugere apenas um círculo, mas um "recipiente da essência."

Ano chinês 4714
O ano novo chinês sempre é comemorado em datas diferentes a cada ano, pois sua regência é feita pelo calendário lunar, que difere do nosso ocidental que é regido pelo calendário solar.

O ano novo chinês em 2016 deu início a partir de 08 de fevereiro de 2016 e irá até 27 de janeiro de 2017.

É também o ano do Macaco, o animal mais auspicioso do horóscopo chinês. Este ano pertence ao elemento Fogo, portanto, é o ano do Macaco de Fogo. A cor da sorte para 2016, segundo o horóscopo chinês, é o vermelho.

A cultura chinesa está entre as mais antigas do mundo. Enquanto o resto do mundo está nos primeiros anos do terceiro milênio, a cultura chinesa está em seu quinto milênio. (Quinto Sol)

ARCONTES
Em psicologia gnóstica e a ciência noética das Escolas de Mistérios, Arcontes ou anjos, são uma força “alienígena” que invade a mente humana - subliminarmente - e desvia nossa inteligência para longe das aplicações adequadas para nossa evolução. O propósito desses anjos é o de manter a raça humana sobre vigília, como cães pastores de ovelhas que trabalham para manter todos no mesmo ambiente e sobre controle.

Eles existem como uma espécie independente da humanidade. Existem como uma presença em nossas mentes, como um conjunto de programas que operam em nosso ambiente mental. Sua técnica mais bem sucedida é a de usar ideologia religiosa para insinuar o seu modo de pensar e, com efeito, conduzir seus pensamentos dentro de cada alma. 

Arcontes são forças multidimensionais que agem por intermédio de sistemas autoritários, incluindo sistemas de crenças, de modo a levar os seres humanos a se voltarem contra seu potencial inato.

Os Arcontes não são maus.
Eles não têm poderes de destruição direta sobre seres humanos, são apenas agentes do erro, do desvio de finalidade e necessitam da cumplicidade humana para ganhar poder sobre a humanidade. Eles não têm nenhum poder real, além da manipulação, a fim de chegar a um acordo, e seu objetivo é pegar as almas, para alimentá-lo no ciclo da reencarnação.

Os Arcontes estão presentes em todas as estruturas e sistemas autoritários que negam a autenticidade e auto determinação do indivíduo. 

Caráter fundamentalmente corrupto de todos os empreendimentos humanos e instituições: Tempo, História, poderes, estados, religiões, raças, nações ..."
(Os gnósticos, p. 24)

A corrupção não acontece porque nós cometemos erros, mas porque os erros cometidos não são corrigidos

O Novo Testamento chama os dois "poderes" - bom e mau - ("esquerda e direita"), os controladores do destino de cada homem.

Dilmun (ou Telmun) (não é piada da minha parte, pesquise)
Foi um país antigo mencionado em toda a história da Mesopotâmia a partir do 3º milênio aC. considerado como uma das mais antigas civilizações do Oriente Médio.

Com base em evidência textual e um consenso acadêmico, aponta que Dilmun abrangeu os países de Bahrain, Kuwait,  Qatar e as regiões costeiras da província oriental da Arábia Saudita no Golfo Pérsico, terras conquistadas pelo rei Sargão de Akkad e seus descendentes.

Dilmun foi um importante centro comercial, que no auge de seu poder controlava as rotas comerciais do Golfo Pérsico. Dizem que os sumérios consideravam Dilmun como um lugar sagrado, um trajeto comercial, uma fonte de cobre, e um comércio entreposto.

Dilmun, muitas vezes descrito como "o lugar onde o sol nasce" foi palco do mito da criação sumeriana na épica história de Enki (pai) e Ninhursag (mãe) como o local em que a criação dos seres escravos ocorreu.

Em 1922, Eduard Glaser propôs que o Jardim do Éden (onde se deu a criação de escravos humanos) estava localizado na Arábia Oriental no seio da civilização Dilmun.

O Inferno
é um conceito medieval da primeira parte da "Divina Comédia" de Dante Alighieri, escrito no início do século XIV. Um inferno descrito como "uma grande fornalha" cujas chamas não oferecem "nenhuma luz, mas sim escuridão visível". Para qual etapa do “inferno” você será enviado dependerá do “pecado” cometido.

Fora do inferno, mas também sofrendo punição, estão às pessoas que nunca fizeram nada de bom nem de mal. São punidas pela neutralidade, vagando por toda a eternidade sendo picadas por vespas e tendo o sangue bebido por larvas...

Dante mostra em seus textos um rio de sangue fervente repleto de pessoas culpadas, piras de fogo para os hereges e um deserto onde chove fagulhas de fogo sobre pessoas que cometeram blasfêmias e homossexualidade.


Nono Círculo habita o diabo
Dante em sua concepção coloca o diabo na parte mais profunda do inferno, o nono círculo, entretanto, o demônio está imerso em gelo até a cintura e sempre enfrenta frio, mesmo no calor do inferno. Apesar de todo o fogo, Milton também diz que em algumas regiões do infernogelo, neve, granizo e ventania...

Nove círculos.
De acordo com a descrição de Dante, são nove círculos concêntricos de sofrimentos localizados no centro da Terra que se afunilam conforme ficam mais profundos.

O limbo
Primeiro Círculo do Inferno de Dante é residido por virtuosos não cristãos e pagãos não-batizados que são punidos com a eternidade em uma forma inferior do Céu. Eles vivem em um castelo com 7 portões que simbolizam as 7 virtudes.

[O software Amstrad PCW de processamento de texto usou o termo "no limbo" para se referir a arquivos que foram apagados, mas que ainda podem ser restaurados.]

Luxuria
No segundo Círculo do Inferno, Dante destaca a luxúria, onde seus praticantes são impedidos de encontrar paz e descanso pelo desejo de prazeres carnais.

A Gula
O terceiro círculo do Inferno as almas dos comilões são punidos por serem forçados a mentir para manter seus vícios como alimentos, bebidas e outros prazeres mundanos. 

A Ganância
No quarto círculo do Inferno as almas das pessoas são punidas por ganância, divididos em dois grupos – os acumuladores de posses e aqueles que generosamente esbanjam demais. 

A Raiva
O quinto círculo é o lugar onde o mal humorado e enfurecido não é bem sucedido, mesmo após muitas lamúrias.

A Heresia
O sexto círculo é um cemitério que abriga vários grupos hereges entre eles, aqueles que não acreditaram na existência de Deus e de Jesus Cristo como Seu Filho, como os seguidores das doutrinas de Epicuro.

[A doutrina de Epicuro entende que o sumo bem reside no prazer, uma doutrina muitas vezes confundida com o hedonismo. O prazer de que fala Epicuro é o prazer do sábio, entendido como quietude da mente e o domínio sobre as emoções e, portanto, sobre si mesmo. É o prazer da justa medida e não dos excessos. O mais alto prazer reside no que chamamos de saúde.]

A Violência
O sétimo círculo é dividido em três anéis. No anel interno são blasfemos e sodomitas, residente em um deserto de areia ardente e queima de chuva caindo do céu.

A Fraude
O oitavo círculo é residido por falsos profetas, políticos corruptos e falsificadores

A Traição
O nono e ultimo círculo do inferno é relativo a gravidade do pecado e seus residentes estão congelados em um lago gelado. Aqueles que cometeram o pecado mais grave estão imersos mais profundamente dentro do gelo.

1848: O Ano das Revoluções

Em 1848, houve um grande aumento na alfabetização popular em poucas décadas anteriores e as ideias espalharam instantaneamente. Eles carregaram notícias de todo o mundo em navios a vapor e o telégrafo trouxe conectividade inimaginável e informações, acelerando a informação a partir de um lugar para outro sem nenhum respeito a censores ou muros das cidades. 

Em 1848, houve revolta na Sicília, Nápoles, Roma, Florença, Toscana, Piemonte, Baden, Wurttemberg, Nassau, Hesse-Darmstadt, Baviera, Saxónia, Veneza, Milão, França, Dinamarca, Holanda, Prússia, Áustria, Hungria, Praga, Suécia e Bélgica. 

Revoluções são eventos violentos e aceleraram a evolução.
Houve uma insurreição na Irlanda e tumultos em Londres e Glasgow. A Rainha Victoria foi enviada para a Ilha de Wight para a sua proteção. Descontroladamente entusiásticos liberais alemães proclamaram o Volkerfruhling: “Primavera dos Povos"

A nova liderança foi composta de bem intencionados e totalmente inexperientes acadêmicos e estes foram totalmente incapazes de atender às demandas por salários mais altos, comida barata ou estabilidade econômica. A esquerda pregou sobre a abolição da propriedade privada e em maio de 1848, a esquerda radical francesa quase conseguiu tomar o poder através de um golpe. 

No entanto, após sucessos iniciais espetaculares, a maioria das revoluções de 1848 não conseguiu cumprir suas promessas utópicas. Seu fracasso pode nos ajudar a prever os eventuais resultados da nossa atual safra de revoluções...

A liberdade é uma conquista mental, uma paz interior e um talento para enfrentar “revoluções” com serenidade. Vamos passar por mais essa e o aprendizado é que fica.

O inferno não é um “lugar”, mas um estado de espírito... o diablo é aquilo que separa, divide emoções e comportamentos. Se você consegue entender toda essa dinâmica dessa metáfora, você está fora do limbo e fora dessa mandala que nos mantém aqui. Continue firme.

Laura botelho

Em outubro nos cinemas 


meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos