Google

Translate my page Google

31 de out de 2013

Fadas existem? Acho que achamos uma.



Estamos atravessando um momento muito sutil nessa era em que nos encontramos. Um instante em que todos os paradigmas estão sendo quebrados, destruídos ou, na pior das hipóteses, reformulados. Não duvidar de alguma coisa nesse momento, está cada vez mais difícil, mas muito necessário.

É fato que temos tecnologia sofisticada que pode reproduzir o impassável e nos enganar facilmente. Mas ainda assim, teremos que ponderá sobre o que nossos pais, governantes, mestres, professores nos ensinaram, nos fizeram crer, pois há muita coisa que estamos percebendo que não bate com o passado "histórico" narrado da humanidade. 

Será que um dia iremos rir da nossa inocência, da nossa infantilidade em não crer que "muitos mundos" possam existir e que muitos mundos interagem conosco o tempo todo, mas fomos programados para não enxerga-los?

Será que o "novo sol", ou o novo mundo do qual os antigos falavam, está se descortinando na nossa frente, diante de nossos olhos? Ou será um desejo inconsciente de querer mudanças radicais desse velho mundo? 

Não sei você, mas eu adoro mudanças e gosto de novidades, de novos horizontes e desafios. Me enfadonha a mesmice, cretinice e a velhice das mentes estagnadas que desejam que nada mude para que não tenham que mudar sua posição, sair do lugar ou rever suas falas.

Um amigo, Marcos Serra, sabe que adoro esses temas "esotéricos" e me enviou um vídeo sobre um programa de uma TV estrangeira de língua espanhola, que aborda a existência de um "corpo", aparentemente de um ser biológico com características só pensadas em contos infantis. Esse "organismo" foi pesquisado e explorado pelo biólogo Enrique Ortiz que atesta sua veracidade, ou seja, não é um brinquedo, um modelo de massinha, ou algo parecido. 

Eu só posso dizer que ainda veremos muita coisa bizarra que nossos antecessores nos fizeram crer que fazem parte de um "mito", lendas ou folclore, mas que na verdade são eventos reais que não podem ser revelados, pois isso destruiria seus planos de controle.

Já imaginou se todos acreditarem que a morte não existe e que podemos transitar em muitos "mundos", bastando desejar? Se nós acreditarmos nisso, bye, bye cercado! adeus prisão!! 

laura botelho

28 de out de 2013

1994 - Mensagens dos céus para 62 crianças




"Procurar uma fonte extraterrestre a partir da expectativa de um sinal de rádio 
é provavelmente uma presunção cultural similar 
a pesquisar uma galáxia de um bom restaurante italiano" 
(Terence McKenna, 1991)

A necessidade de um mensageiro, de um canalizador, implica diretamente em como receber essa informação. Visto que vivemos num mundo dual, em duas ordens, duas “realidades” diferentes, o conteúdo se manifestará (materializará) conforme o grau de evolução de cada SER. A compreensão do que está sendo passado e recebido – traduzido e entendido – é muito particular, próprio da capacidade de entendimento de cada um.

O mito do mensageiro é a metáfora das duas dimensões. 
O “mensageiro” ou canalizador, tem algo de ambos os reinos, e por isso pode se mover entre um mundo e outro, que necessariamente não reflete o “mundo” de todos. É necessário entender a mecânica da percepção – daquilo que está recebendo e como está sendo traduzido pelos nossos filtros (crenças)

O “mundo” que estamos experimentando é dual – polarizado – uma armadilha entre muitas dimensões. Um paradoxo, um labirinto. E a ferramenta para sair dele é a nossa intuição. 

E é através desse conjunto de conhecimentos arquivados em cada célula de nossos corpos que precisamos resgatar, despertar, fazer renascer das cinzas.


"Conhecimento: a asa com que voamos para o céu"
(Francis Bacon) Shakespeare

Thoth foi o mensageiro com a cabeça de um IBIS – um pássaro. Uma espécie de cegonha. Para os Egípcios, a "alma era como os pássaros". Ornis, palavra grega para "pássaro", também significa "presságio", que se tornou em avis.  

Para as religiões cristãs os anjos são mensageiros de deus, e assim vemos Thoth, o pássaro, o escriba dos deuses, Hermes Trismegisto com asas em seus pés ou simplesmente como o mensageiro Arcanjo Miguel. 

A palavra hebraica para anjo é "malach" o que significa mensageiros. A Bíblia hebraica usa os termos - malakhi Elohim = "Anjos de Deus" - malakhi Adonai = "Anjos do Senhor" - b'nai elohim = "filhos de Deus" - ha-qodeshim = "os santos” – todos referentes aos seres interpretados tradicionalmente como mensageiros angelicais.

E por falar em anjos...
Na manhã de 16 de setembro de 1994, professores e funcionários da escola Ariel em Ruwa, Zimbabwe, Africa, foram surpreendidos quando os alunos com idades entre 5 a 12 anos de idade relataram que um objeto voador havia pousado no terreno da escola e seres com olhos estranhos lhes passaram mensagens...

As crianças da Escola Ariel - Processo n º 96. 
Texto resumido - UFO AFRINEWS 1994 por Cynthia Hind 

Na sexta-feira 16 de setembro, cerca de 10:15h, 62 crianças da escola Ariel, uma escola primária privada em Ruwa (cerca de 20 km de Harare) estavam em um intervalo de aulas no meio da manhã. 

De repente, eles viram três bolas de prata no céu sobre a escola. Estes desapareceram como um flash de luz e, em seguida, reapareceram em outro lugar. Isso aconteceu três vezes e então eles começaram a se mover em direção à escola quando um deles pousou (ou pairou) ao longo de uma seção do terreno acidentado composto por árvores, arbustos espinhosos e um pouco de grama cortada marrom-acinzentada com brotos de bambu.

Não é permitido as crianças a entrar nesta área, embora seja adjacente ao seu campo de brincar e não está vedado seu uso, mas por conta do ambiente favorável a cobras, aranhas e talvez outras criaturas nocivas, as crianças evitam o local. Há uma linha de postes de eletricidade e de acordo com um menino, o objeto seguiu nessa linha antes da aterrissagem. Há também alguma controvérsia sobre se o objeto pousou no chão ou pairou sobre ele. 

Na terça-feira, 20 de setembro, eu fui (Cynthia Hind) para a escola com um repórter da BBC, assim como o meu filho e Gunter Hofer, um jovem que constrói o seu próprio equipamento elétrico, ou seja, um contador Geiger, um detector de metais e um magnetômetro, para experimentar e ver se o objeto deixou qualquer vestígio para trás. 

O diretor da escola é o Sr. Colin Mackie, que foi mais cooperativo e, embora ele nunca tivesse se envolvido com UFOs ou seja um crente sobre o assunto, disse que ele acreditava que as crianças tinham visto o que eles disseram que viram. 

Pude entrevistar cerca de 10 ou 12 crianças mais velhas e isso foi gravado pela televisão BBC. Uma testemunha, Barry D., disse que tinha visto três objetos sobrevoando, piscando em luzes vermelhas. Eles desapareceram, e reapareceram quase imediatamente, mas em outro lugar. Isso aconteceu cerca de três vezes. O consenso da opinião era de que um objeto caiu na área em que eles indicaram cerca de 100 metros de onde eles estavam na borda do campo de jogo da escola. Em seguida, um pequeno homem (de aproximadamente 1 metro de altura) apareceu no topo do objeto. 

Johfra Bosschart. Sua arte está magicamente combinada a partir de três fontes
 baseados em estudos de psicologia, religião, a Bíblia, astrologia, 
antiguidade, magia, bruxaria, mitologia e ocultismo. 
Resumindo: Johfra sabia demais e desenhou pra gente.

Ele caminhou um pouco pelo chão áspero, tornou-se ciente das crianças e desapareceu. Ele, ou alguém muito parecido com ele, então, reapareceu na parte de trás do objeto. O objeto decolou muito rapidamente e desapareceu. 

O homenzinho estava vestido com um terno preto apertado que era "brilhante" de acordo com uma menina observadora (11 anos de idade). Ele tinha um pescoço comprido e magro, enormes olhos como bolas de rugby. Ele tinha um rosto pálido, com longos cabelos negros que iam abaixo de seus ombros. 

Sugeri a Mr. Mackie antes de visitar a escola e antes das crianças serem entrevistadas, para que as crianças desenhassem o que tinham visto e agora temos cerca de 30 - 40 desenhos, alguns dos quais são muito explícitos e claros, embora alguns sejam bastante vagos. 

As idades das crianças variam de 5/6 a 12 anos. Tenho 22 fotocópias dos desenhos mais claros como o Sr. Mackie gentilmente me permitiu escolher aquelas que eu queria. A maioria das descrições são semelhantes, mas algumas das embarcações são obviamente 'discos voadores', e me pergunto quantas dessas crianças tiveram acesso aos meios de comunicação. 

As crianças variam em culturas: existem crianças negras, brancas e asiáticas. Uma menina me disse: “Juro por todos os cabelos na minha cabeça e toda a Bíblia que eu estou dizendo a verdade"  Eu podia ver o prazer em seu rosto quando eu disse a ela que eu acreditei nela. 

Johfra Bosschart
As crianças menores de 5-7 anos estavam muito assustadas na hora e correram gritando: "Ajuda-me, ajuda-me". Quando as crianças mais velhas perguntaram por que eles estavam dizendo isso, a resposta foi: “Ele está vindo para nos comer”. Eu diria que isto se aplica mais para as crianças negras africanas que têm lendas de _tokoloshies_ onde monstros comem crianças.

Seus professores estavam em uma reunião e não saíram dela. Quando eu questionei o diretor sobre isso, ele disse que as crianças sempre gritavam e gritavam durante o recreio e ninguém achava que havia algo incomum acontecendo. O único outro adulto disponível na época era uma das mães que estava executando o Tuckshop. Quando as crianças chegaram a chamá-la, ela não acreditou neles e não quis sair: ela não estava preparada para deixar o Tuckshop com toda a comida e dinheiro. 

Gunter e os homens cuidadosamente examinaram o solo ao redor, onde as crianças tinham visto o objeto, mas não teve nenhuma reação no contador Geiger ou qualquer outro equipamento. Se o objeto esteve pairando talvez nada iria mostrar. Eu não encontrei nenhum lugar onde algum objeto poderia ter desembarcado e pressionado a folhagem. Na verdade, eu acho que os tocos de bambu teriam sido um impedimento. O dia estava quente, em torno de 33 C (91F) ... 

John Mack psiquiatra investigativo. Será que “foi suicidado”?

Dr. John Mack - aos 74 anos morreu em 27 de Setembro de 2004, quando foi atingido e morto por um motorista bêbado de um caminhão, em Londres, Inglaterra, enquanto participava de um Simpósio - TE Lawrence Society Symposium, em Oxford, Inglaterra. 

Ele passou vários anos 'pesquisando' as alegações de rapto e abuso sexual de seres humanos por extraterrestres humanoides cinzentos.  Tanto que ele se sentiu compelido a escrever um livro chamado Abduction: Human Encounters with Aliens, em 1994. E seu segundo livro sobre o assunto, "Passaporte para a Transformação Humana”  Cosmos-Alien Encounters em 1999 e formou o PEER organização sem fins lucrativos, para investigar o fenômeno UFO. Seus livros tornaram-se bestseller.

Ele viajou para muitos países, investigando relatos de OVNIs e em 1994 Dr. John Mack estava visitando Zimbabwe na época do evento e passou dois dias na escola Ariel com as crianças. Entrevistou além do diretor da escola, Colin Mackie, os professores e alguns pais. 

“Ouça e pense sobre o que eles estão dizendo”, aconselhou Dr. Mack. 
John e seu colega pesquisador, Dominique Callimanopulos, foram capazes de chegar até os pais e professores e convencê-los de que, mesmo se eles não acreditassem nas crianças, seria contra produtivo acusá-los de mentir. Seu interesse particular em psiquiatria infantil, também de grande utilidade durante o interrogatório, fez emergir muitas memórias ocultas que vieram à luz, algo que John tornou público mais tarde, quando ele teve a chance de reavaliar suas entrevistas.

Há outras implicações políticas/religiosas no fenômeno da abdução. 
Política, locais, nacionais e internacionais, afinal é um jogo de poder. As implicações econômicas do fenômeno da abdução são inseparáveis ​​aos de fórum político.

 Há a perda do sentido do sagrado, a desvalorização da inteligência e da consciência na natureza além de nós mesmos.

O fenômeno de abdução UFO apresenta um problema particular para muitas religiões organizadas e religião está ligada a Governos – a poder. Desde os primórdios da história grupos de seres humanos reconheceram o poder e os perigos potenciais de forças espirituais "lá fora" (espaço) que assumiram a tarefa de guiar-nos através das intempéries dessa vida. 

Assim líderes religiosos nos instruíram sobre a natureza de Deus, e determinaram para nós que seres espirituais ou outras entidades podem existir no cosmos. Qualquer coisa fora dessa compreensão não seria “saudável” a nossa existência.

"Na pior das hipóteses, para a percepção de polarização do dualismo cristão, esses seres de olhos escuros devem parecem ser os companheiros do Diabo" (Downing, 1990).

Às vezes, ao longo do caminho, quando se vai cada vez mais fundo na consciência da pessoa, em sua experiência, eles vão descobrir... O que é chamado de dupla identidade. Em outras palavras, que eles são ambos humanos numa dimensão, mas são também eles próprios uma identidade alien”  
(John Mack)

A dimensão alienígena é uma parte de nós mesmos. Na realidade, “os aliens” somos nós numa dinâmica futura, numa dimensão maior de informação que não temos acesso, ainda. Em outras palavras, isto é um fenômeno mundial que não se restringe a um grupo de pessoas que estudam esses eventos ou que desejam acreditar em qualquer outra coisa para escapar da vida que levam. Não, mesmo.

O que estamos presenciando dia após dia é a introdução conta gotas de uma nova teoria que em breve ser tornará prática, a de que estamos despertando para outros “mundos”, estamos esbarrando em outras dimensões, outras percepções de ver, sentir e experimentar aquilo que nós intuitivamente já sabemos, mas não podemos (queremos) acreditar.

E nessa rasa dimensão, para que algo se materialize, que seja “real”, é precípua a condição de acreditar, simples assim.

laura Botelho

Assista a esse video e veja a mensagem que "eles" deixaram as crianças...

Caso ocurrido en la escuela Ariel en Ruwa, Zimbabwe (16 de Septiembre de 1994) from


Reparem nessas imagens os olhos das esculturas deixadas pelos antigos gravados em pedra.





22 de out de 2013

Vídeo - Engenharia genética - afinal, para que servem os humanos?


“O Cristianismo, bem como todas as crenças teístas, são a fraude desta Era. Serviu para afastar os seres humanos do seu meio natural, e da mesma maneira, uns dos outros. Sustenta a submissão cega do ser humano à autoridade. Reduz a responsabilidade humana sob a premissa de que “Deus” controla tudo, e que por sua vez os crimes mais terríveis podem ser justificados em nome da perseguição Divina. E o mais importante, dá o poder àqueles que sabem a verdade e usam o mito para manipular e controlar sociedades.”
Robert G. Ingersoll 1833-1899






19 de out de 2013

"Jack, o estripador"- um ritual maçonico


O famoso escritor de “ficção científica” - Herbert George Wells, notoriamente conhecido como HG Wells escreveu A Guerra dos Mundos - entre 1895 e 1897. Um texto que detalha a invasão de Alienígenas marcianos em nosso planeta Terra.

Eric Arthur Blair é mais conhecido como George Orwell que escreveu o livro 1984 - no ano de “1948”, bem como o livro Animal Farm (A fazenda dos bichos). Ambos os textos fazem uma alusão clara de como somos controlados o tempo todo e como as coisas estão sempre mudando de forma astuta por algumas “cabeças” para manter os “animais” satisfeitos dentro do cercado da grande fazenda.

George Orson Welles é Orson Welles - ator, diretor, escritor e produtor. E em 28 de outubro de 1940, Welles conheceu HG Wells, autor de “Guerra dos mundos” em San Antonio, Texas, numa estação de rádio local KTSA, e acredita-se que seja o único encontro entre os dois. Será?

Uma das memoráveis atuações de Orson Welles foi a dramática transmissão via radio em 30 de outubro de 1938 sobre uma invasão extraterrestre.

Uma BIG inspiração, eu diria
Inspiração de grandes maçons como os “Wel” acima

HG Wells em 1928 teve também a “inspiração” de escrever o livro The Open Conspiracy, (Conspiração aberta) descrevendo uma engenhosa organização por trás de todos os movimentos que nos levam a nossa “diabólica” situação presente. E as “previsões futuristas” dos Maçons provam que tudo está sendo organizado para levar os animais para abatedouro sem que eles percebam e ainda se sintam felizes por isso.


Não é estranho como H.G. Wells foi capaz de prever tudo o que iria acontecer no século 21? Vai ter inspiração assim nas Plêiades!  “Previu” em 1913 o uso de bombas atômicas e os efeitos de uma guerra nuclear muito antes dos cientistas consideraram a possibilidade dela.

No livro “1984”, de autoria de HG Wells, o mundo está em perpetua guerraNesse texto de “ficção” o Estado tinha muitos Ministérios para controle do caos.

Ministério da Verdade - fazia a revisão daquilo que podia ou não ser passado adiante. As propagandas, notícias sobre Amarildo, entretenimento, educação, arte, artigos de jornais, livros anteriores eram todos editados com uma nova versão para registros históricos – sempre apoiando o Partido Tirano vigente. Os governos anteriores sempre eram os culpados de tudo, de toda desgraça para ser corrigida pelo grande irmão, camarada.

Ministério do Amor - supervisionava tortura, lavagem cerebral, união matrimonial, ou seja, a lei e a ordem, mas tudo com muito amor. O dissidente do partido é espancado e torturado até o seu limite, então é enviado ao Quarto 101 para enfrentar "a pior coisa do mundo". Tipo ficar sem a cerveja e o cigarro num domingo tarde da noite, quando a sogra diz que vai ficar pra dormir...

Ministério da Abundância -supervisionava a economia, a escassez e a fome, bens da produção interna; cada trimestre fiscal publicava falsas alegações de ter elevado o padrão de vida, quando se tem, de fato, as rações reduzidas, disponibilidade e produção. 

E não poderia faltar a ONU, digo, o Ministério da Paz que apoiava a guerra perpétua do Estado vigente com outros países supervisionando de longe e com desdém as atrocidades bélicas usadas nessa guerra.

No mesmo texto de “ficção” com titulo 1984, o Partido Tirano era um sistema totalitário, que controlava ideologicamente os cidadãos. Se alguém pensasse diferente, seria capturado pela "Polícia do Pensamento".

Eles vigiavam todos os pensamentos o tempo todo – literalmente – pois havia teletubes em todas as áreas públicas, restaurantes, nos consultórios, supermercados, filas de bancos, nas salas de cada lar e nos quartos dos filhos e dos membros do Partido, com microfones e câmeras escondidas...

Esses dispositivos, ao lado de informantes, agentes disfarçados como cidadãos normais, relatavam qualquer pessoa com tendências subversivas espionando todos e assim identificando alguém que pudesse pôr em perigo o regime do Partido. Até as crianças, acima de tudo, são doutrinados para espionar e informar sobre comportamentos suspeitos - especialmente dos seus pais...

O popular adjetivo “orwelliano” foi originado dessa obra obedecendo ao sistema de classes sociais do Estado trino vigente, uma piramide social. Mas isso em livro de “ficção”, claro.

1-    Partido Interno, a minoria elite dominante, que representam 2% da população.
2-    Partido Externo, a classe média  que compõem 13% da população.
3-  Proletariado - a classe baixa  que compõem 85% da população representando a classe trabalhadora vigiada e ignorante sobre as outras classes acima.

O personagem principal [Winston Smith] do texto 1984 de HG Wells é um intelectual e membro do Partido Externo (classe média) que vive nas ruínas de uma Inglaterra já devastada pela Segunda Guerra Mundial, um conflito civil, e da revolução que levou o partido ao poder. 

Smith em algum momento no passado foi separado de sua família, colocado em um orfanato, e treinado por anos para passar na prova do concurso para funcionário público do Estado. Sua função é atrasar todos os processos públicos para que a memória humana não seja capaz de resgatar qualquer direito que por ventura venham a exigir do Estado no futuro. Abre o olho... 

Jack, o estripador – uma versão original.

John Hamer é autor do livro: The falsification of history our distorted reality - "A falsificação da história - Nossa Realidade Distorcida”, publicado em meados de 2012. 

A história começa no final do verão no Hemisfério Norte, na noite de 31 de Agosto de 1888, no auge do reinado da Rainha Victoria, nas ruas iluminadas a gás de Londres, quando o corpo de uma mulher horrivelmente mutilado é encontrado em um bairro pobre na área de Whitechapel, East London. O corpo da prostituta Mary Ann Nicholls estava com a garganta cortada, cortes devastadores expunham seus órgãos internos. Ela foi a primeira das cinco vítimas de 'Jack o Estripador'. 

Esse assassinato ficou sob a jurisdição da Polícia Metropolitana de Londres com o Inspector Frederick George Abberline, mas que não veio à luz da sociedade senão 70 anos após os assassinatos não resolvidos. Esses documentos sobre todo o ocorrido ficaram em posse de Walter Sickert, amigo do príncipe Albert Victor, Duque de Clarence, também conhecido pelo seu nome coloquial de "príncipe Eddy”.

Eddy era o filho mais velho de Albert Edward, o Príncipe de Gales (mais tarde rei Edward VII) e Princesa Alexandra (mais tarde Rainha Alexandra), neto da monarca, a Rainha Victoria e irmão mais velho do futuro rei da Inglaterra, o rei George V e, como tal, teria sido o primeiro na linha sucessória do trono.

A família real Saxe-Coburg-Gotha (atual realeza britânica) havia patrocinado o surgimento de Adam Weishaupt, o fundador dos Illuminati, originalmente uma ramificação da Maçonaria, na Baviera, no século 18. 

Em 1883, a mãe de Eddy, a princesa Alexandra, pediu ao jovem pintor Walter Sickert que introduzisse o Eddynho na vida artística e literária de Londres. Eddynho em sua vida boemia de artista conheceu uma jovem modelo que trabalhava de dia em uma loja de tabacaria local. Annie Elizabeth Crook era católica apostólica umbandista romana de ascendência irlandesa e ficou grávida logo de primeira do príncipe Eddy...

Príncipe EDDY era um “cliente” regular em um bordel homossexual-pedófilo em Cleveland Street, Londres e indiscretamente instigou uma série de cartas de amor explícitas com um menino novo das instalações, mas teve que se casar com a mocinha da tabacaria em um culto numa igreja clandestina que acabou com seu reinado. A realeza britânica não pode casar com católicos, e muito menos com pobre. Pobre e católico é demais.

A jovem Annie teve que deixar a tabacaria por conta da gravidez e consultou Walter Sickert se ele conhecia alguém para ficar em seu lugar. Mary Jean Kelly foi indicada, uma prostituta que trabalhava à noite para complementar sua renda insuficiente que poderia ficar de dia na tabacaria. Durante alguns meses, Mary Kelly trabalhou ao lado de Annie Crook na loja e as duas se tornaram amigas. Annie deu à luz a filha de Eddy, Alice Margaret que teve como babá a Mary Kelly

Eddynho teve uma crise hormonal durante o casamento, criança chorando, fraldas sujas pela casa e nunca sabia onde estava o controle remoto e a cerveja estava sempre quente. Sua fúria ameaçou desencadear uma crise constitucional de grandes proporções no reinado britânico e a história do casamento seria descoberta.

Qual a solução para o "piti de Creuza" do Eddynho?
A realeza sequestrou a Annie que foi levada a força para o Hospital de Guy, em Londres, onde permaneceu lá por 5 meses e nesse meio tempo Sir William Gull o medico pessoal da Rainha fez uma lobotomia frontal para torna-la dócil e burra. Mas a Annie antes de ser sequestrada deu a filha do Eddy para o Walter Sickert cuidar. O Eddynho por sua vez ficou confinado ao Palácio de Buckingham para acalmar os ânimos.

Bom, tudo terminaria aqui se a prostituta da Mary Kelly não tivesse encontrado uma maneira de chantagear os reis britânicos contando tudo sobre o casamento com a pobre católica e sua filha bastarda para a sociedade vigente. Mary tinha amizade com outras três prostitutas locais, a quem ela se gabava de suas "conexões reais”, só que a moça não sabia que os vampiros não gostam de chantagens. Na primavera de 1888 o quarteto de putas arquitetou um plano para exigir dinheiro de Walter Sickert, ameaçando publicar a história real.  Sickert imediatamente passou a bola para o Eddynho que passou para o rei, seu pai. 

O Príncipe de Gales (o Vampirão) se reuniu com a Royal Alpha Loja Maçônica conhecidos como "Príncipes do Sangue Real” para organizar uma caçada as 4 prostitutas.

Os envolvidos seriam Sir William Gull, o medico real, JK Stephen tutor de Eddy e Sir Charles Warren, o comissário da Polícia Metropolitana (que não tomou parte ativa nas mortes, mas ajudou a facilitar a trama e agilizar o encobrimento). Warren, o comissário forneceu informações sobre o paradeiro “das meninas” usando sua posição privilegiada na força policial. 

Sir William Gull preparava uma injeção com ópio para silenciar as vitimas.  O "vigia" seria JK Stephen, um primo de Virginia Woolf, outro maçom com links reais. Os assassinatos foram planejados para acontecer dentro da carruagem do medico Gull - Longe de olhares indiscretos. Tudo isso foi relatado no diário do investigador Abberline que confirmou o modus operandi dos assassinatos e que foram planejados e executados por mais de uma pessoa.

Winston Churchill
Mais o melhor está por vir. O líder das armadilhas era o secretário de Estado para a Índia, o líder da Câmara dos Comuns e Ministro das Finanças, Lord Randolph Spencer-Churchill, “pai” de Winston Churchill e parente de Lady Dyanna Spenser.

O velho pai Churchill não era apenas um dos cérebros por trás de toda a operação, mas também o responsável por atrair as moças ao local e pelo corte de emblemas maçônicos e símbolos nos corpos das vítimas. Cada mulher foi atraída para dentro da carruagem em seguida morta e mutilada na forma ritualística que os três 'Jules' - Jubela, Jubelo e Jubelum, os assassinos de Hiram Abiffexecutados na antiga lenda maçônica. Suas gargantas foram cortadas, seus corpos rasgados e suas entranhas 'jogadas sobre' o ombro esquerdo.   

O ritual começou no dia 31 de agosto de 1888 com Mary Ann Nicholls como sua primeira vítima, e continuou com a morte de Annie Chapman no dia 8 de setembro. No dia 30 de setembro 1888, foram mais duas mortes, mas as coisas não correram bem. À medida que os assassinos estavam descarregando primeira vítima daquela noite, Lizzie Stride, eles foram interrompidos e tiveram que abandonar seu cadáver antes de seu ritual de mutilação tivesse sido concluído.

Mais alarmante ainda, a segunda vítima da noite, Catherine Eddowes, foi, de acordo com Warter Sickert, morta por engano, pois não era uma prostituta. Esse erro quase levou à ruína do grupo. Após este revés, houve uma pausa de mais de um mês, o maior intervalo entre os assassinatos, enquanto o grupo redobrou seus esforços para encontrar a verdadeira Mary Kelly

Então em 9 de novembro 1888 Mary Kelly
foi finalmente rastreada.

Há relatos que a última pessoa a ser vista com Mary Kelly enquanto ela ainda estava viva era ninguém menos que Lord Randolph Spencer-Churchill, mas tudo foi abafado e o inspetor Abberline silenciado.

Walter Sickert fugiu do país ao ouvir a notícia do sequestro de Annie Crook e fixou residência em Dieppe, França, em uma tentativa de proteger a filha de Eddy, Alice. Quando Alice cresceu, ela e Walter Sickert se tornaram amantes e por sua vez, tiveram um filho que atendia pelo nome de Joseph Sickert o mesmo sujeito que manteve os diários do inspetor Abberline por 50 anos depois de herdá-los de seu pai Walter.

Verdadeiro pai do Ministro Winston Churchill era o rei Edward VII com a socialite judia esposa de Randolph Churchill, isso porque o velho Churchill de tanto frequentar bordeis contraiu sífilis o que o tornou infértil. 

Winston Churchill era apenas mais um "bastardo real" como Francis Bacon, Adolf Hitler, Salomon Rothschild, William Jefferson, Clinton winthrop Rockefeller, Aleister Crowley e Barbara Pierce Bush...

Rio de Janeiro - 2013 - Revolução social, manifestação popular.

O objetivo do invencível, da guerra perpétua, é consumir trabalho humano e de commodities, daí a economia de um super-Estado, que não pode apoiar a igualdade econômica (um alto padrão de vida) para cada cidadão. Todos são mantidos pobres e sem instrução para que não percebam que o governo está fazendo e não venham a se rebelar. 

O proletariado vive numa extrema pobreza e são mantidos sedados com álcool, pornografia, jogo de futebol seguido de Domingão do Faustão e uma loteria nacional, cujos ganhos reais nunca são pagos.

"O Livro" – 1984 - de HG Wells indica que a classe média, e não a classe mais baixa, tradicionalmente começou as revoluções e são elas as mais vigiadas pelo BIG BROTHER.

Bom, tudo descrito acima são apenas fragmentos de textos de livros conspiracionistas, nada que possa ser provado a luz da consciência humana. Mas mesmo que você não acredite em uma vírgula, fica aqui minha pesquisa de hoje. Espero que você não ceda facilmente às controvérsias, mas encontre outros links que componham esse quadro, lembrando que uma Nova Ordem nasce do Caos...

laura botelho
  






10 de out de 2013

Videos - Evidencias extraterrestres - Ancient Aliens


Afinal, qual o objetivo do meu BLOG senão o de entregar “de mão beijada” toda a informação que as pessoas não têm tempo ou “saco” pra procurar, pesquisar? 

Essa expressão - “de mão beijada”  - significa atualmente receber alguma coisa  gratuitamente, sem encargos e retribuições materiais, de entrega espontânea - e é o que eu gosto de fazer, mas sem lambeção, OK gente?

A origem dessa expressão foi documentada em 1555 pelo papa Paulo IV (1476-1559) dividindo as oferendas a Deus em dois tipos: ao pé do altar ou de mão beijada. Os fiéis que faziam doações eram recompensados pelo privilégio de poder beijar a mão do papa. Desde então a frase tem sido aplicada para simbolizar favorecimentos...

Não preciso de nada material em troca, apenas crer que você não deixará passar em branco a oportunidade de assistir até o final esse documentário que só é oferecido em TV por assinatura (a cabo). Infelizmente não passará na Globo no horário nobre, esquece. 

Nem todos podem pagar para ter o "privilégio" da informação, mas os que têm não fazem uso delas... o que é uma lastima nos dias de hoje. Permanecer na ignorância é uma escolha consciente, ao contrário do tempos antigos onde a origem de tudo ficava a cargo de um grupo que controlava o que você deveria ou não saber

Mas nos tempos onde essa rede (WEB) de conhecimento é exponencial, escolher não saber mais é além é como beijar a mão de um Papa. Um preço alto demais para uma alma escravizada. 


laura botelho



Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Parte 6


Parte 7


Parte 8


Parte 9



9 de out de 2013

Vídeos - O que nos ocultaram está sendo revelado


Tudo sobre UFOs, Extraterrestres, Governos coniventes e outros bichos. Tudo que você deseja saber, mas tem uma preguiça do cão para procurar. Tá tudo aqui. 
Divirta-se.












8 de out de 2013

Ufologia com Ana maria Braga



Bom, tiraram o vídeo sobre o resgate do Alien, mas em compensação temos uma entrevista da Ana Maria Braga (Mais você) com o diretor da revista UFO Brasil, Ademar Gevaerd sobre Objetos Voadores  Não Identificáveis (OVNI) pelo Governo brasileiro. 

Eu sempre sacaneei aqui nesse meu BLOG que o povo brasileiro só iria "acordar" quando o tema Extraterrestres fosse pauta do programa da Ana Maria Braga...

Será que agora vai?

Fica a duvida: será que o mundo está acabando e estão querendo nos dizer "alguma coisa" ou a Globo está jogando essa matéria para desviar "alguma coisa" que ainda não pescamos?...

Entrevista feita hoje de manhã ao vivo - 08/10/2013

laura botelho














Vídeo - incrível imagem de um resgate alien


Desculpe pessoal, o cara viu a quantidade de acessos e tirou do ar... 
Tava muito bom! Vamos torcer pra ver se ele posta de novo. 

Esse BLOG tem mais imagens da coisa... que pena 




---------------------------------------------------------------------------------------------------
O que você acha desse vídeo? Montagem grotesca? 
Eu juro que fiquei balançada... Até que provem o contrário, tá valendo!

Data do ocorrido - 02 de outubro de 2013 no Sudeste de Michigan - EUA
Capturado pela câmera de segurança de uma residencia.
Segundo relatos há um ser (verde) aguardando a aproximação da luz, ele teria uns 4 metros de altura. 

laura botelho

7 de out de 2013

NASA e suas imagens estranhas


O que a NASA – Departamento Aeroespacial Americano - não nos conta abertamente, o faz displicentemente sem causar furor. Fuxicando aqui e ali, a gente descobre imagens que não fazem muito sentido ou tenham uma “boa explicação” científica sobre o que elas estão captando. O que se vê fica a cargo do grau de conhecimento de cada um. Uns verão algo especial, outros nada demais, e muitos... vão usar sua imaginação para justificar o que querem ver.

Eu não tenho muito o que dizer sobre essas imagens, mas espero que alguém tenha e me conte. Estou naquele grupo que a imaginação fala mais alto. Mas gostaria muito de que alguém mais informado esclareça “aquilo que não estamos vendo”.

Todas as imagens estão disponíveis no site da NASA para sua consulta. Apenas captei algumas que me balançaram...


 Link da NASA  onde estão as fotos abaixo

Link dessa foto - original



Link dessa imagem original



Link da imagem original


Os melhores UFOS já vistos com ajuda da NASA.







laura botelho



4 de out de 2013

Video - Fim dos segredos militares?


Essa é uma sugestão para assistir nesse fim de semana. Vai que você não tem nada pra fazer... informação nunca é demais.

laura botelho

1 de out de 2013

Video - O governo da Terra


Sabemos sobre tudo isso que é dito no vídeo de forma "lúdica". Sabemos que somos escravos, manipulados, controlados como gado para alimentar todo um sistema "invisível" aos olhos. Mas se já podemos enxergar o que antes não víamos, já é um bom sinal!

E a sugestão desse BLOG aqui é re-programar cérebros, mostrando, apontando, balançando, sacudindo as estruturas rígidas desse poder hipnótico coletivo para despertar, sair do transe para então reiniciar o pensamento, questionando, pesquisando e movimentando a um rumo coerente com as devidas expectativas evolutivas para uma NOVA HUMANIDADE.

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos