Google

Translate my page Google

31 de mai de 2013

Video - Ataque Solar - filme de 2006 - dublado

Solar Attack é o titulo original dessa película de 2006 que narra com detalhes cada aspecto desencadeado sobre o evento de uma tempestade magnética e as consequências para a humanidade.

Esse filme é descrito como “ficção cientifica”, pois muitos ignoram a realidade dos fatos. Talvez para época (2006) fosse “ficção” ter um Presidente Negro no comando da America do Norte, mas hoje não. Será que eles querem nos dizer alguma coisa? Meteoros ou satélites caindo? Florestas queimando? Climas alterados? Chuva demais? Calor demais? Calotas polar derretendo?

Hoje você sabe mais que antes e pode “ver” o que outros não enxergam.
Mesmo assim darei algumas pistas para que você faça sua pesquisa baseado no próprio texto desse filme de “ficção”.

Receita para extinção em massa - EM
Picos acima do normal de metano na atmosfera
Muitas CME ou EMC (Ejeção de Massa da Coroa solar) violentas e em curto espaço de tempo.
Auroras Boreais coloridas além dos polos
Energia magnética atravessando micro polos da camada de ozônio.
A camada se incendiará em poucas horas consumindo todo oxigênio do ambiente (Dinossauros foram mortos assim)
Caos social – histeria coletiva – uma Nova Ordem Mundial

Onde a Espiritualidade entra nisso?
Claro, falar sobre morte e destruição é fácil, difícil será fazer as pessoas entenderem o porquê de tudo isso. Mas essa fica para a próxima postagem

laura botelho

Faça muita pipoca...



Video com imagens capturadas do SOL pela NASA


29 de mai de 2013

Afinal, cadê os ETs?


"Eu vou dizer o que tenho a dizer de forma muito clara: a interrupção magnética solar, um ataque CME na nossa rede elétrica são eventos inevitáveis, é só uma questão de tempo, e de acordo com os nossos estudos a nossa civilização é completamente despreparada para isso"
Joe McClelland,
diretor do Gabinete
de Segurança Energética Infraestrutura
(OEIS) America do Norte.


E 2012 passou, e o planeta não acabou. Os ETs desceriam para romper o silencio. E nada...
Muita gente fez galhofa, riu, debochou de que “nada” aconteceu como “previram”. O fato é que os que não entenderam “nada”, [apenas aquilo que desejaram ver], sobre o que os antigos deixaram como alerta, continuarão a não enxergar o que deveriam.

O “planeta” não vai acabar, porque ele não existe, segundo a nova física. Portanto, o que já ACABOU foi o MUNDO = Aion - a concepção, a ideia, o conceito, uma forma antiga, um padrão, um modelo que não faz mais sentido hoje com tanta informação e evidencias.

Quer admitamos ou não, estejamos convencidos ou não, o fato é que estamos vivendo nessa ultima década um período de mudança climática global muito rápida, drástica e profunda. O que muitos talvez não entendam é que naturalmente estamos repetindo um ciclo de extinção em massa.

Os seres que sobreviveram ao ultimo ciclo Extinção em Massa tiveram três opções; em níveis conscientes ou não, mas ainda uma escolha.

1 - Mudar para outro ambiente que pudesse manter a vida
2 - Ajustar crenças e comportamentos a essas mudanças para se adaptar a nova forma  de existir e aprender com ela
3 - Ou, extinguir rapidamente.

Efeitos da mudança radical no clima são aceleradores de instabilidade, agitação e conflito em algumas partes do mundo, já com problemas econômicos e sociais, levando o aumento da defesa civil e assistência humanitária em resposta aos eventos fora do previsto. Se algo muito radical ocorrer no ambiente que afete o cotidiano de muitos, a infraestrutura de uma nação terá dificuldades em conter a violência selvagem e migração e imigração em massa. Esses poderão consumir os parcos recursos do ambiente como alimentos, água potável, medicamentos e ambientes hospitalares, um conjunto de necessidades básicas essenciais ao bom andamento de uma civilização.

Dia 5 de junho 2013 - possibilidade de um tsunami atlântico Norte que poderia ter origem de  erupção ou deslizamento de terra de El Hierro e os vulcões das Ilhas Canárias

O clima terrestre é muito sensível ao nível de dióxido de carbono na atmosfera.  Quando o dióxido de carbono esta alto, a temperatura é alta, quando o dióxido de carbono é baixo, a temperatura é baixa...

Manta de CO2 aquece o mundo
O dióxido de carbono faz parte da estrutura que mantém a retenção de calor ao redor da Terra - não podemos viver sem ela, pois estaríamos congelados.  Por muito tempo a Terra esteve com um manto entre cerca 180 partes por milhão, mas agora estamos 400 partes por milhão em um tempo muito curto e está esquentando demais aqui em baixo.

Foi uma época geológica conhecida como o Paleoceno a última vez que a atmosfera chegou a 400 partes por milhão de dióxido de carbono cobrindo o planeta muitos graus mais quente. Os cientistas concluíram que com o degelo acelerado dos polos naquela época, o nível do mar subiu 80 metros do que está hoje.

Serguei Donskoi - ministro russo dos Recursos Naturais e da Ecologia - ordenou esse mês um plano de evacuação da estação polar científica Severny Polious 40, onde trabalham atualmente 16 pessoas, segundo um comunicado oficial.

A estação polar Severny Polious 40, inaugurada em outubro de 2012, é a quadragésima estação russa instalada naquela região desde o início da conquista do Ártico pela antiga União Soviética em 1937, com objetivo de monitorar o ambiente do oceano Ártico e realizar observações meteorológicas, entre outras tarefas.

A decisão foi tomada após a verificação do desenvolvimento anormal na destruição dos glaciares ao redor da estação. O gelo está rachando, há fissuras por todo lado. Este fenômeno "não só ameaça a continuação das atividades da estação e a vida dos funcionários, mas também o ambiente desta zona, localizada não muito longe da zona econômica do Canadá", acrescentou o ministério no comunicado.

Desde 1850 quando começaram os registros sobre aquecimento no Ártico pode se confirmar que o ano de 2012 foi um dos 10 anos mais quentes desde que esses registros foram feitos.

Você não ouvirá ou lerá isso no jornal da sua cidade em letras garrafais, esqueça. O fato é que ocultaram por longo tempo sobre tudo que deveríamos saber para nos preparar para essas mudanças. Poucos estão despertos, mas muitos continuam hipnotizados e adormecidos como a Bela e a Branca de Neve. Nos transformaram em Pinóquios sem alma. Numa Alice perdida no seu próprio reflexo. 

Já está na hora de tomar a pílula azul, minha gente...
Eu já escrevi muito sobre os efeitos no clima. Muitos me questionam (com sensata lucidez) - e daí, laura? O clima está mudando, a merda do chão está se abrindo, há desertificação acelerada em muitas partes do planeta enquanto outras estão inundando, mas e daí??!!!

Daí que tudo está relacionado com as mudanças na informação do Campo, do Éter, seja lá o nome que queira dar. O que vemos e sentimos é resultante de nossos pensamentos = nosso mundo está “ruindo”. Tudo aquilo que nós acreditávamos é “fake”, falso, editado, modificado, criado por outros seres que nos querem seus prisioneiros.

Os Arianos estão em todas
Quando o Campo de informação (a central do grande jogo) está preenchido, um novo “jogo”, uma nova etapa será iniciada. Um novo ciclo dará início. Você conseguiu mais “vidas”? 

Então vai jogando, pois eu estou fora. Pelo menos esse é meu objetivo. Não quero partir para o ciclo “TRON”, isso é demais para minha energia.

Há um controle por parte dos que governam esse “mundo” e as razões foram construídas no início do jogo, há pouco mais de 2 mil anos atrás (apenas uma referencia, já que o tempo não existe e foi alterado também)

Nada “extra terra” existe na minha percepção, apenas “mundos” paralelos. Muitos mundos com informações diferentes e níveis diferentes de abstrair o que precisamos saber. Cada energia acumula conhecimento de tal forma que o velho “mundo” é descartado como uma casca, pele velha que não lhe cabe mais.

O casulo – “Cocoon” – se rompe e outro SER se faz para aprender outras formas de “existir” de governar sua própria energia e reproduzir o que deseja, “livre de impostos”. Essa parte do jogo nos foi ocultada, destruída, desorganizada, fragmentada e dissuadida para que a maioria não conseguisse chegar até o final do ciclo a ponto de poder muda-lo.

Analogamente falando, é como alguém que não sabe onde está e perde a última parada para descer - e o trem vai embora te deixando muito longe de onde você gostaria de estar.
Minha dica: estude o trajeto para não perder a parada.

Se os “aliens” não se anunciam,
por que o governo fará isso primeiro?

Seres com tecnologia superior estão de fato no comando. Não há nada que os governos possam fazer. Eles controlam diretamente tudo relacionado a sua presença e quando eles revelarão essa "presença" na Terra. Portanto, descobrir que nossos governantes estão impotentes diante de tudo é algo que não fará bem a saúde da humanidade, pois depositamos toda nossa esperança em instituições como a NASA para resolver qualquer problema “extra”, certo?

Piada...

O governo mentiu por quase 60 anos, portanto, deve continuar a mentira até o “momento” final. Uma mentira tem sido usada para cobrir a outra e ela está se tornando impossível de mantê-la.  Agências como a NASA se tornariam obsoletas caso tudo viesse a ser revelado. O governo teria de enfrentar a questão de: por que eles continuaram a financiar somas incríveis de dinheiro a NASA para “investigações” espaciais quando eles sabiam sobre como tudo funciona há séculos? E “o desperdício de dinheiro do contribuinte” apenas mantinha a brincadeira?

Medo de lidar com a questão ETs está na pauta dos que desejam contar ao mundo sobre o que vem pela frente. Edgar Mitchell, astronauta da Apolo 14 comentou sobre a razão para o sigilo com base na informação que tinha sido compartilhado com ele por veteranos familiarizados com os fatores de inteligência relacionados com o acobertamento. “Kennedy foi assassinado porque deu a ordem para falar sobre a presença de outros seres não humanos entre nós”

Mais importante e temeroso por parte dos que trabalharam para ocultar tudo isso é ter que admitir e dar credibilidade para a comunidade ufológica, que sempre afirmou a existência desses seres entre nós, o que resultaria no deslocamento do poder da informação para essa comunidade coberta de razão.

O governo sabe que a humanidade não está preparada para lidar com “aliens”. 
Esses “Aliens” (todas as raças sem distinção) poderiam ser vistos como “agentes do diabo” ou o próprio diabo. Isso poderia desencadear uma guerra sem precedentes e uma caça insana a esses seres por todo planeta - o que resultaria num contra ataque da parte deles - o que cá entre nós... não seria muito saudável. Fora o fato que para contornar as coisas ou até mesmo explicar que eles já viviam muito tempo entre nós ficará impraticável diante da histeria coletiva.

Jimmy Carter chegou à Casa Branca decidindo liberar os arquivos ufológicos, inspirados pelo fato de que ele próprio tinha tido um avistamento. Mas as coisas não funcionam assim. Ele disse a atriz Shirley MacLaine que "era verdade ... haviam ocupantes", uma referencia ao caso Roswell (1947) mas ele "não podia e não o faria."

Wilbert Smith, que liderou a investigação do governo canadense em ovnis de 1950-1954, disse: "A única razão pela qual essas autoridades não disseram nada sobre isso é que eles simplesmente não sabem o que fazer sobre isso"

Qualquer tentativa de fazer um anúncio mesmo que “parcial” sobre essa outra dimensão da realidade, daria luz verde para que as pessoas que sabem demais e não podem falar, soltem o verbo, inclusive liberando material do governo deixando-os expostos ao julgamento da humanidade. Muitos entenderão que suas vidas não valem nada e que foram levados a sacrifícios inúteis quando acreditaram em valores e conceitos que uma dúzia de espertos montou para controle dessa mentira por milênios.

Um terço dos cientistas mente. Em 2010, o biólogo americano Grant Steen analisou 788 retratações que tiveram de ser publicadas devido a erros ou fraudes em artigos científicos. "Cerca de 53% dos artigos fraudulentos foram escritos por fraudadores reincidentes", afirma Steen. E os pesquisadores mentirosos costumam se associar uns aos outros.

A Ciência dos PhDs formados em Harvard cairiam no ridículo. Quem sabe poderão ser lançados a fogueira assim como as bruxas, pois nos alimentaram de dados falsos, e contra informação, impedindo a todo custo (inclusive com a morte, se fosse o caso) e marginalizando aquele que contestasse a realidade de modo a nos mostrar como ela é.

Os “avanços tecnológicos” prometidos a passos de tartaruga levaria a revolta popular quando imaginamos que poderíamos ter acabado com toda forma de trabalho escravo e “doenças”!!!

O estudo Brooking Institute 1961 olhou para esta situação.
Tem sido especulado que de todos os grupos, os cientistas e engenheiros serão devastados pela descoberta de criaturas relativamente superiores, uma vez que estas profissões são claramente associadas ao domínio da natureza, ao invés da compreensão e expressão do homem

Informação privilegiada lhes dá poder
A resistência a divulgação se deve aos lucros astronômicos e propinas a serem feitas a partir de desvio de ultratecnologia em corporações privilegiadas. Poder traz lucro no sistema capitalista e manda quem tem e controla a situação.  

A farsa da dependência do petróleo e outras
Todos foram levados a acreditar que a energia que precisamos está dependente de combustíveis fosseis – que segundo eles – é limitado – o que não é verdade. O petróleo é um produto abiótico (pesquise) - Há enormes quantidades de óleo sendo produzidas a todo o momento pela natureza e já fazem mais de 100 anos que “eles” avisam que o petróleo está acabando e a cada dia que a indústria diz que "eles estão ficando sem petróleo" - eles encontram mais.

O problema do petróleo não se resume a extração somente, mas a ocupações sociais como empregos gerados por ele. Estima-se que há 9,2 milhões de pessoas direta e indiretamente empregadas pela indústria de petróleo e gás natural somente nos USA. A quebra desse monopólio traria caos social nessa engrenagem.

O dinheiro flui para as pessoas que estão se beneficiando dele nesse momento em que escrevo essas linhas e se alguma notícia de caráter “oficial” derrubasse essa ideia do petróleo teria as mesmas proporções de um meteoro caindo sobre a Casa Branca... o caos seria tão devastador que não haveria tempo para reestruturar e organizar um novo modelo de vida rapidamente.

Estoques de petróleo perderiam grande parte do seu valor em poucos minutos após a confirmação de uma presença extraterrestre, isso porque levaria a “descobertas” de “outras possibilidades de energia” e tecnologias superiores.

Fomos adestrados a crer que a energia para mover mecanismos complexos como as máquinas voadoras dependem basicamente de recursos minerais, mas NUNCA nos falaram sobre uma ENERGIA LIVRE, abundante e gratuita do ambiente em que estamos inseridos e que move “naves aliens” de um lado para o outro.

As consequências de dar essa energia livre para países onde os escravos transbordam como Índia e China só iriam aumentar a sua capacidade de minar a competitividade das empresas americanas. Haveria um colapso do mercado de ações num estalar dos dedos.

Se você descobrir que eles vão lançar o segredo UFO amanhã, não se esqueça de vender tudo o que você tem hoje, porque amanhã tudo valerá nada.

Nós nos matamos e matamos o outro para “sobreviver” a um mundo que não existe! As guerras têm como finalidade desviar atenção, nos distrair para o que não se pode mais encobrir. Enquanto estamos nos matando, destruindo tudo ao redor [para depois re-construir], estamos ocupados demais para estudar e entender o funcionamento das coisas, pois estaremos saciando a fome do outro, “curando” doenças que não existem e mantendo esperanças de um futuro que não fará sentido algum!

A confirmação sobre a existência irretocável dos seres dimensionais entre nós seria a peça chave nesse jogo para derrubar toda a ignorância de milênios. Isso evitaria inclusive de cairmos no mesmo golpe de novo!

A população não tem a necessidade de saber. Foi o que disse um capitão da Marinha ao pesquisador Ray Stanford, em 1964, "aqueles que lidam com o problema são capazes de julgamento racional em face do inesperado. Eles conhecem os fatos ... as pessoas não estão prontas para conhecer os fatos."

Muitas naves são experimentos secretos do governo que devem ser protegidos. O Papel da CIA no estudo dos UFOs, 1947-1990, escrito pelo historiador da CIA Gerald K. Haines declara que a maioria dos OVNIs vistos desde 1947 foram causados ​​por aviões de inteligência, como o U-2 e o SR-71.

Uma estimativa otimista diz que entre 6 a 8.000.000 pessoas foram abduzidas por “extraterrestres” nos últimos séculos. Se a realidade ET for revelada, a queda do dominó dará continuidade a outras “verdades”, inclusive de que os Governos mundiais fizeram um pacto de sangue com esses seres, admitindo a abdução para todos os fins (científicos, alimentares etc) em troca de Smart fones e TVs em 3D.

Todos os governantes mundiais sabem sobre entidades de outras dimensões (ETs) Alguns mais e outros com menos informação, mas todos estão cientes sobre esses fenômenos.  Há uma linha onde eles não devem passar e se tentarem, vão acabar como todos os outros – comendo cenoura pela raiz.

Muitas vezes, no passado, um povo tecnologicamente superior foi de uma cultura mais viril e agressiva que em um confronto com povos muito diferentes em níveis culturais, que tenham a cultura inferior ou menos viril, na maioria das vezes, sofre uma trágica perda de identidade e geralmente são absorvidos pelas identidades mais fortes.

Arquivos antropológicos contêm muitos exemplos de sociedades que se desintegraram quando tiveram que se associar com as sociedades anteriormente desconhecidas defendendo ideias diferentes e diferentes formas de vida. Os que sobreviveram a essa experiência geralmente o fizeram mediante ao pagamento do preço dessas mudanças de valores e atitudes e comportamentos.

A percepção da escravidão pela humanidade, especialmente pelas elites superiores de classe, afetaria a crença religiosa em grau devastador. A sociedade mundial tem a crença em um Cristo, Messias ou Salvador como a base de sua sobrevivência, e a maioria esmagadora acredita que a humanidade foi uma criação especial de um Deus - e não lhe passa pela cabeça a concepção de serem apenas mais um projeto de feira de ciências alienígena.

Enfim, resumindo tudo: “eles” estão ganhando tempo. A mudança no Campo é inevitável e sabem disso - o que levará ao caos total – ao abismo – a singularidade – ao buraco negro – ao choque de “mundos” – ao fim do ciclo.

Já aconteceu antes e irá acontecer de novo. Cabe a cada um de nós aguardar as mudanças geofísicas, geosociais, geo –verdadeiras, com calma, inteligência e serenidade. O que tínhamos que saber, já sabemos. Uns mais que outros, mas a maioria já ciente sobre essa nova realidade.

Como podem perceber, não tenho muito mais o que acrescentar o que todos já não tenham conhecimento. Cabe aqui apenas ressaltar que temos escolhas e fazer escolhas COM CONHECIMENTO (consciência) é a pedra filosofal

Espero sinceramente que você que encontrou meu BLOG, por um “acaso”, persista em suas pesquisas e não desista nunca de encontrar as suas respostas. Vasculhe bem o baú, revire, organize as peças, está tudo lá, aguardando alguém para tirar a poeira...

laura botelho

Video gelo antártica derretendo em março 2013




Video - Porque você deve acreditar em deus - ou deuses


Essa é para pensar, está desenhado, não precisa fazer muito esforço

24 de mai de 2013

"Maldição" Bin Laden ataca de novo


Essa ainda não é a postagem prometida anteriormente que trata de assuntos de fenômenos gerais entre eventos do Universo sideral e a mente humana. Essa postagem fica pra semana que vem. Mas não pude deixar passar essa ultima noticia que me chegou hoje.
Como disse em postagem anterior, temos que ficar espertos quantos aos “predadores”. Abrir a boca ou “enxergar” aquilo que não se pode “ver” tem um preço.

Escrevi rapidamente apenas para sua apreciação.


Outros 22 soldados morreram em queda de helicóptero

Em agosto de 2011, um acidente de um helicóptero da OTAN durante uma operação no Afeganistão matou 38 militares, sendo que 22 deles fizeram parte do grupo que invadiu a toca do fantasma de Bin Laden em Abbottabad acabando de vez com “a segunda vida” do terrorista, no Norte do Paquistão.

O último membro das forças especiais do Exército dos Estados Unidos, o Navy Seal, que morreu até então foi Brett D. Shadle, em um “treinamento de manobras de paraquedismo”, no qual outro militar também ficou ferido, informou a rede americana "NBC".

A "maldição deBin Laden", que andou matando esses soldados teria começado 3 meses depois da operação "Gerônimo" - codinome de Osama bin Laden - que levou à morte pela segunda vez do terrorista.

20 de maio de 2013
FBI anunciou segunda-feira em um comunicado que dois membros da unidade de elite antiterrorismo do FBI morreram nesta sexta-feira (20/05) durante exercícios militares em helicóptero para pulo sobre um navio usando uma corda.

A declaração oficial tem poucos detalhes sobre as mortes de agentes especiais Christopher Lorek e Stephen Shaw, além de dizer que o helicóptero encontrou dificuldades não especificadas e os agentes caíram uma "distância significativa". Acredita-se que os agentes morreram como resultado do impacto na água ao invés de afogamento.

Glenn McBride, porta-voz do escritório do legista do estado, disse que poderia levar meses... uma eternidade - até que sua equipe possa liberar uma causa final e circunstâncias da morte dos dois agentes. 

Ele disse que deve aguardar os resultados dos exames toxicológicos de rotina. De acordo com um oficial da Marinha, os agentes do FBI estavam usando um navio alugado do Comando Militar Marítimo da Marinha, mas não havia pessoal da Marinha envolvido no exercício, disse o oficial da Marinha.

Em entrevistas segunda-feira, o fundador da Hostage Rescue Team e outros ex-agentes especiais chamados de unidade de "elite" descreve o treinamento:

"É o regime de treinamento mais rigoroso na aplicação da lei, provavelmente no mundo". "Eles têm que ser capaz de fazer qualquer missão, a qualquer momento." "Eles têm as mesmas habilidades como SEAL Team 6 e Força Delta", disse Danny Coulson, ex-diretor adjunto do FBI, que começou a equipe há 30 anos e serviu como seu primeiro comandante. 

E daí?
No mês passado, esses dois integrantes que tiveram “morte acidental no
helicóptero” fizeram parte desse time da prisão de Dzhokhar Tsarnaev, um suspeito na Maratona de Boston atentados.

"Sempre que as coisas estão realmente erradas, o FBI chama a Hostage Rescue Team. É 911 do governo", disse Coulson.

Irvin Wells, um ex-agente especial do FBI que se aposentou em 1990 salientou que a Hostage Rescue Team é diferente das equipes da SWAT regulares do FBI. 

"É como um nível acima", disse Savage. "Eles são um time muito, muito de elite" Coulson ressaltou que é preciso mais do que a força bruta para se tornar um membro do Hostage Rescue Team. "Não são apenas bíceps e tríceps. Ela exige músculo intelectual, também", disse ele.

"É uma perda nacional", disse Coulson sobre as mortes de Lorek e Shaw. "Estas eram as pessoas mais bem treinadas do mundo."

22 de maio 2013
Ibragim Todashev, 27 anos, um amigo de Tamerlan Tsarnaev foi baleado pelo FBI na Flórida nesta quarta-feira (22/05) depois de ter esfaqueado um agente do FBI durante o interrogatório sobre o seu possível envolvimento com as explosões em Boston

O Federal Bureau of Investigation, disse que o rapaz iniciou um "confronto violento" durante o interrogatório, em Orlando, Florida, e foi morto a tiros e felizmente o agente especial “Megablast” do FBI teve ferimentos não-fatais.

"Como ele poderia atacar um policial com uma faca especial, como eles dizem, se houvessem 5 ou 6 deles em sua casa?" , perguntou o pai do Todashev.


O violento mega poderoso Ibragim Todashev, estava sendo questionado por agentes do FBI, 2 soldados do estado de Massachusetts e outros agentes da lei quando decidiu escolher para golpear a golpe de faca justamente um dos agentes mais bem treinados do mundo - quando estava prestes a assinar uma confissão – a de que ele havia desempenhado um papel no triplo assassinato que ocorreu em 11 de setembro de 2011 - no 10 º aniversário dos ataques terroristas nos Estados Unidos - no subúrbio de Boston Waltham.

Narra a lenda que o perigosíssimo Tsarnaev, 26 anos e seu irmãozinho Dzhokhar Tsarnaev de 19 anos (por enquanto ainda vivo por descuido) acompanhado do então violentíssimo Ibragim Todashev de 27 anos foram acusados de matar em 2011 (façam as contas das idades acima dois anos atrás) Brendan Mess de 25, Raphael Teken de 37, e Eric Weissman de 31 anos, para não serem identificados por eles após negociata errada de drogas.

Os 3 corpos dos homens acima descritos foram encontrados quase decapitados e cobertos com maconha e milhares de dólares em dinheiro.

Esse grupo de rapazes chechenos é muito, muito perigoso mesmo. Eles matavam homens mais fortes que eles e ainda esbanjavam o produto e fruto do roubo deixando no local como forma de demonstrar sua superioridade sobre o mundo.

Reni Manukyan, de 24 anos, assistente de gerencia de hotel de limpeza e hoje viúva de Ibragim Todashev diz que agentes do Federal Bureau of Investigation chegaram em sua casa em Atlanta e na casa de sua mãe em Savannah, na Geórgia, na terça-feira à noite, ao mesmo tempo em que eles questionavam seu falecido marido em sua casa em Orlando.

A viuva Manukyan disse que os agentes do FBI que vieram a sua casa nunca perguntaram sobre os 3 crimes em 11 setembro de 2011.

"Eles nunca, jamais, em todas as entrevistas que eu fiz e todas as entrevistas que ele fez (se referindo ao marido), nunca, eles mencionaram nada sobre os assassinatos. Tudo era sobre o atentado e sobre a relação deles com Tamerlan. Eles me mostraram uma foto da esposa de Tamerlan ou Tamerlan ou alguns outros caras que eu não tenho ideia de quem sejam, mas nada sobre um assassinato-nada ".

A audição para o garoto Tsarnaev de 19 anos em convalescência após um tiro na garganta, está marcada para 2 de julho de 2013. Se culpado pode enfrentar a pena de morte...

Tadinho, esse já morreu e não sabe.

laura botelho



23 de mai de 2013

Video - Luzes no ceu


Por que a mídia está cobrindo ultimamente eventos luminosos e sem explicação que transitam nos céus do planeta?

Simples. Não há mais como ocultar, evitar, fazer "vista grossa". Está fora do "controle" dos que fizeram tudo para que esse dia não chegasse. É chegada a hora de nos preparar.

Preparar para que? 
Essa será a minha próxima postagem... me aguarde.

laura botelho



Diga Não a Guerra!!!





17 de mai de 2013

Jovens querem respostas


Gênesis 3
  • E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
  • Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
  • Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
  • Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.
  • E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
  • Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
  • E Deus (ENLIL) disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?
  • Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.
  • E disse o SENHOR Deus (ENLIL)  à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.
  • E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
  • E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.
  • Então disse o SENHOR Deus (ENLIL): Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente, O SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado.
  • E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida.
O deus ENLIL mandou “GUARDAR O CAMINHO DA ÁRVORE DA VIDA” para que os humanos tolos não venham comer de seus “frutos” e tomar conhecimento sobre quem são e o que são. Deus ENLIL fica furioso quando eles procuram por respostas as suas duvidas e transgridem suas ordens...

Semanas atrás um jovem (hoje com 20 anos) de nome Lucas Pádua (com sua permissão) me escreveu fazendo inúmeras perguntas. Ele não foi o primeiro a me fazer taaannnntas perguntas, mas dentre os que me escrevem, suas duvidas me chamaram atenção, pois elas são bem pontuais e acredito que muitos também as têm, e resolvi postar aqui o que diria a ele somente.

Colocarei algumas questões que ele me fez, não todas, senão escreverei um  livro e não um texto explicativo. Darei abaixo a minha percepção sobre essas duvidas. Minha resposta não se trata ser a “certa” ou ser a melhor ou a “verdadeira”, apenas a minha versão. Se servir para alguém, ótimo, se não - passa batido.

O Lucas diz:Todas as realidades que eu vim sonhando em criar pra mim ao longo desta vida dependem claramente de um mundo externo para existirem…Se a realidade que eu quero criar é essa, eu estarei totalmente perdido se eu sair da matrix. Que parâmetros vão definir o que eu crio?”

LB - Estamos presos num campo de informação que está além das nossas percepções conscientes. A “vida” que estamos exercendo é uma ilusão “dentro da MATRIX (campo de informação)”, portanto, fazemos parte dela, somos um conjunto de informações. A física quântica postula que a matéria não existe, portanto NADA existe – tudo não passa de interconexão de informação que nosso cérebro cria.

O que faz as “coisas” existirem são conceitos, dogmas, crenças, símbolos etc que recebemos desde que chegamos aqui. Cada ser humano irá entender “seu mundo” conforme o conteúdo de seus arquivos pessoais.

Mundos diferentes – informações diferentes. Um índio no interior da floresta que nunca viu homem branco, não faz a menor ideia do “nosso mundo” dos nossos problemas existenciais – somos aliens para eles. 

Em algumas tribos as mulheres são as mandonas – os chefes. Homens obedecem e fazem o serviço todo. Elas punem os homens que não as obedecerem com a morte ou castigo. Em outras tribos quando nasce gêmeos, um deve ser morto pelo pai. Dois não podem viver. 

Em outras culturas no planeta, as esposas são passadas de pai para filho ou no caso de morte, para o irmão. No interior do Brasil é comum o pai ter filhos com as próprias filhas. Isso tudo se resume em sobrevivência. Isso pode parecer “errado” para você, pois seus códigos e símbolos são totalmente diferentes. Perceba, os “códigos ou scripts” são diferentes de um lugar ao outro, de grupo para outro e de pessoa a outra. São “mundos paralelos”.

Entender como “criar” uma “vida” além da Matrix é ter conhecimento (consciência) que ela existe e que exerce poder (num nível inconsciente) sobre nós, através da captação e interpretação dos “códigos” pelo nosso cérebro através do sistema nervoso = 5 sentidos. Se, estamos presos a esse campo de informação, podemos nos livrar dele usando o próprio campo de informação – usando o próprio sistema a nosso favor.

Assim como num “game”, nossa existência (vida) precisa ser “criada” por funções – programas – scripts - para que ela exista. Estamos aqui para construir passo a passo esse espaço (vácuo) do jogo, mas muitos não entendem como ele funciona e querem “pular etapas”. 

Logo; não vão conseguir chegar ao seu destino, ao final do jogo, pois não sabem o que querem, não têm METAS, não têm TRAJETO, não têm OBJETIVO, um roteiro definido de o que fazer e para onde ir. Então, como saber que ganhamos o jogo? Já dizia I. Kant: “Quem não sabe o que busca, não identifica o que encontra”

LP - Como sermos únicos se somos todos UM? Tenho problemas sérios com essa ideia de “unidade

LB – Adorei essa!! Esse “problema” acontece quando estamos elegendo o H. esquerdo para “ler” as coisas que não podem ser “traduzidas” facilmente. Se não temos “arquivos” com amplas definições... ficaremos que nem a “tradução de línguas do Google” = nada batendo com nada...

O nosso mundo é administrado 90% pelo H. esquerdo = lógico, metódico, analítico, sequencial, seletivo, que trabalha com partes. 99% da humanidade elege o H. esquerdo para “traduzir” tudo, pois não foram instruídos de maneira diferente, por isso não conseguimos “despertar”.

Ao contrário, os deuses “reforçam” o uso do H. esquerdo, já que temos que nos comunicar com palavras. O H. esquerdo traduz as palavras e dá o significado a elas mediante aquilo que tem em seus arquivos. 

Se seu arquivo não tem muita opção... vai ficar sem saber o que o símbolo significa ou ter uma ideia “aproximada” do que pode ser. A visão do TODO, a visão holística da coisa, é própria do H. direito e ele é abafado pelo H. esquerdo que é ditador, tirano e quer assumir sempre o controle de tudo. Ele rejeita aquilo que não faz sentido.

Agora me responda, você exercitou o H. direito? Você procurou ler sobre isso que não compreende? Não, não é? Queremos que a resposta caia no nosso colo sem muita responsabilidade sobre o que fazer com ela. Pior, vamos aceitar as “definições” que a MATRIX nos empurra. Somos todos “uns” tolos em achar que sabemos tudo e não procuramos mais fuçar nada e delegamos poderes a quem diz que sabe e ainda colocamos a culpa “nos negativos”. Falta responsabilidade na aquisição da informação.

Somos únicos porque nossa vibração (frequência de ondas) (eletromagnetismo que pode ser medido pelo eletroencefalograma) é único. Você vibra diferente de qualquer outro ser no planeta. A corrente elétrica do seu cérebro é singular, tais quais suas impressões digitais. Sua energia, sua mente (Você) pode ser identificado a distancia por um aparelho lá em Marte, caso se submeta a um teste. Eles vão saber que é você e ninguém mais, quem está transmitindo um pensamento. Isso já acontece hoje. Os “negativos” conhecem as ondas cerebrais de muita gente, sabem onde estão cada um dos rastreados através de supercomputadores.

Somos todos UM quando pensamos, damos foco a um objeto, um tema, uma imagem, um pensamento. Quando Airton Senna e Lady Dy morreram ou as torres gêmeas no 11 de setembro caíram, o Campo da Terra registrou um pico de energia acima do “normal” – isso ficou registrado em aparelhos de ressonância Schumann. Um numero espantosamente grande de mentes deram atenção ao mesmo evento e estavam em sintonia.

Somos UM a partir do momento que; o que um pensa afeta a realidade do outro na Matrix. A evolução depende muito mais de um grupo do que do individuo. A natureza não é baseada num sistema de competição (e é isso que eles nos fazem crer diariamente), mas baseado num sistema de cooperação, pois temos que VER a mesma coisa para mudar o campo de informação!

Somos poderosos, uma consciência de grupo ordenada pode criar um evento ou muda-lo. Eles temem isso, portanto nos dividem com times, raças, credos, cores, paredes etc e enquanto estamos “brigando por posições e pontos de vista nos grupos de estudo”, eles se alimentam dessa energia dissonante, desalinhada e desunida alimentando mais ainda a ira entre esses tolos.

E cada dia que passa fica mais difícil dos seres humanos adormecidos entenderem isso... Querem discutir, bater boca, xingar, ofender e machucar para terem “razão”. Só que não veem que esse comportamento nos leva a um lugar: ao inicio de um novo ciclo, daí vamos passar por tudo isso novamente... E os deuses se divertindo, pois estão ganhando o game.

LP –Bem, fora da matrix, fora do corpo, a gente pode perder a “identidade humana”, mas continuaria sendo a “mesma pessoa a nível de conhecimento, memória”… Tô enganado?"

LB - Se somos únicos em termos de frequência de vibração (informação) somos eternos. Sem um corpo (casulo que nos mantém aprisionados) ainda somos uma mente (energia de informação). A energia não pode ser destruída, apenas canalizada, aprisionada ou transformada, mas nunca aniquilada.

LP –“...vivo transitando entre diferentes versões de realidade. Parece que a minha versão de realidade é sempre a ultima que eu li…”

LB - É assim que funciona. Se você retém uma informação como sendo “verdadeira”, essa crença se torna um programa que será executado conforme suas necessidades. Portanto, se você for inflexível quanto a mudar sua crença, você não “enxergará” outra realidade, pois o H. esquerdo não vai deixar! Isso serve tanto para formular metas objetivas para sua vida quanto para destruir planos futuros, são faces da mesma moeda. 

Se você muda sua percepção das coisas e desiste de ir em frente, de dar devida atenção a ela por algum motivo, o caminho se desfaz criando alternativa. Mude sua visão sobre alguma “coisa” e a coisa muda, seja ela avaliada por você como “boa” ou não.

LP – Não entendo o seu conceito de “seres”… Já que fora da matrix, dessa dimensão não tem essa coisa de planetas, não acredito que esses “seres” possam ser “ets físicos”. Só entendo esse conceito de “seres” como indivíduos distintos (não “unos”) mas não sei definir o que eu entendo por “seres”, no sentido que você apresentou. Ashtar Sheran que não seria, né? Rsrs”

LB – Perfeito. Na minha percepção não existem “extraterrestres”, mas “seres” com informações diferentes fazendo o melhor que podem com suas devidas informações. Eles não são “maus”, nem “bons”, são energias seguindo aquilo que acreditam – suas crenças (script). Quem avalia se o outro nos faz bem ou não, somos nós com a nossa intuição sobre essas ações.

Fomos programados a acreditar que “DEUS” nos fez a sua semelhança, logo, um ser que não se pareça com “deus”, não existe. Mas agora sabemos também que há infinitas formas de vida no fundo do Oceano, interior das florestas, em ambientes inóspitos que a cada dia surgem nas informações conta gotas. São “seres” que sempre estiveram entre nós, mas que eram considerados mitos – como as lulas gigantes, por exemplo.

Só vemos o que conhecemos. Nos mostraram como “eles” são, então agora podemos “vê-los”, o que antes era impossível, mesmo convivendo dia a dia ao nosso lado. Muitos “seres” convivem conosco diariamente, mas dávamos o nome a isso de “espíritos”. Eles não vêm de lugar algum, apenas da nossa percepção em “decodificar” o que eles são e como são, baseados na nossa interpretação sobre eles, diante dos programas que nos dão. Nos disseram que muitos são baixos e tem olhos grandes, outros se parecem na forma de insetos, outros tem chifres e rabos... então, tudo que apresentar essas formas nós veremos. Também nos deram as formas das naves – que são redondas, ovais, cigarrete. Então agora as vemos em todo lugar!

LP –Explicando melhor: interpreto que na sua visão, após a morte, só levamos conhecimento, logo, os que têm conhecimento poderão “seguir adiante”, criar sua própria realidade e etc. E aqueles que não têm conhecimento serão vitimas dos “deuses”, que vão enganá-los á reencarnar entre outras coisas “de reptiliano”.”

LB - Essa é a minha visão, Lucas. Eu entendo que quando nos livramos do casulo (corpo que é um campo eletromagnético) o “gênio” sai da “garrafa” e pode realizar o que desejar... mas para saber o que deseja criar, você tem que saber o que quer! Você sabe o que quer? Se não souber... alguém fará isso por você! E é aí que os deuses entram. Entre os que têm conhecimento sobre essa manipulação e de “como” eles fazem isso com nossos cérebros, terão níveis diferentes de perceber o mesmo ambiente sobre sua existência, logo criarão destinos diferentes… 

LP- eu não gosto daquilo, aí leio uma mensagem contrária em outro site… Aí passo automaticamente a acreditar naquilo. Isso me faz parecer idiota, né?” Eu poderia criar minha própria versão de realidade, mas eu busco a “verdade absoluta” pelo fato de que se eu decidir criar minha própria realidade eu vou cair naquele problema de que “é impossível criar um mundo sem influencia externa” que eu apresentei posteriormente (Sei que o mundo é uma criação interna, porém só existe devido á uma interpretação (ainda que interna) de algo externo. Não é isso?"

LB- Numa visão simplista é. Sem muita informação você cairá no vazio da torre da qual você programou. Mas se você tiver muita informação, várias percepções, um leque de conhecimento que faça INTERCONEXÔES com o que você acredita intuitivamente, as respostas te levarão ao caminho que te satisfaça a materializa-las... essa é a chave.

Eu particularmente estou usando a chave a cada dia. É um exercício de reprogramação diária do meu cérebro. Consigo me manter equilibrada (saudável) mais do que qualquer pessoa que eu conheço. Não tomo nenhum medicamento, me alimento muito pouco durante o dia, pelo menos muito menos que a classe média nacional. Faço exercícios físicos, trabalho o cérebro e os membros. Percebo coisas que não são ditas, percebo energias que não podem ser percebidas por todos. Enfim, trabalho dentro do sistema da Matrix e faço uso do próprio sistema a meu favor. A Matrix (informação) está atuando, mas eu sei como ela atua na minha percepção, logo eu posso controla-la e reprograma-la, para que eu não seja tão afetada por ela.

LP –Ou seja, nada se cria, tudo se copia… Big brother, Faustão, nada é novidade. Então, me explica, como é que existe o mundo físico, desse formato, com montanhas, praias, casas, cadeiras?” “O Icke diz que esses reptilianos não tem capacidade de criar, por isso apenas distorcem a criação humana. Somos mesmos capazes de criar alguma coisa? Antes dessa realidade física existir, não havia matéria, não havia cadeiras nem arvores. Então de onde imaginaram cadeiras e arvores?

LB- O que “criamos” a cada dia já existia antes. As “coisas” não saem do “nada”, elas precisam de uma fonte de informação. Não sei como tudo isso foi inventado, Lucas, e provavelmente cairemos na história de quem veio primeiro – o OVO ou a Galinha? “Deus” fez a “luz”, fez os “rios e os peixes”, as “terras e montanhas” – já nos deu o jogo e suas regras.

O que vejo é que estamos apenas sendo levados a re-cria-las, somos “co-criadores” desse ambiente. Isso para nos afogar de novo no mesmo modelo. Eles reescreveram o programa querem que a gente siga o jogo como foi feito – Second Life.  Ou a gente aprende a “jogar”, ou a gente vai ter que voltar de novo para entender que nesse jogo a gente não pode “voar” sem o programa que eles determinaram.  

Mas o que pude perceber é que a “invenção” provém da necessidade de avançar no jogo. Queremos avançar etapas do jogo e então caímos num buraco sem fim. Perdemos “uma vida” e dependendo do avançar do game, teremos que voltar para aprender da melhor maneira a fase seguinte.

LP – A maldita e mal falada matrix soa mais genial e complexa do que essa ideia de ficar feliz com o nada… Será legal saber de tudo?”

LB – Lucas é por aí. Faça perguntas, mesmo que pareçam tolas a principio, o que no seu caso não é.  Eu pesquiso as minhas duvidas e não aceito fácil a primeira resposta que encontro, por isso insisto que todos pesquisem o que eu escrevo. São apenas links da minha versão, mas você encontrará outra que te satisfaça e que atenda suas expectativas.

Não é a toa que não conseguimos sair do lugar, dessa poderosa e ridícula cela sem tranca. A porta está aberta a todos, e assim como um pássaro que entra numa sala e se debate contra as paredes para sair de lá, não encontramos a saída!

Os mais “evoluídos” (que nos veem debater contra a parede) percebem nosso desespero e até “tentam” de todas as maneiras nos espantar, nos pegar com as mão, nos orientar com barulho para o caminho certo da liberdade... mas para nós, não nos parece a coisa certa.Talvez os “meios” não justifiquem os fins.

Precisamos aprender a nos acalmar, descansar, respirar fundo e não chamar “atenção” dos predadores. Temos que estudar o ambiente e devagar encontrar a saída por onde entramos. O que nos desespera é o MEDO, lógico. Mas a janela está logo ali... Vamos sair.

Será legal saber de tudo? No meu caso, sim. Hoje eu vejo a janela e entro na sala se quiser. Sei o que tem por lá e como sair. Os que não sabem sobre a “janela” podem bater contra os vidros, se esborrachar no chão, quebrar um pescoço e pior, ser presa fácil de um “evoluído” de “boa intenção” dentro da sala.

Se há “seres” inteligentes por lá, eles não “tentarão” nos pegar para “soltar depois”, pois isso pode nos matar no ato da nossa luta pela fuga. Se são seres “inteligentes” vão esperar que a gente se acalme e tome fôlego para acharmos a saída. No máximo ficarão atentos para que “um gato” não nos pegue antes, nada mais. Eles sabem que a Natureza sempre encontra um jeito e que o conhecimento é que nos tira da encrenca.

O que sinto é que estamos muito melhor do que antes num aspecto de grupo. A internet (que muitos alegam ser construção do diabo) nos uniu de forma irreversível. Perceba que a Matrix nos dá (num nível inconsciente) e nos tira (num nível inconsciente) a mesma informação.

Ela nos dá veículos para nos informarmos – que são inúmeros e de fácil acesso (livros, vídeos, palestras etc). Ela nos tira quando não usamos o que temos para nos despertar alegando que tudo está “contaminado” pelos “illuminatis” ou buscamos diversão fácil sem conteúdo fazendo o jogo deles. São sempre duas formas de ver a mesma coisa.

Temos que aprender a “ver”, “ouvir”, “sentir” a informação que nos chega sem rótulos prévios. Apenas pesquisar se faz sentido ou não para nossas metas, evitando a briga e divergência de opiniões. Cada um tem um script diferente, portanto enxergam o “mundo” diferente.

E quanto maior a dissonância – ausência de conexão entre os indivíduos que contribuem para um campo coletivo - mais contorcido e improvável ficará o futuro que desejamos.

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos